O Inconsciente Cognitivo             Marco CallegaroInstituto Catarinense de Terapia Cognitiva
Jeffrey Young em São Paulo
No início do século XX, Freud construiu uma          teoria sobre o inconsciente Seu mérito foi essencialmente organizar e...
Freud é o pai do conceito de         inconsciente dinâmicoConjunto de hipóteses sobre a atividade   psíquica consciente e ...
Expressões usadas na literatura sobre processos                inconscientes:“processos automáticos” (psicologia cognitiva...
A expressão “inconsciente cognitivo” foi cunhada   pelo psicólogo John Kihlstrom (1987) em um        artigo publicado na r...
Os conteúdos conscientes provêm do       processamento de informaçõesNão estamos conscientes do processamento             ...
Hassin            Uleman              Bargh   Conceituação cientificamente testável    Ampliando o inconsciente cognitivo ...
O livro Negro da Psicanálise: Viver e pensar              melhor sem Freud     Organização de Catherine Meyer     (Rio de ...
A maior parte do processamento realizado pelo             cérebro é inconscienteSó temos acesso consciente a um resumo edi...
Metáfora da mente como um Iceberg
Para Bargh (1994), os processos automáticos      exibem quatro dimensões que nãonecessariamente se sobrepõe, que chamou de...
Charles Darwin
Evolução do sistema nervoso
Amígdala: controla sistema simpáticoe também aciona reação hormonal deluta ou fuga
“Uma amígdala hipersensível está associada com um padrão de   vieses cognitivos negativos e crenças disfuncionais (que são...
Para muitos deprimidos, ocorre uma ativação excessiva      do sistema do estresse em resposta a avaliações                ...
As interpretações da situações de vida são  fundamentais para determinar a excitação do sistema do estresse, e distorções ...
Estudo revelou um aumento da ativação do eixohipotálamo-pituitária-adrenal e de secreção de cortisol    nos sujeitos que e...
O estresse produzido pelo exagero na avaliação das situações   estressantes deixa o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal mai...
Um estudo com pacientes deprimidos revelou que todos tinham função prefrontal reduzida, e mais da metade apresentava ativi...
Os processos prefrontais de reavaliação dos       estímulos estão deficientes em  deprimidos, o que ressalta a importância...
Amígdala de pacientes depressivos apresenta elevada      atividade, ocasionando vieses na avaliação e      interpretação d...
No modelo cognitivo expandido (Beck, 2008), a hiper- reatividade da amígdala é apontada como o correlatoneural para os vie...
O foco seletivo nos aspectos negativos da experiência            resulta nas distorções cognitivas como personalização, su...
Diferenças entre o sistema do Hipocampo e Córtices Superiores e                             sistema da Amígdala    Process...
No início da terapia, é necessário esforço e               atenção conscienteCom o treinamento cognitivo, os novos padrões...
O treinamento com técnicas cognitivas vaimudando o circuito neural de processamento  esquemático, permitindo que o cérebro...
A repetição do processamento nestas vias diferentes cria novos hábitos mentais, ondeautomatismos mais funcionais substitue...
Exemplo clínico 1       Enfrentamento da RuminaçãoTécnicas cognitivas treinam a capacidade de monitorar e interromper padr...
Exemplo clínico 2             Descatastrofização Técnicas cognitivas treinam a capacidade de  reestruturar padrões de aval...
Obrigado pela atenção!  www.ictc.com.br marco@ictc.com.br
Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo
Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo
Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo
Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo
Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo
Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo

206 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Apresentação jornada wp2011_inconscientecognitivo

  1. 1. O Inconsciente Cognitivo Marco CallegaroInstituto Catarinense de Terapia Cognitiva
  2. 2. Jeffrey Young em São Paulo
  3. 3. No início do século XX, Freud construiu uma teoria sobre o inconsciente Seu mérito foi essencialmente organizar e desenvolver as idéias que estavam circulando na literatura em um sistema unificado.
  4. 4. Freud é o pai do conceito de inconsciente dinâmicoConjunto de hipóteses sobre a atividade psíquica consciente e inconsciente (metapsicanálise)
  5. 5. Expressões usadas na literatura sobre processos inconscientes:“processos automáticos” (psicologia cognitiva) “memória implícita” (neurociências) “módulos mentais” (psicologia evolucionista) “percepção subliminar” (psicologia social)
  6. 6. A expressão “inconsciente cognitivo” foi cunhada pelo psicólogo John Kihlstrom (1987) em um artigo publicado na revista Science
  7. 7. Os conteúdos conscientes provêm do processamento de informaçõesNão estamos conscientes do processamento em si, somente do resultado
  8. 8. Hassin Uleman Bargh Conceituação cientificamente testável Ampliando o inconsciente cognitivo The New UnconsciousFramework para processamento inconsciente Hassin, R. R.; Uleman, J. S. & Bargh, J. A.The New Unconscious. Oxford: Oxford University Press, 2005.
  9. 9. O livro Negro da Psicanálise: Viver e pensar melhor sem Freud Organização de Catherine Meyer (Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011)
  10. 10. A maior parte do processamento realizado pelo cérebro é inconscienteSó temos acesso consciente a um resumo editado destas informações
  11. 11. Metáfora da mente como um Iceberg
  12. 12. Para Bargh (1994), os processos automáticos exibem quatro dimensões que nãonecessariamente se sobrepõe, que chamou de “Quatro cavaleiros da Automaticidade”: 1 - Falta de percepção consciente 2 - Ausência de intenção 3 - Ausência de esforço para execução do comportamento 4 - Inabilidade de controlar o processo.
  13. 13. Charles Darwin
  14. 14. Evolução do sistema nervoso
  15. 15. Amígdala: controla sistema simpáticoe também aciona reação hormonal deluta ou fuga
  16. 16. “Uma amígdala hipersensível está associada com um padrão de vieses cognitivos negativos e crenças disfuncionais (que são fatores de risco para o desenvolvimento de depressão).Uma combinação de amígdala hiper-reativa e regiões prefrontais hipoativas estão associadas com avaliação cognitiva negativa e ocorrência de depressão (Beck, 2008)
  17. 17. Para muitos deprimidos, ocorre uma ativação excessiva do sistema do estresse em resposta a avaliações distorcidas (Beevers, 2005)Excesso de ativação do eixo hipotálamo-pituitária-adrenal e hipersecreção de cortisol tipicamente observada em pacientes deprimidos (Parker, Schatzberg & Lyons, 2003; Gotlib et. al., 2008)
  18. 18. As interpretações da situações de vida são fundamentais para determinar a excitação do sistema do estresse, e distorções na percepçãodas relações humanas são uma fonte importante de eventos potencialmente estressantes.
  19. 19. Estudo revelou um aumento da ativação do eixohipotálamo-pituitária-adrenal e de secreção de cortisol nos sujeitos que eram expostos a situações delaboratório avaliadas como ameaças de rejeição social (Dickerson & Kemeny, 2004)
  20. 20. O estresse produzido pelo exagero na avaliação das situações estressantes deixa o eixo hipotálamo-pituitária-adrenal mais ativado, aumentando a secreção de cortisol e atividade límbica, que passa a predominar sobre a função frontal.O desbalanço entre as funções frontais diminuídas e a atividade aumentada da amígdala que leva a um déficit no teste de realidade do sujeito e da capacidade de reavaliar cognições negativas
  21. 21. Um estudo com pacientes deprimidos revelou que todos tinham função prefrontal reduzida, e mais da metade apresentava atividade aumentada da amígdala (Siegle et al., 2007)
  22. 22. Os processos prefrontais de reavaliação dos estímulos estão deficientes em deprimidos, o que ressalta a importância da terapia cognitiva ao estimular avaliações mais realistas neste transtorno
  23. 23. Amígdala de pacientes depressivos apresenta elevada atividade, ocasionando vieses na avaliação e interpretação de estímulos emocionalmente carregados, e até mesmo na expectativa de estímulos ameaçadores (Siegle et al., 2007; Johnstone et. al., 2007; Abler et. al., 2007)
  24. 24. No modelo cognitivo expandido (Beck, 2008), a hiper- reatividade da amígdala é apontada como o correlatoneural para os vieses cognitivos negativos encontrados em depressivos, causando a secreção massiva de hormônios de estresse como cortisol que é observada nestes pacientes (Abler et. al., 2007).
  25. 25. O foco seletivo nos aspectos negativos da experiência resulta nas distorções cognitivas como personalização, supergeneralização e exagero formação de atitudes disfuncionais em relação a visão do self (sou inaceitável, inadequado)
  26. 26. Diferenças entre o sistema do Hipocampo e Córtices Superiores e sistema da Amígdala Processamento Consciente Processamento Inconsciente Sistema do Hipocampo/Córtex Sistema da Amígdala: Consciente (memória explícita)  Inconsciente (memória implícita) Lento (via mais lenta tálamo-  Rápido (via rápida tálamo- córtex) amígdala) Flexibilidade de resposta  Automático (avaliação de perigo mediada pela reflexão e escolha aciona emoções e reações consciente corporais) Maior transitoriedade e  Permanente (memórias facilidade de esquecimento com resistentes à extinção) o tempo  Representações simples e cruas Representações mais do mundo (não faz detalhadas e acuradas do discriminações finas) mundo  Antigo (conserva-se ao longo da Mais recente na evolução evolução)
  27. 27. No início da terapia, é necessário esforço e atenção conscienteCom o treinamento cognitivo, os novos padrões de atribuição de significado vão se tornando inconscientes
  28. 28. O treinamento com técnicas cognitivas vaimudando o circuito neural de processamento esquemático, permitindo que o cérebro executivo do córtex pré-frontal reavalie as situações.
  29. 29. A repetição do processamento nestas vias diferentes cria novos hábitos mentais, ondeautomatismos mais funcionais substituem os esquemas desadaptativos.
  30. 30. Exemplo clínico 1 Enfrentamento da RuminaçãoTécnicas cognitivas treinam a capacidade de monitorar e interromper padrões repetitivos ruminativos de avaliação distorcida e buscar interpretações alternativas mais realistas Uso de técnica de Solução de problemas
  31. 31. Exemplo clínico 2 Descatastrofização Técnicas cognitivas treinam a capacidade de reestruturar padrões de avaliação distorcida catastróficasUso de técnicas que reavaliam probabilidade de ocorrência de eventos temidos
  32. 32. Obrigado pela atenção! www.ictc.com.br marco@ictc.com.br

×