qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdf...
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
História dos computadores
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História dos computadores

5.469 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.469
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
71
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História dos computadores

  1. 1. qwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmrtyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklçzxcvbnmHISTÓRIA DOS COMPUTADORES29-10-2010João Garlito<br />Desde o seu aparecimento até aos dias de hoje, o computador passou por cinco gerações, cujas características marcaram cada uma delas.<br />1ª Geração: 1945-1955.<br />Apareceu em Fevereiro de 1946, designado por ENIAC e inaugurado por J.P. Eckert e John Mauchly, da Universidade de Pensilvânia. A principal característica dos computadores desta fase, eram os seus circuitos electrónicos constituídos por válvulas, o que os tornava de enormes dimensões. Ao invés, o espaço de armazenamento e processamento era reduzido. O ENIAC possuía 19000 válvulas.<br />Válvula<br />ENIAC<br />A nível de curiosidade, a primeira máquina electrónica de processamento e armazenamento de dados do mundo, foi o EDVAC. Completado em 1952.<br />O primeiro computador comercial de grande escala, foi designado por UNIVAC, e data de 1951.<br />Outros modelos dessa época: <br />- IBM 701 e 704, MADAM, SEC, APEC, WHIRLWIND, sendo este último, o primeiro a processar informação em tempo real.<br />As operações eram medidas em milissegundos 1ms=0,001s.<br />EDVAC<br />UNIVAC<br />2ª Geração: 1955-1965.<br />Nesta fase, a principal característica, foi a substituição das válvulas pelos transístores, inventados em 1947 por Bardeen, Schockley e Brattain.<br /> Com a mudança para os transístores, os computadores diminuíram no tamanho e aumentaram as suas capacidades.<br />TRANSISTOR<br />Exemplos desta época, são: IBM 1401 e o BURROUGHS B200.<br />O primeiro computador completamente transistorizado, foi o TRADIC, pertencente aos laboratórios BELL.<br />IBM 1401<br />Começaram a surgir os primeiros sistemas operativos e linguagens de programação de alto nível para o desenvolvimento de aplicações.<br />Uma operação media-se em microssegundos 1μs = 0,000001s.<br />3ª Geração: 1965-1975.<br />Principal característica, introdução de chips, que são pequenas pastilhas de circuitos integrados, constituídos por transístores e outros microcomponentes electrónicos.<br />CHIP<br />Com a introdução dos chips, os computadores reduziram drasticamente as suas proporções, aumentando também muito substancialmente, as suas capacidades de processamento e armazenamento.<br />O primeiro chip e seu criador.<br />Exemplos de computadores desta época, são o IBM 360 e o BURROUGHS B-3500.<br />IBM 360<br />Nesta altura, as duas empresas mais fortes do segmento, eram a IBM em primeiro lugar, seguida da DIGITAL.<br />Logotipo da IBM<br /> <br />Logotipo da Digital<br />As operações eram medidas em nanossegundos 1 ns= 0,000000001s.<br />4ª Geração: A partir de 1970.<br />Surgiram na década de 70. Coincidindo com o aparecimento dos primeiros microprocessadores.<br /> Precisamente em 1970, a INTEL Corporation, introduziu no mercado um tipo novo de circuito integrado: <br />-o microprocessador (processadores totalmente incluídos num só chip).<br />1139190top<br />Microprocessador<br />O primeiro micriprocessador lançado pela INTEL, foi o 4004, de quatro bits. Composto de 2300 transistores.<br />Tudo isto só foi possível, devido à evolução dos circuitos integrados, através da integração de componentes em larga escala (chips com VLSI – Very Large Scale Integration).<br />Escalas de integração dos circuitos integrados<br />SSI (Small Scale Integration) – menos de 10 componentes<br />MSI (Medium Scale Integration) – de 10 a 100 componentes<br />LSI (Large Scale Integration) – de 100 a 5000 componentes<br />VLSI (Very Large Scale Integration) – de 5000 a 1 000 000 componentes<br />ULSI (Ultra Large Scale Integration) – mais de 1 000 000 componentes<br />A partir daqui, surgem os computadores pessoais. De dimensões muito reduzidas, grandes capacidades de memória e armazenamento, e preços mais reduzidos.<br />As operações processadas, medem-se em picossegundos 1ps= 0,000000000001s.<br />5ª Geração: A partir de 1990 até ao presente.<br />Esta geração tem as seguintes características:<br />- multiprocessamento ou processamento paralelo (vários processadores a funcionarem em simultâneo).<br />- capacidade para funcionarem com sistemas avançados de inteligência artificial, nomeadamente comunicação verbal e outras capacidades mais específicas.<br /> Outra das principais características dessa geração, é a simplificação e miniaturização do computador, além de melhor desempenho e maior capacidade de armazenamento.<br />Sequência dos processadores da Intel<br />Pré – x86<br />4004 (de 1971 a 1981; 740 Hz; 4 bits)<br />4040<br />8008<br />8080<br />8085<br />x-86 (16 bit)<br />8086 (de 1978 aos 90; 5 a 10 MHz; 16 bits)<br />80186<br />80286<br />x86 – 32 (32 bits)<br />80386<br />80486<br />Pentium<br />Pentium II<br />Pentium III <br />x86 – 64 (64 bits)<br />Pentium 4<br />Pentium Dual-Core (dois núcleos)<br />Core i3 (dois núcleos)<br />Core i5 (tem versões com dois ou quatro núcleos)<br />Core i7 (tem versões com dois, quatro ou seis núcleos; 3.33 GHz) <br />Dual-core<br />Multi-core<br />Nestes computadores, não temos vários processadores em paralelo, mas temos algo semelhante: num só processador, temos vários núcleos em paralelo.<br />O Futuro - O Computador Quântico<br />A IBM anunciou a construção do mais avançado computador quântico do<br />mundo.<br /> A novidade representa um grande passo em relação ao atual processo de fabricação de chips com silício que, de acordo com especialistas, deve atingir o<br />máximo de sua limitação física de processamento entre 10 e 20 anos.<br />O computador quântico usa, em lugar dos tradicionais microprocessadores de chips de silício, um dispositivo baseado em propriedades físicas dos átomos, como o sentido giratório deles, para contar números um e zero (qubits), em vez de cargas elétricas como nos computadores atuais.<br />Outra característica é que os átomos também podem se sobrepor, o que permite ao equipamento processar equações muito mais rápido.<br />-"Na verdade, os elementos básicos dos computadores quânticos são os átomos e as moléculas", diz Isaac Chuang, pesquisador que liderou a equipa formada por cientistas da IBM, Universidade de Staford e Universidade de Calgary. Cada vez menores, segundo os pesquisadores da IBM, os processadores quânticos começam onde os de silício acabam.<br />"A computação quântica começa onde a lei de Moore termina, por volta de 2020, quando os itens dos circuitos terão o tamanho de átomos e moléculas", afirma Chuang.<br />A lei de Moore, conceito criado em 65 pelo co-fundador da fabricante de processadores Intel, Gordon Moore, diz que o número de transistores colocados em um chip dobra a cada 18 meses. Quanto maior a quantidade de transistores nos chips, maior a velocidade de processamento. Essa teoria vem--se confirmando desde a sua formulação.<br />“Pesquisa”, nome com que foi batizado o computador quântico da IBM, é um instrumento de pesquisa e não estará disponível nos próximos anos. As possíveis aplicações para o equipamento incluem a resolução de problemas matemáticos, buscas avançadas e criptografia, o que já despertou o interesse do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.<br />

×