SlideShare uma empresa Scribd logo

Principios do sus

Slide Principios do Sus

1 de 17
Baixar para ler offline
Políticas Sociais emPolíticas Sociais em
Saúde PublicaSaúde Publica
A SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DOA SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DO
ESTADO, GARANTIDO MEDIANTE POLÍTICASESTADO, GARANTIDO MEDIANTE POLÍTICAS
SOCIAS E ECONÔMICAS QUE VISAM A REDUÇÃOSOCIAS E ECONÔMICAS QUE VISAM A REDUÇÃO
DO RISCO DE DOENÇA E DE OUTROS AGRAVOS EDO RISCO DE DOENÇA E DE OUTROS AGRAVOS E
AO ACESSO UNIVERSAL E IGUALITÁRIO ÀSAO ACESSO UNIVERSAL E IGUALITÁRIO ÀS
AÇÕES E SERVIÇOS PARA SUA PROMOÇÃO,AÇÕES E SERVIÇOS PARA SUA PROMOÇÃO,
PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO (ART.196 – BRASIL,PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO (ART.196 – BRASIL,
1988).1988).
OBJETIVOS DOS SUSOBJETIVOS DOS SUS::
•A IDENTIFICAÇÃO E A DIVULGAÇÃO DOS FATORES
CONDICIONANTES E DETERMINANTES NA SAÚDE.
•A FORMAÇÃO E EXECUÇÃO DE POLÍTICAS ECONÔMICAS
E SOCIAIS QUE VISEM A REDUÇÃO DE RISCOS DE
DOENÇAS E DE OUTROS AGRAVOS E NO
ESTABELECIMENTO DE CONDIÇÕES QUE ASSEGUREM
ACESSO UNIVERSAL E IGUALITÁRIO ÀS AÇÕES E AOS
SERVIÇOS PARA PROMOÇÃO E RECUPERAÇÃO.
•ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS POR INTERMÉDIO DE AÇÕES
PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE, COM
A REALIZAÇÃO INTEGRADA DE AÇÕES ASSISTENCIAIS E
DAS ATIVIDADES PREVENTIVAS (BRASIL, 1990,ART.5º).
PRINCÍPIOS E DIREITOS DO SUS – 8080/1990
AS AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE E OS
SERVIÇOS PRIVADOS CONTRATADOS OU
CONVENIADOS QUE INTEGRAM O SUS OBEDECEM OS
SEGUINTES PRINCÍPIOS:
I- UNIVERSALIDADE DE ACESSO AOS SERVIÇOS DE
SAÚDE, EM TODOS OS NÍVEIS DE ASSISTÊNCIA.
II- INTEGRALIDADE DE ASSISTÊNCIA, ENTENDIDA COMO
CONJUNTO ARTICULADO E CONTÍNUO DE AÇÕES E
SERVIÇOS PREVENTIVOS E CURATIVOS, INDIVIDUAIS E
COLETIVOS, EXIGIDOS PARA CADA CASO EM TODOS
OS NÍVEIS DE COMPLEXIDADE DO SISTEMA.
III- PRESERVAÇÃO DA AUTONOMIA DAS PESSOAS DA
DEFESA DE SUA INTEGRIDADE FÍSICA E MORAL.
I- IGUALDADE DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE, SEM
PRECONCEITOS OU PRIVILÉGIOS DE QUALQUER
ESPÉCIE.
II- DIREITO À INFORMAÇÃO, ÀS PESSOAS ASSISTIDAS,
SOBRE SUA SAÚDE.
III- DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES, QUANTO AO
POTENCIAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE E A SUA
UTILIZAÇÃO PELO USUÁRIO.
IV- UTILIZAÇÃO DA EPIDEMIOLOGIA PARA O
ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES, A
ALOCAÇÃO DE RECURSOS E A ORIENTAÇÃO
PROGRAMÁTICA.
V- PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE.
I- DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINSTRATIVA,
COM DIREÇÃO ÚNICA EM CADA ESFERA DE
GOVERNO:
A) ENFÂSE NA DESCENTRALIZAÇÃO DOS
SERVIÇOS PARA O MUNÍCIPIO;
B) REGIONALIZAÇÃO E HIERARQUIZAÇÃO DA
REDE DE SERVIÇOS DE SAÚDE.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atenção básica e redes de atenção à saúde
Atenção básica e redes de atenção à saúdeAtenção básica e redes de atenção à saúde
Atenção básica e redes de atenção à saúdeFelipe Assan Remondi
 
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE  POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE Valdirene1977
 
Slides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZ
Slides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZSlides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZ
Slides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZANTONIO INACIO FERRAZ
 
Resumo Decreto 7508
Resumo Decreto 7508Resumo Decreto 7508
Resumo Decreto 7508Taís Flores
 
Estratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaEstratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaRuth Milhomem
 
SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]
SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]
SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]Juliana Alves Roque
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasilkellyschorro18
 
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeoSistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeoIsabela Ferreira
 
Aula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de SaúdeAula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de SaúdeJesiele Spindler
 

Mais procurados (20)

Atenção básica e redes de atenção à saúde
Atenção básica e redes de atenção à saúdeAtenção básica e redes de atenção à saúde
Atenção básica e redes de atenção à saúde
 
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE  POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
 
Slides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZ
Slides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZSlides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZ
Slides principios e diretrizes do sus-ANTONIO INACIO FERRAZ
 
Historico sus
Historico susHistorico sus
Historico sus
 
Apresentação atenção básica esf
Apresentação atenção básica   esfApresentação atenção básica   esf
Apresentação atenção básica esf
 
Slides grupo8
Slides grupo8Slides grupo8
Slides grupo8
 
Redes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúdeRedes de atenção à saúde
Redes de atenção à saúde
 
Lei 8080 e lei 8142
Lei 8080 e lei 8142Lei 8080 e lei 8142
Lei 8080 e lei 8142
 
Resumo Decreto 7508
Resumo Decreto 7508Resumo Decreto 7508
Resumo Decreto 7508
 
PACTO PELA SAÚDE
PACTO PELA SAÚDEPACTO PELA SAÚDE
PACTO PELA SAÚDE
 
Estratégia saúde da família
Estratégia saúde da famíliaEstratégia saúde da família
Estratégia saúde da família
 
SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]
SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]
SUS lei 8080 [Disposições Preliminares; Definição do Sistema Único de Saúde]
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
 
Modelos assistenciais
Modelos assistenciaisModelos assistenciais
Modelos assistenciais
 
SUS - Aula
SUS - AulaSUS - Aula
SUS - Aula
 
Aula 3 - SUS
Aula 3 - SUSAula 3 - SUS
Aula 3 - SUS
 
Resumo lei 8142
Resumo lei 8142Resumo lei 8142
Resumo lei 8142
 
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeoSistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
Sistema Único de Saúde - Slide c/ vídeo
 
Atenção Primária à Saúde
Atenção Primária à SaúdeAtenção Primária à Saúde
Atenção Primária à Saúde
 
Aula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de SaúdeAula 6 Políticas Públicas de Saúde
Aula 6 Políticas Públicas de Saúde
 

Destaque

Manual basico saude_publica
Manual basico saude_publicaManual basico saude_publica
Manual basico saude_publicaCássimo Saide
 
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1Cássimo Saide
 
Manual saude publica pt
Manual saude publica ptManual saude publica pt
Manual saude publica ptCássimo Saide
 
Manual de saúde pública
Manual de saúde públicaManual de saúde pública
Manual de saúde públicaRaquel Vieira
 
Documentário sicko - comparação com SUS
Documentário sicko - comparação com SUSDocumentário sicko - comparação com SUS
Documentário sicko - comparação com SUSTéo Santana
 
Manual de saúde pública
Manual de saúde públicaManual de saúde pública
Manual de saúde públicaAndré Fidelis
 
Saúde pública – históricos e conceitos
Saúde pública – históricos e conceitosSaúde pública – históricos e conceitos
Saúde pública – históricos e conceitosVictor Said
 
SUS e Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPN
SUS e  Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPNSUS e  Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPN
SUS e Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPNRegina M F Gomes
 
1.2.determinantes da saúde
1.2.determinantes da saúde1.2.determinantes da saúde
1.2.determinantes da saúdeMaria Rocha R
 
Aula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e OrganizacionaisAula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e OrganizacionaisRogério de Mesquita Spínola
 

Destaque (13)

Manual basico saude_publica
Manual basico saude_publicaManual basico saude_publica
Manual basico saude_publica
 
Sus
SusSus
Sus
 
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
 
Manual saude publica pt
Manual saude publica ptManual saude publica pt
Manual saude publica pt
 
Manual de saúde pública
Manual de saúde públicaManual de saúde pública
Manual de saúde pública
 
Documentário sicko - comparação com SUS
Documentário sicko - comparação com SUSDocumentário sicko - comparação com SUS
Documentário sicko - comparação com SUS
 
Manual de saúde pública
Manual de saúde públicaManual de saúde pública
Manual de saúde pública
 
Saúde pública – históricos e conceitos
Saúde pública – históricos e conceitosSaúde pública – históricos e conceitos
Saúde pública – históricos e conceitos
 
SUS e Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPN
SUS e  Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPNSUS e  Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPN
SUS e Política Nacional da Saúde integral da População Negra – PNSIPN
 
1.2.determinantes da saúde
1.2.determinantes da saúde1.2.determinantes da saúde
1.2.determinantes da saúde
 
SUS para Concursos
SUS para ConcursosSUS para Concursos
SUS para Concursos
 
Who we are
Who we areWho we are
Who we are
 
Aula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e OrganizacionaisAula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
Aula - SUS Princípios Doutrinários e Organizacionais
 

Semelhante a Principios do sus

apresentacao-Cristina-Musmanno.pptx
apresentacao-Cristina-Musmanno.pptxapresentacao-Cristina-Musmanno.pptx
apresentacao-Cristina-Musmanno.pptxFábio Andrade
 
SISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBA
SISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBASISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBA
SISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBAFILIPE NERI
 
A Gestão de Saúde Populacional - Paulo Senra
A Gestão de Saúde Populacional - Paulo SenraA Gestão de Saúde Populacional - Paulo Senra
A Gestão de Saúde Populacional - Paulo SenraOncoguia
 
CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014
CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014
CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014Leonardo Savassi
 
Apostila de sus do professor juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor  juremir abrunhosaApostila de sus do professor  juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor juremir abrunhosaCurso Atryo
 
Programa saúde da família
Programa saúde da famíliaPrograma saúde da família
Programa saúde da famíliaCinthia13Lima
 
AULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptxAULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptxLanaMonteiro8
 
Apresentação resumida PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.ppt
Apresentação resumida  PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.pptApresentação resumida  PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.ppt
Apresentação resumida PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.pptDboraCatarina3
 
A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa.
A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa. A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa.
A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa. Leonardo Savassi
 
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdfAula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdfUNEMAT
 
Dra. lina - 20/09/2012
Dra. lina - 20/09/2012Dra. lina - 20/09/2012
Dra. lina - 20/09/2012Anais IV CBED
 
AULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdf
AULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdfAULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdf
AULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdfARMSTRONGEMANUELDEME
 

Semelhante a Principios do sus (20)

apresentacao-Cristina-Musmanno.pptx
apresentacao-Cristina-Musmanno.pptxapresentacao-Cristina-Musmanno.pptx
apresentacao-Cristina-Musmanno.pptx
 
AULA 2.pptx
AULA 2.pptxAULA 2.pptx
AULA 2.pptx
 
1871426.ppt
1871426.ppt1871426.ppt
1871426.ppt
 
SISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBA
SISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBASISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBA
SISTEMA NACIONAL DE SAUDE EM CUBA
 
A Gestão de Saúde Populacional - Paulo Senra
A Gestão de Saúde Populacional - Paulo SenraA Gestão de Saúde Populacional - Paulo Senra
A Gestão de Saúde Populacional - Paulo Senra
 
CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014
CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014
CEDIN - IAED - Curso - A relação médico-paciente 2014
 
Apostila de sus do professor juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor  juremir abrunhosaApostila de sus do professor  juremir abrunhosa
Apostila de sus do professor juremir abrunhosa
 
Sus
SusSus
Sus
 
SUS
SUSSUS
SUS
 
Programa saúde da família
Programa saúde da famíliaPrograma saúde da família
Programa saúde da família
 
Apres. carlão
Apres. carlãoApres. carlão
Apres. carlão
 
AULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptxAULA 01 - LEI 8080.90.pptx
AULA 01 - LEI 8080.90.pptx
 
Gestão na Atenção Domiciliar (Home Care)
Gestão na Atenção Domiciliar (Home Care)Gestão na Atenção Domiciliar (Home Care)
Gestão na Atenção Domiciliar (Home Care)
 
Apresentação resumida PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.ppt
Apresentação resumida  PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.pptApresentação resumida  PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.ppt
Apresentação resumida PARA CONFERÊNCIAS ESTADUAIS.ppt
 
A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa.
A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa. A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa.
A relação médico paciente e sua quebra em uma sociedade em massa.
 
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdfAula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
Aula-1-História-da-Saúde-Pública-no-Brasil.pdf
 
Aula de sus 01
Aula de sus 01Aula de sus 01
Aula de sus 01
 
Dra. lina - 20/09/2012
Dra. lina - 20/09/2012Dra. lina - 20/09/2012
Dra. lina - 20/09/2012
 
AULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdf
AULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdfAULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdf
AULA 01 - POLITICAS PUBLICAS EM SAÚDE LEI 8080.pdf
 
Aula 1 sus resumido
Aula 1 sus resumidoAula 1 sus resumido
Aula 1 sus resumido
 

Último

Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Prime Assessoria
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...azulassessoriaacadem3
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdfCludiaFrancklim
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...excellenceeducaciona
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...Prime Assessoria
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...excellenceeducaciona
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Prime Assessoria
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
Agora observe a imagem a seguir, onde foi realizada uma lâmina histológica co...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
1. Qual é a principal política pública que está sendo negada às Marias no víd...
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdfPlanejamento Anual Matemática para o ENEM -  1º ano 1, 2 e 3  anos-.pdf
Planejamento Anual Matemática para o ENEM - 1º ano 1, 2 e 3 anos-.pdf
 
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
2. Qual a extensão dos Direitos Fundamentais às pessoas que se encontram sob ...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
A) COMENTE sobre a situação de saúde apresentado no Brasil atualmente e EXPLI...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
Recentemente, um artigo publicado em uma revista renomada relatou um caso de ...
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
Tendo em vista estes aspectos, a proposta dessa atividade é a elaboração de u...
 

Principios do sus

  • 1. Políticas Sociais emPolíticas Sociais em Saúde PublicaSaúde Publica
  • 2. A SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DOA SAÚDE É DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO, GARANTIDO MEDIANTE POLÍTICASESTADO, GARANTIDO MEDIANTE POLÍTICAS SOCIAS E ECONÔMICAS QUE VISAM A REDUÇÃOSOCIAS E ECONÔMICAS QUE VISAM A REDUÇÃO DO RISCO DE DOENÇA E DE OUTROS AGRAVOS EDO RISCO DE DOENÇA E DE OUTROS AGRAVOS E AO ACESSO UNIVERSAL E IGUALITÁRIO ÀSAO ACESSO UNIVERSAL E IGUALITÁRIO ÀS AÇÕES E SERVIÇOS PARA SUA PROMOÇÃO,AÇÕES E SERVIÇOS PARA SUA PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO (ART.196 – BRASIL,PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO (ART.196 – BRASIL, 1988).1988).
  • 3. OBJETIVOS DOS SUSOBJETIVOS DOS SUS:: •A IDENTIFICAÇÃO E A DIVULGAÇÃO DOS FATORES CONDICIONANTES E DETERMINANTES NA SAÚDE. •A FORMAÇÃO E EXECUÇÃO DE POLÍTICAS ECONÔMICAS E SOCIAIS QUE VISEM A REDUÇÃO DE RISCOS DE DOENÇAS E DE OUTROS AGRAVOS E NO ESTABELECIMENTO DE CONDIÇÕES QUE ASSEGUREM ACESSO UNIVERSAL E IGUALITÁRIO ÀS AÇÕES E AOS SERVIÇOS PARA PROMOÇÃO E RECUPERAÇÃO. •ASSISTÊNCIA ÀS PESSOAS POR INTERMÉDIO DE AÇÕES PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E RECUPERAÇÃO DA SAÚDE, COM A REALIZAÇÃO INTEGRADA DE AÇÕES ASSISTENCIAIS E DAS ATIVIDADES PREVENTIVAS (BRASIL, 1990,ART.5º).
  • 4. PRINCÍPIOS E DIREITOS DO SUS – 8080/1990 AS AÇÕES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE SAÚDE E OS SERVIÇOS PRIVADOS CONTRATADOS OU CONVENIADOS QUE INTEGRAM O SUS OBEDECEM OS SEGUINTES PRINCÍPIOS: I- UNIVERSALIDADE DE ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE, EM TODOS OS NÍVEIS DE ASSISTÊNCIA. II- INTEGRALIDADE DE ASSISTÊNCIA, ENTENDIDA COMO CONJUNTO ARTICULADO E CONTÍNUO DE AÇÕES E SERVIÇOS PREVENTIVOS E CURATIVOS, INDIVIDUAIS E COLETIVOS, EXIGIDOS PARA CADA CASO EM TODOS OS NÍVEIS DE COMPLEXIDADE DO SISTEMA. III- PRESERVAÇÃO DA AUTONOMIA DAS PESSOAS DA DEFESA DE SUA INTEGRIDADE FÍSICA E MORAL.
  • 5. I- IGUALDADE DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE, SEM PRECONCEITOS OU PRIVILÉGIOS DE QUALQUER ESPÉCIE. II- DIREITO À INFORMAÇÃO, ÀS PESSOAS ASSISTIDAS, SOBRE SUA SAÚDE. III- DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES, QUANTO AO POTENCIAL DOS SERVIÇOS DE SAÚDE E A SUA UTILIZAÇÃO PELO USUÁRIO. IV- UTILIZAÇÃO DA EPIDEMIOLOGIA PARA O ESTABELECIMENTO DE PRIORIDADES, A ALOCAÇÃO DE RECURSOS E A ORIENTAÇÃO PROGRAMÁTICA. V- PARTICIPAÇÃO DA COMUNIDADE.
  • 6. I- DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICO-ADMINSTRATIVA, COM DIREÇÃO ÚNICA EM CADA ESFERA DE GOVERNO: A) ENFÂSE NA DESCENTRALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA O MUNÍCIPIO; B) REGIONALIZAÇÃO E HIERARQUIZAÇÃO DA REDE DE SERVIÇOS DE SAÚDE.
  • 7. X - INTEGRAÇÃO EM NÍVEL EXECUTIVO DAS AÇÕES DE SAÚDE, MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO BÁSICO. X-CONJUNÇÃO DOS RECURSOS FINANCEIROS, TECNOLÓGICOS, MATERIAIS E HUMANOS DA UNIÃO, DOS ESTADOS, DO DISTRITO FEDERAL E DOS MUNICÍPIOS NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DA POPULAÇÃO. XI-CAPACIDADE DE RESOLUÇÃO DOS SERVIÇOS EM TODOS OS NÍVEIS DE ASSISTÊNCIA E XII-ORGANIZAÇÃO DOS RECURSOS PÚBLICOS DE MODO A EVITAR DUPLICIDADE DE MEIOS E FINS IDÊNTICOS. (BRASIL, 1990)
  • 8. MODELO DE REDE DO SUS: ASSISTÊNCIA INTEGRALMODELO DE REDE DO SUS: ASSISTÊNCIA INTEGRAL SERVIÇO DE ATENCÃO PRIMÁRIASERVIÇO DE ATENCÃO PRIMÁRIA EM GERAL PRESTADOS PELAS UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) OU PELOS POSTOS DE SAÚDE: • CONSULTAS SIMPLES (CLÍNICA GERAL, PEDIATRIA GINECOLOGIA E SAÚDE BUCAL); • SERVIÇOS DE ENFERMAGEM, ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE, VACINAÇÃO E VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA E SANITÁRIA; • OUTRAS ATIVIDADES CLÍNICAS (OFTALMOLOGIA E PSIQUIATRIA) • PROGRAMAS PREVENTIVOS • ALGUMAS UNIDADES CONTAM COM PSICOLOGIA E SERVIÇO SOCIAL • SÃO AS “PORTAS DE ENTRADA” DO SISTEMA DE SAÚDE.
  • 9. SERVIÇOS DE ATENÇÃOSERVIÇOS DE ATENÇÃO SECUNDÁRIASECUNDÁRIA CONSTITUÍDOS PELOS AMBULATÓRIOS DE ESPECIALIDADES E PELOS HOSPITAIS DE BAIXA COMPLEXIDADE E RESOLUTIVIDADE, CAPAZES DE REALIZAR PARTOS, INTERNAÇÕES CLÍNICAS QUE EXIJAM MENOS CUIDADOS ESPECIALIZADOS E CIRURGIAS SIMPLES. SÃO O MAIOR APOIO PARA OS SERVIÇOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA.
  • 10. SERVIÇOS DE ATENÇÃO TERCIÁRIASERVIÇOS DE ATENÇÃO TERCIÁRIA CONSTITUÍDOS PELOS HOSPITAIS DE MAIOR COMPLEXIDADE E RESOLUTIVIDADE DA REGIÃOI OU DO ESTADO.
  • 11. SERVIÇOS DE ATENÇÃOSERVIÇOS DE ATENÇÃO QUATERNÁRIAQUATERNÁRIA HOSPITAIS ALTAMENTE ESPECIALIZADOS E COM ALTO NÍVEL TECNOLÓGICO E QUE, EM GERAL, SÃO INSTITUIÇÕES DE ENSINO E PESQUISA. POSSUEM EQUIPAMENTO DE PONTA E PESSOAL TECNICAMENTE QUALIFICADO PARA TRATAMENTOS INTENSIVOS. NORMALMENTE ENVOLVEM HOPITALIZAÇÃO E ATENDIMENTO DE PROFISSIONAIS PÓS-GRADUADOS.
  • 12. CONDIÇÕES DE GESTÕES ESTADOS: GESTÃO PLENA DO SISTEMA ESTADUAL MINICÍPIOS: GESTÃO PLENA DE ATENÇÃO BÁSICA GESTÃO PLENA DO SISTEMA MINICIPAL CONDIÇÃO DE GESTÃO DOS MINÍCIPIOS: GESTÃO PLENA DE ATENÇÃO BÁSICA • ASSISTÊNCIA AMBULATORIAL BÁSICA (PAB) • AÇÕES BÁSICAS DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA (P BUS) • AÇÕES BÁSICAS DE EPIDEMOLOGIA E CONTROLE DE DOENÇAS CONDIÇÕES DE GESTÃO DO ESTADO: • GESTOR DA ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL ESPECIALIZADA, ALTO CUSTO, COMPLEXIDADE ENTRE OUTROS.
  • 13. GESTÃO PLENA DO SISTEMAGESTÃO PLENA DO SISTEMA MUNICIPALMUNICIPAL MINÍCIPIO: GESTÃO DE TODAS AS AÇÕES E SERVIÇOS DE SAÚDE DO MUNÍCIPIO. ESTADO: GARANTE REFERÊNCIA VIA PPI – PROGRAMAÇÃO PACTUADA E INTEGRADA; COORDENA POLÍTICA DE ALTO CUSTO, COMPLEXIDADE ENTRE OUTROS (SCOTTI, 2001).
  • 14. DESAFIOS DA PRÁTICA:DESAFIOS DA PRÁTICA: O SERVIÇO SOCIAL NA ÁREAO SERVIÇO SOCIAL NA ÁREA DA SAÚDEDA SAÚDE
  • 15. INTERDISCIPLINARIDADE:INTERDISCIPLINARIDADE: “A PERSPECTIVA INTERDISCIPLINAR NÃO FERE A ESPECIFICIDADE DAS PROFSSÕES E TAMPOUCO SEUS CAMPOS DE ESPECIFICIDADE, MUITO PELO CONTRÁRIO REQUER ORIGINALIDADE E A DIVERSIDADE DOS CONHECIMENTOS QUE PRODUZEM E SISTEMATIZAM... PERMITINDO A PLURALIDADE DE CONTRIBUIÇÕES PARA COMPREENSÕES MAIS CONSISTENTES...” (RODRIGUES ON, 1995).
  • 16. CARACTERÍSTICAS DE UM TRABALHO EMCARACTERÍSTICAS DE UM TRABALHO EM EQUIPE:EQUIPE: →DIÁLOGO →COLABORAÇÃO →CONFIANÇA →CRIATIVIDADE →COMPETÊNCIA →COMPREENSÃO →VISÃO DE TOTALIDADE →RESPEITO →OBJETIVOS COMUNS →ÉTICA →MOTIVAÇÃO →UNIÃO →HUMILDADE → PLURALISMO
  • 17. DESAFIOS À SAÚDE NO TERCEIRO MILÊNIO:DESAFIOS À SAÚDE NO TERCEIRO MILÊNIO: (LINHAS BÁSICAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE).(LINHAS BÁSICAS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE). •DESCENTRALIZAÇÃO ATRAVÉS DA GENERALIZAÇÃO DA GESTÃO PLENA: ∗ 450 MUNÍCIPIOS DO BRASIL EM GESTÃO PLENA ∗ GESTÃO PLENA DEVE ESTAR ACOMPANHADA DA ATENÇÃO BÁSICA. •TRABALHO DE PREVENÇÃO BASEADO NAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA, DO PROGRAMA DE AGENTES COMUNITÁRIO. ∗ MUNÍCIPIO RESPONSÁVEL PELA PREVENÇÃO E ATENÇÃO BÁSICA. ∗ AMPLIAR OS AGENTES DE SAÚDE, ÁREA RURAL E URBANA. ∗ MONTAR EQUIPES (MÉDICO, ENFERMEIRA, AUXILIAR, ETC.) PARA MELHORAR O ATENDIMENTO.