SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
Baixar para ler offline
INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO 
Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO 
signates@gmail.com nsignates@gmail.com 
(62) 8630-3000 (62) 8484-9957 
1 
SUMÁRIO EXECUTIVO 
1. TÍTULO DO PROJETO: A PERCEPÇÃO DE PAIS E DE USUÁRIOS ADOLESCENTES E PRÉ-ADOLESCENTES DE JOGOS ELETRÔNICOS SOBRE AS CATEGORIAS DA CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA NO BRASIL. 
Contrato de Serviços Ref. CI01040/2014, AS-2813/2014, PROJETO: 914BRZ5006 - LIBERDADE DE EXPRESSÃO, EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA. 
2. APRESENTAÇÃO 
Este é um projeto realizado pelo Instituto Signates – Consultoria, Pesquisa e Editoração Ltda., em serviço prestado ao programa de pesquisa do Ministério da Justiça e da Unesco que busca fomentar estudos sobre Classificação Indicativa e cuja temática central é: “Percepções sobre os Impactos biopsicossociais dos conteúdos veiculados em jogos e dos alertas da classificação indicativa em crianças, adolescentes e pais”. 
Seu escopo principal foi perceber de crianças pré-adolescentes e jovens adolescentes, pertencentes às camadas de renda AB e CDE, e de pais de jogadores dentro destas características, a produção de sentido que fazem dos jogos eletrônicos e dos eventuais impactos dos conteúdos relacionados aos critérios temáticos que servem de base para as políticas de classificação indicativa no Brasil.
INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO 
Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO 
signates@gmail.com nsignates@gmail.com 
(62) 8630-3000 (62) 8484-9957 
2 
A pesquisa foi coordenada e supervisionada pelo Prof. Dr. Luiz Signates, diretor-proprietário do Instituto e docente de programas de Graduação e Pós- graduação das Universidades Federal e Pontifícia Católica de Goiás. 
3. METODOLOGIA UTILIZADA: 
Esta pesquisa entrevistou um total de 54 sujeitos, 15 pais e 39 jogadores (20 pré- adolescentes e 19 adolescentes). Estas informações encontram-se detalhadas no quadro a seguir: 
Quadro 1- Os sujeitos da pesquisa 
CLASSE SOCIAL/ QUANTITATIVOS 
PAIS (Entrevista individual) 
FILHOS (Grupos focais) 
de pré- adolescentes 
de adolescentes 
pré-adolescentes 
(10 a 12 anos) 
adolescentes 
(13 a 17 anos) 
A e B 
3 
3 
09 
08 
C, D e E 
5 
4 
11 
11 
Fonte: Signates et alli (2014) 
Os pais de jogadores foram entrevistados com base no método de entrevista qualitativa individual em profundidade e na modalidade semi-estruturada, que utiliza como instrumento o roteiro tópico ou tópico-guia. Os jogadores, pré- adolescentes e adolescentes, participaram de entrevistas em grupo, na modalidade de grupos focais, tendo sido um GF para cada faixa etária/padrão de renda. Considerou-se pré-adolescente a criança entre 10 e 12 anos e adolescente, o jovem com idade entre 13 e 17 anos. Já a classe social foi definida com base nos critérios adotados pelo IBGE de renda familiar mensal, utilizando a linha de corte de 10 salários mínimos como critério de destaque dos dois subgrupos de sujeitos. A coleta de dados foi realizada entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro de 2014, na cidade de Goiânia, capital de Goiás.
INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO 
Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO 
signates@gmail.com nsignates@gmail.com 
(62) 8630-3000 (62) 8484-9957 
3 
4. RESULTADOS DE PESQUISA 
A presente pesquisa concluiu todas as suas etapas de realização tendo gerado, até o momento, um relatório preliminar (já encaminhado ao Ministério da Justiça e à Unesco) e dois artigos científicos, cujos títulos, temáticas e principais resultados são: 
a) Primeiro produto: Artigo acadêmico 
Título: A percepção de pais e filhos sobre a classificação indicativa de jogos eletrônicos no Brasil. 
Resumo: Este artigo visou a identificação da percepção de pais, adolescentes e pré-adolescentes sobre a classificação indicativa para jogos eletrônicos. Os dados apontam para uma tensão nessa percepção, situada entre a aprovação da política de classificação, vista como importante, necessária e interessante, e, ao mesmo tempo, um quadro de surpreendente indiferença em relação às suas exortações. 
Principais resultados: Os sujeitos da pesquisa (pais de jogadores e os jogadores pré-adolescentes e adolescentes) consideram a política governamental da classificação indicativa importante e necessária. Sabem da existência da classificação e estabelecem a relação entre faixa etária e conteúdo apropriado. Contudo, os pais não possuem o hábito de controlar e ou observar o conteúdo dos jogos que seus filhos utilizam. Os jovens, apesar de demonstrarem maior conhecimento do que os pais sobre os símbolos e as recomendações da classificação indicativa, não a levam em consideração ao consumir os jogos, atentando-se principalmente à história do jogo. De maneira geral os pais desconheceram os critérios adotados pela classificação
INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO 
Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO 
signates@gmail.com nsignates@gmail.com 
(62) 8630-3000 (62) 8484-9957 
4 
indicativa. A preocupação principal deste grupo esteve relacionada ao tempo que seus filhos dedicam aos videogames. 
b) Segundo produto: Artigo acadêmico 
Título: Jogos eletrônicos, “regiões de tabu” e impactos biopsicossociais: a percepção de pais, pré-adolescentes e adolescentes sobre os critérios da classificação indicativa. 
Resumo: Este artigo versa sobre o sentido que os pais de jogadores, e os jogadores adolescentes e pré-adolescentes produzem acerca dos critérios temáticos da Classificação Indicativa no Brasil, bem como a sua relação com os jogos eletrônicos. Constatou-se, de maneira geral, que o tempo de jogo pode ser considerado o principal impacto biopsicossocial dos videogames e que os sujeitos desta pesquisa não consideram que haja uma influência negativa causada pelo conteúdo dos jogos eletrônicos no contexto em que vivem. 
Principais resultados: Verificou-se a partir dos relatos dos sujeitos da pesquisa que um dos principais impactos biopsicossociais que se pode relacionar com os videogames é o tempo de jogo dedicado pelas crianças e adolescentes a esta atividade. Tanto pais quanto jogadores ignoram a possibilidade de influência negativa dos jogos no contexto em que vivem. Para eles são influenciáveis: as crianças, pela suposta imaturidade, as pessoas que vivem em situação social desfavorável e ou sofrem de algum desvio mental. Uma quantidade significativa de relatos dos jogadores vincularam a utilização dos videogames como uma medida terapêutica para lidar com as próprias emoções. Verificou-se que os jogos eletrônicos não pautam, em primeira instância, o diálogo sobre os critérios temáticos da classificação indicativa (sexo, drogas e violência), no contexto dos pais e dos jogadores. Dentre os critérios, o conteúdo violento esteve impregnado em boa parte dos relatos e dos exemplos utilizados pelas crianças e adolescentes;
INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO 
Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO 
signates@gmail.com nsignates@gmail.com 
(62) 8630-3000 (62) 8484-9957 
5 
algo que também se materializou nos jogos de preferência dos entrevistados: Assassin’s Creed, God of War, Call of Duty, etc. Por fim, o sexo é o assunto mais visivelmente tratado como tabu sendo, portanto, menos discutido no contexto dos pais e dos jogadores. Este conteúdo nos jogos é causador de certo constrangimento para os jogadores quando os pais estão presentes. 
Brasília/Goiânia, 04 de dezembro de 2014. 
Prof. Dr. Luiz Signates 
DIRETOR TÉCNICO E CIENTÍFICO

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...
Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...
Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...Ministério da Justiça
 
Guia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
Guia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de PessoasGuia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
Guia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de PessoasMinistério da Justiça
 
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BCBoletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BCMinistério da Justiça
 
Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...
Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...
Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...Ministério da Justiça
 
Classificação Indicativa -Artigo Final
Classificação Indicativa -Artigo FinalClassificação Indicativa -Artigo Final
Classificação Indicativa -Artigo FinalMinistério da Justiça
 
Entenda o Anteprojeto de Lei de Migrações
Entenda o Anteprojeto de Lei de MigraçõesEntenda o Anteprojeto de Lei de Migrações
Entenda o Anteprojeto de Lei de MigraçõesMinistério da Justiça
 
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015Ministério da Justiça
 
Guia Prático de Classicifacao Indicativa
Guia Prático de Classicifacao IndicativaGuia Prático de Classicifacao Indicativa
Guia Prático de Classicifacao IndicativaMinistério da Justiça
 
Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...
Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...
Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...Ministério da Justiça
 
Cartilha para solicitantes de refugio no Brasil
Cartilha para solicitantes de refugio no BrasilCartilha para solicitantes de refugio no Brasil
Cartilha para solicitantes de refugio no BrasilMinistério da Justiça
 

Destaque (20)

Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...
Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...
Cadernos Temáticos sobre Tráfico de Pessoas Volume 2: Migração e Tráfico de P...
 
Declaracao do Brasil - Cartagena + 30
Declaracao do Brasil - Cartagena + 30Declaracao do Brasil - Cartagena + 30
Declaracao do Brasil - Cartagena + 30
 
Guia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
Guia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de PessoasGuia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
Guia de Formação para Rede de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas
 
Comigrar | Manual do Participante
Comigrar | Manual do ParticipanteComigrar | Manual do Participante
Comigrar | Manual do Participante
 
O que é o Atlas de Acesso à Justiça?
O que é o Atlas de Acesso à Justiça?O que é o Atlas de Acesso à Justiça?
O que é o Atlas de Acesso à Justiça?
 
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BCBoletim Consumo e Finança - Senacon e BC
Boletim Consumo e Finança - Senacon e BC
 
Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...
Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...
Pesquisa Classificação Indicativa - Redes, fusos e o respeito à vinculação ho...
 
Classificação Indicativa -Artigo Final
Classificação Indicativa -Artigo FinalClassificação Indicativa -Artigo Final
Classificação Indicativa -Artigo Final
 
1º Boletim de Segurança Pública - MJ
1º Boletim de Segurança Pública - MJ1º Boletim de Segurança Pública - MJ
1º Boletim de Segurança Pública - MJ
 
SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014
SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014
SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014
 
Protegendo os Direitos dos Apátridas
Protegendo os Direitos dos ApátridasProtegendo os Direitos dos Apátridas
Protegendo os Direitos dos Apátridas
 
Caderno de Propostar da Comigrar
Caderno de Propostar da ComigrarCaderno de Propostar da Comigrar
Caderno de Propostar da Comigrar
 
Entenda o Anteprojeto de Lei de Migrações
Entenda o Anteprojeto de Lei de MigraçõesEntenda o Anteprojeto de Lei de Migrações
Entenda o Anteprojeto de Lei de Migrações
 
Anteprojeto novo estatuto_estrangeiro
Anteprojeto   novo estatuto_estrangeiroAnteprojeto   novo estatuto_estrangeiro
Anteprojeto novo estatuto_estrangeiro
 
Manual de Proteção aos Apatridas
Manual de Proteção aos ApatridasManual de Proteção aos Apatridas
Manual de Proteção aos Apatridas
 
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2015
 
Guia Prático de Classicifacao Indicativa
Guia Prático de Classicifacao IndicativaGuia Prático de Classicifacao Indicativa
Guia Prático de Classicifacao Indicativa
 
Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...
Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...
Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos - Direitos Econômi...
 
Cartilha Brasil Mais Seguro
Cartilha Brasil Mais SeguroCartilha Brasil Mais Seguro
Cartilha Brasil Mais Seguro
 
Cartilha para solicitantes de refugio no Brasil
Cartilha para solicitantes de refugio no BrasilCartilha para solicitantes de refugio no Brasil
Cartilha para solicitantes de refugio no Brasil
 

Semelhante a Pesquisa Classificação Indicativa - Jogos Eletrônicos

IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.
IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.
IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.Anaclaudiavictor
 
Planejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docx
Planejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docxPlanejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docx
Planejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docxlidyribeiro2
 
Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)
Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)
Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)Fábio Nogueira, PhD
 
Gameficação Saúde.pdf
Gameficação Saúde.pdfGameficação Saúde.pdf
Gameficação Saúde.pdfEmersonLeite20
 
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...hawbertt
 
O Recreio na Perspectiva das Crianças.
O Recreio na Perspectiva das Crianças.O Recreio na Perspectiva das Crianças.
O Recreio na Perspectiva das Crianças.revistas - UEPG
 
Perceções de famílias portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...
Perceções de famílias  portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...Perceções de famílias  portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...
Perceções de famílias portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...Rita Brito
 
Cartilha do Educador: Educando com a ajuda das Neurociências
Cartilha do Educador: Educando com a ajuda das NeurociênciasCartilha do Educador: Educando com a ajuda das Neurociências
Cartilha do Educador: Educando com a ajuda das Neurociênciasnoritadastre
 
Super Memória - Guia para Profissionais
Super Memória - Guia para ProfissionaisSuper Memória - Guia para Profissionais
Super Memória - Guia para Profissionaismovimentodown
 
ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"
ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"
ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"Ilda Bicacro
 
Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar.
 Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar. Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar.
Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar.Altair Moisés Aguilar
 
Santana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves Machado
Santana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves MachadoSantana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves Machado
Santana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves MachadoCursoTICs
 
Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...
Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...
Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...Direção Regional de Educação
 

Semelhante a Pesquisa Classificação Indicativa - Jogos Eletrônicos (20)

IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.
IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.
IDH da RMC e caracteristicas da comunidade escolar Padre Avelino Canazza.
 
Planejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docx
Planejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docxPlanejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docx
Planejamentos Anual Humanidades e Ciências Sociais - 2º ano.doc.docx
 
Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)
Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)
Amizade e escolha profissional (defesa da dissertação 2007)
 
Gameficação Saúde.pdf
Gameficação Saúde.pdfGameficação Saúde.pdf
Gameficação Saúde.pdf
 
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
DESENVOLVIMENTO DE UM JOGO DIGITAL PARA O ENSINO DE QUÍMICA NO ENSINO MÉDIO: ...
 
O Recreio na Perspectiva das Crianças.
O Recreio na Perspectiva das Crianças.O Recreio na Perspectiva das Crianças.
O Recreio na Perspectiva das Crianças.
 
Perceções de famílias portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...
Perceções de famílias  portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...Perceções de famílias  portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...
Perceções de famílias portuguesas, com filhos até 8 anos, sobre segurança di...
 
Cartilha do Educador: Educando com a ajuda das Neurociências
Cartilha do Educador: Educando com a ajuda das NeurociênciasCartilha do Educador: Educando com a ajuda das Neurociências
Cartilha do Educador: Educando com a ajuda das Neurociências
 
3a_SERIE_EM.docx
3a_SERIE_EM.docx3a_SERIE_EM.docx
3a_SERIE_EM.docx
 
Super Memória - Guia para Profissionais
Super Memória - Guia para ProfissionaisSuper Memória - Guia para Profissionais
Super Memória - Guia para Profissionais
 
Atv. webquest.profª ester
Atv. webquest.profª esterAtv. webquest.profª ester
Atv. webquest.profª ester
 
COMPREENDENDO A SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA
COMPREENDENDO A SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIACOMPREENDENDO A SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA
COMPREENDENDO A SEXUALIDADE NA ADOLESCÊNCIA
 
Instituto IDE Brasil
Instituto IDE BrasilInstituto IDE Brasil
Instituto IDE Brasil
 
ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"
ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"
ESS- "Interação entre jovens e idosos, um caminho a percorrer"
 
A14v30n2
A14v30n2A14v30n2
A14v30n2
 
Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar.
 Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar. Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar.
Sociologia - Eixos do Trabalho -Prof.Altair Aguilar.
 
445 4
445 4445 4
445 4
 
Reunião para discussão do ASQ-3 (versão em Inglês)
Reunião para discussão do ASQ-3 (versão em Inglês)Reunião para discussão do ASQ-3 (versão em Inglês)
Reunião para discussão do ASQ-3 (versão em Inglês)
 
Santana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves Machado
Santana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves MachadoSantana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves Machado
Santana do Livramento - Carla Rejane Gonçalves Machado
 
Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...
Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...
Influência do género, da família e dos serviços de psicologia e orientação na...
 

Mais de Ministério da Justiça

Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016
Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016
Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016Ministério da Justiça
 
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016Ministério da Justiça
 
Balanço da Operação Rodovida da PRF - Carnaval 2015
Balanço da Operação Rodovida da PRF -  Carnaval 2015Balanço da Operação Rodovida da PRF -  Carnaval 2015
Balanço da Operação Rodovida da PRF - Carnaval 2015Ministério da Justiça
 
Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...
Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...
Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...Ministério da Justiça
 
Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas
Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas
Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas Ministério da Justiça
 
Manual de Mediação e Conciliação para Defensoria Pública
Manual de Mediação e Conciliação para Defensoria PúblicaManual de Mediação e Conciliação para Defensoria Pública
Manual de Mediação e Conciliação para Defensoria PúblicaMinistério da Justiça
 
Manual Mediação e Conciliação para representantes de empresas
Manual Mediação e Conciliação para representantes de empresasManual Mediação e Conciliação para representantes de empresas
Manual Mediação e Conciliação para representantes de empresasMinistério da Justiça
 
Manual de Mediação de Conflito para advogados
Manual de Mediação de Conflito para advogados Manual de Mediação de Conflito para advogados
Manual de Mediação de Conflito para advogados Ministério da Justiça
 
Manual de Negociação e Mediação para membros do Ministério Público
Manual de Negociação e Mediação para membros do Ministério PúblicoManual de Negociação e Mediação para membros do Ministério Público
Manual de Negociação e Mediação para membros do Ministério PúblicoMinistério da Justiça
 
Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça
Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça
Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça Ministério da Justiça
 
Federalização de Graves Violações de Direitos Humanos
Federalização de Graves Violações de Direitos HumanosFederalização de Graves Violações de Direitos Humanos
Federalização de Graves Violações de Direitos HumanosMinistério da Justiça
 
A aplicação de penas e medidas alternativas
A aplicação de penas e medidas alternativas A aplicação de penas e medidas alternativas
A aplicação de penas e medidas alternativas Ministério da Justiça
 

Mais de Ministério da Justiça (19)

Marco de Segurança no Futebol
Marco de Segurança no FutebolMarco de Segurança no Futebol
Marco de Segurança no Futebol
 
Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016
Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016
Sistema de refúgio brasileiro - Balanço até abril de 2016
 
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016
Cartilha para Emendas Orçamentárias 2016
 
Refúgio no Brasil
Refúgio no BrasilRefúgio no Brasil
Refúgio no Brasil
 
Relatorio Trafico de Pessoas 2013
Relatorio Trafico de Pessoas 2013Relatorio Trafico de Pessoas 2013
Relatorio Trafico de Pessoas 2013
 
Relatório do Infopen - 2015
Relatório do Infopen - 2015Relatório do Infopen - 2015
Relatório do Infopen - 2015
 
Pesquisa Dar à Luz na Sombra
Pesquisa Dar à Luz na SombraPesquisa Dar à Luz na Sombra
Pesquisa Dar à Luz na Sombra
 
Balanço da Operação Rodovida da PRF - Carnaval 2015
Balanço da Operação Rodovida da PRF -  Carnaval 2015Balanço da Operação Rodovida da PRF -  Carnaval 2015
Balanço da Operação Rodovida da PRF - Carnaval 2015
 
SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014
SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014 SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014
SNJ - Balanço da Gestão 2011-2014
 
Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...
Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...
Avaliação sobre o progresso do II Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico ...
 
Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas
Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas
Cadernos temáticos sobre tráfico de pessoas
 
Revista Diálogos sobre Justiça
Revista Diálogos sobre JustiçaRevista Diálogos sobre Justiça
Revista Diálogos sobre Justiça
 
Manual de Mediação e Conciliação para Defensoria Pública
Manual de Mediação e Conciliação para Defensoria PúblicaManual de Mediação e Conciliação para Defensoria Pública
Manual de Mediação e Conciliação para Defensoria Pública
 
Manual Mediação e Conciliação para representantes de empresas
Manual Mediação e Conciliação para representantes de empresasManual Mediação e Conciliação para representantes de empresas
Manual Mediação e Conciliação para representantes de empresas
 
Manual de Mediação de Conflito para advogados
Manual de Mediação de Conflito para advogados Manual de Mediação de Conflito para advogados
Manual de Mediação de Conflito para advogados
 
Manual de Negociação e Mediação para membros do Ministério Público
Manual de Negociação e Mediação para membros do Ministério PúblicoManual de Negociação e Mediação para membros do Ministério Público
Manual de Negociação e Mediação para membros do Ministério Público
 
Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça
Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça
Atlas de Acesso à Justiça - Indicadores Nacionais de Acesso à Justiça
 
Federalização de Graves Violações de Direitos Humanos
Federalização de Graves Violações de Direitos HumanosFederalização de Graves Violações de Direitos Humanos
Federalização de Graves Violações de Direitos Humanos
 
A aplicação de penas e medidas alternativas
A aplicação de penas e medidas alternativas A aplicação de penas e medidas alternativas
A aplicação de penas e medidas alternativas
 

Pesquisa Classificação Indicativa - Jogos Eletrônicos

  • 1. INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO signates@gmail.com nsignates@gmail.com (62) 8630-3000 (62) 8484-9957 1 SUMÁRIO EXECUTIVO 1. TÍTULO DO PROJETO: A PERCEPÇÃO DE PAIS E DE USUÁRIOS ADOLESCENTES E PRÉ-ADOLESCENTES DE JOGOS ELETRÔNICOS SOBRE AS CATEGORIAS DA CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA NO BRASIL. Contrato de Serviços Ref. CI01040/2014, AS-2813/2014, PROJETO: 914BRZ5006 - LIBERDADE DE EXPRESSÃO, EDUCAÇÃO PARA A MÍDIA. 2. APRESENTAÇÃO Este é um projeto realizado pelo Instituto Signates – Consultoria, Pesquisa e Editoração Ltda., em serviço prestado ao programa de pesquisa do Ministério da Justiça e da Unesco que busca fomentar estudos sobre Classificação Indicativa e cuja temática central é: “Percepções sobre os Impactos biopsicossociais dos conteúdos veiculados em jogos e dos alertas da classificação indicativa em crianças, adolescentes e pais”. Seu escopo principal foi perceber de crianças pré-adolescentes e jovens adolescentes, pertencentes às camadas de renda AB e CDE, e de pais de jogadores dentro destas características, a produção de sentido que fazem dos jogos eletrônicos e dos eventuais impactos dos conteúdos relacionados aos critérios temáticos que servem de base para as políticas de classificação indicativa no Brasil.
  • 2. INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO signates@gmail.com nsignates@gmail.com (62) 8630-3000 (62) 8484-9957 2 A pesquisa foi coordenada e supervisionada pelo Prof. Dr. Luiz Signates, diretor-proprietário do Instituto e docente de programas de Graduação e Pós- graduação das Universidades Federal e Pontifícia Católica de Goiás. 3. METODOLOGIA UTILIZADA: Esta pesquisa entrevistou um total de 54 sujeitos, 15 pais e 39 jogadores (20 pré- adolescentes e 19 adolescentes). Estas informações encontram-se detalhadas no quadro a seguir: Quadro 1- Os sujeitos da pesquisa CLASSE SOCIAL/ QUANTITATIVOS PAIS (Entrevista individual) FILHOS (Grupos focais) de pré- adolescentes de adolescentes pré-adolescentes (10 a 12 anos) adolescentes (13 a 17 anos) A e B 3 3 09 08 C, D e E 5 4 11 11 Fonte: Signates et alli (2014) Os pais de jogadores foram entrevistados com base no método de entrevista qualitativa individual em profundidade e na modalidade semi-estruturada, que utiliza como instrumento o roteiro tópico ou tópico-guia. Os jogadores, pré- adolescentes e adolescentes, participaram de entrevistas em grupo, na modalidade de grupos focais, tendo sido um GF para cada faixa etária/padrão de renda. Considerou-se pré-adolescente a criança entre 10 e 12 anos e adolescente, o jovem com idade entre 13 e 17 anos. Já a classe social foi definida com base nos critérios adotados pelo IBGE de renda familiar mensal, utilizando a linha de corte de 10 salários mínimos como critério de destaque dos dois subgrupos de sujeitos. A coleta de dados foi realizada entre os dias 30 de outubro e 1º de novembro de 2014, na cidade de Goiânia, capital de Goiás.
  • 3. INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO signates@gmail.com nsignates@gmail.com (62) 8630-3000 (62) 8484-9957 3 4. RESULTADOS DE PESQUISA A presente pesquisa concluiu todas as suas etapas de realização tendo gerado, até o momento, um relatório preliminar (já encaminhado ao Ministério da Justiça e à Unesco) e dois artigos científicos, cujos títulos, temáticas e principais resultados são: a) Primeiro produto: Artigo acadêmico Título: A percepção de pais e filhos sobre a classificação indicativa de jogos eletrônicos no Brasil. Resumo: Este artigo visou a identificação da percepção de pais, adolescentes e pré-adolescentes sobre a classificação indicativa para jogos eletrônicos. Os dados apontam para uma tensão nessa percepção, situada entre a aprovação da política de classificação, vista como importante, necessária e interessante, e, ao mesmo tempo, um quadro de surpreendente indiferença em relação às suas exortações. Principais resultados: Os sujeitos da pesquisa (pais de jogadores e os jogadores pré-adolescentes e adolescentes) consideram a política governamental da classificação indicativa importante e necessária. Sabem da existência da classificação e estabelecem a relação entre faixa etária e conteúdo apropriado. Contudo, os pais não possuem o hábito de controlar e ou observar o conteúdo dos jogos que seus filhos utilizam. Os jovens, apesar de demonstrarem maior conhecimento do que os pais sobre os símbolos e as recomendações da classificação indicativa, não a levam em consideração ao consumir os jogos, atentando-se principalmente à história do jogo. De maneira geral os pais desconheceram os critérios adotados pela classificação
  • 4. INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO signates@gmail.com nsignates@gmail.com (62) 8630-3000 (62) 8484-9957 4 indicativa. A preocupação principal deste grupo esteve relacionada ao tempo que seus filhos dedicam aos videogames. b) Segundo produto: Artigo acadêmico Título: Jogos eletrônicos, “regiões de tabu” e impactos biopsicossociais: a percepção de pais, pré-adolescentes e adolescentes sobre os critérios da classificação indicativa. Resumo: Este artigo versa sobre o sentido que os pais de jogadores, e os jogadores adolescentes e pré-adolescentes produzem acerca dos critérios temáticos da Classificação Indicativa no Brasil, bem como a sua relação com os jogos eletrônicos. Constatou-se, de maneira geral, que o tempo de jogo pode ser considerado o principal impacto biopsicossocial dos videogames e que os sujeitos desta pesquisa não consideram que haja uma influência negativa causada pelo conteúdo dos jogos eletrônicos no contexto em que vivem. Principais resultados: Verificou-se a partir dos relatos dos sujeitos da pesquisa que um dos principais impactos biopsicossociais que se pode relacionar com os videogames é o tempo de jogo dedicado pelas crianças e adolescentes a esta atividade. Tanto pais quanto jogadores ignoram a possibilidade de influência negativa dos jogos no contexto em que vivem. Para eles são influenciáveis: as crianças, pela suposta imaturidade, as pessoas que vivem em situação social desfavorável e ou sofrem de algum desvio mental. Uma quantidade significativa de relatos dos jogadores vincularam a utilização dos videogames como uma medida terapêutica para lidar com as próprias emoções. Verificou-se que os jogos eletrônicos não pautam, em primeira instância, o diálogo sobre os critérios temáticos da classificação indicativa (sexo, drogas e violência), no contexto dos pais e dos jogadores. Dentre os critérios, o conteúdo violento esteve impregnado em boa parte dos relatos e dos exemplos utilizados pelas crianças e adolescentes;
  • 5. INSTITUTO SIGNATES – CONSULTORIA, PESQUISA E EDITORAÇÃO Rua 262, 490 – Setor Universitário – Goiânia-GO signates@gmail.com nsignates@gmail.com (62) 8630-3000 (62) 8484-9957 5 algo que também se materializou nos jogos de preferência dos entrevistados: Assassin’s Creed, God of War, Call of Duty, etc. Por fim, o sexo é o assunto mais visivelmente tratado como tabu sendo, portanto, menos discutido no contexto dos pais e dos jogadores. Este conteúdo nos jogos é causador de certo constrangimento para os jogadores quando os pais estão presentes. Brasília/Goiânia, 04 de dezembro de 2014. Prof. Dr. Luiz Signates DIRETOR TÉCNICO E CIENTÍFICO