Familia modernaa

421 visualizações

Publicada em

Slide Familia Moderna

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
421
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Familia modernaa

  1. 1. FAMÍLIA MODERNA
  2. 2.  A família contemporânea surge a partir de uma série de transformações históricas e sociais. Na família pré- moderna, a própria família era o centro, ou seja, seus membros estavam o tempo todo referenciados a ela. Se por um lado esta família restringe as escolhas pessoais, por outro, oferece familiaridade e proteção, uma posição estável e uma certa identidade. Com o processo de individualização, os laços tradicionais, as crenças e os relacionamentos sociais vão se perdendo e as pessoas vão sendo confrontadas com novas questões. O foco passa a ser o indivíduo e conseqüentemente, é dada a ele a possibilidade de fazer escolhas pessoais.
  3. 3.  O termo “família” é derivado do latim “famulus”, que significa “escravo doméstico”.  Este termo foi criado na Roma Antiga para designar um novo grupo social que surgiu entre as tribos latinas, ao serem introduzidas à agricultura e também escravidão legalizada
  4. 4.  romana - a autoridade do chefe da família, onde a submissão da esposa e dos filhos ao pai confere ao homem o papel de chefe.  medieval perpetua-se o caráter sacramental do casamento originado no século XVI.  portuguesa, temos a solidariedade, o sentimento de sensível ligação afetiva, abnegação e desprendimento
  5. 5.  cresceu o número de separações e divórcios,  a religião foi perdendo sua força, não mais conseguindo segurar casamentos com relações insatisfatórias.  a igualdade passou a ser um pressuposto em muitas relações matrimoniais.
  6. 6.  Não se trata propriamente do enfraquecimento da instituição família, mas:  o surgimento de novos modelos familiares  novas relações entre os sexos  perspectiva igualitária, mediante maior controle da natalidade  inserção massiva da mulher no mercado de trabalho
  7. 7. NA TRADICIONAL DIVISÃO DE TAREFAS DENTRO DO LAR OCORREM MODIFICAÇÕES IMPORTA  Com o trabalho fora de casa, decorrente da inserção feminina no mercado de trabalho, o tempo da mulher para o cuidado dos filhos foi diminuindo  O homem foi mudando seu espaço no interior da família, assumindo inclusive tarefas antes tipicamente femininas.  A mulher torna-se mais competente no trabalho, autônoma e competitiva, ao mesmo tempo em que o homem aprende a ser mais cuidadoso e cuidador nas relações.
  8. 8. FILHOS  Na estrutura familiar, os filhos são os membros mais vulneráveis às situações de conflitos no grupo e, neste sentido, estão mais expostos que os demais, justamente por não ter autonomia e capacidade plena de defesa e resolução.  Com relação aos adolescentes, a situação é praticamente a mesma, com o agravante de que, muitas vezes, eles são depositários de expectativas e esperanças de ascensão do grupo familiar,sofrem com a frustração destas expectativas, tanto pelo contexto familiar de sobrevivência, como pelo contexto de possibilidades de inserção social
  9. 9. O PAPEL DA FAMÍLIA  A família desempenha papel fundamental não só na relação com seus membros, mas também na relação com o Estado, na perspectiva de instituição social decisiva ao desenvolvimento do processo de integração/inclusão social de seus membros.
  10. 10. AUTONOMIA, INDEPENDÊNCIA, RESPONSABILIDADE E AFETIVIDADE  Através do incentivo à construção da autonomia e independência de seus membros, a família estará, favorecendo a formação de um indivíduo capaz de organizar sua própria vida e responsabilizar-se por suas relações sociais, e fortalecendo a manutenção de laços afetivos já existentes, bem como a formação de novos laços

×