As sensações das cores

878 visualizações

Publicada em

Atividade realizada na sala de aula pela profrª Débora Basto, apresentada no II Café Tecnológico na Escola Municipal Herly Parente - Natal/RN

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

As sensações das cores

  1. 1. SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. NUCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL - NTE/NATAL. ESCOLA MUNICIPAL PROFESSOR HERLY PARENTE. Aula de Artes sobre Cores Quentes e Frias para alunos do 1º ano do Ensino Fundamental. PROFESSORA: DÉBORA BASTOS.
  2. 2. AS SENSAÇÕES DAS CORES  Dados da aula:  Objetivo Geral: Conhecer e entender de forma mais detalhada a sensação que as cores passam, uma vez que as cores estão em todos os lugares e são vistas a todo momento.  Objetivo específico: Identificar através de atividades e imagens as diferentes sensações, como as cores quentes que nos sugerem calor, alegria, luz, movimento; e as cores frias que nos sugerem frio, descanso, tranquilidade e paz.  Duração das atividades: 14 aulas (2 aulas por semana durante 1 mês e meio).  Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno: Entender e saber diferenciar bem os grupos antes de entrar na percepção das cores.
  3. 3. ESTRATÉGIAS E RECURSOS DA AULA Material utilizado: Livros de histórias, lápis de cor, hidrocor, tintas guache, papel branco, papel peso 40, palito de churrasco, cola, UCA, multimídia. 1ª aula 1º momento: Conversar com eles sobre as histórias infantis que eles conhecem, qual a história que eles mais gostam. 2º momento: mostrar a eles que os lápis serão divididos em 2 grupos, fazer reconhecer as cores de cada grupo e chamar de grupo 1 e grupo 2. 3º momento: pedir que eles façam o desenho de um momento da história que eles mais gostam, só que eles tem que escolher um grupo e ficar nele até o final, não pode trocar. 4º momento: observar os desenhos e perceber qual foi o grupo da cor pintado e qual eles se identificaram mais.
  4. 4. 2ª aula 1º momento: Ler o livro - a história de Lino. 2º momento: pedir que eles desenhem o que eles mais gostaram da história, e que agora, eles irão pintar com o grupo diferente, do que ele usou na aula anterior. 3º momento: Observar os desenhos e perguntar, qual dos dois grupos eles gostaram mais de pintar, qual dos seus trabalhos, ficou mais bonito e porque?(o do grupo 1 ou 2). 3ª aula 1º momento: Ler a história de Chapeuzinho vermelho e explicar que existem muitas versões de uma mesma história, pedir que eles contem alguma versão diferente da que foi lida. 2º momento: pedir que eles desenhem a versão que eles conheciam, mas só poderiam usar as cores do grupo 1 (que são as frias). 3º momento: Observar os desenhos contar as versões que foram desenhadas e explicar se sentiram alguma diferença,
  5. 5. 4ª aula 1º momento: relembrar a eles quais os grupos que nós estávamos trabalhando. 2º momento: usar o paint do UCA para que eles possam fazer uma composição, mas somente utilizando as cores do grupo 2. 3º momento: mostrar a composição de cada um, falar sobre o que fizeram, e qual a sensação que eles tiveram ao trabalhar com essas cores.
  6. 6. 5ª aula 1º momento: Relembrar as cores de cada grupo. 2º momento: Mostrar no multimídia, imagens com as cores de cada grupo, e revelar que na verdade o grupo1 são cores frias e o grupo 2 são as cores quentes e trabalhar as sensações.
  7. 7. 6ª aula 1º momento: Recordar o que está sendo trabalhado e fazer eles falarem sobre as cores frias, quais são e as sensações. 2º momento: trabalhar com eles um Taumatrópio, onde ficará de um lado o aquário e do outro um peixe (papel 40 kg e palito de churrasco) , quando voce gira tem a ilusão
  8. 8. 7ª aula 1º momento: Recordar o que está sendo trabalhado e fazer eles falarem sobre as cores quentes e quais são as sensações.2º momento : Trabalhar com eles a monotipia, com tinta e papel 40 kg, dividindo a folha ao meio e fazendo um desenho somente de um lado, fechar a folha apertando bem para o desenho seja impresso do outro lado, abrir e ver o que se
  9. 9. CONCLUSÃO:  As avaliações dos alunos se dá através de cadernos de desenhos individuais, em que se produz todas as atividades do semestre, facilitando a identificação das habilidades adquiridas e do percurso de criação do aluno, e atividades lúdicas. As avaliações também irão se basear na observação, e no interagir durante as aulas práticas.  Pontos positivos - aprendendo de maneira lúdica, eles conseguiram perceber melhor as diferentes sensações que as cores proporcionam ao olhar, e como o artista utiliza esse conhecimento para intensificar essas sensações em suas obras, e ao mesmo tempo, desmistificar a padronização de cores aprendidas e que serão reforçadas ao longo da vida.  Pontos negativos – a relutância inicial ao serem limitados a utilizarem somente um grupo de cores.
  10. 10. BIBLIOGRAFIAS: • Imagens pesquisadas no google imagens; • Neves, André, 1973 – Lino – São Paulo: Callis Ed.,2011. – Coleção Itaú de livros infantis; • Buch, w. – Chapeuzinho vermelho – MW Editora e Ilustrações – Coleção clássicos eternos; • Israel Pedrosa, 1977, 1ª edição– Da cor à cor inexistente - Editora Leo Christiano

×