Trabalho de biologia

1.186 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.186
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de biologia

  1. 1. Genes ligados, mapas cromossômicos e anomalias genéticas
  2. 2. PERMUTAÇÃO: TROCA, SUBSTITUIÇÃO; TROCAR RECIPROCAMENTE.
  3. 3.  Morgan valeu-se dessa observação e concluiu que os genes ligados em um mesmo cromossomo nem sempre permanecem juntos após a meiose. Durante a prófase I, podem ocorrer permutações entre as cromátides homologas.  Essa situação em que há ligação genica com ocorrência de fenótipos recombinantes é denominada ligação incompleta.
  4. 4. LIGAÇÃO GENICA COMPLETA Meiose Os gametas serão formados somente com cromossomos não recombinantes. Pareamento dos cromossomos homólogos na prófase I.
  5. 5. LIGAÇÃO GENICA INCOMPLETA Os gametas serão formados de dois cromossomos recombinantes e de dois não recombinantes Meiose Pareamento de homólogos com formação de quiasma Ponto de quiasma Segmento permutado
  6. 6.  É associação de alelos de genes diferentes em novas combinações.  Há dois tipos de recombinação, nos quais diferem no organismo que gera as novas combinações de alelos :  Recombinação intercromossômica  Recombinação intracromossômica
  7. 7.  Recombinação intercromossômica Ocorre entre genes em cromossomos diferentes, ou seja, quando há segregação independente. Ela surge das diferentes possibilidades de segregação dos cromossomos na anáfase I da meiose.  Recombinação intracromossômica Ocorre entre genes situados no mesmo cromossomo. Ela surge da permutação (crossing over) na prófase I da meiose.
  8. 8.  Como resultado da permutação durante a meiose, os genes ligados em um mesmo cromossomo podem aparecer em novas combinações nos gametas.  Por isso, embora seja possível obter as mesmas classes fenotípicas esperadas pela segregação independente, elas surgem em proporção distintas.
  9. 9.  Quando maior a distancia entre os genes, mais pontos existem entre eles onde é possível ocorrer permutação. Quando os genes estão muito próximos, essa probabilidade é pequena. Em outras palavras, a frequência de permutação entre os genes de um cromossomo é diretamente proporcional à distancia entre eles.
  10. 10. Componentes: JOSÉ CARLOS Nº 18 JÚLIO FERNANDO Nº 19 VALÉRIA NATIELLE Nº 30 RENATA ABREU Nº 27 WESLEY ABREU Nº 33

×