Análise de
Conteúdo
Karine Portela
Arlete Santiago
Esta Obra é licenciada com Licença Creative Commons Atribuição-NãoComer...
Histórico
(CAMPOS, 2004)
Avaliação
minuciosa de
textos bíblicos
(parábolas), hinos
religiosos.
Interpretação dos artigos
d...
Conceitos
é uma técnica quantitativamente orientada através da
qual medidas padronizadas são aplicadas a unidades
métricas...
Conceitos
é uma técnica quantitativamente orientada através da
qual medidas padronizadas são aplicadas a unidades
métricas...
Fases na Análise de Conteúdo
1 Exploração do material
2 3 Tratamento dos resultados,
inferência e interpretação
Pré-anális...
Fases na Análise de Conteúdo
Tratamento dos
resultados e interpretação
Operações de codificação
Formulação de
Pré-análise ...
Referências
BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.1995
CAMPOS, Claudinei José Gomes. Método de análise...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Técnica Análise de conteúdo

1.011 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Técnica Análise de conteúdo

  1. 1. Análise de Conteúdo Karine Portela Arlete Santiago Esta Obra é licenciada com Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
  2. 2. Histórico (CAMPOS, 2004) Avaliação minuciosa de textos bíblicos (parábolas), hinos religiosos. Interpretação dos artigos da imprensa (EUA) no século XX 1ª Guerra mundial. Estudo das propagandas. Forte influência das ideias behavioristas 2ª Guerra mundial. Estudo das propagandas subversivas, principalmente com ideologias nazistas Década de 1950. Frustração dos autores em relação ao método Análise de Conteúdo. Década de 1970. O método analise de conteúdo visto numa perspectiva qualitativa, surgimento de novas técnicas. (DELLAGNELO; SILVA, 2005)
  3. 3. Conceitos é uma técnica quantitativamente orientada através da qual medidas padronizadas são aplicadas a unidades métricas definidas e estas são usadas para caraterizar e comparar documentos.(CAMPOS, 2004) é uma técnica de investigarão que tem por finalidade a descrição objetiva, sistemática e quantitativa do conteúdo manifesto da comunicação.(BERELSON apud BARDIN, 1977) é um método muito utilizado na análise de dados qualitativos. É compreendida como um conjunto de técnicas de pesquisa cujo objetivo é a busca do(s) sentido(s) de um documento. (IBID apud VIEIRA; ZOUAIN, 2005) Análise de Conteúdo
  4. 4. Conceitos é uma técnica quantitativamente orientada através da qual medidas padronizadas são aplicadas a unidades métricas definidas e estas são usadas para caraterizar e comparar documentos.(CAMPOS, 2004) é uma técnica de investigarão que tem por finalidade a descrição objetiva, sistemática e quantitativa do conteúdo manifesto da comunicação.(BERELSON apud BARDIN, 1977) é um método muito utilizado na análise de dados qualitativos. É compreendida como um conjunto de técnicas de pesquisa cujo objetivo é a busca do(s) sentido(s) de um documento. (IBID apud VIEIRA; ZOUAIN, 2005) Análise de Conteúdo QuantitativoQualitativo
  5. 5. Fases na Análise de Conteúdo 1 Exploração do material 2 3 Tratamento dos resultados, inferência e interpretação Pré-análise Refere-se a organização do material a ser investigado. Consiste na construção das operações de codificação. Consiste na captação dos conteúdos manifestos e latentes contidos em todo o material coletado.Tal sistematização serve para que o analista possa conduzir as operações sucessivas de análise. - os recortes dos textos em unidades de registros, - a definição de regras de contagem e - a classificação e agregação das informações em categorias simbólicas ou temáticas. (SILVA; FOSSÁ, 2013)
  6. 6. Fases na Análise de Conteúdo Tratamento dos resultados e interpretação Operações de codificação Formulação de Pré-análise Exploração do material Hipóteses Objetivos Formulação de Escolha dos Indicadores Elaboração de Leitura Flutuante Corpus de análise Seleção do Exaustividade Representatividade Homogeneidade Pertinência Documentos Categorias Simbólicas Categorias Temática Análise comparativa Através da Justaposição (SILVA; FOSSÁ, 2013)
  7. 7. Referências BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.1995 CAMPOS, Claudinei José Gomes. Método de análise de conteúdo: ferramenta para a análise de dados qualitativos no campo da saúde. Rev. Bras. Enferm, Brasília (DF) 2004 set/out; nº 57: 611-614 DELLAGNELO, E.H. L ; SILVA, R, C. Análise de conteúdo e suas aplicações em pesquisa na administração. In: VIEIRA, M. M. F; ZOUAIN, D. M. Pesquisa qualitativa em administração: teoria e prática.l Rio de Janeiro: Editora FGV, 2005. SILVA, Andressa Hennig; FOSSÁ, Maria Ivete Trevisan. Análise de conteúdo: exemplo de Aplicação da Técnica para Análise de Dados Qualitativos (2009). Disponível em <http://www.anpad.org.br/diversos/trabalhos/EnEPQ/enepq_ 2013/2013_EnEPQ129.pdf> Acessado em 3 de jul. de 2015 * Fonte dos Ícones: https://www.iconfinder.com/free_icons ** Fontes das imagens: https://pt.wikipedia.org/

×