CÉLULAS DO TECIDO
CONJUNTIVO
PROPRIAMENTE DITO
BIOLOGIA
Multiplicação Celular


Todas as células de um organismo originam-se por mitoses
sucessivas a partir de uma única: o zigo...
Tecido conjuntivo
propriamente dito


Preenche espaços entre as células dos diferentes
órgãos do corpo, mantendo sua arqu...
1.Características dos Tecidos
Conjuntivos propriamente
dito :


Diversidade de tipos celulares : nos tecidos
conjuntivos,...
Células esparsas:


As células dos tecidos conjuntivos
localizam-se afastadas umas das
outras e raramente se tocam.
Abundância de interstício:


Entre as células, há grande quantidade de
material intersticial, formado por duas
porções: u...
2.Funções do Tecido
Conjuntivo


Sustentação e preenchimento : eles
constituem as cápsulas de revestimento
externo de mui...
Defesa orgânica:


Muitas células de defesa contra infecções fazem
parte dos tecidos conjuntivos, ativas no combate a
mic...
Nutrição:


Muitos órgãos do corpo apresentam células
dispostas em camadas, e muitas delas encontramse apoiadas sobre um ...
Tecido Conjuntivo
Frouxo


O tecido conjuntivo frouxo é o de maior distribuição no
organismo. Nele não há predominância d...


Tecido conjuntivo frouxo (CF), localizado entre o
epitélio (E) e o tecido conjuntivo denso nãomodelado (CD) (100x).
Tecido Conjuntivo Denso





É mais resistente, devido à abundância de fibras,
que podem ser colágenas, elásticas (pres...


Tecido conjuntivo
modelado.

Denso

não-modelado

e
Tecido adiposo


É composto por células adiposas que atuam como
reserva energética. Essas células possuem um
vacúolo cent...


Esquema figurado do tecido adiposo.
3. Tipos de Fibras dos
Tecidos Conjuntivos


Colágeno : as fibras colágenas são esbranquiçadas,
e suas moléculas estão di...
Fibras Elásticas:


As fibras elásticas são fibras proteicas mais
delgadas que o colágeno, muito ramificadas
e formam mal...
Fibras Reticulares


São fibras delicadas, dispostas em rede.
São encontradas abundantemente nas
tramas internas de numer...
4. Células do Tecido
Conjuntivo


Fibroblastos : responsáveis pela produção das
fibras proteicas e da substância amorfa, ...


Fibroblastos e outras células conjuntivas (400x). Os
fibroblastos são células que apresentam núcleo claro e
alongado, e...
Macrófagos


São células grandes, ricas em lisossomos e com
grande capacidade de realizar fagocitose. Sua
função é realiz...


Representação de Macrófagos .Os Macrófagos
possuem grande capacidade de pinocitose e
fagocitose. Sua morfologia é variá...
Mastócitos


Células grandes e globosas, com núcleo
grande e central, e citoplasma repleto de
grânulos que contêm histami...


Os Mastócitos são células globosas e grandes com
grânulos basófilos, que contém heparina e histamina.
No choque anafilá...
Plasmócitos


Células
de
aspecto
ovoide.
Apresentam
ergastoplasma desenvolvido, o que se associa com
sua principal função...


Plasmócitos no tecido conjuntivo denso nãomodelado evidenciados em azul (600x). São mais
abundantes nos locais sujeitos...
Adipócitos


Células cujo citoplasma é quase totalmente
ocupado por gotículas de gordura. Sua função
primordial é funcion...


Tecido adiposo marrom (400x).Representação de
Adipócitos . As células adiposas possuem núcleos
periféricos , pois a gor...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Células do tecido conjuntivo propriamente dito

7.866 visualizações

Publicada em

Trabalho produzido por Julio Pansiere Zavarise

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Células do tecido conjuntivo propriamente dito

  1. 1. CÉLULAS DO TECIDO CONJUNTIVO PROPRIAMENTE DITO BIOLOGIA
  2. 2. Multiplicação Celular  Todas as células de um organismo originam-se por mitoses sucessivas a partir de uma única: o zigoto. Por isso, todas as células possuem o mesmo material genético embora, em um adulto, haja diversos tipos celulares, que apresentam formas e desempenham funções diversas. O processo que permite o aparecimento de células diferentes a partir de células precursoras comuns chama-se diferenciação celular , o que determina a existência dos vários tecidos animais: epiteliais , conjuntivos , musculares  e nervoso .
  3. 3. Tecido conjuntivo propriamente dito  Preenche espaços entre as células dos diferentes órgãos do corpo, mantendo sua arquitetura. Formam os ligamentos e os tendões. Estão presente em todos os órgãos, e abaixo da derme, estabelecendo a ligação entre eles. Permite igualmente o transporte de metabólitos e participa na defesa do organismo. É importante relatar que nenhum tipo de tecido conjuntivo é encontrado no cérebro ou medula espinhal, sendo estes os únicos lugares onde este não está presente
  4. 4. 1.Características dos Tecidos Conjuntivos propriamente dito :  Diversidade de tipos celulares : nos tecidos conjuntivos, é comum o encontro de dezenas de tipos celulares distintos. Essas células não possuem apenas forma, mas também funções peculiares
  5. 5. Células esparsas:  As células dos tecidos conjuntivos localizam-se afastadas umas das outras e raramente se tocam.
  6. 6. Abundância de interstício:  Entre as células, há grande quantidade de material intersticial, formado por duas porções: uma substância fundamental amorfa  e outra de fibras proteicas . Essas fibras podem ser de três tipos: colágeno  (a proteína mais abundante do corpo humano), fibras elásticas  e fibras reticulares .
  7. 7. 2.Funções do Tecido Conjuntivo  Sustentação e preenchimento : eles constituem as cápsulas de revestimento externo de muitos órgãos, como o fígado e os rins. Formam também as tramas internas que sustentam as células desses órgãos.
  8. 8. Defesa orgânica:  Muitas células de defesa contra infecções fazem parte dos tecidos conjuntivos, ativas no combate a microrganismos causadores de infecções. Algumas dessas células possuem capacidade fagocitária e destroem os invasores graças à ação das enzimas de seus lisossomos. Outras células são produtoras de anticorpos, moléculas ativas contra uma grande variedade de agentes infecciosos, como vírus e bactérias.
  9. 9. Nutrição:  Muitos órgãos do corpo apresentam células dispostas em camadas, e muitas delas encontramse apoiadas sobre um tecido conjuntivo, do qual recebem oxigênio e nutrientes. A epiderme da pele, por exemplo, não é vascularizada, mas acha-se apoiada sobre a derme, um tecido conjuntivo altamente vascularizado de onde partem substâncias que nutrem as células da epiderme.
  10. 10. Tecido Conjuntivo Frouxo  O tecido conjuntivo frouxo é o de maior distribuição no organismo. Nele não há predominância de qualquer um de seus componentes, todos estão em quantidades iguais: pouca quantidade de fibras colágenas, as quais se apresentam delicadas e delgadas, apresenta espaços cheios, flexibilidade e pouca resistência às trações. Preenche espaços não ocupados por outros tecidos, apoia e nutre células epiteliais, envolve nervos, músculos, vasos sanguíneos e linfáticos. Faz parte da estrutura de muitos órgãos e desempenha importante papel no isolamento de infecções localizadas e nos processos da cicatrização. São encontrados logo abaixo do epitélio.
  11. 11.  Tecido conjuntivo frouxo (CF), localizado entre o epitélio (E) e o tecido conjuntivo denso nãomodelado (CD) (100x).
  12. 12. Tecido Conjuntivo Denso    É mais resistente, devido à abundância de fibras, que podem ser colágenas, elásticas (presentes nos grandes vasos sanguíneos) ou reticulares. Está presente nos tendões e ligamentos, e é pobre em células. Pode ser classificado em denso modelado e em denso não modelado . Podem formar tendões. Tecido rico em fibras e, por conseguinte, mais resistente. pode forma uma cápsula protetora ao redor dos órgãos como o fígado; nos tendões, ligando o músculo ao osso; e nos ligamentos, unindo os ossos entre si.
  13. 13.  Tecido conjuntivo modelado. Denso não-modelado e
  14. 14. Tecido adiposo  É composto por células adiposas que atuam como reserva energética. Essas células possuem um vacúolo central e podem mudar de tamanho de acordo com o metabolismo do organismo. Ao microscópio óptico aparecem como células bastante arredondadas. O núcleo dessas células é empurrado para a periferia por causa do acúmulo de gotículas lipídicas.
  15. 15.  Esquema figurado do tecido adiposo.
  16. 16. 3. Tipos de Fibras dos Tecidos Conjuntivos  Colágeno : as fibras colágenas são esbranquiçadas, e suas moléculas estão dispostas paralelas umas às outras. As fibras colágenas são fibras que colam. O colágeno representa cerca de 30% do total de proteínas do corpo humano. Na derme, são as fibras colágenas que dão resistência a nossa pele, evitando que ela se rasgue quando esticada.
  17. 17. Fibras Elásticas:  As fibras elásticas são fibras proteicas mais delgadas que o colágeno, muito ramificadas e formam malhas irregulares. Seu principal componente é a proteína elastina.
  18. 18. Fibras Reticulares  São fibras delicadas, dispostas em rede. São encontradas abundantemente nas tramas internas de numerosos órgãos, como o baço e os gânglios linfáticos. Também são encontradas nas cápsulas externas dos órgãos.
  19. 19. 4. Células do Tecido Conjuntivo  Fibroblastos : responsáveis pela produção das fibras proteicas e da substância amorfa, que ocupam o interstício dos tecidos conjuntivos. Nos indivíduos adultos, os fibroblastos dividem-se pouco, exceto em casos de lesão do tecido conjuntivo, quando entram em mitose e participam da reparação dessa lesão.
  20. 20.  Fibroblastos e outras células conjuntivas (400x). Os fibroblastos são células que apresentam núcleo claro e alongado, em formato variável, podendo apresentar um ou mais nucléolos , pois o citoplasma apresenta prolongamentos.
  21. 21. Macrófagos  São células grandes, ricas em lisossomos e com grande capacidade de realizar fagocitose. Sua função é realizar a limpeza dos tecidos. Participam do combate aos agentes infecciosos e da remoção de restos de tecidos lesados. Movimentam-se graças à emissão de pseudófobos ("movimento ameboide").
  22. 22.  Representação de Macrófagos .Os Macrófagos possuem grande capacidade de pinocitose e fagocitose. Sua morfologia é variável conforme o estado funcional e localização da célula.
  23. 23. Mastócitos  Células grandes e globosas, com núcleo grande e central, e citoplasma repleto de grânulos que contêm histamina,. substância histamina, responsável pelas manifestações alérgicas, e heparina, de ação anticoagulante.
  24. 24.  Os Mastócitos são células globosas e grandes com grânulos basófilos, que contém heparina e histamina. No choque anafilático os mastócitos liberam grandes quantidades de heparina e histamina.
  25. 25. Plasmócitos  Células de aspecto ovoide. Apresentam ergastoplasma desenvolvido, o que se associa com sua principal função: a produção de anticorpos. Originam-se da transformação dos Linfócitos B . Abundantes em células inflamatórias.
  26. 26.  Plasmócitos no tecido conjuntivo denso nãomodelado evidenciados em azul (600x). São mais abundantes nos locais sujeitos à infecção por bactérias, como a mucosa intestinal.
  27. 27. Adipócitos  Células cujo citoplasma é quase totalmente ocupado por gotículas de gordura. Sua função primordial é funcionar como reserva de alta capacidade de armazenamento de lipídios . Atua também como isolante térmico, e como amortecedor, posicionando-se entre a pele e os órgãos internos.
  28. 28.  Tecido adiposo marrom (400x).Representação de Adipócitos . As células adiposas possuem núcleos periféricos , pois a gordura armazenada ocupa grande parte do citoplasma.

×