Historia de santa catarina

7.299 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Esportes
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • muito bom bem resumido... mas conta toda a historia....
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
189
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Historia de santa catarina

  1. 1. História de Santa Catarina Profº Carlos Eduardo C. Glufke
  2. 2. Pré-História Catarinense - interior <ul><li>Sítios arqueológicos nas margens do Rio Uruguai => aprox. 8.000 anos. </li></ul><ul><li>Provavelmente deram origem a povos como os Xokleng (nômades, caçadores e coletores) e Kaingang (agricultura rudimentar). </li></ul><ul><li>Ambos pertenceram ao tronco linguístico dos Jês. </li></ul>
  3. 3. Pré-História Catarinense – litoral <ul><li>Sambaquis: concheiros, casqueiros, ostreiros, entre outros. Verdadeiros montes de restos de conchas e outros animais depositados por milhares de anos. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Sambaquis catarinenses possuem aproximadamente 5.000 anos, sua procedência é incerta. </li></ul><ul><li>Seus habitantes poliam a pedra e faziam esculturas. </li></ul><ul><li>Um grande número de sambaquis desapareceram frente o avanço urbano, principalmente. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Itararés: ocuparam varios pontos do litoral entre entre os século X e XIV. </li></ul><ul><li>Usavam a cerâmica, o que lança a hipótese do sedentarismo e da agricultura </li></ul><ul><li>Cariós ou Carijós: de ocupação recente, foi o povo que manteve contato mais próximo com os primeiros europeus através de trocas, socorro aos naufragos e abastecimento das embarcações. </li></ul><ul><li>Com o avanço europeu os carijós refugiaram-se no interior mas no fim foram assimilados, capturados ou mortos. </li></ul>
  6. 6. Santa Catarina no Período Colonial – século XVI <ul><li>Várias expedições de várias nações como o francês Palmier de Gonneville, os espanhóis Juan de Solís e Rodrigo de Acuña e a do alemão Hans Staden. No caso português temos Cristovão Jacques e M. Afonso de Souza. </li></ul><ul><li>Com M. Afonso se estabeleceram os limites da Cap. De Sant'Ana que, assim como muitas outras capitanias, ficou abandonada. </li></ul>
  7. 7. Santa Catarina no Período Colonial – século XVII <ul><li>A partir da ação de bandeirantes, foram fundadas as primeiras povoações de Santa Catarina. </li></ul><ul><li>Manoel L. de Andrade – 1658 – N. Sª da Graça do Rio São Francisco. </li></ul><ul><li>Francisco D. Velho – 1672 – N. Sª do Desterro. </li></ul><ul><li>Domingos de Brito Peixoto – 1687 – Sº Antº dos Anjos da Laguna. </li></ul><ul><li>Todas iniciativas particulares. </li></ul>
  8. 8. Santa Catarina no Período Colonial – século XVIII <ul><li>Com a fundação da Colônia de Sacramento (1680) foi criada a Cap. de Santa Catarina a fim de fortalecer os territórios do sul. </li></ul><ul><li>Com o passar do tempo os territorios do sul eram cada vez integrados ao sudeste. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Portugal procurava fortalecer militarmente a região. </li></ul><ul><li>Primeiro governador de Santa Catarina, Silva Paes, construiu diversos fortes na ilha de Santa Catarina. </li></ul><ul><li>São José da Ponta Grossa </li></ul><ul><li>Santa Cruz de Anhatomirim </li></ul><ul><li>Santo Antônio de Ratones </li></ul><ul><li>Nª Sª da Conceição da Barra Sul </li></ul>
  10. 10. Povoamento Açoriano - XVIII <ul><li>1746, a coroa resolve trazer açorianos para Santa Catarina criando meios de povoamento no sul e resolvendo problemas populacionais nas ilhas. </li></ul><ul><li>Deixaram uma importante contribuição cultural: </li></ul><ul><li>Pesca, gastronomia, construção, artesanato, entre outros. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Invasão espanhola: o séc. XVIII foi marcado por disputas territoriais entre Espanha e Portugal. Em 1777 a Espanha invade a Ilha de Santa Catarina abandonando-a no mesmo ano mediante o T. de Sº Ildefonso. </li></ul><ul><li>Lages: fundada a partir de um pouso de tropeiros que se deslocavam para Sorocaba </li></ul>
  12. 12. Santa Catarina – século XIX – período imperial <ul><li>As notícias da independência não provocaram reações por parte das tropas portuguesas em virtude da atuação das câmaras de Desterro, São Francisco, Laguna e Lages. </li></ul><ul><li>Pela constituição de 1824 – província de Santa Catarina cuja presidência foi ocupada por João A. R. de Carvalho </li></ul><ul><li>1831 – fundação do jornal “O Catarinense” por Jerônimo F. Coelho que organizou a Sociedade Patriótica – espírito de nacionalidade </li></ul>
  13. 13. <ul><li>1834 – Ato Adicional – criação da Assembléia Provincial. </li></ul><ul><li>1839 – formação da República Juliana </li></ul>
  14. 14. Abolicionismo e Republicanismo <ul><li>Na grande maioria, os escravos estavam presentes nos ofícios domésticos. O que não significa um abrandamento. </li></ul><ul><li>A causa abolicionista ganhava força com os Clubes Abolicionistas e com os jornais. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Semelhante a escravidão, as idéias republicanas estavam presentes nos jornais e clubes que defendiam essa causa. </li></ul><ul><li>Proclamada a República, o primeiro governador foi Lauro Muller seguido de Raulindo Horn, Gustavo Richard, entre outros. </li></ul>
  16. 16. Imigração <ul><li>A presença de imigrantes data do primeiro reinado (1829) em São Pedro de Alcântara. </li></ul><ul><li>O grande impulso foi durante o segundo reinado com o fim do tráfico, o incentivo para a vinda de trabalhadores livres e branqueamento da população. </li></ul><ul><li>Contribuição alemã: alimentação, arquitetura e fábricas de ferragens, cerveja e serrarias. </li></ul><ul><li>Contribuição italiana: alimentação, cultivo da uva e arquitetura. </li></ul>

×