USO DOS COMPUTADORES NA ESCOLA

121 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
121
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

USO DOS COMPUTADORES NA ESCOLA

  1. 1. Kênia Lucia DorotéiaKênia Lucia Dorotéia De araujoDe araujo tecnÓFoBotecnÓFoBo
  2. 2. Vamos relatar aqui alguns argumentos para uso deVamos relatar aqui alguns argumentos para uso de computadores em educação infantil e juvenil, no lar ecomputadores em educação infantil e juvenil, no lar e na escolana escola 1. "Computadores melhoram o rendimento tanto1. "Computadores melhoram o rendimento tanto dos professores quanto dos alunos."dos professores quanto dos alunos." 2. "Estudantes devem aprender a usar um2. "Estudantes devem aprender a usar um computador o quanto antes, pois senão ficarãocomputador o quanto antes, pois senão ficarão para trás."para trás." 3. "Programas de uso de tecnologia trazem3. "Programas de uso de tecnologia trazem fundos de empresas privadas, o que éfundos de empresas privadas, o que é fundamental hoje em dia pois as escolas estãofundamental hoje em dia pois as escolas estão cada vez mais carentes de recursos.“cada vez mais carentes de recursos.“
  3. 3. 4. "O4. "O aprendizadoaprendizado de habilidades no uso dede habilidades no uso de computadores deve ser uma prioridade hoje em diacomputadores deve ser uma prioridade hoje em dia para fazermos com que os trabalhadores depara fazermos com que os trabalhadores de amanhã sejam competitivos.“amanhã sejam competitivos.“ 5. "O trabalho com computadores5. "O trabalho com computadores particularmente o uso da Internet - traz aosparticularmente o uso da Internet - traz aos estudantes excelentes contatos com professores,estudantes excelentes contatos com professores, outras escolas e estudantes, e uma ampla redeoutras escolas e estudantes, e uma ampla rede de profissionais ao redor do mundo. Essesde profissionais ao redor do mundo. Esses contatos temperam o dia escolar com um sentidocontatos temperam o dia escolar com um sentido de relevância para o mundo real, e alargam ade relevância para o mundo real, e alargam a comunidade escolar."comunidade escolar."
  4. 4. 6. "Eu comecei a ver como crianças que tinham6. "Eu comecei a ver como crianças que tinham aprendido como programar um computadoraprendido como programar um computador podiam usar modelos computacionais bempodiam usar modelos computacionais bem concretos para aprender sobre o aprender e,concretos para aprender sobre o aprender e, assim fazendo, aumentam seu poder comoassim fazendo, aumentam seu poder como psicólogos e epistemólogos."psicólogos e epistemólogos." 7. "Acredito que o computador como instrumento7. "Acredito que o computador como instrumento de escrever oferece às crianças uma oportunidadede escrever oferece às crianças uma oportunidade de se tornarem mais como adultos - de fato, comode se tornarem mais como adultos - de fato, como profissionais avançados , nos seusprofissionais avançados , nos seus relacionamentos com outros produtos intelectuaisrelacionamentos com outros produtos intelectuais e consigo próprios."e consigo próprios."
  5. 5. 8. "Cada vez mais, os computadores de futuro8. "Cada vez mais, os computadores de futuro próximo serão propriedade particular depróximo serão propriedade particular de indivíduos, e isso fará com que gradualmenteindivíduos, e isso fará com que gradualmente retorne ao indivíduo o poder de determinar osretorne ao indivíduo o poder de determinar os padrões da educação. A educação tornar-se-ápadrões da educação. A educação tornar-se-á mais um ato privado... Haverá novasmais um ato privado... Haverá novas oportunidades para a imaginação e aoportunidades para a imaginação e a originalidade.”originalidade.” 9. "... o computador pode servir como uma força9. "... o computador pode servir como uma força para quebrar a linha divisória entre as ‘duaspara quebrar a linha divisória entre as ‘duas culturas’ [humanidades e ciência]. ... Portanto euculturas’ [humanidades e ciência]. ... Portanto eu tento mostrar como a presença do computadortento mostrar como a presença do computador pode trazer às crianças um relacionamento parapode trazer às crianças um relacionamento para com a Matemática mais humanístico, assimcom a Matemática mais humanístico, assim como mais humano."como mais humano."
  6. 6. 10. "Os ambientes LOGO não são escolas de samba,10. "Os ambientes LOGO não são escolas de samba, mas eles são úteis para imaginar o que seria ter umamas eles são úteis para imaginar o que seria ter uma "escola de samba para Matemática." ... O computador"escola de samba para Matemática." ... O computador traz isso para a região do possível por provertraz isso para a região do possível por prover atividades matemáticas ricas que poderiam, ematividades matemáticas ricas que poderiam, em princípio, ser realmente engajadoras para o novato eprincípio, ser realmente engajadoras para o novato e para o especialista, jovem ou velho.”para o especialista, jovem ou velho.” 11. O computador pode ser visto como uma máquina11. O computador pode ser visto como uma máquina que pode ser atrelada em estruturas existentes deque pode ser atrelada em estruturas existentes de modo a resolver, em medidas locais e incrementais,modo a resolver, em medidas locais e incrementais, os problemas enfrentados pelas escolas como elasos problemas enfrentados pelas escolas como elas existem hoje."existem hoje."
  7. 7. 10. "Os ambientes LOGO não são escolas de samba,10. "Os ambientes LOGO não são escolas de samba, mas eles são úteis para imaginar o que seria ter umamas eles são úteis para imaginar o que seria ter uma "escola de samba para Matemática." ... O computador"escola de samba para Matemática." ... O computador traz isso para a região do possível por provertraz isso para a região do possível por prover atividades matemáticas ricas que poderiam, ematividades matemáticas ricas que poderiam, em princípio, ser realmente engajadoras para o novato eprincípio, ser realmente engajadoras para o novato e para o especialista, jovem ou velho.”para o especialista, jovem ou velho.” 11. O computador pode ser visto como uma máquina11. O computador pode ser visto como uma máquina que pode ser atrelada em estruturas existentes deque pode ser atrelada em estruturas existentes de modo a resolver, em medidas locais e incrementais,modo a resolver, em medidas locais e incrementais, os problemas enfrentados pelas escolas como elasos problemas enfrentados pelas escolas como elas existem hoje."existem hoje."

×