O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
REDAÇÃO ENEM TEMAS 2013
01 - TEMA - REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
TESE: CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
02 - TEMA – HOMOFOBIA
TESE: CONSTRUÇÃO DE UMA AGENDA ANTI-H0MOFOBIA
03 - TEMA – RECURSOS HÍDRICOS
TESE: CRIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE PREVENÇÃO
DOS RECURSOS HÍDRICOS
04 - TEMA – ANIMAIS ABANDONADOS
TESE: CRIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS ARTICULADAS
ENTRE OS DONOS DE ANIMAIS E A SAÚDE PÚBLICA
05 - TEMA – MOBILIDADE URBANA (O entrave na capacidade de
deslocamento de pessoas e bens no espaço urbano em tempo conside...
06 - TEMA – O ESPORTE COMO FATOR DE INCLUSÃO SOCIAL
O esporte sem dúvida alguma é uma das práticas mais saudáveis que
nós ...
07 - TEMA – CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL
As drogas não são um problema que atinge apenas o vizinho. E nem
um assunto que se r...
08 - TEMA – VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO
As principais causas da violência no
transito são evitáveis, dentre elas, dirigir
sob ef...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Compilação redação enem temas 2013

COMPILAÇÃO DE TEMAS PARA A REDAÇÃO DO ENEM 2013

  • Seja o primeiro a comentar

Compilação redação enem temas 2013

  1. 1. REDAÇÃO ENEM TEMAS 2013 01 - TEMA - REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL TESE: CONTRA A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL
  2. 2. 02 - TEMA – HOMOFOBIA TESE: CONSTRUÇÃO DE UMA AGENDA ANTI-H0MOFOBIA
  3. 3. 03 - TEMA – RECURSOS HÍDRICOS TESE: CRIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE PREVENÇÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS
  4. 4. 04 - TEMA – ANIMAIS ABANDONADOS TESE: CRIAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS ARTICULADAS ENTRE OS DONOS DE ANIMAIS E A SAÚDE PÚBLICA
  5. 5. 05 - TEMA – MOBILIDADE URBANA (O entrave na capacidade de deslocamento de pessoas e bens no espaço urbano em tempo considerado ideal tem solução?). PROJETO PÓE ÔNIBUS E BICICLETA NA MESMA FAIXA Hoje nas grandes capitais brasileiras são adotadas medidas restritivas e/ou paliativas de movimento automobilístico entre eles o rodízio de placas e radares que não resolvem a questão do entrave de movimento nas grandes capitais. Para piorar a situação existem estudos para a criação do pedágio urbano que são medidas paliativas que atravancam o progresso e produzem com o aumento dos congestionamentos nas principais ruas e avenidas estresses e prejuízos. TESE: Essa situação caótica deve ser mudada com práticas efetivas do poder público. PROPOSTA DE SOLUÇÃO: É extremamente necessário que o poder público articule concomitantemente a extensão e a interligação de corredores de ônibus, linhas de metro e ciclovias.
  6. 6. 06 - TEMA – O ESPORTE COMO FATOR DE INCLUSÃO SOCIAL O esporte sem dúvida alguma é uma das práticas mais saudáveis que nós podemos realizar em nossas vidas, pois com ele praticamos a atividade física e ainda por cima conservamos a nossa saúde, que é o mais importante. Praticado no mundo inteiro, o esporte é certamente uma questão social e cultural. E o esporte torna-se ainda mais importante na vida dos jovens, pois os jovens quando praticam algum tipo de esporte não tem tempo para entrar, por exemplo, no mundo das drogas, no mundo do crime, enfim não sobram momentos para as coisas ruins. O esporte como fator de inclusão social?! O discurso de que o esporte pode incluir os excluídos tem uma forte conotação ideológica por trás. Esporte como fator de inclusão social?! TESE: O esporte está diretamente relacionado à integração social, porém apenas sua aplicabilidade é uma medida paliativa. INTERVENÇÕES: Seu contexto deverá inserir numa prática educativa qualitativa e familiar. No contexto de inclusão social a educação qualitativa é o principal processo de sustentação do indivíduo marginalizado, uma vez que pelo procedimento educativo com sentido de profissionalização seja na área civil, mecânica ou esportiva esse indivíduo tornará um cidadão crítico e consequentemente um profissional qualificado em qualquer área. Esporte e educação são ações e procedimentos incentivadores com potencialidades no processo de inclusão social. Porém além de uma educação qualitativa esse conjunto de ação deverá estar fundamentado na assistência de reestruturação familiar, visto que o sujeito inserido nesse processo não será impactado por diferentes realidades e evoluirá de acordo com a educação primária e secundária.
  7. 7. 07 - TEMA – CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL As drogas não são um problema que atinge apenas o vizinho. E nem um assunto que se resolve com o combate ao tráfico. É preciso superar estes dois mitos para que o problema seja encarado em todas as suas dimensões: do indivíduo às políticas públicas. O crack figura hoje como uma das mais destrutivas drogas que estão à disposição das pessoas. De acesso fácil, custo baixo e efeito avassalador, tem levado muitos cidadãos, principalmente jovens, ao caminho da dependência. Além disso, tem sido responsável pelo aumento da violência e da criminalidade, conforme avaliam as autoridades policiais. TESE: O ASSUNTO DEVE SER VISTO COMO UM PROBLEMA DE SAÚDE E NÃO SIMPLESMENTE COMO PROBLEMA SOCIAL DE SE RESOLVE PELA POLÍCIA SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA: ENCAMINHAMENTOS POSSÍVEIS - OFERECER TRATAMENTO DE SAÚDE AOS USUÁRIOS - DESENVOLVER AÇÕES DE PREVENÇÃO - COMBATER O TRÁFICO - ACOMPANHAMENTO DE REESTRUTURAÇÃO FAMILIAR
  8. 8. 08 - TEMA – VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO As principais causas da violência no transito são evitáveis, dentre elas, dirigir sob efeito de álcool ou de entorpecentes, trafegar em velocidade inadequada, inexperiência na direção, falta de atenção e de manutenção no veiculo são as mais conhecidas. Além de que muitas rodovias estão mal sinalizadas, muitos motoristas arriscam suas vidas e de outras pessoas dirigindo embriagados, a principal causa de acidentes no Brasil, chegando a causar 50% das mortes. TESE: A VIOLÊNCIA NO TRÂNSITO NO BRASIL É UM CÂNCER NA SOCIEDADE E É POSSÍVEL SER CURADO SOLUÇÃO SOCIAL: POSSÍVEIS ENCAMINHAMENTOS - CRIAÇÃO DE UMA LEGISLAÇÃO PENAL SEVERA - FISCALIZAÇÃO EFICIENTE DE MOTORISTAS E VEÍCULOS - ELABORAÇÃO DE AÇÕES PREVENTIVAS - FIM DA IMPUNIDADE COM APLICAÇÃO SEVERA DAS LEIS Existe também outro motivo fundamental para que essa situação não se resolva: o comportamento da população. É através desta conscientização em massa que os números tendem a diminuir, como ocorre em muitos países, onde a população alterou conceitos, valendo-se de uma direção preventiva, respeito aos cidadãos e as leis de trânsito. A população tem um papel fundamental nesta luta e, ao lado do poder público, pode tirar o Brasil das primeiras colocações no ranking de mortes no trânsito.

×