SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS
                   Programa Formativo: Educação e Formação (Despacho Conjunto 230/2008)




Reflectir sobre o meu percurso individual desde o início do curso EFA. Identificar de
que modo as diversas competências adquiridas a nível da língua, da comunicação e da
cultura poderão interferir na minha vida futura.


Quando fiz a minha inscrição para o curso EFA_NS_ Nocturno, foi com o
objectivo de conseguir uma nova perspectiva de vida, conhecimentos mais
vastos, enriquecedores e ter oportunidade de, profissionalmente, me
realizar. Actualmente estamos perante uma mudança em que o saber não
ocupa espaço e um nível superior de estudos consegue mais facilmente
vincular uma pessoa numa carreira mais atractiva e monetariamente
compensadora.
Tive de ponderar muito bem sobre os obstáculos que esta decisão traria
para a minha vida pessoal. Sendo este curso realizado num período pós-
laboral, num horário que deveria estar a dedicar à minha família, ponderei
mesmo, se era capaz de chegar ao fim.
O meu marido, os meus filhos, apoiaram-me e ajudaram-me a superar a
falta que sinto da companhia deles e das nossas conversas nos jantares.
Era triste se desistisse, uma vez que o meu sonho é continuar a estudar
após a qualificação do nível secundário, quem sabe até à universidade. A
concretização deste passaria pela frequência num curso na área de gestão
ou direito.
Esta etapa que, ao longo dos dois anos, está chegando ao fim, foi arrojada
e cansativa.
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS
                Programa Formativo: Educação e Formação (Despacho Conjunto 230/2008)



A   minha    participação    neste     curso     trouxe-me      um     acréscimo       de
aprendizagem mais elaborada e um desejo de ir mais além. Tive
momentos divertidos, outros frustrantes.
Os formandos com morais distintas elaboraram trabalhos diferenciados e
gratificantes com o auxílio dos formadores que nos apoiaram nesta
caminhada.
No final, a consciencialização do valor e a importância da qualificação
adquirida será uma forma de atingir todos os desafios com que me
depararei.




                                                                          Júlia Oliveira
                                                                    17 e 22 de Março
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS
Programa Formativo: Educação e Formação (Despacho Conjunto 230/2008)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.
Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.
Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.
luciardeus
 
Autobiografia de sónia baptista
Autobiografia de sónia baptistaAutobiografia de sónia baptista
Autobiografia de sónia baptista
Sonia Batista
 
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
João Lima
 
Como Construir Um PortefóLio
Como Construir Um PortefóLioComo Construir Um PortefóLio
Como Construir Um PortefóLio
Nome Sobrenome
 
Reflexão 3 3274 primeiros socorros novamente corrigida
Reflexão 3  3274 primeiros socorros novamente corrigidaReflexão 3  3274 primeiros socorros novamente corrigida
Reflexão 3 3274 primeiros socorros novamente corrigida
rasteiro
 
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadoraAna maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
rasteiro
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
mega
 

Mais procurados (20)

Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.
Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.
Sou Técnica Administrativa, o livro portfólio.
 
Reflexão - CP5
Reflexão - CP5Reflexão - CP5
Reflexão - CP5
 
Apresentação RVCC-Secundário (Diogo Santos)
Apresentação RVCC-Secundário (Diogo Santos)Apresentação RVCC-Secundário (Diogo Santos)
Apresentação RVCC-Secundário (Diogo Santos)
 
Processos Identitários
Processos IdentitáriosProcessos Identitários
Processos Identitários
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
 
Reflexão Final
Reflexão FinalReflexão Final
Reflexão Final
 
Autobiografia de sónia baptista
Autobiografia de sónia baptistaAutobiografia de sónia baptista
Autobiografia de sónia baptista
 
CLC 5
CLC 5CLC 5
CLC 5
 
Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7 Reflexão - CLC7
Reflexão - CLC7
 
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
 
Como Construir Um PortefóLio
Como Construir Um PortefóLioComo Construir Um PortefóLio
Como Construir Um PortefóLio
 
Atendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Atendimento ao Cliente, Breves ReflexõesAtendimento ao Cliente, Breves Reflexões
Atendimento ao Cliente, Breves Reflexões
 
Reflexão 3 3274 primeiros socorros novamente corrigida
Reflexão 3  3274 primeiros socorros novamente corrigidaReflexão 3  3274 primeiros socorros novamente corrigida
Reflexão 3 3274 primeiros socorros novamente corrigida
 
Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6Reflexão - STC-6
Reflexão - STC-6
 
Portefólio RVCC
Portefólio RVCCPortefólio RVCC
Portefólio RVCC
 
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadoraAna maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
 
Cidadania europeia.
Cidadania europeia.Cidadania europeia.
Cidadania europeia.
 
Reflexao final
Reflexao finalReflexao final
Reflexao final
 
Reflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFEReflexao Dr2 CP CFE
Reflexao Dr2 CP CFE
 

Destaque (11)

O Portefoio no Curso Efa (Ns)
O Portefoio no Curso Efa (Ns)O Portefoio no Curso Efa (Ns)
O Portefoio no Curso Efa (Ns)
 
Reflexão - CLCLEC
Reflexão - CLCLECReflexão - CLCLEC
Reflexão - CLCLEC
 
Direitos e deveres do trabalhador
Direitos e deveres do trabalhadorDireitos e deveres do trabalhador
Direitos e deveres do trabalhador
 
811182 recepcionista de-hotel-referencial_efa
811182 recepcionista de-hotel-referencial_efa811182 recepcionista de-hotel-referencial_efa
811182 recepcionista de-hotel-referencial_efa
 
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
Refexão Dr1-Dr2-Dr3-Dr4
 
Dr2 identidade e alteridade CP
Dr2 identidade e alteridade CPDr2 identidade e alteridade CP
Dr2 identidade e alteridade CP
 
Dr4 identidade e alteridade Marco Araújo
Dr4 identidade e alteridade Marco AraújoDr4 identidade e alteridade Marco Araújo
Dr4 identidade e alteridade Marco Araújo
 
Direitos e deveres laborais
Direitos e deveres laboraisDireitos e deveres laborais
Direitos e deveres laborais
 
Reflexão - CLCLEI
Reflexão - CLCLEIReflexão - CLCLEI
Reflexão - CLCLEI
 
1237823952 portefolio reflexivo_de_aprendizagem_(pra)
1237823952 portefolio reflexivo_de_aprendizagem_(pra)1237823952 portefolio reflexivo_de_aprendizagem_(pra)
1237823952 portefolio reflexivo_de_aprendizagem_(pra)
 
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores C.P. 1 - Direitos  Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
C.P. 1 - Direitos Liberdades e Garantias dos Trabalhadores
 

Semelhante a Reflexão do percurso no curso

Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...
Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...
Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...
Direção Regional de Educação
 
Caderno plano e diário de classe arte
Caderno plano e diário de classe   arteCaderno plano e diário de classe   arte
Caderno plano e diário de classe arte
Sme Otacílio Costa
 
Transição pra a vida pós escolar autor - joaquim colôa
Transição pra a vida pós escolar   autor - joaquim colôaTransição pra a vida pós escolar   autor - joaquim colôa
Transição pra a vida pós escolar autor - joaquim colôa
Joaquim Colôa
 
Informativo Café com PP- Outubro
Informativo Café com PP- OutubroInformativo Café com PP- Outubro
Informativo Café com PP- Outubro
cafecompp1
 
Material rem apoio para os oe[1]
Material   rem apoio para os oe[1]Material   rem apoio para os oe[1]
Material rem apoio para os oe[1]
pactoensinomedioufu
 
Fundamentos historiocos e epistemologicos
Fundamentos historiocos e epistemologicosFundamentos historiocos e epistemologicos
Fundamentos historiocos e epistemologicos
Carmen Campos
 
Jorge Pinto, ESE de Setúbal
Jorge Pinto, ESE de SetúbalJorge Pinto, ESE de Setúbal
Jorge Pinto, ESE de Setúbal
edudesafios
 

Semelhante a Reflexão do percurso no curso (20)

Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...
Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...
Programa de desenvolvimento de consciência de carreiras em crianças do 1.º ci...
 
Avaliar "Competência". Como e porquê?
Avaliar "Competência". Como e porquê?Avaliar "Competência". Como e porquê?
Avaliar "Competência". Como e porquê?
 
Relatorio Curso de Formação “Transição para a Vida Pós Escolar”
Relatorio Curso de Formação “Transição para a Vida Pós Escolar”Relatorio Curso de Formação “Transição para a Vida Pós Escolar”
Relatorio Curso de Formação “Transição para a Vida Pós Escolar”
 
Caderno plano e diário de classe arte
Caderno plano e diário de classe   arteCaderno plano e diário de classe   arte
Caderno plano e diário de classe arte
 
Transição pra a vida pós escolar autor - joaquim colôa
Transição pra a vida pós escolar   autor - joaquim colôaTransição pra a vida pós escolar   autor - joaquim colôa
Transição pra a vida pós escolar autor - joaquim colôa
 
Izabel maria de matos tcc sobre educação inclusiva
Izabel maria de matos tcc sobre educação inclusivaIzabel maria de matos tcc sobre educação inclusiva
Izabel maria de matos tcc sobre educação inclusiva
 
Informativo Café com PP- Outubro
Informativo Café com PP- OutubroInformativo Café com PP- Outubro
Informativo Café com PP- Outubro
 
Relatorio final de educação fisica fun 1
Relatorio final de educação fisica fun 1Relatorio final de educação fisica fun 1
Relatorio final de educação fisica fun 1
 
Fenix
FenixFenix
Fenix
 
Material rem apoio para os oe[1]
Material   rem apoio para os oe[1]Material   rem apoio para os oe[1]
Material rem apoio para os oe[1]
 
A INSERÇÃO DE PROFESSORES DE CRECHES NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ, MATO GROSSO – BR...
A INSERÇÃO DE PROFESSORES DE CRECHES NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ, MATO GROSSO – BR...A INSERÇÃO DE PROFESSORES DE CRECHES NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ, MATO GROSSO – BR...
A INSERÇÃO DE PROFESSORES DE CRECHES NO MUNICÍPIO DE CUIABÁ, MATO GROSSO – BR...
 
Antonio ribeiro
Antonio ribeiroAntonio ribeiro
Antonio ribeiro
 
Livrocompletomultidef
LivrocompletomultidefLivrocompletomultidef
Livrocompletomultidef
 
manual_de_apoio_a_pratica.pdf
manual_de_apoio_a_pratica.pdfmanual_de_apoio_a_pratica.pdf
manual_de_apoio_a_pratica.pdf
 
Manual de Apoio à Prática.pdf
Manual de Apoio à Prática.pdfManual de Apoio à Prática.pdf
Manual de Apoio à Prática.pdf
 
Fundamentos historiocos e epistemologicos
Fundamentos historiocos e epistemologicosFundamentos historiocos e epistemologicos
Fundamentos historiocos e epistemologicos
 
Monografia Cione Pedagogia 2008
Monografia Cione Pedagogia 2008Monografia Cione Pedagogia 2008
Monografia Cione Pedagogia 2008
 
Monografia Valci Pedagogia 2012
Monografia Valci Pedagogia 2012Monografia Valci Pedagogia 2012
Monografia Valci Pedagogia 2012
 
Jorge Pinto, ESE de Setúbal
Jorge Pinto, ESE de SetúbalJorge Pinto, ESE de Setúbal
Jorge Pinto, ESE de Setúbal
 
Programa Ressignificacao Ierp
Programa Ressignificacao IerpPrograma Ressignificacao Ierp
Programa Ressignificacao Ierp
 

Reflexão do percurso no curso

  • 1. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS Programa Formativo: Educação e Formação (Despacho Conjunto 230/2008) Reflectir sobre o meu percurso individual desde o início do curso EFA. Identificar de que modo as diversas competências adquiridas a nível da língua, da comunicação e da cultura poderão interferir na minha vida futura. Quando fiz a minha inscrição para o curso EFA_NS_ Nocturno, foi com o objectivo de conseguir uma nova perspectiva de vida, conhecimentos mais vastos, enriquecedores e ter oportunidade de, profissionalmente, me realizar. Actualmente estamos perante uma mudança em que o saber não ocupa espaço e um nível superior de estudos consegue mais facilmente vincular uma pessoa numa carreira mais atractiva e monetariamente compensadora. Tive de ponderar muito bem sobre os obstáculos que esta decisão traria para a minha vida pessoal. Sendo este curso realizado num período pós- laboral, num horário que deveria estar a dedicar à minha família, ponderei mesmo, se era capaz de chegar ao fim. O meu marido, os meus filhos, apoiaram-me e ajudaram-me a superar a falta que sinto da companhia deles e das nossas conversas nos jantares. Era triste se desistisse, uma vez que o meu sonho é continuar a estudar após a qualificação do nível secundário, quem sabe até à universidade. A concretização deste passaria pela frequência num curso na área de gestão ou direito. Esta etapa que, ao longo dos dois anos, está chegando ao fim, foi arrojada e cansativa.
  • 2. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS Programa Formativo: Educação e Formação (Despacho Conjunto 230/2008) A minha participação neste curso trouxe-me um acréscimo de aprendizagem mais elaborada e um desejo de ir mais além. Tive momentos divertidos, outros frustrantes. Os formandos com morais distintas elaboraram trabalhos diferenciados e gratificantes com o auxílio dos formadores que nos apoiaram nesta caminhada. No final, a consciencialização do valor e a importância da qualificação adquirida será uma forma de atingir todos os desafios com que me depararei. Júlia Oliveira 17 e 22 de Março
  • 3. AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MATOSINHOS Programa Formativo: Educação e Formação (Despacho Conjunto 230/2008)