SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Componentes:  Andreza Mercês, Elaine Verônica, Karina de Abreu e Valéria Batalha Concepções  de conhecimento
Construtivismo
Definição O construtivismo se constitui pela interação do indivíduo com o meio físico e social, com o simbolismo humano, com o mundo das relações sociais. A idéia de que nada, a rigor, está pronto, acabado, e de que, especificamente, o conhecimento não é dado, em nenhuma instância, como algo terminado.
Epígrafe "O principal objetivo da educação é criar indivíduos capazes de fazer coisas novas e não simplesmente repetir o que as outras gerações fizeram"    "As estruturas operatórias da inteligência não são inatas" Jean Piaget
Fernando Becker
Escola  Construtivista
Linhas Gerais Inspirado nas idéias do suíço Jean Piaget (1896- 1980), o método procura instigar a curiosidade, já que o aluno é levado a encontrar as respostas a partir de seus próprios conhecimentos e de sua interação com a realidade e com os colegas
Características Interação sujeito-objeto numa estrutura única bipolar como fonte geradora de conhecimentos; equilibração como processo central. Adaptação, assimilação/acomodação e organização; experiência e abstração – passagem da ação para a conceituação.
Defensores Jean Piaget Henri Wallon Vygotsky
Jean Piaget Aborda a inteligência como saldo de trocas dialéticas que o individuo realiza com o meio. Essas trocas das quais Piaget se refere, dão origem ao conhecimento e a formação de estruturas cognitivas especificas para o ato de conhecer, num processo dialético radicalmente divorciado da concepção empirista de Lamarck relativa à adaptação do ser vivo ao seu meio, freqüentemente atribuída à Piaget.
Vygotsky Sócio- interacionista Enquanto Piaget defende a estruturação do organismo ao preceder o desenvolvimento, Para Vygotsky é o próprio processo de aprender que gera e promove o desenvolvimento das estruturas mentais superiores
Vygotsky Sócio- interacionista Zona de desenvolvimento proximal(ZPD). É a distância existente entre o que o sujeito já sabe e aquilo que ele tem potencialidade de aprender.
Henri Wallon Eu  X  Outro
Idéias A concepção construtivista define a aprendizagem como um processo de troca mútua entre o meio e o indivíduo, tendo o outro como mediador
Proposta O construtivismo propõe que o aluno participe ativamente do próprio aprendizado, mediante a experimentação, a pesquisa em grupo, o estimulo a dúvida e o desenvolvimento do raciocínio, entre outros procedimentos. A partir de sua ação, vai estabelecendo as propriedades dos objetos e construindo as características do mundo
Ponto de Observação  Erros de interpretação e identificação das práticas construtivistas com o  laissez-faire
Característica Única Construção do conhecimento através do contato com o objeto
Construtivismo x Interacionismo Construção do conhecimento através do contato com objetos e o meio Interação do individuo através do contato com o meio, com a cultura, com o outro
Uso da tecnologia  nessa concepção   Números Racionais Modelo Tradicional: 1º Passo: Explicação no quadro 2° Passo: Exercícios no quadro 3° Passo: Lista de exercícios para o aluno testar seu conhecimento
Uso da tecnologia  nessa concepção   Números Racionais Modelo Construtivista: 1º Passo: Alunos iniciam manipulando a calculadora 2° Passo: Anotam fatos que chamam a atenção e fazem testes 3° Passo: Professor aproveita as contribuições dos alunos para introduzir e explicar conceitos
Referências Bibliográficas http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicopedagogia http://www.suapesquisa.com/piaget  http://www.centrorefeducacional.com.br/tershaco.htm http://www.educador.brasilescola.com/estrategias-ensino

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aulaO construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aula
Maristela Couto
 
2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso
2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso
2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso
Andrea Cortelazzi
 
Tema fotossíntese 4º ano Grupo 7
Tema fotossíntese   4º ano Grupo 7Tema fotossíntese   4º ano Grupo 7
Tema fotossíntese 4º ano Grupo 7
vivibanez
 
Projeto geraminação de grãos
Projeto geraminação de grãosProjeto geraminação de grãos
Projeto geraminação de grãos
susanatondotic
 

Mais procurados (20)

Palestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias AtivasPalestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias Ativas
 
Jogos Educativos
Jogos EducativosJogos Educativos
Jogos Educativos
 
Seguindo a trilha - Multiplicação e divisão.
Seguindo a trilha - Multiplicação e divisão.Seguindo a trilha - Multiplicação e divisão.
Seguindo a trilha - Multiplicação e divisão.
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
Vamos as compras?
Vamos as compras?Vamos as compras?
Vamos as compras?
 
Construtivismo Pós Piagetiano e Tecnologia
Construtivismo Pós Piagetiano e TecnologiaConstrutivismo Pós Piagetiano e Tecnologia
Construtivismo Pós Piagetiano e Tecnologia
 
Especial dia das crianças pdf clicável
Especial dia das crianças   pdf clicávelEspecial dia das crianças   pdf clicável
Especial dia das crianças pdf clicável
 
O construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aulaO construtivismo na sala de aula
O construtivismo na sala de aula
 
Oficina de jogos de leitura
Oficina de jogos de leituraOficina de jogos de leitura
Oficina de jogos de leitura
 
Cruzadinha com as quatro operações
Cruzadinha com as quatro operaçõesCruzadinha com as quatro operações
Cruzadinha com as quatro operações
 
2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso
2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso
2. Freire. P. Pedagogia Autonomia. Paulo Deloroso
 
Tecnologias Digitais na Educação: proposta taxonômica para apoio à integração...
Tecnologias Digitais na Educação: proposta taxonômica para apoio à integração...Tecnologias Digitais na Educação: proposta taxonômica para apoio à integração...
Tecnologias Digitais na Educação: proposta taxonômica para apoio à integração...
 
A teoria historico cultural de vygotsky
A teoria historico cultural de vygotskyA teoria historico cultural de vygotsky
A teoria historico cultural de vygotsky
 
Tema fotossíntese 4º ano Grupo 7
Tema fotossíntese   4º ano Grupo 7Tema fotossíntese   4º ano Grupo 7
Tema fotossíntese 4º ano Grupo 7
 
Projeto generosidade em sala de aula 2014_Autora: Andreia Pessoa
Projeto generosidade em sala de aula 2014_Autora: Andreia PessoaProjeto generosidade em sala de aula 2014_Autora: Andreia Pessoa
Projeto generosidade em sala de aula 2014_Autora: Andreia Pessoa
 
Plano aula flávia
Plano aula fláviaPlano aula flávia
Plano aula flávia
 
Resumo inclusão escolar pontos e contrapontos Mantoan
Resumo inclusão escolar  pontos e contrapontos   MantoanResumo inclusão escolar  pontos e contrapontos   Mantoan
Resumo inclusão escolar pontos e contrapontos Mantoan
 
Projeto geraminação de grãos
Projeto geraminação de grãosProjeto geraminação de grãos
Projeto geraminação de grãos
 
Calculando divisão
Calculando divisão Calculando divisão
Calculando divisão
 
Metodologias Ativas e Tecnologias Educacionais
Metodologias Ativas e Tecnologias EducacionaisMetodologias Ativas e Tecnologias Educacionais
Metodologias Ativas e Tecnologias Educacionais
 

Destaque

Pratica e ensino de ciencia marandino
Pratica e ensino de ciencia   marandinoPratica e ensino de ciencia   marandino
Pratica e ensino de ciencia marandino
ryanfilho
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Instituto Consciência GO
 
Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...
Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...
Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...
Marcelo Cordeiro da Silva
 
Formação e Identidade do Professor
Formação e Identidade do ProfessorFormação e Identidade do Professor
Formação e Identidade do Professor
emefMateAmargo
 
20 sacristan compreender e transformar o ensino
20 sacristan compreender e transformar o ensino20 sacristan compreender e transformar o ensino
20 sacristan compreender e transformar o ensino
helioluc
 

Destaque (20)

CPLP Modelos de Aprendizagem
CPLP Modelos de AprendizagemCPLP Modelos de Aprendizagem
CPLP Modelos de Aprendizagem
 
Pratica e ensino de ciencia marandino
Pratica e ensino de ciencia   marandinoPratica e ensino de ciencia   marandino
Pratica e ensino de ciencia marandino
 
O contexto escolar
O contexto escolarO contexto escolar
O contexto escolar
 
Tendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciênciasTendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciências
 
Sacristã e Gomez aula 9
Sacristã e Gomez aula 9Sacristã e Gomez aula 9
Sacristã e Gomez aula 9
 
Organização em função dos objetivos
Organização em função dos objetivosOrganização em função dos objetivos
Organização em função dos objetivos
 
A concepção de ensino e aprendizagem
A concepção de ensino e aprendizagemA concepção de ensino e aprendizagem
A concepção de ensino e aprendizagem
 
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educaçãoPNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
PNAIC 2015 - Texto 01 Concepção de infância, criança e educação
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
 
Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...
Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...
Um olhar para a educação a distância por uma perspectiva sócio construtivista...
 
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
A educação ambiental desenvolvida no jardim botânico plantarum em 2012 josé a...
 
UMA PERSPECTIVA HISTÓRIA DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
UMA PERSPECTIVA HISTÓRIA DA PRÁTICA PEDAGÓGICAUMA PERSPECTIVA HISTÓRIA DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
UMA PERSPECTIVA HISTÓRIA DA PRÁTICA PEDAGÓGICA
 
Formação e Identidade do Professor
Formação e Identidade do ProfessorFormação e Identidade do Professor
Formação e Identidade do Professor
 
Apresentação do artigo THREADS: O PROBLEMA DOS LEITORES E ESCRITORES IMPLEMEN...
Apresentação do artigo THREADS: O PROBLEMA DOS LEITORES E ESCRITORES IMPLEMEN...Apresentação do artigo THREADS: O PROBLEMA DOS LEITORES E ESCRITORES IMPLEMEN...
Apresentação do artigo THREADS: O PROBLEMA DOS LEITORES E ESCRITORES IMPLEMEN...
 
Comparação entre piaget e vygotsky
Comparação entre piaget e vygotskyComparação entre piaget e vygotsky
Comparação entre piaget e vygotsky
 
Concepções pedagógica
Concepções pedagógicaConcepções pedagógica
Concepções pedagógica
 
Concepções de currículo
Concepções de currículoConcepções de currículo
Concepções de currículo
 
20 sacristan compreender e transformar o ensino
20 sacristan compreender e transformar o ensino20 sacristan compreender e transformar o ensino
20 sacristan compreender e transformar o ensino
 
Concepção Curricular
Concepção Curricular Concepção Curricular
Concepção Curricular
 
A Arte De Educar Com Limites, Sem Medo De Errar.
A Arte De Educar Com Limites, Sem Medo De Errar.A Arte De Educar Com Limites, Sem Medo De Errar.
A Arte De Educar Com Limites, Sem Medo De Errar.
 

Semelhante a Concepções do Conhecimento

Concepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhoConcepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junho
pnaicdertsis
 
SemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final TcSemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final Tc
Amorim Albert
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Ana Medeiros
 
Concepções aprendizagem
Concepções aprendizagemConcepções aprendizagem
Concepções aprendizagem
UNICEP
 
Educação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendênciasEducação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendências
Eduardo Kerner
 

Semelhante a Concepções do Conhecimento (20)

Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Vygotskyy
VygotskyyVygotskyy
Vygotskyy
 
Concepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junhoConcepções de aprendizagem 22 junho
Concepções de aprendizagem 22 junho
 
Novas tecnologias e educação
Novas tecnologias e educaçãoNovas tecnologias e educação
Novas tecnologias e educação
 
Artigo conectivismo
Artigo conectivismoArtigo conectivismo
Artigo conectivismo
 
Jean Piaget: mediação, cognição e mutirreferencialidade
Jean Piaget: mediação, cognição e mutirreferencialidadeJean Piaget: mediação, cognição e mutirreferencialidade
Jean Piaget: mediação, cognição e mutirreferencialidade
 
Teorias de Ensino
Teorias de EnsinoTeorias de Ensino
Teorias de Ensino
 
Teorias Construtivistas
Teorias ConstrutivistasTeorias Construtivistas
Teorias Construtivistas
 
SemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final TcSemináRio VersãO Final Tc
SemináRio VersãO Final Tc
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Concepções aprendizagem
Concepções aprendizagemConcepções aprendizagem
Concepções aprendizagem
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Trabalho prático pe
Trabalho prático peTrabalho prático pe
Trabalho prático pe
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Conectivismo: uma teoria para a era digital
Conectivismo: uma teoria para a era digitalConectivismo: uma teoria para a era digital
Conectivismo: uma teoria para a era digital
 
Educação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendênciasEducação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendências
 
Construtivismo como linha de pensamento
Construtivismo como linha de pensamentoConstrutivismo como linha de pensamento
Construtivismo como linha de pensamento
 
A teoria construtivista e as tecnologias
A teoria construtivista e as tecnologiasA teoria construtivista e as tecnologias
A teoria construtivista e as tecnologias
 
Corrente pedagógica contemporânea neocognitivista x cibercultura
Corrente pedagógica contemporânea neocognitivista x ciberculturaCorrente pedagógica contemporânea neocognitivista x cibercultura
Corrente pedagógica contemporânea neocognitivista x cibercultura
 

Último

Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
azulassessoria9
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
azulassessoria9
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
Autonoma
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
Considerando as pesquisas de Gallahue, Ozmun e Goodway (2013) os bebês até an...
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
Historia de Portugal - Quarto Ano - 2024
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 

Concepções do Conhecimento

  • 1. Componentes: Andreza Mercês, Elaine Verônica, Karina de Abreu e Valéria Batalha Concepções de conhecimento
  • 3. Definição O construtivismo se constitui pela interação do indivíduo com o meio físico e social, com o simbolismo humano, com o mundo das relações sociais. A idéia de que nada, a rigor, está pronto, acabado, e de que, especificamente, o conhecimento não é dado, em nenhuma instância, como algo terminado.
  • 4. Epígrafe "O principal objetivo da educação é criar indivíduos capazes de fazer coisas novas e não simplesmente repetir o que as outras gerações fizeram"  "As estruturas operatórias da inteligência não são inatas" Jean Piaget
  • 7. Linhas Gerais Inspirado nas idéias do suíço Jean Piaget (1896- 1980), o método procura instigar a curiosidade, já que o aluno é levado a encontrar as respostas a partir de seus próprios conhecimentos e de sua interação com a realidade e com os colegas
  • 8. Características Interação sujeito-objeto numa estrutura única bipolar como fonte geradora de conhecimentos; equilibração como processo central. Adaptação, assimilação/acomodação e organização; experiência e abstração – passagem da ação para a conceituação.
  • 9. Defensores Jean Piaget Henri Wallon Vygotsky
  • 10. Jean Piaget Aborda a inteligência como saldo de trocas dialéticas que o individuo realiza com o meio. Essas trocas das quais Piaget se refere, dão origem ao conhecimento e a formação de estruturas cognitivas especificas para o ato de conhecer, num processo dialético radicalmente divorciado da concepção empirista de Lamarck relativa à adaptação do ser vivo ao seu meio, freqüentemente atribuída à Piaget.
  • 11. Vygotsky Sócio- interacionista Enquanto Piaget defende a estruturação do organismo ao preceder o desenvolvimento, Para Vygotsky é o próprio processo de aprender que gera e promove o desenvolvimento das estruturas mentais superiores
  • 12. Vygotsky Sócio- interacionista Zona de desenvolvimento proximal(ZPD). É a distância existente entre o que o sujeito já sabe e aquilo que ele tem potencialidade de aprender.
  • 13. Henri Wallon Eu X Outro
  • 14. Idéias A concepção construtivista define a aprendizagem como um processo de troca mútua entre o meio e o indivíduo, tendo o outro como mediador
  • 15. Proposta O construtivismo propõe que o aluno participe ativamente do próprio aprendizado, mediante a experimentação, a pesquisa em grupo, o estimulo a dúvida e o desenvolvimento do raciocínio, entre outros procedimentos. A partir de sua ação, vai estabelecendo as propriedades dos objetos e construindo as características do mundo
  • 16. Ponto de Observação Erros de interpretação e identificação das práticas construtivistas com o laissez-faire
  • 17. Característica Única Construção do conhecimento através do contato com o objeto
  • 18. Construtivismo x Interacionismo Construção do conhecimento através do contato com objetos e o meio Interação do individuo através do contato com o meio, com a cultura, com o outro
  • 19. Uso da tecnologia nessa concepção Números Racionais Modelo Tradicional: 1º Passo: Explicação no quadro 2° Passo: Exercícios no quadro 3° Passo: Lista de exercícios para o aluno testar seu conhecimento
  • 20. Uso da tecnologia nessa concepção Números Racionais Modelo Construtivista: 1º Passo: Alunos iniciam manipulando a calculadora 2° Passo: Anotam fatos que chamam a atenção e fazem testes 3° Passo: Professor aproveita as contribuições dos alunos para introduzir e explicar conceitos
  • 21. Referências Bibliográficas http://pt.wikipedia.org/wiki/Psicopedagogia http://www.suapesquisa.com/piaget http://www.centrorefeducacional.com.br/tershaco.htm http://www.educador.brasilescola.com/estrategias-ensino

Notas do Editor

  1. "Construtivismo significa isto: a idéia de que nada, a rigor, está pronto, acabado, e de que, especificamente, o conhecimento não é dado, em nenhuma instância, como algo terminado. Ele se constitui pela interação do indivíduo com o meio físico e social, com o simbolismo humano, com o mundo das relações sociais; e se constitui por força de sua ação e não por qualquer dotação prévia, na bagagem hereditária ou no meio, de tal modo que podemos afirmar que antes da ação não há psiquismo nem consciência e, muito menos, pensamento." "Entendemos que construtivismo na Educação poderá ser a forma teórica ampla que reúna as várias tendências atuais do pensamento educacional. Tendências que têm em comum a insatisfação com um sistema educacional que teima (ideologia) em continuar essa forma particular de transmissão que é a Escola, que consiste em fazer repetir, recitar, aprender, ensinar o que já está pronto, em vez de fazer agir, operar, criar, construir a partir da realidade vivida por alunos e professores, isto é, pela sociedade – a próxima e, aos poucos, as distantes. A Educação deve ser um processo de construção de conhecimento ao qual ocorrem, em condição de complementaridade, por um lado, os alunos e professores e, por outro, os problemas sociais atuais e o conhecimento já construído (‘acervo cultural da Humanidade’)." "Construtivismo, segundo pensamos, é esta forma de conceber o conhecimento: sua gênese e seu desenvolvimento – e, por conseqüência, um novo modo de ver o universo, a vida e o mundo das relações sociais." Fernando Becker Fonte: http://www.crmariocovas.sp.gov.br/dea_a.php?t=011
  2. Jean Piaget Aborda a inteligência como saldo de trocas dialéticas que o individuo realiza com o meio. Essas trocas das quais Piaget se refere, dão origem ao conhecimento e a formação de estruturas cognitivas especificas para o ato de conhecer, num processo dialético radicalmente divorciado da concepção impiritista de Lamarck relativa à adaptação do ser vivo ao seu meio, freqüentemente atribuída à Piaget Henri Wallon
  3. Abrir mão do planejamento e acompanhamento do aluno. Deixar a espontaneidade falar sem objetivos e abusar do termo construir o conhecimento.
  4. Abrir mão do planejamento e acompanhamento do aluno. Deixar a espontaneidade falar sem objetivos e abusar do termo construir o conhecimento.
  5. Abrir mão do planejamento e acompanhamento do aluno. Deixar a espontaneidade falar sem objetivos e abusar do termo construir o conhecimento.