Analise aula3

145 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
145
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Analise aula3

  1. 1. Análise de Sistemas 1º Módulo
  2. 2. Analista de Sistemas Podemos dizer que o analista de sistemas é uma pessoa com amplos conhecimentos sobre computadores e racionalização de trabalho, e que desenvolve soluções para problemas de usuários, determina a praticabilidade técnica e operacional dessas soluções e prevê os custos de seu desenvolvimento e implementação.
  3. 3. Como habilidades necessárias ao analista, podemos citar asseguintes:  Mistura equilibrada de conhecimentos técnicos e de negócios;  Habilidade analítica;  Bom relacionamento humano;  Mente lógica e organizada.
  4. 4. Durante o desenvolvimento de um sistema o analista de sistemas desempenha os seguintes papéis:  Arqueólogo e escriba: obtém detalhes de funcionamento do sistema e os documenta;  Inovador: um dos principais aspectos do trabalho de analise é de se explorar novas e melhores maneiras do usuário conduzir o negócio;  Mediador: obtém consenso entre os diversos interesses que podem haver num projeto de sistemas, de maneira a assegurar o sucesso do projeto;  Líder de Projeto: em algumas empresas, determinados analistas, escolhidos pela sua competência e nível de experiência, podem exercer a função de líder de projeto.
  5. 5. Demais participantes no desenvolvimento dos sistemas Quanto mais o analista de sistemas conhece a respeito das pessoas com as quais irá trabalhar, melhor se sairá.  Usuários  Gerentes  Projetistas de Sistemas  Programadores  Pessoal Operativo  Auditores / Controle De Qualidade
  6. 6. USUÁRIOS Usuário é um grupo de pessoas para quem o sistema é construído. É o nosso cliente. Podemos dizer que esse grupo é heterogêneo e que varia com a função que ocupa e com a experiência adquirida.
  7. 7. Usuários por tipo de função  Operativos  Supervisores  Executivos
  8. 8. OPERATIVOS  São funcionários burocratas, operativos e administrativos. São eles que executam as funções do sistema. Ex.: secretárias, almoxarifes, faturistas, etc.  Preocupados com a interface humana;  Visão local;  Visão física do sistema (dificuldade de visualizar funções, elementos dedados, etc).
  9. 9. SUPERVISORES  Exercem supervisão sobre um grupo de usuários operativos;  Pode haver mais de um nível de supervisão, ex.: encarregado, chefe de seção, gerente, etc.  Geralmente conhece a operação;  Sua perspectiva em relação ao sistema pode ser diferente do usuário operativo (por ex.: redução de pessoal, etc);  Visão mais local do que global;  É a pessoa de maior contato com o analista de sistema (é a pessoa quegeralmente define os requisitos do sistema).
  10. 10. EXECUTIVOS  Normalmente NÃO estão diretamente ligados / envolvidos nos projetos;  Detém a autorização financeira para os projetos;  Não estão em condições de definir requisitos (exceto SAD);  Preocupação com aspéctos estratégicos;  Visão Global;  São capazes de lidar com modelos abstratos de sistemas.
  11. 11. Usuários por experiência Amador “Não entende nada de computadores”; Tem dificuldades com a linguagem usada pelo analista de sistemas; Novato Já participou de algum projeto de sistema; Acha que “Sabe tudo”; Se envolve demais na tecnologia, pode esquecer as funções/objetivos do sistema. Perito Gosta de informática; Já participou de vários projetos de sistemas.
  12. 12. GERÊNCIA Podemos classificar a gerência como sendo de três tipos: gerência usuária, gerência de sistemas e gerência geral. Para todos os casos podemos considerar as características abaixo:  Impõem restrições ao projeto a nível de recursos (pessoal, tempo, dinheiro);  Geralmente possuem pouco interesse técnico, portanto o analista deve concentrar as discussões nas características essenciais do sistema.
  13. 13. PROJETISTA DE SISTEMAS Transforma o trabalho de análise em um projeto de arquitetura de sistema. Lembrando que a Análise independe de tecnologia, já o Projeto contempla as restrições de implementação como hardware e software.
  14. 14. PROGRAMADOR Codifica o sistema numa determinada linguagem de programação, a partir do Projeto.
  15. 15. PESSOAL DE OPERAÇÃO São responsáveis pelo C.P.D. (centro de processamento de dados), rede de computadores e de telecomunicações, segurança do hardware, dos dados, execução de programas, etc.

×