Forros cris

1.808 visualizações

Publicada em

Pesquisa de Forros Cris

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.808
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Forros cris

  1. 1. Estúdio de Arquitetura SUSTENTABILIDADE Forros Aluna: Cristiane Carolina
  2. 2. Forros de PVC •Forro de PVC é um forro monolítico, feito por encaixe simples de lâminas (réguas) e acabamentos, fixados na estrutura. Tem um fácil manuseio e pode ser empregado em diversos ambientes, de grandes ou pequenos vãos. •Uma das funções principais de um forro é ocultar as instalações (elétricas, hidráulicas, esgoto...). O forro do PVC tem uma grande flexibilidade neste quesito, pois suas lâminas podem ser facilmente desencaixada para realização de posteriores manutenções, sem quebrar ou danificar. •Sua estrutura pode ser realizada por madeiras ou metálicas com modulações variadas. As lâminas são pregadas nesta estrutura para não ocorrera flambagem. A estrutura fica oculta. •Dispensa pinturas periódicas, fácil limpeza e excelente durabilidade do material.
  3. 3. Forros de PVC Características técnicas PVC - Tigre: • Matéria-prima: PVC • Cor: branca (variadas de outras marcas) • Dimensões das lâminas do forro: 100mm, 200mm e Duplo 100mm • Temperatura máxima: 45oC • Espessura: 8mm • Frisos longitudinais • Comprimentos disponíveis: - 100mm = 4,5,6 e 7m - Duplo 100 = 3,4,5,6,7,8,9 e 12m - 200mm = 3,4,5,6,7,8,9 e 12m • Complementos: Junção, Emenda, Arremate U, Cantoneira e Plastilon Tigre (todos com 6m de comprimento)
  4. 4. Forros de PVC •Lâminas / Modelos: -100mm = 4,5,6 e 7m -Duplo 100 = 3,4,5,6,7,8,9 e 12m -200mm = 3,4,5,6,7,8,9 e 12m
  5. 5. Forros de PVC Complementos: •Emenda: - Utilizada para unir lâminas em vão maiores que comprimento da peça
  6. 6. Forros de PVC •Junção: - Para realizar desvios em todos os ângulos
  7. 7. Forros de PVC •Cantoneira: - Acabamento no encontro do forro com a parede
  8. 8. Forros de PVC •Arremate U: - Acabamento no encontro do forro com a parede
  9. 9. Forros de PVC •Cores: - Existem cores variadas, porém de outras marcas. A Tigre trabalha apenas com a cor branca
  10. 10. Forros de PVC
  11. 11. Forros de PVC
  12. 12. Forros de PVC
  13. 13. Forros de PVC •Dimensionamento das peças
  14. 14. Forros de PVC Suporte estrutural PVC Plastilon – Lançamento Tigre: •Trocar as antigas estruturas metálicas e de madeiras por suporte estrutural de pvc.
  15. 15. Forros de PVC •Dimensionamento – peça estrutural
  16. 16. Forros de PVC •Nomenclaturas e definições
  17. 17. Forros de PVC •Montagem -O distanciamento entre as peças Indicados pela Tigre são de no máximo 70 x 70 cm para áreas internas e 50 x 50 cm para áreas - A grande vantagem é que se adapta a qualquer dimensionamento de ambientes, uma vez que a estrutura fica oculta e as lâminas de PVC podem ser recortadas e ajustadas no espaço
  18. 18. Forros de PVC
  19. 19. Forros de PVC •Luminárias
  20. 20. Forros de PVC
  21. 21. Forros de PVC
  22. 22. Forros de PVC •Orientações para um bom desempenho
  23. 23. Forros de PVC
  24. 24. Forros de PVC •Problemas de flambagem
  25. 25. Forros de PVC •Estocagem
  26. 26. Forros de PVC
  27. 27. Forros de Gesso Estruturado •Forro de gesso estruturado da Placo é um forro monolítico, feito com placas de gesso acartonado que são parafusadas na estrutura metálica. •Sua estrutura é semelhante ao utilizado para drywall, estrutura de aço galvanizado, placas de gesso acartonado, rejuntes e fitas para acabamentos. Muitos chamam esta técnica de forros drywal. •Assim como as paredes de drywall, os forros podem ser pintadas sem restrições de cores e texturas. •A grande vantagem é que se adapta a qualquer dimensionamento de ambientes, uma vez que a estrutura fica oculta e o gesso pode ser recortado.
  28. 28. Forros de Gesso Estruturado •Placas de gesso acartonado -As placas de gesso acartonado tem o dimensionamento padrão de 120cm x 240cm. -O gesso acartonado é dividido em três categorias: áreas secas (branco), áreas molhadas (verde) e resistente a fogo (vermelho)
  29. 29. Forros de Gesso Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Cantoneira L
  30. 30. Forros de Gesso Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Cantoneira L
  31. 31. Forros de Gesso Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Cantoneira de reforço L
  32. 32. Forros de Gesso - Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Cantoneira Ômega
  33. 33. Forros de Gesso - Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Canaleta C
  34. 34. Forros de Gesso Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Guia U
  35. 35. Forros de Gesso Estruturado •Perfis de aço galvanizado - Cantoneira C
  36. 36. Forros de Gesso Estruturado •Quadro de perfis
  37. 37. Forros de Gesso Estruturado •Ferramentas para instalação
  38. 38. Forros de Gesso Estruturado •Montagem / Acessórios pendurais Placo -As estruturas de aço são fixadas por pendurais, ou seja, por um cabo de aço rígido que fica conectado da laje ao pendural que é chumbado ou parafusado nos perfis estruturais. -Para fixa-las na laje, utiliza-se a pistola finca pino. -O Pendural também tem o papel de nivelador, tendo capacidade de regulagem
  39. 39. Forros de Gesso Estruturado •Montagem -Quando utilizar a cantoneira, a distância do primeiro pendural deverá ser de 60cm da parede. -Se o forro tiver dilatação, a distancia do primeiro pendural deverá ser de 10cm da parede -A distância da primeira canaleta quando utilizar cantoneira deverá ser de 10cm da parede - A distância entre pendurais para s47 é de 1,20m -A distância entre pendurais para 70cm x 20 cm é de 100cm. -Existe a indicação de não ultrapassar de 70cm a distância de uma canaleta a outra para que não diminua a resistência do forro.
  40. 40. Forros de Gesso - Estruturado •Montagem
  41. 41. Forros de Gesso - Estruturado
  42. 42. Forros de Gesso Estruturado
  43. 43. Forros de Gesso Estruturado •FGE - O Forro de gesso estruturado Também pode fixado diretamente na laje, conforme figura abaixo:
  44. 44. Forros de Gesso Estruturado
  45. 45. Forros de Gesso Estruturado •Acabamentos - Os rejuntes são colocados entre as chapas para realizar reparos e manter a junta de dilatação, dando um visual homogêneo do forro.
  46. 46. Forros de Gesso Estruturado •Acabamentos -As fitas também são um tipo de reparo, tampando a divisão existente entre as chapas. -Além do reparo, as fitas são utilizadas para reforçar a sustentação do peso.
  47. 47. Forros de Gesso Estruturado •Informações particulares / fitas
  48. 48. Forros de Gesso Estruturado •Informações particulares / fitas
  49. 49. Forros de Gesso Estruturado •Informações particulares / fitas
  50. 50. Forros de Gesso Estruturado •Luminárias -No caso as luminárias embutidas, o processo é simples. É feita a paginação levando em consideração a disposição da estrutura do forro. Na execução são feitos recortes e em seguida encaixada as luminárias -No caso de luminárias externas são apenas parafusadas, dependendo do peso é necessário colocar reforços internos fixados na estrutura. Na maioria das vezes os reforços são chapas de madeira
  51. 51. Forros de Gesso Estruturado •Luminárias / Exemplos - Marca Itaim
  52. 52. Forros de Gesso Estruturado •Luminárias / Exemplos - Marca Itaim
  53. 53. Forros de Gesso Estruturado •Luminárias / Exemplos - Marca Itaim
  54. 54. Forros de Gesso Estruturado •Luminárias / Exemplos - Marca Itaim
  55. 55. Forros de Gesso Estruturado •Luminárias / Exemplos - Marca Itaim

×