Apresentaçãosocdir5

1.271 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Apresentaçãosocdir5

  1. 1. Universidade Federal da Bahia Faculdade de Direito Sociologia jurídicaProf. Dr. Julio Cesar de Sá da Rocha Pierre Bourdieu “Poder simbólico”
  2. 2. Pierre Bourdieu“Direito é um sistema fechado e autônomo, cujo desenvolvimento só pode ser compreendido segundo sua dinâmica interna” p. 209O direito é “um universo social autônomo, capaz de produzir e reproduzir, pela lógica de seu funcionamento específico, um corpus jurídico relativamente independente dos constrangimentos externos” p. 210
  3. 3. “...existência de um universo social relativamenteindependente em relação às pressões externas,no interior do qual se produz e se exerceautoridade jurídica, formada pela excelência daviolência simbólica legítima cujo monopóliopertence ao Estado” p. 211
  4. 4. • violência simbólica – muito recorrente na tentativa de compreensão do campo jurídico, implicando na capacidade de imposição consentida de um arbitrário cultural aos dominados.
  5. 5. • “As práticas e os discursos jurídicos são produto de funcionamento de um campo cuja lógica específica está duplamente determinada:• a) relações de força que lhe conferem estrutura - conflitos de competência• b) lógica de obras jurídicas, deste modo universo de soluções possíveis”
  6. 6. “O campo jurídico é o lugar de concorrência pelomonopólio do direito de dizer o direito (...) comagentes investidos de competência (...) comcapacidade reconhecida de interpretar um corpusde textos” p. 212
  7. 7. “A concorrência do monopólio de acesso aosmeios jurídicos (...) contribui para fundamentar acisão social entre os profanos e os profissionaisfavorecendo um processo contínuo deracionalização próprio” p. 212“agentes e instituições envolvidas no campo,constitui o verdadeiro princípio de um sistema denormas e práticas que aparece como fundamentoa priori na equidade” p. 213
  8. 8. “A coesão dos habitus espontaneamenteorquestrados dos intérpretes é aumentada peladisciplina de um corpo hierarquizado o qual põeem prática procedimentos codificados deresolução de conflitos entre os profissionais deresolução regulada dos conflitos” p. 214
  9. 9. • Habitus - um sistema de esquemas de percepção, de apreciação e de ação. Um conjunto de conhecimentos práticos adquiridos ao longo do tempo que nos permite perceber, agir e evoluir com naturalidade num universo social dado
  10. 10. “A constituição do campo jurídico é inseparável dainstauração do monopólio dos profissionais sobrea produção e a comercialização desta categoriaparticular de produtos que são os serviçosjurídicos” p. 233
  11. 11. • O campo pode ser considerado “um sistemaestruturado de forças objetivas, umaconfiguração relacional capaz de impor sualógica a todos os agentes que nela penetram”
  12. 12. • “Nenhuma ação pode ser diretamente relacionada à posição social dos atores, pois esta é sempre retraduzida em função das regras específicas do campo no interior do qual foi construída. Como um prisma, todo campo refrata as forças externas, em função de sua estrutura interna”.
  13. 13. “O tribunal como um espaço separado edelimitado em que o conflito se converte emdiálogo de peritos e o processo, como umprogresso ordenado com vista à verdade”

×