Moisés no Egito | Aula 07 - Classe de Velho Testamento EBD

1.249 visualizações

Publicada em

Aula 07 da Classe de Velho Testamento da EBD da Igreja Presbiteriana do Bairro Amambaí
Esta aula foi ministrada no dia 06 de abril de 2014.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.249
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moisés no Egito | Aula 07 - Classe de Velho Testamento EBD

  1. 1. Moisés no Egito Classe de Velho Testamento Escola Bíblica IPBA Aula 08 06/04/2014
  2. 2. Shemot
  3. 3. O livro do Êxodo Na Torá: Shemot (estes são os nomes - Ex. 1.1) Na Septuaginta: Êxodo (via, caminho, partida, saída) Temas principais: A fuga do Egito, a dádiva da Lei, a graça redentora de Deus e os perigos da rebeldia contra Deus. (Dicionário Bíblico Vida Nova) Papiro 46 do Cânon do Novo Testamento 2 Coríntios 11 Data: +/- 1446 a.C.
  4. 4. O crescimento do povo de Israel no Egito Êxodo 1.1 a 7 Ler vers. 7
  5. 5. Levanta-se um Rei (Faraó) que não conhecia José e impõe severa aflição ao povo de Israel Êxodo 1.8-14 Extinção de Israel planejada pelos egípcios Êxodo 1.15 a 22 Ler vers. 22
  6. 6. Os faraós do Egito Estamos aqui:
  7. 7. Moisés é salvo do assassinato dos egípcios Êxodo 2.1-10
  8. 8. Moisés mata um egípcio, foge para o deserto e casa-se com Zípora, nascendo-lhe seu primogênito, Gérson Êxodo 2.11 a 22
  9. 9. 1 2 3
  10. 10. O povo de Israel clama a Deus Êxodo 2.23 a 25
  11. 11. Deus chama Moisés na sarça ardente. Êxodo 3.1 a Êxodo 4.17
  12. 12. 3.2: Aparece o Anjo do Senhor numa chama de fogo no meio de uma sarça; 3.4 e 5: Deus chama, Moisés responde: "Eis-me aqui!", e Deus o manda tirar as sandálias dos pés, pois ali é terra santa; 3.10: Deus diz a Moisés o que queria dele; 3.11: Começam as desculpas de Moisés; 3.12: Deus promete ser com Moisés; 3.13: Moisés questiona pelo nome de Deus;
  13. 13. Os deuses do Egito
  14. 14. Eu sou o que sou 3.14 - "Eu sou o que sou", disse mais "Eu Sou" me enviou a vós outros. Reverência: Tetragrama - YHWH
  15. 15. Ainda sobre a sarça ardente
  16. 16. A sarça, junto com o nome da nossa igreja, é um símbolo de identidade visual. "... Na revelação a Moisés nota-se que Deus trataria seu povo como tratou aquele insignificante arbusto: Ele o santificaria e o reconheceria como seu povo sem destruí-lo, considerando graciosamente sua fraqueza"
  17. 17. "... Acima de tudo, queremos ser identificados como o povo escolhido de Deus, ao qual a si mesmo se revelou e ao qual libertou da escravidão do pecado, deu- lhe o seu Espírito e o santifica em sua caminhada"
  18. 18. 3.20 e 21: Deus favoreceria a Israel diante dos egípcios e despojaria os egípcios, o que ocorreu no último dia. 4.1: Mais uma desculpa; 4.2 a 9: Deus concede poderes a Moisés; 4.10: Não sou eloquente, sou duro de boca; 4.11 e 12: Deus manda que Moisés vá, que Ele o ensinará o que falar; 4.13: Desculpa final, manda outro Senhor; 4.14 a 17: Deus se ira com Moisés, manda que ele leve Arão com Ele; 4.30 e 31: Moisés e Arão falam com o povo, que adoram o Senhor.
  19. 19. Moisés e Arão falam com o Faraó Êxodo 5.1-5
  20. 20. Faraó ignora o pedido de Moisés e Arão Êxodo 5.6-14
  21. 21. Os israelitas reclamam de Moisés e Arão Êxodo 5.15-22
  22. 22. Deus reitera sua promessa a Moisés Êxodo 6.1-13 Moisés e Arão vão novamente ao encontro do Faraó Êxodo 6.1-13
  23. 23. A dureza do coração de Faraó Êxodo 7.1-13
  24. 24. A dureza do coração do homem: O caso de Janes e Jambres - O homem nos nossos dias 2 Tim 3.1-9
  25. 25. As 10 pragas do Egito
  26. 26. A primeira praga: Ás aguas se tornam em sangue Êxodo 7.14-25 Um golpe contra o deus Hapi, o deus protetor das inundações do Rio Nilo.
  27. 27. A segunda praga: Rãs Êxodo 8.1-14 Os egípcios relacionavam as rãs com a deusa da fertilidade (Hekt). Quando o Egito se enche de rãs, os egípcios ficam perplexos e confusos, pois ela não conseguiu impedir que o Egito fosse invadido.
  28. 28. A terceira praga: Piolhos Êxodo 8.16-19 Os sacerdotes egípcios ficaram impossibilitados de cumprirem os seus rituais.
  29. 29. A quarta praga: Moscas Êxodo 8.20-32 O deus Belzebu é desmoralizado, uma vez que os egípcios acreditavam que ele tinha poder para afugentar moscas.
  30. 30. A quinta praga: Peste nos animais Êxodo 9.1-7 Um golpe contra Amom, que tinha forma de carneiro e era adorado em todo o Egito.
  31. 31. A sexta praga: Úlceras Êxodo 9.8-12 Um duro golpe contra o deus TIfon, que protegeria os egípcios de qualquer ferida. Nessa os sacerdotes foram os primeiros infectados.
  32. 32. A sétima praga: chuva de pedras Êxodo 9.13-34 Um golpe contra a deusa Serafis, protetora da lavoura do Egito.
  33. 33. A oitava praga: gafanhotos Êxodo 10.1-20 Dando sequência a outra praga, agora a deusa Isis é desmoralizada, esta também deveria proteger toda a vegetação das terras dos egípcios.
  34. 34. A nona praga: Trevas Êxodo 10.21-29 Um grande golpe a todos os deuses do Egito, e especialmente contra o deus Rá, o deus solar. E também um golpe ao próprio faraó, que era suposto filho de Rá.
  35. 35. A décima praga: Morte dos primogênitos Êxodo 11 e 12.29-36 O certeiro e último golpe, não só ao Faraó, mas a todo o povo egípcio. O próximo faraó (que era considerado filho de Rá e também deus) que seria o primogênito, estava morto.
  36. 36. A instituição da Páscoa Êxodo 12.1-28
  37. 37. Na próxima aula…

×