Anatomia genital feminino

135.685 visualizações

Publicada em

Anatomia genital feminino

Publicada em: Educação
2 comentários
15 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
135.685
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
838
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.154
Comentários
2
Gostaram
15
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia genital feminino

  1. 1. Disciplina Anatomia II. <ul><li>Aparelho genital feminino </li></ul><ul><li>Aula do dia 20 de fevereiro de 2008. </li></ul>
  2. 2. Objetivos da aula de hoje. <ul><li>Objetivo Geral: Apresentar a anatomia macroscópica do aparelho genital feminino. </li></ul><ul><li>Objetivos específicos: </li></ul><ul><ul><li>Identificar as principais as principais estruturas anatômicas do aparelho reprodutor feminino. </li></ul></ul><ul><ul><li>Subsidiar futuros conhecimentos para apoiar a atividade médica e o conteúdo das demais disciplinas do curso médico. </li></ul></ul>
  3. 3. Aparelho reprodutor <ul><li>Aparelho voltado para a produção de gametas que levam à combinação genética e à procriação. </li></ul><ul><li>Desempenha funções não vitais. </li></ul><ul><li>Os órgãos do aparelho reprodutor caracterizam algumas das diferenças fundamentais entre os sexos. </li></ul>
  4. 4. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Constituído pelos seguintes órgãos. </li></ul><ul><ul><li>Ovários. </li></ul></ul><ul><ul><li>Tubas uterinas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Útero. </li></ul></ul><ul><ul><li>Vagina </li></ul></ul><ul><ul><li>Órgãos genitais externos. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Monte da pube. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lábios maiores. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lábios menores. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Vestíbulo da vagina. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Clítoris. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Bulbo do vestíbulo. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Glândulas vestibulares maiores.(Bartholin) </li></ul></ul></ul>
  5. 5. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Ovários. </li></ul><ul><ul><li>São as gônadas femininas, órgãos pares que produzem os gametas femininos e hormônios que determinam os ciclos menstruais e os caracteres sexuais secundários. </li></ul></ul><ul><ul><li>Mede de 2,5 a 4 cm de comprimento e pesa cerca de 7 gramas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Localizados perto da fixação do ligamento largo e fixado ao mesmo pelo mesovário, alem de se fixar na parede lateral da pelve pelos ligamentos suspensores dos ovários e ao útero pelo ligamento útero-ovárico. </li></ul></ul>
  6. 6. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Ovários. </li></ul><ul><ul><li>Na menina são órgãos de superfície lisa. </li></ul></ul><ul><ul><li>No menacme(?)apresentam sua superfície irregular e podem exibir a presença de folículos ou córpos lúteos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Após a menopausa costumam diminuir de tamanho. </li></ul></ul>
  7. 8. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Ovários. </li></ul><ul><ul><li>Os vasos, linfáticos e nervos entram e saem da face súpero-lateral no ligamento suspensor do ovário. </li></ul></ul><ul><ul><li>Circulação. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A irrigação arterial acontece pelas artérias ováricas (gonadais) ramos diretos da aórta, e por ramos ováricos das artérias uterinas, ramos da ilíaca interna. A drenagem venosa ocorre por meio do plexo pampiniforme, no ligamento largo, que formam a veia ovárica. A veia ovárica direita drena para a Veia cava infeiror e a veia ovárica esquerda drena para a veia renal esquerda. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Os linfáticos drenam para os linfonodos lombares (cavais e aórticos) </li></ul></ul></ul>
  8. 10. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Tubas uterinas. - Conduzem os óvulos do ovário até o útero. Dentro das tubas uterinas ocorre a fertilização do óvulo. </li></ul><ul><ul><li>Localiza-se na borda superior e entre duas lâminas do ligamento largo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Dividida em 4 partes: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Infundíbulo. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ampola. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Istmo. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Parte uterina. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Vascularização – irrigadas pelo ramo tubal da artéria uterina e por ramos da artéria ovárica. As veias seguem as artérias e tem os mesmos nomes. Os vasos linfáticos drenam para os linfonodos lombares ou aórticos. </li></ul></ul>
  9. 11. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Útero – órgão muscular oco de formato piriforme, onde se desenvolve o concepto até seu nascimento. </li></ul><ul><li>Camadas. </li></ul><ul><ul><li>Endométrio. </li></ul></ul><ul><ul><li>Miométrio. </li></ul></ul><ul><ul><li>Perimétrio. </li></ul></ul>
  10. 12. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Partes: </li></ul><ul><ul><li>Fundo – parte arredondada acima do plano do óstio das tubas uterinas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Corpo – Principal parte do útero, relaciona-se com os ligamentos largos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Istmo – segmento estreito com cerca de 1 cm de comprimento. </li></ul></ul><ul><ul><li>Cervix – terço inferior cilíndrico. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Óstio uterino interno. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Óstio uterino externo. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Porção supravaginal. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Porção vaginal. </li></ul></ul></ul>
  11. 14. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Útero. </li></ul><ul><ul><li>Ligamentos. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ligamento útero-ovárico. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ligamento redondo do útero. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ligamento largo do útero. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ligamentos transversos do colo. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ligamentos retouterinos. </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Vascularização. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Artéria uterina – ramo da ilíaca interna, e anastomoses com a artéria ovárica. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Plexo venoso uterino – drena para as veias ilíacas internas. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Linfáticos – Fundo e corpo drenam para os linfonodos lombares. Nas regiões das tubas uterinas e ligamentos redondos para os linfonodos inguinais superficiais. Do corpo e parte do colo, para os linfonodos ilíacos externos e do colo para os ilíacos internos e sacrais </li></ul></ul></ul>
  12. 16. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Vagina. </li></ul><ul><ul><li>Órgão feminino da cópula, e por ocasião do parto, forma a parte inferior do canal do parto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Comunica-se superiormente com a cavidade uterina e abre-se no vestíbulo da vagina inferiormente, onde é limitada pelo himen. </li></ul></ul><ul><ul><li>Circulação. </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>A irrigação arterial se dá superiormente por ramos da artéria uterina. A artéria vaginal, ramo da ilíaca interna da ramos anteriores e posteriores para a vagina. Pequenos ramos da artéria do bulbo do vestíbulo irrigam a parte inferior. A drenagem venosa se faz pelo plexo vaginal que se comunica com os plexos uterino e vesical. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Linfáticos: superior – iliacos externo e interno, média – ilíacos internos, Inferior – sacrais e ilíacos comuns, junto ao himem – inguinais superficiais. </li></ul></ul></ul>
  13. 17. Aparelho reprodutor
  14. 18. Aparelho reprodutor
  15. 19. Aparelho reprodutor feminino <ul><li>Órgãos genitais externos. </li></ul><ul><ul><li>Monte da pube. </li></ul></ul><ul><ul><li>Lábios maiores. </li></ul></ul><ul><ul><li>Lábios menores. </li></ul></ul><ul><ul><li>Vestíbulo da vagina. </li></ul></ul><ul><ul><li>Bulbo do vestíbulo. </li></ul></ul><ul><ul><li>Clítoris. </li></ul></ul><ul><ul><li>Glândulas vestibulares maiores. </li></ul></ul><ul><ul><li>Glândulas parauretrais. </li></ul></ul>
  16. 20. Aparelho reprodutor
  17. 21. Aparelho reprodutor
  18. 22. Aparelho reprodutor
  19. 25. <ul><li>Moore. KL. & Dalley AF. Anatomia Orientada para a Clínica. 5ª ed. </li></ul><ul><li>Gardner, Gray & O´Rahilly. Anatomia. 4ª ed. </li></ul>Bibliografia

×