SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
CASPL – 3ºANO
  Grupo: Danilo, Fernando,
Karolyn, Leonardo, Rhayssa e
          Priscilla.
• Mário de Andrade     •   Anita Malfatti
• Oswald de            •    Ismael Nery
  Andrade
                       •    Milton Dacosta
• Víctor Brecheret
                       •    Tarsila do Amaral
• Plínio Salgado
• Menotti Del Pichia   •    Di Cavalcanti
• Sérgio Milliet       •    Lasar Segal
• Heitor Villa-Lobos
• Di Cavalcanti.
• Anita Malfatti
• Tarsila do Amaral
• O modernismo não foi homogêneo,haviam
  tendências diversificadas que se
  aglutinam em pequenos grupos: revistas
  e manifestos.
•   1ª revista do movimento modernista;
•   Primitivista e futurista;
•   Maio de 1922 a janeiro de 1923;
•   Mário de Andrade,Oswald de
    Andrade,Manuel Bandeira,Menotti Del
    Picchia,Guilherme de Almeida e Sérgio
    Milliet.
• Carlos Drummond de Andrade;
• Belo Horizonte (1925-1926);
• Difundir o modernismo em Minas
  Gerais;
• Rio de Janeiro 1927;
• Tasso da Silveira e Andrade Muricy;
• Divulgava a ideologia do grupo
  Espiritualista,remanescente do
  Simbolismo;
• Cecília Meireles e Murilo Mendes.
• Consequência do Manifesto
  Antropófago escrito por Oswald de
  Andrade;
• São Paulo (1928-1929);
• Inicialmente apresenta tendências
  ecléticas,logo se tornou polêmica e
  problematica, criticando e cobrando
  posicionamento dos colegas
  modernistas.
• Liderado por Oswald de Andrade
• Publicado no jornal Correio da Manhã
  de São Paulo, em 1924
• Objetivo principal:integração entre as
  diversas tendências do movimento, a
  nativa, a colonizada, a tradicional e a
  moderna.
• O movimento começou em 1926

• Liderado por Plinio Salgado, Menotti del
  Picchia, Cassiano Ricardo e Guilherme de
  Almeida

•    Este grupo acuava o grupo pau-brasil de um
    nacionalismo afrancesado e propunha um
    nacionalismo primitivista e ufanista, de
    tendência conservadora e ideologia direitista .
• Em 1929 surge a Escola de Anta, a
  partir do grupo Verde–Amarelo, cujo
  os representantes adotam o tupi e a
  anta como os grandes símbolos
  nacionais.
• Liderado por Gilberto Freyre em
  1926, na cidade do Recife
• Manifesto Regionalista, propõe a
  valorização do nordestino e suas
  tradições.
• Quando aconteceu a Semana de Arte
  Moderna no Brasil, a imprensa não deu
  muita importância. Muitos jornais sequer a
  citaram e os que citaram, falaram mal.

• Ficava a ponto de dizer: “Não é só um
  problema de estética, mas deve ser
  estudado como fenômeno de patologia
  mental”.
• A imprensa não deu a mínima para um
  dos eventos mais importantes do
  Futurismo brasileiro, o jornal Correio
  Paulistano chegou a citar o nome de
  Anita Malfatti e dizer que ela
  “desconhece por completo harmonia,
  cor e perspectiva”.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte modernamarleiart
 
Primeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoPrimeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoVictor Said
 
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922tatalves
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna licss
 
Semana da Arte Moderna (1922)
Semana da Arte Moderna (1922)Semana da Arte Moderna (1922)
Semana da Arte Moderna (1922)Vinícius Fabreau
 
O projeto estético e ideológico do modernismo brasileiro
O projeto estético e ideológico do modernismo brasileiroO projeto estético e ideológico do modernismo brasileiro
O projeto estético e ideológico do modernismo brasileiroPaulo Konzen
 
Semana de Arte Moderna de 1922
Semana de Arte Moderna de 1922Semana de Arte Moderna de 1922
Semana de Arte Moderna de 1922Edu Oliveira
 
Literatura aula 22 - modernismo no brasil
Literatura   aula 22 - modernismo no brasilLiteratura   aula 22 - modernismo no brasil
Literatura aula 22 - modernismo no brasilJuliana Oliveira
 
Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...
Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...
Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...Fabio Lemes
 
antecedentes da semana de arte moderna
antecedentes da semana de arte modernaantecedentes da semana de arte moderna
antecedentes da semana de arte modernaguest176a06
 
O modernismo no brasil
O modernismo no brasilO modernismo no brasil
O modernismo no brasilItamir Beserra
 
Semana de arte moderna apresentação 1
Semana de arte moderna apresentação 1Semana de arte moderna apresentação 1
Semana de arte moderna apresentação 1Raquel Corrêa
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Grupo Educacional Opet
 
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian TrombiniSemana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian TrombiniVIVIAN TROMBINI
 
Ideias Modernistas antes de 1922
Ideias Modernistas antes de 1922Ideias Modernistas antes de 1922
Ideias Modernistas antes de 1922Thiago Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Primeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismoPrimeira fase do modernismo
Primeira fase do modernismo
 
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
Webgincana da Semana de Arte Moderna de 1922
 
Semana de arte moderna
Semana de arte moderna Semana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Semana de Arte Moderna
Semana de Arte ModernaSemana de Arte Moderna
Semana de Arte Moderna
 
Semana da Arte Moderna (1922)
Semana da Arte Moderna (1922)Semana da Arte Moderna (1922)
Semana da Arte Moderna (1922)
 
O projeto estético e ideológico do modernismo brasileiro
O projeto estético e ideológico do modernismo brasileiroO projeto estético e ideológico do modernismo brasileiro
O projeto estético e ideológico do modernismo brasileiro
 
Semana de Arte Moderna de 1922
Semana de Arte Moderna de 1922Semana de Arte Moderna de 1922
Semana de Arte Moderna de 1922
 
Literatura aula 22 - modernismo no brasil
Literatura   aula 22 - modernismo no brasilLiteratura   aula 22 - modernismo no brasil
Literatura aula 22 - modernismo no brasil
 
Modernismo e a semana de 22
Modernismo e a semana de 22Modernismo e a semana de 22
Modernismo e a semana de 22
 
Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...
Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...
Projeto Literatura, Diversão e Arte - Trabalhando o Modernismo e a Arte Moder...
 
Arte moderna slide
Arte moderna slideArte moderna slide
Arte moderna slide
 
antecedentes da semana de arte moderna
antecedentes da semana de arte modernaantecedentes da semana de arte moderna
antecedentes da semana de arte moderna
 
O modernismo no brasil
O modernismo no brasilO modernismo no brasil
O modernismo no brasil
 
Semana de arte moderna apresentação 1
Semana de arte moderna apresentação 1Semana de arte moderna apresentação 1
Semana de arte moderna apresentação 1
 
A semana de arte moderna
A semana de arte modernaA semana de arte moderna
A semana de arte moderna
 
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
Semana de arte moderna de 1922, conflitos e confrontos.
 
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian TrombiniSemana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
Semana de Arte Moderna - Professora Vivian Trombini
 
História da Arte: Semana de 22
História da Arte: Semana de 22História da Arte: Semana de 22
História da Arte: Semana de 22
 
Ideias Modernistas antes de 1922
Ideias Modernistas antes de 1922Ideias Modernistas antes de 1922
Ideias Modernistas antes de 1922
 

Destaque

Semana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiro
Semana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiroSemana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiro
Semana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiroColégio Santa Luzia
 
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)CrisBiagio
 
A semana da arte moderna blog
A semana da arte moderna   blogA semana da arte moderna   blog
A semana da arte moderna blogLuciene Gomes
 
Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Dismael Sagás
 
Plano de aula modernismo no Brasil
Plano de aula modernismo no BrasilPlano de aula modernismo no Brasil
Plano de aula modernismo no Brasillmsmalengo
 
Apresentação Modernismo Brasileiro
Apresentação Modernismo BrasileiroApresentação Modernismo Brasileiro
Apresentação Modernismo BrasileiroKleiner Paulo Geraldi
 
Portfolio michael 20Jan2014-Vertical
Portfolio michael 20Jan2014-VerticalPortfolio michael 20Jan2014-Vertical
Portfolio michael 20Jan2014-VerticalMichael Catunda
 
Adélia ,samuel.
Adélia  ,samuel.Adélia  ,samuel.
Adélia ,samuel.crishmuler
 
105224 indagacoes2
105224 indagacoes2105224 indagacoes2
105224 indagacoes2Josi Martins
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismo
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismowww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismo
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do ModernismoAnnalu Jannuzzi
 
Semana de arte moderna apresentação 2
Semana de arte moderna apresentação 2Semana de arte moderna apresentação 2
Semana de arte moderna apresentação 2Raquel Corrêa
 
Indagacoes sobre curriculo
Indagacoes sobre curriculoIndagacoes sobre curriculo
Indagacoes sobre curriculosmedany
 
Seminários história da arte 1 b 03
Seminários história da arte 1 b   03Seminários história da arte 1 b   03
Seminários história da arte 1 b 03Gabriela Lemos
 
SEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMOSEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMOMarcelo Fernandes
 

Destaque (20)

Semana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiro
Semana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiroSemana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiro
Semana de arte moderna e 1ª fase do Modernismo brasileiro
 
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
Modernismo – 1ª fase (1922 a 1930)
 
A semana da arte moderna blog
A semana da arte moderna   blogA semana da arte moderna   blog
A semana da arte moderna blog
 
Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922
 
Plano de aula modernismo no Brasil
Plano de aula modernismo no BrasilPlano de aula modernismo no Brasil
Plano de aula modernismo no Brasil
 
Apresentação Modernismo Brasileiro
Apresentação Modernismo BrasileiroApresentação Modernismo Brasileiro
Apresentação Modernismo Brasileiro
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Video Semana de Arte Moderna - 3ª A - 2011
Video Semana de Arte Moderna - 3ª A - 2011Video Semana de Arte Moderna - 3ª A - 2011
Video Semana de Arte Moderna - 3ª A - 2011
 
Portfolio michael 20Jan2014-Vertical
Portfolio michael 20Jan2014-VerticalPortfolio michael 20Jan2014-Vertical
Portfolio michael 20Jan2014-Vertical
 
Adélia ,samuel.
Adélia  ,samuel.Adélia  ,samuel.
Adélia ,samuel.
 
105224 indagacoes2
105224 indagacoes2105224 indagacoes2
105224 indagacoes2
 
Artistas
ArtistasArtistas
Artistas
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismo
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismowww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismo
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Literatura - Primeira fase do Modernismo
 
Semana de arte moderna apresentação 2
Semana de arte moderna apresentação 2Semana de arte moderna apresentação 2
Semana de arte moderna apresentação 2
 
Indagacoes sobre curriculo
Indagacoes sobre curriculoIndagacoes sobre curriculo
Indagacoes sobre curriculo
 
Seminários história da arte 1 b 03
Seminários história da arte 1 b   03Seminários história da arte 1 b   03
Seminários história da arte 1 b 03
 
SEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMOSEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMO
SEMINÁRIO DE LITERATURA - MODERNISMO
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Centro de ensino milton
Centro de ensino    miltonCentro de ensino    milton
Centro de ensino milton
 
Século xx no brasil (1) consuello
Século xx no brasil (1)   consuelloSéculo xx no brasil (1)   consuello
Século xx no brasil (1) consuello
 

Semelhante a Semana de Arte Moderna

Semelhante a Semana de Arte Moderna (20)

Modernismo no Brasil
Modernismo no BrasilModernismo no Brasil
Modernismo no Brasil
 
1fasedomodernismo 170607032315
1fasedomodernismo 1706070323151fasedomodernismo 170607032315
1fasedomodernismo 170607032315
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
 
Arte do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
Arte  do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptxArte  do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
Arte do Modernismo ao Contemporâneo Brasil.pptx
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
22 modernismo2020
22 modernismo202022 modernismo2020
22 modernismo2020
 
Modernismo2019
Modernismo2019Modernismo2019
Modernismo2019
 
Modernismo: FASE HERÓICA
Modernismo: FASE HERÓICAModernismo: FASE HERÓICA
Modernismo: FASE HERÓICA
 
Movimento de stijl o estilo
Movimento de stijl  o estiloMovimento de stijl  o estilo
Movimento de stijl o estilo
 
O Surrealismo-História
O Surrealismo-HistóriaO Surrealismo-História
O Surrealismo-História
 
Tarsila do Amaral Movimento Antropofágico
Tarsila do Amaral Movimento AntropofágicoTarsila do Amaral Movimento Antropofágico
Tarsila do Amaral Movimento Antropofágico
 
Trabs Molezinha
Trabs MolezinhaTrabs Molezinha
Trabs Molezinha
 
Surrealismo 2
Surrealismo 2Surrealismo 2
Surrealismo 2
 
trabalho de portugues (1).pptx
trabalho de portugues (1).pptxtrabalho de portugues (1).pptx
trabalho de portugues (1).pptx
 
Arcadismo - Literatura.
Arcadismo - Literatura.Arcadismo - Literatura.
Arcadismo - Literatura.
 
Dadaísmo e Surrealismo
Dadaísmo e Surrealismo Dadaísmo e Surrealismo
Dadaísmo e Surrealismo
 
Manifesto
ManifestoManifesto
Manifesto
 
Modernismo
ModernismoModernismo
Modernismo
 
Seminários história da arte 06
Seminários história da arte   06Seminários história da arte   06
Seminários história da arte 06
 

Último

Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024azulassessoria9
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdfAntonio Barros
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 

Semana de Arte Moderna

  • 1. CASPL – 3ºANO Grupo: Danilo, Fernando, Karolyn, Leonardo, Rhayssa e Priscilla.
  • 2.
  • 3. • Mário de Andrade • Anita Malfatti • Oswald de • Ismael Nery Andrade • Milton Dacosta • Víctor Brecheret • Tarsila do Amaral • Plínio Salgado • Menotti Del Pichia • Di Cavalcanti • Sérgio Milliet • Lasar Segal • Heitor Villa-Lobos
  • 5.
  • 7.
  • 8. • Tarsila do Amaral
  • 9.
  • 10.
  • 11. • O modernismo não foi homogêneo,haviam tendências diversificadas que se aglutinam em pequenos grupos: revistas e manifestos.
  • 12. 1ª revista do movimento modernista; • Primitivista e futurista; • Maio de 1922 a janeiro de 1923; • Mário de Andrade,Oswald de Andrade,Manuel Bandeira,Menotti Del Picchia,Guilherme de Almeida e Sérgio Milliet.
  • 13. • Carlos Drummond de Andrade; • Belo Horizonte (1925-1926); • Difundir o modernismo em Minas Gerais;
  • 14. • Rio de Janeiro 1927; • Tasso da Silveira e Andrade Muricy; • Divulgava a ideologia do grupo Espiritualista,remanescente do Simbolismo; • Cecília Meireles e Murilo Mendes.
  • 15. • Consequência do Manifesto Antropófago escrito por Oswald de Andrade; • São Paulo (1928-1929); • Inicialmente apresenta tendências ecléticas,logo se tornou polêmica e problematica, criticando e cobrando posicionamento dos colegas modernistas.
  • 16. • Liderado por Oswald de Andrade • Publicado no jornal Correio da Manhã de São Paulo, em 1924 • Objetivo principal:integração entre as diversas tendências do movimento, a nativa, a colonizada, a tradicional e a moderna.
  • 17. • O movimento começou em 1926 • Liderado por Plinio Salgado, Menotti del Picchia, Cassiano Ricardo e Guilherme de Almeida • Este grupo acuava o grupo pau-brasil de um nacionalismo afrancesado e propunha um nacionalismo primitivista e ufanista, de tendência conservadora e ideologia direitista .
  • 18. • Em 1929 surge a Escola de Anta, a partir do grupo Verde–Amarelo, cujo os representantes adotam o tupi e a anta como os grandes símbolos nacionais.
  • 19. • Liderado por Gilberto Freyre em 1926, na cidade do Recife • Manifesto Regionalista, propõe a valorização do nordestino e suas tradições.
  • 20. • Quando aconteceu a Semana de Arte Moderna no Brasil, a imprensa não deu muita importância. Muitos jornais sequer a citaram e os que citaram, falaram mal. • Ficava a ponto de dizer: “Não é só um problema de estética, mas deve ser estudado como fenômeno de patologia mental”.
  • 21. • A imprensa não deu a mínima para um dos eventos mais importantes do Futurismo brasileiro, o jornal Correio Paulistano chegou a citar o nome de Anita Malfatti e dizer que ela “desconhece por completo harmonia, cor e perspectiva”.