Imperialismo – ásia

7.263 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.263
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imperialismo – ásia

  1. 1. Imperialismo – Ásia Prof° Carlos
  2. 2. Índia Tornou-se um protetorado britânico na segunda metade do século XVIII. Nesse regime ficava preservada a autonomia política, mas para exercer o poder, o governante local deveria aceitar a interferência da Inglaterra nos assuntos internos. No século XIX, porém, a Inglaterra impôs à Índia a condição de colônia – Rainha Vitória foi coroada como Imperatriz das Índias A entrada dos tecidos ingleses desestruturou a industria têxtil local provocando falências, desemprego e uma séria crise social. Em 1857 eclodiu um movimento nacionalista – Guerra dos Cipaios – causa imediata foi a utilização de sebo animal na lubrificação dos armamentos, mas a crise social é o principal elemento. A partir desse momento a minoria britânica passou a exercer um poder autoritário, indianos foram transformados em cidadãos de segunda categoria. Indianos tiveram que lutar quase um século para se libertarem da dominação inglesa.
  3. 3. Cipaios
  4. 4. Japão Até o século XIX o Japão possuía uma estrutura praticamente feudal. Poder concentrado nas mão de grandes proprietários de terras – Xoguns O isolamento do país impediu a entrada de idéias estrangeiras que pudessem questionar essa estrutura de poder. Em 1853 os EUA forçam a abertura dos portos japoneses a partir da “frota negra”. A entrada do capitalismo desestruturou a industria artesanal. Para solucionar esses problemas – Era Meiji – modernizou o Japão e colocou a economia em condições de competir com os países imperialistas.
  5. 5. Cenas do filme “O Último Samurai”
  6. 6. China No XIX a China sofria com a presença estrangeira no seu território. Destaque para a Inglaterra que produzia ópio na Índia e vendia a droga no território chinês. Reação do governo chinês – 20 mil caixas de ópio foram jogadas no mar. Guerra do Ópio (1840 – 1842): em cerca de dois anos o exército imperial foi destruído. Após o fim da guerra foi assinado o Tratado de Nanquin (1942) onde portos foram abertos e Hong Kong foi entregue aos ingleses. No começo do XX, além da Inglaterra, a Rússia, Japão, França, Alemanha, Itália e EUA estabeleceram zonas de influência em território chinês Nova reação – Guerra dos Boxers (1900) – atentados contra missões religiosas estrangeiras, ferrovias e escritórios diplomáticos. Essa rebelião foi violentamente sufocada por uma coalizão militar.
  7. 7. Caricatura sobre a realidade chinesa noXIX
  8. 8. Conseqüências do Imperialismo Empobrecimento Subdesenvolvimento Perda da identidade cultural Destruição das economias domésticas Divisão do continente Africano entre os países da Europa como Inglaterra, França, Bélgica e Portugal num traçado muito retilínio, como que traçado numa mesa através de acordo e de maneira a deixar tribos amigos separadas e tribos inimigas unidas para facilitar a dominação. Isto gerou problemas de cunho econômico, político e social gravíssimos em diversas nações da África, houve diversas guerras civís e contra nações vizinhas onde milhares de pessoas morreram, decorrente dessas guerras e da pobreza extrema, doenças, pestes é péssimas condições de infra-estrutura, saneamento básico e higiene levaram outras tantas vidas. I Guerra Mundial
  9. 9. Família indiana no XIX

×