________________________________ FISPQ                       ___    FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS         ...
________________________________ FISPQ                       ___    FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS         ...
________________________________ FISPQ                       ___     FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS        ...
________________________________ FISPQ                      ___     FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS         ...
________________________________ FISPQ                     ___    FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS           ...
________________________________ FISPQ                     ___    FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS           ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Polietilenoglicol fispq

2.476 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.476
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Polietilenoglicol fispq

  1. 1. ________________________________ FISPQ ___ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOSFISPQ Nº: 222 Última Revisão: 02/01/20071 – Identificação do Produto e da EmpresaNome do Produto: POLIETILENOGLICOL 4000Empresa: EMFAL – Especialidades QuímicasEndereço: Rua: K, 105 – Jardim Piemonte – Betim/MGTel/Fax: (31) 3597-1020E-mail: emfal@emfal.com.br2 – Composição e Informações sobre os ingredientesPreparado: Este produto é uma mistura.Nome químico ou nome genérico: Polietilenoglicol 4000 Grau USPSinônimo: PEG 4000, PEG 25 (INCI – CTFA).Registro no Chemical Abstract Service (N.°CAS): 25322 – 68 – 3 (genérico)Natureza Química: Oligômeros de polietilenoglicol.Classificação e Rotulagem de perigo: N.A.3 – Identificação de PerigosPrincipais perigos: Vapores provenientes do líquido em temperaturas elevadas ou névoas doproduto, em altas concentrações, são irritantes.Efeitos agudos:Inalação: Quando inalados os vapores causam irritação para o nariz, garganta e trato respiratório.A temperatura ambiente devido a sua baixa pressão de vapor não ocorre problemas.Ingestão: Grandes quantidades podem causar desconforto abdominal, náuseas e diarréia.Pele: O contato prolongado com a pele pode causar leve irritação. Contato breve não é irritante.Olhos: Causa irritação leve dos olhos.Efeitos Ambientais: Produto pouco volátil. Produto solúvel em água. O produto derramado sobre osolo, poderá em parte ser evaporado e em parte ser lixiviado e percolar e contaminar o lençolfreático.Classificação do produto químico: N.A.4 – Medidas de Primeiros SocorrosMedidas de primeiros socorros:Inalação: Remova a vítima da área contaminada, mantendo-a deitada, quieta e aquecida. Manteras vias respiratórias livres, removendo dentes próteses ou corpos estranhos, se tiver. Ministrarrespiração artificial, se necessário. Administrar oxigênio e manobras de ressuscitação senecessário. Chamar/encaminhar ao médico.Contato com a pele: Remover roupas contaminadas. Não apalpar nem friccionar as partesatingidas. Lavar com água corrente abundante por 15 minutos (mínimo). Chamar/encaminhar aomédico se necessário.Contato com os olhos: Lavar com água corrente no mínimo por 15 minutos. Remova lentes decontato, se tiver.
  2. 2. ________________________________ FISPQ ___ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOSFISPQ Nº: 222 Última Revisão: 02/01/2007Ingestão: Lavar a boca com água. Se a vítima estiver consciente, dê dois copos de água. Nãoinduzir ao vômito. Se ocorrer o vômito, mantenha a cabeça mais baixa que o tronco para evitar aaspiração do produto para os pulmões, lavar novamente a boca e repetir a administração de água.Não provoque o vômito ou forneça água à vítima inconsciente ou com convulsões. Ministrarrespiração artificial, se necessário. Chamar / encaminhar ao médico.Ações a serem evitadas: Não administrar nada oralmente ou provocar o vômito em vítimainconsciente ou com convulsão.Notas para o médico: Não se tem conhecimento de antídoto específico. O tratamento deve serdirecionado para o controle dos sintomas e condições clínicas.5 – Medidas de Combate a IncêndioMeios de extinção apropriados: Água neblina, CO2, Espuma p/ álcool, Pó químico.Meios de extinção contra indicados: Água jato pleno.Métodos específicos: Evacue a área e combata o fogo a uma distância segura. Utilize diques paraconter a água usada no combate. Posicionar-se de costas para o vento. Usar água em forma deneblina para resfriar equipamentos expostos nas proximidades do fogo.Equipamentos de proteção especial para combate ao fogo: Utilizar aparelhos de proteção derespiração independente do ar ambiente e roupas de aproximação / proteção a temperaturaselevadas.6 – Medidas de Controle de Vazamento e DerramamentoPrecauções pessoais: Vestir equipamento de proteção pessoal. Colocar as pessoas emsegurança. Evitar contato com os olhos e pele. Evitar a inalação de névoas / vapores. Evite ocontato direto com o líquido. Reduza os vapores usando água em spray.Remoção de fontes de ignição: Eliminar fontes quentes e de ignição. Isolar o vazamento de todasfontes de ignição.Controle de poeira: N.A. Produto líquido.Prevenção da inalação e do contato com a pele, mucosas e olhos: Vestir equipamento deproteção pessoal. Colocar as pessoas em segurança. Evitar contato com os olhos e pele. Evitar ainalação de névoas / vapores. Evite o contato direto com o líquido.Precauções Ambientais: Usar neblina de água para reduzir os vapores, porém essa ação nãoevitará a ignição em locais fechados. Estancar o vazamento, caso seja possível ser realizado semrisco. Não direcionar o material espalhado para qualquer sistema de drenagem pública. Evitar apossibilidade de contaminação de águas superficiais e mananciais.Métodos limpeza:Recuperação: Sempre que possível recupere o produto com material não inflamável (serragem,palha ou outro material absorvente) e remova o solo contaminado colocando-os em tonéis oucontainer para seu reaproveitamento ou tratamento.Neutralização: N.A.Disposição: Não dispor em lixo comum. Incineração ou co-processamento. O arraste com águadeve levar em consideração para o tratamento posterior da água contaminada.Transporte: Os resíduos transportados devem obedecer todos os requisitos previstos naregulamentação legal de transporte de cargas perigosas.
  3. 3. ________________________________ FISPQ ___ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOSFISPQ Nº: 222 Última Revisão: 02/01/20077 – Manuseio e ArmazenamentoManuseio:Medidas Técnicas apropriadas: Providenciar ventilação exaustora onde os processos assim oexigirem. O produto deve ser manuseado obedecendo às normas e procedimentos de higieneindustrial e segurança do trabalho de acordo com a legislação em vigor.Prevenção da exposição do trabalhador: Ver seção 8.Prevenção de incêndio e explosão: Elimine fontes quentes e de ignição. Todos os equipamentoselétricos usados devem ser blindados e a prova de explosão. As instalações e equipamentosdevem ser aterrados para evitar a eletricidade estática. Não fumar.Precauções (para manuseio seguro): Na operação de carga/descarga deve-se evitar quedas dasembalagens, descidas de rampas sem proteção e rolamento em terreno acidentado para evitarfuros, amassamentos ou desaparecimento da identificação do produto.Orientações para manuseio seguro: Tambores contendo o produto devem ser armazenadossobre estrados ou ripas de madeira, ao abrigo do sol e chuvas e longe de chamas, fogo, faíscas efontes de calor. O descarregamento das embalagens mais pesadas deve ser feito por meio deempilhadeiras. As embalagens NUNCA devem ser jogadas sobre pneus.Armazenamento:Medidas Técnicas Adequadas: Em local ventilado e afastados de produtos químicosincompatíveis. O local de armazenagem deve ter piso impermeável, isento de materiaiscombustíveis e com dique de contenção para retenção do produto em caso de vazamentos.Condições de armazenamento:Adequadas: Em tanques deve ser mantida de gás inerte seco.A evitar: Exposição de tambores sob o sol, chuva, temperaturas elevadas.Produtos e materiais incompatíveis: Manter afastado de oxidantes fortes e compostos muitoreativos com grupos hidroxila.Materiais seguros para embalagens:Recomendados: Tambores de 225 kg.8 – Controle de Exposição e Proteção IndividualMedidas de controle de engenharia: Manter local de trabalho ventilado mantendo a concentraçãoabaixo dos L.T. (Limites de Tolerância) recomendados. Em ambientes abertos e manobrasposicionar-se a favor do vento.Parâmetros de controle específicos:Limites de exposição ocupacional:BRASIL - LT / NR 15 LT-MP VM ppm mg/m3 ppm mg/m3Polietilenoglicol N.E N.E.ACGIH - 2003 TWA STEL ppm mg/m3 ppm mg/m3
  4. 4. ________________________________ FISPQ ___ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOSFISPQ Nº: 222 Última Revisão: 02/01/2007Polietilenoglicol N.E. N.E.Equipamentos de proteção individual apropriado:Proteção respiratória: Se houver a possibilidade de contato com névoa ou vapores do produtoaquecido usar máscara de ar autônoma ou de ar mandado ou máscara semifacial com filtro paravapores orgânicos.Proteção das mãos: Luvas impermeáveis de PVC. Luvas de couro não são recomendáveis.Proteção dos olhos: Óculos contra respingos e protetor facial.Proteção da pele e do corpo: Avental Impermeável e botas de borracha ou PVC.Precauções especiais: Evitar a exposição maciça a vapores. Produtos químicos só devem sermanuseados por pessoas capacitadas e habilitadas. Os EPIs devem possuir o CA (Certificado deAprovação). Seguir rigidamente os procedimentos operacionais e de segurança nos trabalhos comprodutos químicos. Nunca usar embalagens vazias (de produtos químicos) para armazenarprodutos alimentícios. Nos locais onde se manipulam produtos químicos deverá ser realizado omonitoramento da exposição dos trabalhadores, conforme PPRA (Programa de Prevenção deRiscos Ambientais) da NR-9.Medidas de higiene: Roupas, luvas, calçados, EPIs devem ser limpos antes de sua reutilização.Use sempre para a higiene pessoal: água quente, sabão e cremes de limpezas. Lavar as mãosantes de ir ao banheiro, comer ou beber. Não usar gasolina, óleo diesel ou outro solvente derivadode petróleo para a higiene pessoal. Bons procedimentos operacionais e de higiene industrialajudam a reduzir os riscos no manuseio de produtos químicos.9 – Propriedades Físico-Químicas TESTE ESPECIFICAÇÃO Aspecto Flocos Cor (visual) Branco Odor Característico pH (sol. aquosa 5%) 4,50 – 7,50 Índice de acidez Máximo 0,5 mgKOH/g Índice de hidroxila 25,5 – 31,00 mgKOH/g Resíduo de ignição Máximo 0,10% Óxido de eteno livre Máximo 10,0 ppm Metais pesados Máximo 5,00 ppm Dioxana Máximo 10,0 ppm Teor Água Máximo 1,00% Viscosidade a 100°C,CST 110,0 – 158,0 Peso Molecular Médio 3,600 – 4,40010 – Estabilidade e ReatividadeCondições específicas:Instabilidade: Produto estável em condições normais. Não polimeriza.Reações perigosas: Manter longe de oxidantes fortes, ácidos e bases fortes e altas temperaturase compostos muito reativos com grupo hidroxila.
  5. 5. ________________________________ FISPQ ___ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOSFISPQ Nº: 222 Última Revisão: 02/01/2007Condição a evitar: Fontes de calor, de ignição e contato prolongado com o ar.Produtos perigosos de decomposição: Combustão incompleta emitirá: vapor d’água, CO2,monóxido de carbono (CO),vapores do produto, particulados e fumaça tornando o ambienteasfixiante.11- Informação ToxicológicaInformações de acordo com as diferentes vias de exposição:Toxicidade aguda:Inalação: Quando inalados os vapores causam irritação da mucosa. Em altas concentrações osvapores inalados podem provocar dor-de-cabeça, vertigens, e náuseas.Contato com a pele: O contato prolongado com a pele causa irritação leve.Contato com os olhos: Causa irritação dos olhos.Ingestão: Quando ingerido provoca diarréia. Toxidez muito baixa.Efeitos: Não foram encontrados referências sobre efeitos carcinogênicos e mutagênicos doproduto.Outros valores:DOSE LETAL: DL50 = 15.700 mg/Kg ( porquinho da índia )DLLO = 26.800 mg/Kg (coelho )12 – Informações EcológicasEfeitos ambientais, comportamento e impactos do produto: Produto pouco volátil.Completamente solúvel na água. Não se acumula no meio ambiente. É lentamente biodegradável(DBO5 : 1 %) . A toxidez aquática é baixa. CL50 C. Auratus > 5.000 mg / L (24hs)13 – Considerações Sobre Tratamento e DisposiçãoMétodos de tratamento e disposição:Produto: O tratamento e a disposição do produto devem ser avaliados tecnicamente, caso a caso.Resíduo do produto: Incineração ou aterramento de acordo com regulamentação federal ouregional.Embalagens contaminadas: Não usar para armazenar água ou produtos para consumo humano.Queimar em incinerador ou colocar em aterro específico. Deveriam ser consideradas como lixoperigoso e tomados os cuidados de acordo com os regulamentos locais.14 – Informações Sobre o TransporteRegulamentações:Nome adequado para o embarque: Não regulamentado.Regulamentações internacionais: Este produto não é considerado produto perigoso para otransporte terrestre, marítimo e aéreo de acordo com os respectivos regulamentos (ADR, IMDG,IATA – DGR).
  6. 6. ________________________________ FISPQ ___ FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOSFISPQ Nº: 222 Última Revisão: 02/01/2007Regulamentação nacional: Este produto não é classificado como perigoso para transporte, deacordo com a Resolução 420 da Agência Nacional de Transportes Terrestres de 12 / 02 / 2004.15 – RegulamentaçõesAs Informações sobre riscos e segurança:Frases de Segurança: S – 16 = Manter afastado de qualquer chama ou fonte de faísca.Não fumar.S – 26 = Em caso de contato com os olhos, lavar imediatamente com bastante água e consultar umespecialista.S – 36 / 37 = Usar roupas de proteção e luvas adequadas.16 – Outras informaçõesNos locais onde se manipulam produtos químicos deverá ser realizado o monitoramento daexposição dos trabalhadores, conforme PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) daNR-9. Funcionários que manipulam produtos químicos, em geral, devem ser monitoradosbiológicamente conforme o PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional) da NR-7.As informações e recomendações constantes desta publicação foram pesquisadas e compiladasde fontes idôneas, dos MSDS dos fornecedores e de legislações aplicáveis ao produto.Os dados dessa Ficha referem-se a um produto específico e podem não ser válidos onde esseproduto estiver sendo usado em combinação com outros. A EMFAL – Especialidades Químicascom os fatos desta ficha, não pretende estabelecer informações absolutas e definitivas sobre oproduto e seus riscos, mas subsidiar com informações, diante do que se conhece, os seusfuncionários e clientes para sua proteção individual, manutenção da continuidade operacional epreservação do Meio Ambiente.17 – Siglas UtilizadasN.A. = Não se Aplica N.D. = Não Disponível N.R. = Não RelevanteNR = Norma Regulamentadora N.E. = Não EspecificadoLT – MP = Limite de Tolerância – Média Ponderada VM = Valor MáximoACGIH = American Conference of Governmental Industrial HygienistsTLV - TWA = Threshold Limit Value – Time Weighted AverageTLV – STEL = Threshold Limit Value – Short-Term Exposure LimitIARC = International Agency for Research on CancerPPRA = Programa de Prevenção de Riscos AmbientaisPCMSO = Programa de Controle Médico de Saúde OcupacionalIMDG = International Maritime Dangerous Goods CodeIATA–DGR = International Air Transport Association – Dangerous Goods RegulationIDLH = Immediately Dangerous to Life or Health

×