O conhecimento de Deus

467 visualizações

Publicada em

Aula 04 da classe de Doutrinas da Graça da Escola Bíblica Dominical da IPBA (Campo Grande, MS)

Referências:
LIMA, Leandro Antônio de. As grandes doutrinas da graça. São Paulo: Agathos, 2013.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
126
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O conhecimento de Deus

  1. 1. A U L A 0 4E S C O L A B Í B L I C A D O M I N I C A L I P B A O conhecimento de Deus 18 de outubro de 2015 Doutrinas da Graça
  2. 2. Plano de Aula 1. A existência de Deus: Argumentos Racionais 2. O homem finito: Deus incompreensível 3. Deus pode ser conhecido 4. O bem supremo
  3. 3. Proposta da aula Entender em que sentido Deus pode ser conhecido e quais as consequências desse conhecimento para a vida do homem.
  4. 4. O homem finito
  5. 5. O homem finito ● Leitura bíblica: Atos 17.16-33 ● O contexto religioso de Atenas ● A ênfase de Paulo: ○ Deus é a origem do ser humano ○ A existência humana está sobre o controle de Deus ○ O homem existe para buscar a Deus, mas é limitado nesse conhecimento, como um cego que tateia ○ Por isso precisa da sua revelação e de seu filho.
  6. 6. O homem finito ● O deus desconhecido vs o Deus conhecido ● Até que ponto Deus pode ser conhecido? ● Podemos conhecer tudo sobre Deus?
  7. 7. O homem finito ● Sobre nós: "O finito não pode conter o infinto" ● Existem coisas encobertas e existem coisas reveladas ● Nós nos apegamos a estas últimas (Dt 29.29) ● Quando nos apegamos ao que não é revelado, estamos em falta de submissão à Deus.
  8. 8. O homem finito ● Pensamentos elevados: Deus não pensa igual nós pensamos. (Is 55.8-9; Rm 11.33-34) ● Incomparável: Deus não se mede como nós medimos a nós mesmos. (Jó 36.26; Is 40.18) ● Mãos grandes: Além da nossa compreensão. (Is 40.12, Jó 40 e 41) ● Comida para os corvos: A providência de Deus e seus propósitos. ● Amor incompreensível: O seu único filho por nós. (Jo 3.16)
  9. 9. Deus pode ser conhecido
  10. 10. Deus pode ser conhecido ● A revelação de Deus pertence a nós para que o conheçamos ● Ele decidiu se revelar ● O finito pode conhecer o infinito: "Ele se faz acessível ao simples, de maneira que o mais humilde dos homens pode conhecê-lo verdadeiramente, enquanto o mais inteligente dos homens nunca poderá conhecê-lo completamente. "
  11. 11. ""Podemos saber que Deus existe, sem sabermos tudo o que ele é. Podemos tocar a terra, sem entretanto, sermos capazes de abarcá-la com os braços. A criança pode conhecer a Deus, ao passo que o filósofo não pode descobrir toda a sua perfeição" David S. Clark, Compêndio de Teologia Sistemática
  12. 12. Deus pode ser conhecido ● Conhecimento revolucionário: Conhecimento que transforma o homem. ● Antes eu te conhecia... : Quando o conhecimento se torna devoção. "O que é devoção?" ● Conhece-te a ti mesmo: Reconhecemos a nós mesmos quando conhecemos a Deus.
  13. 13. O bem supremo
  14. 14. O bem supremo ● Conhecer a Deus é o alvo do homem. ● Deus é o bem supremo, não suas "bençãos". ● Enquanto o homem não se voltar para Deus e somente a ele, vai continuar tateando, procurando mas não encontrando nada.
  15. 15. "As coisas encobertas pertencem ao Senhor nosso Deus, porém as reveladas nos pertencem a nós e a nossos filhos para sempre, para que cumpramos todas as palavras desta lei." Deuteronômio 29.29 PARA MEMORIZAR

×