íNdice de desenvolvimento humano

2.120 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.120
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

íNdice de desenvolvimento humano

  1. 1. Índice de Desenvolvimento Humano<br />O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida comparativa que engloba três dimensões: riqueza, educação e esperança média de vida. É uma maneira padronizada de avaliação e medida do bem-estar de uma população. O índice foi desenvolvido em 1990 pelos economistasAmartya Sen e MahbubulHaq, e vem sendo usado desde 1993 pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento no seu relatório anual.<br />
  2. 2. Coeficiente de Mortalidade<br />Relação entre a freqüência absoluta de óbitos e o número dos expostos ao risco de morrer. Pode ser geral, quando inclui todos os óbitos e toda a população da área em estudo, e pode ser específico por idade, sexo, ocupação, causa, etc...  <br />Mortalidade Infantil:Mortalidade infantil consiste no óbito de crianças durante o seu primeiro ano de vida e é a base para calcular a taxa de mortalidade infantil que consiste na mortalidade infantil observada durante um determinado período de tempo, normalmente um ano, referida ao número de nascidos vivos do mesmo período<br />
  3. 3. Expectativa de Vida<br />Numa dada população, expectativa de vida à nascença ou expectativa de vida é o número médio de anos que um indivíduo pode esperar viver, se submetido, desde o nascimento, às taxas de mortalidade observadas no momento (ano de observação). É calculada tendo em conta, além dos nascimentos e obituários, o acesso a saúde, educação, cultura e lazer, bem como a violência, criminalidade, poluição e situação econômica do lugar em questão. Também é o número de anos que em média, uma pessoa terá probabilidade de viver<br />
  4. 4. O que é ter Saúde?<br />Ter saúde não é só estar sem doenças ou enfermidades. Ter saúde é estar se sentindo bem nas dimensões biológica, psíquica e social. Significa estar interagindo com plena consciência no meio em que estou inserido, sem colocar em risco a qualidade de vida. Corpo e mente têm de estar atendidos num contexto geral e aí uma das questões fortemente ligadas à saúde é a dos direitos sexuais, pois a sexualidade também determina nossa forma de interagir e estar integrado de forma saudável ao ambiente. <br />Saúde:Um bem pra toda VidaPara ter saúde, o mais importante é lembrar, no dia-a-dia, dos pequenos cuidados que podemos ter para construir um organismo forte e resistente.O bem-estar não acontece por acaso, ele vem de noites bem dormidas, de uma alimentação correta e saudável, da ausência de vícios, dos bons hábitos, de exercícios físicos e de uma mente tranqüila e bem disposta. É simples, a prevenção é o melhor remédio.É importante saber que devemos trabalhar, estudar, nos esforçar, porém, devemos também praticar momentos de lazer e relaxamento junto à família ou amigos.Vacinas, exames preventivos, visitas periódicas ao dentista, ginástica, disciplina, tudo isso deve fazer parte de uma rotina de cuidados permanentes. Mas, se por acaso a saúde estiver em risco, lembre-se: nada melhor que o acompanhamento de um especialista: médico, dentista, psicólogo, etc. Vale a pena fazer tudo para manter aquele brilho saudável no olhar.<br />
  5. 5. Expectativa de Vida á 30 anos atrás e atualmente<br />O aumento da proporção de idosos na população é um fenômeno mundial tão profundo que muitos chamam de "revolução demográfica". No último meio século, a expectativa de vida aumentou em cerca de 20 anos. Se considerarmos os últimos dois séculos, ela quase dobrou.<br />A expectativa de vida ao nascer aumentou de 46,5 anos, em 1950-1955, para 65, em 1995-2000. O Brasil acompanhou essa evolução, estando sempre um pouco acima da média mundial: 50,9 anos em 1950-55 para 67,2 em 1995-2000 - mas um pouco abaixo da média da América Latina (de 51,4 a 59,3 anos). A diferença entre os países mais e menos desenvolvidos vem diminuindo: de uma distância de 25,2 anos entre as expectativas de vida dos dois grupos em 1950-55 (41 contra 66,2 anos), a diferença caiu para 12 anos, menos da metade (62,9 contra 74,9).Essa queda é inevitável, dada a tendência de envelhecimento global, pois as expectativas de vida dos países muito velhos crescem menos naturalmente.<br />
  6. 6. Quais eram as principais causas de morte e quais são atualmente ?<br />
  7. 7. 1- Doenças do coração <br />2- Neoplasias <br />3-Doenças cerebrovasculares <br />4- Morte sem assistência médica <br />5 -Sintomas, sinais e achados anormais clínicos <br />6-Agressões <br />7- Diabetes mellitus <br />8- Doenças crônicas das vias aéreas inferiores <br />9- Acidentes de transporte <br />10- Pneumonia <br />
  8. 8. No seu município, as políticas públicas preocupam-se em oferecer maneiras diversificas de práticas esportivas que atendam a população como um todo (crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos?<br />A política estadual para esporte e lazer tem objetivos em investimentos de recursos para infra-estrutura dos espaço públicos de Mato Grosso do Sul .<br />
  9. 9. Montar um painel ou apresentação multimídia com recortes de revistas que trazem receitas milagres para ficar em forma (mínimo 2 recortes), em seguida o grupo irá apresentar críticas sobre o produto pesquisado.    <br />
  10. 10. É comum que uma pessoa que deseja emagrecer procure a farmácia em busca de uma solução rápida, como se tomar determinado “remédio” fosse o necessário para alcançar o seu peso ideal achando que, se deu certo com um “colega” dará também consigo. Porém, por trás dessa ilusória rápida perda de peso, se escondem efeitos colaterais e insucesso.<br />Várias pesquisas já mostraram isso, que somente o uso de drogas para emagrecer não é suficiente para uma perda de peso permanente, saudável e eficiente.<br />Resumindo : a melhor busca para emagrecer, é procurando um especialista neste caso , como um nutricionista. Para que o tratamento de emagrecimento seja saudável. <br />

×