Fotografia publicitária

2.780 visualizações

Publicada em

fotografia publicitária

Publicada em: Educação

Fotografia publicitária

  1. 1. Fotografia Publicitária     Professor: Júlio Rocha Novembro de 2013 Disciplina: Fotografia 2º Período de Publicidade e Propaganda
  2. 2. Fotografia Publicitária Publicidade & Propaganda Publicidade deriva de público (do latim publicus) e designa a qualidade do que é público. Significa o ato de vulgarizar, tornar público um fato, uma ideia.
  3. 3. Fotografia Publicitária Definição de imagem A comunicação humana é composta por uma gama incontável de imagens e seus significados. A todo o momento o ser humano recebe estas imagens através da TV, mídia impressa e externa. Essas imagens vendem os mais diversos valores, como a preferência por uma marca específica, novos hábitos de consumo e mudança na percepção a determinado assunto.
  4. 4. Fotografia Publicitária Definição de imagem Roland Barthes (1984) destaca que as fotografias estão por toda parte, ou seja, as imagens vão de encontro às pessoas. As imagens passam por uma espécie de filtro pessoal cultural, podendo causar alegrias ou aversões ao serem visualizadas. Estas sensações variam muito de indivíduo para indivíduo, conforme seus costumes e gostos pessoais. A imagem reproduzida pelo homem para um fim específico, para surtir o efeito desejado, deve conter as informações que conversem diretamente com os valores pessoais de quem se destina.
  5. 5. Fotografia Publicitária A arbitrariedade da foto A fotografia sempre é codificada. A fotografia não é uma analogia do mundo que ela reproduz; ela é produzida artificialmente e a exposição da película faz de um objeto tridimensional uma imagem bidimensional ( Barthes). A percepção de imagens fotográficas possui elementos culturais .
  6. 6. Fotografia Publicitária A arbitrariedade da foto Humberto Eco (1984) argumenta que em fotografias, não existe o ideal em equivalência um por um entre o signo e o mundo, logo elas podem mentir: “Nós sabemos que é possível – com a ajuda de encenações, truques óticos, emulsão, solarização, entre outros – produzir a imagem de algo que não existe.”
  7. 7. Fotografia Publicitária A arbitrariedade da foto A partir desse repertório de possibilidades com o qual os fotógrafos modificam a representação da realidade, Berger (1984) conclui que a fotografia não só representa a realidade, como também a cria e, finalmente, é capaz de distorcer nossa imagem do mundo representado.
  8. 8. Fotografia Publicitária Foto publicitária É onde a realidade geralmente é maquiada. Nesse universo, realidades são maquiadas e benefícios são ressaltados. Os produtos devem ser apresentados da maneira mais atraente possível.
  9. 9. Fotografia Publicitária Processo de criação e direção de campanha publicitária Na peça publicitária tudo deve estar em harmonia, como o funcionamento de uma engrenagem. Tudo começa com o briefing. Um briefing bem feito evita horas de retrabalho depois. Estar munido com as informações sobre o cliente, produto ou ação e o público ao qual se destina, são cruciais para o sucesso do trabalho.
  10. 10. Fotografia Publicitária
  11. 11. Fotografia Publicitária
  12. 12. Fotografia Publicitária
  13. 13. Fotografia Publicitária
  14. 14. Fotografia Publicitária
  15. 15. Fotografia Publicitária
  16. 16. Fotografia Publicitária Sensibilidade e observação A sensibilidade surge com a observação. Quanto mais se observa um lugar, uma pessoa ou um objeto, maior a possibilidade de ver o que ninguém mais viu. Além da qualidade técnica e de conhecimento do fotógrafo, somente se destacam aqueles que despendem boa parte do tempo observando, procurando o melhor ângulo, a expressão única, a luz diferenciada e o assunto visto por uma perspectiva nova é que se diferenciam.
  17. 17. Fotografia Publicitária Composição A composição é organizar os elementos de uma foto. É dispor as formas, linhas, os pesos, os tons, as cores e a importância das coisas. Ao analisar a composição fotográfica, é preciso fazer certas perguntas: o tema principal está definido? O que está em segundo plano faz sentido? Não existem detalhes que desviem a atenção? O enquadramento permite que os olhos fiquem na área de maior interesse na foto? O peso das imagens na foto está em proporções aceitáveis? Existe equilíbrio ou a imagem “pesa”mais para um lado do que para o outro?
  18. 18. Fotografia Publicitária Dramaticidade e perspectiva Como as imagens são bidimensionais, para conseguir sentido de profundidade é preciso criar uma sensação de terceira dimensão. Para isso utilizamos a perspectiva. Ela é a ilusão causada pelo ângulo e distância com que as imagens são observadas. Existem três tipos de perspectiva:
  19. 19. Fotografia Publicitária Perspectiva por ecala: quanto mais afastados os objetos estiverem do observador, menor eles parecerão em relação ao que está mais próximo.
  20. 20. Fotografia Publicitária Perspectiva linear: linhas retas e paralelas convergindo e determinando a distância.
  21. 21. Fotografia Publicitária Perspectiva de sobreposição: um dos objetos cobrindo parcialmente o outro causando a impressão de profundidade.
  22. 22. Fotografia Publicitária Luz e forma A luz é a grande responsável pela beleza da foto. As texturas, as formas, os detalhes são revelados ou escondidos conforme a luz.
  23. 23. Fotografia Publicitária Luz e forma O fotógrafo pode possuir o melhor equipamento disponível no mercado, estar diante de um tema completamente inusitado, a foto em equilíbrio, uma composição impecável. Além de todo o equipamento de iluminação, o mais importante são os olhos do fotógrafo e sua sensibilidade.
  24. 24. RE F E RÊ NCIA:  Cesar, Newton. Direção de Arte em Propaganda - 8ª Ed. 2006. Editora: Editora: Senac Distrito Federal.

×