SlideShare uma empresa Scribd logo
Gabarito exercícios 1ª Unidade
1ª Parte
1) Explique o movimento de rotação e translação.
Rotação é quando um determinado volume de massa gira ao redor de seu próprio eixo.
Este movimento ocorre no sentido anti-horário, de oeste para leste e, dura
aproximadamente 24 horas.
Translação é o nome que se dá ao movimento que a Terra realiza em torno do Sol. Esse
movimento é elíptico. Para dar uma volta completa ao redor do Sol, a Terra leva 365 dias,
5 horas, 48 minutos e 45 segundos e meio, sendo esse o período de um ano. Porém, a fim
de facilitar a nossa contagem dos dias, estabelecemos que um ano possui 365 dias.
A execução do movimento é caracterizada por uma elipse (forma ligeiramente oval). Por
isso, que a distância entre a Terra e o Sol varia de acordo com a época do ano sendo
147,1 milhões de km no periélio (ponto da Terra mais próximo do Sol), enquanto que no
afélio (ponto da Terra mais afastado do Sol) a distância é de 152,1.
2) Por que não podemos dizer que a Terra é uma esfera perfeita?
O planeta Terra tem um formato esférico, mas não é uma esfera perfeita porque tem seus
polos levemente achatados. Por esse fato, podemos dizer que ela é geoide.
3) O tempo que cada planeta leva para dar uma volta em torno do sol, ou seja, para
completar sua órbita, tem relação com a duração do ano e a distância entre o planeta e o
Sol? Qual?
Sim. Quanto menor for a distância entre o planeta e o Sol, menor será a elipse que este
realizará ao redor do Sol e vice-versa. Exemplo: a Terra demora 365 dias para completar
sua translação, Vênus demora 225 dias.
2ª Parte
1) Um programa televisivo apresentado às 20:00 em Brasília será transmitido,
simultaneamente, a que horas em Fernando de Noronha e no Acre, respectivamente?
Fernando de Noronha está um fuso a leste do fuso de Brasília, portanto somaremos uma
hora. Já o Acre está um fuso a oeste de Brasília então, diminuiremos uma hora.
Se em Brasilia são 20:00, em Fernando de Noronha são 21:00 e no Acre 19:00.
2) Um time de futebol de São Paulo irá enfrentar uma equipe de Roraima. A delegação do
time paulista embarca às 08:00 rumo ao seu destino, e após 6 horas de viagem o time
chega. Qual o horário que o time de São Paulo desembarcou em Roraima?
Roraima está um fuso a oeste de São Paulo então, se em São Paulo são 08:00 em
Roraima são 07:00. Agora é só somar o horário de Roraima ao tempo de duração da
viagem, ou seja: 7:00 + 6 horas de viagem = 13:00
A delegação do time paulista desembarcou as 13:00 em Roraima.
3) Um avião faz uma viagem em duas etapas: 1º ETAPA – sai de Santiago (75ºLO), no Chile,
às 07 horas do dia dois e faz escala em São Paulo (45º LO), após quatro horas de viagem;
2º ETAPA – depois de quatro horas, levanta voo novamente com destino a Roma (15º LL).
Responda:
a) A que horas o avião chega à São Paulo?
75 – 45 = 30 => 30/ 15 = 2 fusos ou seja, São Paulo está 2 fusos a leste de Santiago.
Se o avião saiu as 7 horas de Santiago, em São Paulo eram 7+2 = 9:00 horas. Sabendo-se
a hora de São Paulo basta somar o tempo de viagem que foi de quatro horas: 9:00 + 4 =
13:00 horas. O avião chega a São Paulo as 13:00 horas do dia dois.
b) A que Horas o Avião Chega a Roma, sabendo-se que a viagem de São Paulo a Roma
dura dez Horas?
Sabendo-se que se permaneceu mais quatro horas no aeroporto de São Paulo significa
que a partida para Roma se deu 13:00 + 4 horas = 17:00. Roma está quatro fusos a leste
de São Paulo (45º até Greenwich + 15º até Roma = 60º => 60º/15 = 4 fusos) então, se em
São Paulo são 17:00 em Roma são 17:00 + 4 fusos = 21:00 do dia dois. Sabendo-se o
horário de Roma basta somar o tempo de viagem que é de dez horas = 21:00 + 10 horas
de viagem = 7:00 do dia três.
c) Qual A diferença de horas entre Santiago e Roma? 06 HORAS
Entre Santiago e Roma a diferença são 6 horas, pois soma-se as duas horas de Santiago
à São Paulo com as quatro horas de São Paulo à Roma.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Recuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestre
Recuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestreRecuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestre
Recuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestreRafael Marques
 
Ciências 5º ano
Ciências 5º anoCiências 5º ano
Ciências 5º anoIvaildo
 
Migracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartreMigracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartreAdemir Aquino
 
Equações 1º grau simples e com parenteses
Equações 1º grau   simples e com parentesesEquações 1º grau   simples e com parenteses
Equações 1º grau simples e com parentesesRita Sousa
 
Prova de geografia 7º ano
Prova de geografia 7º anoProva de geografia 7º ano
Prova de geografia 7º anoGoogle
 
Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano
Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano
Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano Fellipe Prado
 
Lista de exercícios 2 operações com números naturais
Lista de exercícios 2   operações com números naturaisLista de exercícios 2   operações com números naturais
Lista de exercícios 2 operações com números naturaisEverton Moraes
 
Fusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialFusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialRosi Rodrigues
 
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas GeográficasGeografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas GeográficasTânia Regina
 
Atividades com os continentes olimpiada 2016
Atividades com os continentes   olimpiada 2016Atividades com os continentes   olimpiada 2016
Atividades com os continentes olimpiada 2016Sonia Amaral
 
Cruzadinha Planeta Terra.pdf
Cruzadinha Planeta Terra.pdfCruzadinha Planeta Terra.pdf
Cruzadinha Planeta Terra.pdfMary Alvarenga
 
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestreAvaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestrePriscila Silva Andrade
 

Mais procurados (20)

Recuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestre
Recuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestreRecuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestre
Recuperação lista exercicios 7º ano 1º bimestre
 
Migraçoes
MigraçoesMigraçoes
Migraçoes
 
Ciências 5º ano
Ciências 5º anoCiências 5º ano
Ciências 5º ano
 
Cartografia
CartografiaCartografia
Cartografia
 
Migracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartreMigracoes brasileiras sartre
Migracoes brasileiras sartre
 
Equações 1º grau simples e com parenteses
Equações 1º grau   simples e com parentesesEquações 1º grau   simples e com parenteses
Equações 1º grau simples e com parenteses
 
Paisagem, espaço e lugar
Paisagem, espaço e lugarPaisagem, espaço e lugar
Paisagem, espaço e lugar
 
Prova de geografia 7º ano
Prova de geografia 7º anoProva de geografia 7º ano
Prova de geografia 7º ano
 
Avaliação de Geografia - Cartografia
Avaliação de Geografia - CartografiaAvaliação de Geografia - Cartografia
Avaliação de Geografia - Cartografia
 
Fusos horarios completo
Fusos horarios completoFusos horarios completo
Fusos horarios completo
 
Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano
Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano
Elementos da Orientação e da cartografia - Aulas 1, 2 e 3 Geografia 3º Ano
 
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
PDF: AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BI...
 
Lista de exercícios 2 operações com números naturais
Lista de exercícios 2   operações com números naturaisLista de exercícios 2   operações com números naturais
Lista de exercícios 2 operações com números naturais
 
Avaliação 6º ano geografia
Avaliação 6º ano   geografiaAvaliação 6º ano   geografia
Avaliação 6º ano geografia
 
Fusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundialFusos horários do brasil e mundial
Fusos horários do brasil e mundial
 
Atividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeaisAtividades com pontos cardeais
Atividades com pontos cardeais
 
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas GeográficasGeografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
Geografia - Exercícios sobre Coordenadas Geográficas
 
Atividades com os continentes olimpiada 2016
Atividades com os continentes   olimpiada 2016Atividades com os continentes   olimpiada 2016
Atividades com os continentes olimpiada 2016
 
Cruzadinha Planeta Terra.pdf
Cruzadinha Planeta Terra.pdfCruzadinha Planeta Terra.pdf
Cruzadinha Planeta Terra.pdf
 
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestreAvaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
Avaliação de geografia 6º ano - 1º bimestre
 

Destaque

Projeções
ProjeçõesProjeções
Projeçõeskarolpoa
 
Coordenadas geográficas
Coordenadas geográficasCoordenadas geográficas
Coordenadas geográficaskarolpoa
 
fatores e elementos climáticos
 fatores e elementos climáticos fatores e elementos climáticos
fatores e elementos climáticosCarolina Corrêa
 
Domínios morfoclimáticos brasileiros
Domínios morfoclimáticos brasileirosDomínios morfoclimáticos brasileiros
Domínios morfoclimáticos brasileiroskarolpoa
 
Movimentos da terra
Movimentos da terraMovimentos da terra
Movimentos da terrakarolpoa
 
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientaisDomínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientaiskarolpoa
 
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaOs ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaCarolina Corrêa
 
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientaisDomínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientaiskarolpoa
 
Domínios cerrado
Domínios cerradoDomínios cerrado
Domínios cerradokarolpoa
 
Tectônica de placas
Tectônica de placasTectônica de placas
Tectônica de placaskarolpoa
 
Domínios mares de morros
Domínios mares de morrosDomínios mares de morros
Domínios mares de morroskarolpoa
 
Minerais e rochas
Minerais e rochasMinerais e rochas
Minerais e rochaskarolpoa
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileirokarolpoa
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terrakarolpoa
 
Formação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialFormação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialCarolina Corrêa
 

Destaque (20)

Projeções
ProjeçõesProjeções
Projeções
 
Coordenadas geográficas
Coordenadas geográficasCoordenadas geográficas
Coordenadas geográficas
 
fatores e elementos climáticos
 fatores e elementos climáticos fatores e elementos climáticos
fatores e elementos climáticos
 
3 atmosfera
3 atmosfera3 atmosfera
3 atmosfera
 
Climatologia no brasil
Climatologia no brasilClimatologia no brasil
Climatologia no brasil
 
Domínios morfoclimáticos brasileiros
Domínios morfoclimáticos brasileirosDomínios morfoclimáticos brasileiros
Domínios morfoclimáticos brasileiros
 
Movimentos da terra
Movimentos da terraMovimentos da terra
Movimentos da terra
 
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientaisDomínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
 
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaOs ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
 
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientaisDomínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
Domínios morfoclimáticos brasileiros condições ambientais
 
Domínios cerrado
Domínios cerradoDomínios cerrado
Domínios cerrado
 
Tectônica de placas
Tectônica de placasTectônica de placas
Tectônica de placas
 
Domínios mares de morros
Domínios mares de morrosDomínios mares de morros
Domínios mares de morros
 
Minerais e rochas
Minerais e rochasMinerais e rochas
Minerais e rochas
 
Relevo brasileiro
Relevo brasileiroRelevo brasileiro
Relevo brasileiro
 
Origem e formação da terra
Origem e formação da terraOrigem e formação da terra
Origem e formação da terra
 
Urbanização brasileira
Urbanização brasileiraUrbanização brasileira
Urbanização brasileira
 
Formação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundialFormação do espaço geográfico mundial
Formação do espaço geográfico mundial
 
Urbanização
UrbanizaçãoUrbanização
Urbanização
 
4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico
 

Semelhante a Gabarito exercícios

Fusos horarios sartrecoc
Fusos horarios sartrecocFusos horarios sartrecoc
Fusos horarios sartrecocAdemir Aquino
 
Meridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do BrasilMeridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do BrasilAdemir Aquino
 
FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI
FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI
FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI ProfMario De Mori
 
Aula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importância
Aula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importânciaAula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importância
Aula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importânciassuserfd91f71
 
Movimentos do planeta terra rotação e translação.ppt
Movimentos do planeta  terra rotação e  translação.pptMovimentos do planeta  terra rotação e  translação.ppt
Movimentos do planeta terra rotação e translação.pptRicardo Diniz campos
 
Coordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7anoCoordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7anoSuely Takahashi
 
Fusos horários 2013c
Fusos horários 2013cFusos horários 2013c
Fusos horários 2013cGeografiaVR
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Thommas Kevin
 
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptxCorreção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptxGiseleRibeiro99
 
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografiaNoções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografiaFelipe Alecrim Alecrim
 
Fusos hora´rios
Fusos hora´riosFusos hora´rios
Fusos hora´riosLauro Silva
 
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da TerraCartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terraronierefeitosa
 

Semelhante a Gabarito exercícios (20)

Fusos Horários
Fusos Horários Fusos Horários
Fusos Horários
 
Geografia fuso horário
Geografia   fuso horárioGeografia   fuso horário
Geografia fuso horário
 
Fusos horários
Fusos horáriosFusos horários
Fusos horários
 
Fusos horarios sartrecoc
Fusos horarios sartrecocFusos horarios sartrecoc
Fusos horarios sartrecoc
 
Fuso
FusoFuso
Fuso
 
Meridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do BrasilMeridianos: fusos horários do Brasil
Meridianos: fusos horários do Brasil
 
FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI
FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI
FUSOS HORÁRIOS NO MUNDO E BRASIL - CREI
 
Aula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importância
Aula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importânciaAula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importância
Aula_1_PIBID_EECCAM_1C (1).pptx Pibid e sua importância
 
Movimentos do planeta terra rotação e translação.ppt
Movimentos do planeta  terra rotação e  translação.pptMovimentos do planeta  terra rotação e  translação.ppt
Movimentos do planeta terra rotação e translação.ppt
 
Coordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7anoCoordenadas geográficas 7ano
Coordenadas geográficas 7ano
 
Fusos horários
Fusos horáriosFusos horários
Fusos horários
 
Fusos
FusosFusos
Fusos
 
Fusos horários 2013c
Fusos horários 2013cFusos horários 2013c
Fusos horários 2013c
 
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
Astronomia e astrof´+¢sica parte 001
 
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptxCorreção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
 
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografiaNoções de cartografia.docx apostila de geografia
Noções de cartografia.docx apostila de geografia
 
Fusos hora´rios
Fusos hora´riosFusos hora´rios
Fusos hora´rios
 
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da TerraCartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
Cartografia, latitudes, longitudes, Movimentos da Terra
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 

Mais de karolpoa

Aula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticos
Aula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticosAula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticos
Aula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticoskarolpoa
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficaskarolpoa
 
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaOs ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferakarolpoa
 
Climatologia no brasil
Climatologia no brasilClimatologia no brasil
Climatologia no brasilkarolpoa
 
Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2
Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2
Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2karolpoa
 
Intemperismo e erosão
Intemperismo e erosãoIntemperismo e erosão
Intemperismo e erosãokarolpoa
 
4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológicokarolpoa
 
4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológicokarolpoa
 
5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticoskarolpoa
 
Agua nos solos
Agua nos solosAgua nos solos
Agua nos soloskarolpoa
 
Aula classificação dos solos
Aula classificação dos solosAula classificação dos solos
Aula classificação dos soloskarolpoa
 
Ciclodas rochas rochas magmaticas
Ciclodas rochas rochas magmaticasCiclodas rochas rochas magmaticas
Ciclodas rochas rochas magmaticaskarolpoa
 
3 atmosfera
3 atmosfera3 atmosfera
3 atmosferakarolpoa
 
2 paleoclimatologia
2 paleoclimatologia2 paleoclimatologia
2 paleoclimatologiakarolpoa
 
1 noções de tempo e clima
1 noções de tempo e clima1 noções de tempo e clima
1 noções de tempo e climakarolpoa
 
3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométrica3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométricakarolpoa
 
Aula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicasAula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicaskarolpoa
 
Aula 2 origem dos solos
Aula 2 origem dos solosAula 2 origem dos solos
Aula 2 origem dos soloskarolpoa
 

Mais de karolpoa (20)

Aula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticos
Aula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticosAula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticos
Aula preocessos superficiais, conservação e uso de geossintéticos
 
Rochas metamórficas
Rochas metamórficasRochas metamórficas
Rochas metamórficas
 
Minerais
MineraisMinerais
Minerais
 
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosferaOs ventos e a circulação geral da atmosfera
Os ventos e a circulação geral da atmosfera
 
Climatologia no brasil
Climatologia no brasilClimatologia no brasil
Climatologia no brasil
 
Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2
Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2
Sedimentos e rochas sedimentares 2014-2
 
Intemperismo e erosão
Intemperismo e erosãoIntemperismo e erosão
Intemperismo e erosão
 
4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico
 
4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico4 ciclo hidrológico
4 ciclo hidrológico
 
5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos
 
Agua nos solos
Agua nos solosAgua nos solos
Agua nos solos
 
Aula classificação dos solos
Aula classificação dos solosAula classificação dos solos
Aula classificação dos solos
 
Ciclodas rochas rochas magmaticas
Ciclodas rochas rochas magmaticasCiclodas rochas rochas magmaticas
Ciclodas rochas rochas magmaticas
 
3 atmosfera
3 atmosfera3 atmosfera
3 atmosfera
 
2 paleoclimatologia
2 paleoclimatologia2 paleoclimatologia
2 paleoclimatologia
 
1 noções de tempo e clima
1 noções de tempo e clima1 noções de tempo e clima
1 noções de tempo e clima
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométrica3.1 análise granulométrica
3.1 análise granulométrica
 
Aula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicasAula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicas
 
Aula 2 origem dos solos
Aula 2 origem dos solosAula 2 origem dos solos
Aula 2 origem dos solos
 

Último

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfLeandroTelesRocha2
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfPastor Robson Colaço
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaComando Resgatai
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkLisaneWerlang
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assisbrunocali007
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxSolangeWaltre
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédioifbauab
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxmairaviani
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoPedroFerreira53928
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfLeandroTelesRocha2
 

Último (20)

Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdfHans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
Hans Kelsen - Teoria Pura do Direito - Obra completa.pdf
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docxAtividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
Atividades-Sobre-o-Conto-Venha-Ver-o-Por-Do-Sol.docx
 
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao AssédioApresentação Formação em Prevenção ao Assédio
Apresentação Formação em Prevenção ao Assédio
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdfmanual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
manual-de-direito-civil-flacc81vio-tartuce-2015-11.pdf
 

Gabarito exercícios

  • 1. Gabarito exercícios 1ª Unidade 1ª Parte 1) Explique o movimento de rotação e translação. Rotação é quando um determinado volume de massa gira ao redor de seu próprio eixo. Este movimento ocorre no sentido anti-horário, de oeste para leste e, dura aproximadamente 24 horas. Translação é o nome que se dá ao movimento que a Terra realiza em torno do Sol. Esse movimento é elíptico. Para dar uma volta completa ao redor do Sol, a Terra leva 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 45 segundos e meio, sendo esse o período de um ano. Porém, a fim de facilitar a nossa contagem dos dias, estabelecemos que um ano possui 365 dias. A execução do movimento é caracterizada por uma elipse (forma ligeiramente oval). Por isso, que a distância entre a Terra e o Sol varia de acordo com a época do ano sendo 147,1 milhões de km no periélio (ponto da Terra mais próximo do Sol), enquanto que no afélio (ponto da Terra mais afastado do Sol) a distância é de 152,1. 2) Por que não podemos dizer que a Terra é uma esfera perfeita? O planeta Terra tem um formato esférico, mas não é uma esfera perfeita porque tem seus polos levemente achatados. Por esse fato, podemos dizer que ela é geoide. 3) O tempo que cada planeta leva para dar uma volta em torno do sol, ou seja, para completar sua órbita, tem relação com a duração do ano e a distância entre o planeta e o Sol? Qual? Sim. Quanto menor for a distância entre o planeta e o Sol, menor será a elipse que este realizará ao redor do Sol e vice-versa. Exemplo: a Terra demora 365 dias para completar sua translação, Vênus demora 225 dias. 2ª Parte 1) Um programa televisivo apresentado às 20:00 em Brasília será transmitido, simultaneamente, a que horas em Fernando de Noronha e no Acre, respectivamente? Fernando de Noronha está um fuso a leste do fuso de Brasília, portanto somaremos uma hora. Já o Acre está um fuso a oeste de Brasília então, diminuiremos uma hora. Se em Brasilia são 20:00, em Fernando de Noronha são 21:00 e no Acre 19:00. 2) Um time de futebol de São Paulo irá enfrentar uma equipe de Roraima. A delegação do time paulista embarca às 08:00 rumo ao seu destino, e após 6 horas de viagem o time chega. Qual o horário que o time de São Paulo desembarcou em Roraima? Roraima está um fuso a oeste de São Paulo então, se em São Paulo são 08:00 em Roraima são 07:00. Agora é só somar o horário de Roraima ao tempo de duração da viagem, ou seja: 7:00 + 6 horas de viagem = 13:00 A delegação do time paulista desembarcou as 13:00 em Roraima. 3) Um avião faz uma viagem em duas etapas: 1º ETAPA – sai de Santiago (75ºLO), no Chile, às 07 horas do dia dois e faz escala em São Paulo (45º LO), após quatro horas de viagem; 2º ETAPA – depois de quatro horas, levanta voo novamente com destino a Roma (15º LL). Responda: a) A que horas o avião chega à São Paulo? 75 – 45 = 30 => 30/ 15 = 2 fusos ou seja, São Paulo está 2 fusos a leste de Santiago.
  • 2. Se o avião saiu as 7 horas de Santiago, em São Paulo eram 7+2 = 9:00 horas. Sabendo-se a hora de São Paulo basta somar o tempo de viagem que foi de quatro horas: 9:00 + 4 = 13:00 horas. O avião chega a São Paulo as 13:00 horas do dia dois. b) A que Horas o Avião Chega a Roma, sabendo-se que a viagem de São Paulo a Roma dura dez Horas? Sabendo-se que se permaneceu mais quatro horas no aeroporto de São Paulo significa que a partida para Roma se deu 13:00 + 4 horas = 17:00. Roma está quatro fusos a leste de São Paulo (45º até Greenwich + 15º até Roma = 60º => 60º/15 = 4 fusos) então, se em São Paulo são 17:00 em Roma são 17:00 + 4 fusos = 21:00 do dia dois. Sabendo-se o horário de Roma basta somar o tempo de viagem que é de dez horas = 21:00 + 10 horas de viagem = 7:00 do dia três. c) Qual A diferença de horas entre Santiago e Roma? 06 HORAS Entre Santiago e Roma a diferença são 6 horas, pois soma-se as duas horas de Santiago à São Paulo com as quatro horas de São Paulo à Roma.