Mestrado Acadêmico em
Computação Aplicada
SEMINÁRIO SOBRE IMAGEM
Prof. PhD Marcelo da Silva Hounsell
Disciplina: Fundament...
Agenda
• Sistema Visual Humano
• Imagem
• Pixels
• Resolução
• Cores
• Sistema de cores Aditivas
• Sistema de cores Subtra...
Sistema Visual Humano
• Estrutura do Olho
MARQUES FILHO, Ogê; VIEIRA NETO, Hugo. Processamento Digital de Imagens, Rio de ...
Sistema Visual Humano - Percepção Visual
• Identificação de ambiente, cenas, imagens
• Retina
• Receptores de luz - Célula...
Sistema Visual Humano
http://www.afh.bio.br/sentidos/sentidos1.asp acessado em 06/04/2014 5
Imagem
SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002 – Pág. 18 6
Imagem - Pixels
• Cada imagem possui sua função geradora pela coordenadas de
pontos coloridos.
• Matriz de Cores
• Pontos ...
Imagem - Pixels
• Representação de uma imagem em Pixels
AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Cam...
Imagem - Resolução
• Ao ser digitalizada a imagem assume um tamanho adimensional,
em pixels. Mas, pode-se conhecer uma med...
Imagem - Resolução
SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital,
Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002. Pág. 22
10
Imagem - Cor
• A Cor está diretamente relacionada a Luz
• Luz se propaga por ondas (comprimento de onda)
• Luz é uma radia...
Imagem - Cor
• O termo Cor apresentado está relacionado a sensação humana de
identificar diferentes espectros de luzes.
SC...
Sistema de cores Aditivas
• Usado em Monitores e Televisões
• Mistura de vários comprimentos de ondas
• Gera a sensação de...
Sistema de cores Aditivas
AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003.
Pag. 191.
14
Sistema de cores Subtrativas
• Usado em Impressoras e pinturas
• Um pintura não gera luz
• Tem base nas cores primárias ma...
Sistema de cores Subtrativas
AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003.
Pag. 192.
16
Modelo RGB
AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003.
Pag. 194.
• Cores Aditivas
• Ponto...
Modelo CMYK
• Modelo Subtrativo
• Modelo complementar do RGB
• Cores complementares: Ciano(C),
Magenta(M), Amarelo(Y), Pre...
Modelo HSV
• Hue (Tonalidade), Saturation
(Saturação), Value (Luminância)
• Desenvolvida em 1978 por Alvey
Ray Smith
• Man...
Modelo HSI
• Hue (Tonalidade), Saturation (Saturação),
Intensity (Intensidade)
• Separa a componente intensidade da
inform...
Vantagens e Desvantagens HSV/HSI
• Vantagens
• Simplicidade e facilidade de implementação.
• Popularidade entre os program...
Conversão para Tons de Cinza
• Necessidade de obter o RGB da imagem
• Independe da escala de cores, deve-se:
• Adicionar 3...
Referências
• MARQUES FILHO, Ogê; VIEIRA NETO, Hugo. Processamento Digital de Imagens, Rio de
Janeiro: Brasport, 1999. ISB...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho 2 - Seminário sobre Imagens

167 visualizações

Publicada em

Mestrado em Computação Aplicada - Computação Gráfica
Disciplina: Fundamentos de Computação Gráfica
Aluno: Juliano Tiago Rinaldi

Publicada em: Software
  • Seja o primeiro a comentar

Trabalho 2 - Seminário sobre Imagens

  1. 1. Mestrado Acadêmico em Computação Aplicada SEMINÁRIO SOBRE IMAGEM Prof. PhD Marcelo da Silva Hounsell Disciplina: Fundamentos de Computação Gráfica Aluno: Eng. Juliano Tiago Rinaldi
  2. 2. Agenda • Sistema Visual Humano • Imagem • Pixels • Resolução • Cores • Sistema de cores Aditivas • Sistema de cores Subtrativas • Modelo RGB • Modelo CMYK • Modelo HSV • Modelo HSI 2
  3. 3. Sistema Visual Humano • Estrutura do Olho MARQUES FILHO, Ogê; VIEIRA NETO, Hugo. Processamento Digital de Imagens, Rio de Janeiro: Brasport, 1999 – Pág. 6 3
  4. 4. Sistema Visual Humano - Percepção Visual • Identificação de ambiente, cenas, imagens • Retina • Receptores de luz - Células fotossensíveis • Cones (Fóvea) - Nítida e rica em detalhes • Vermelho • Verde • Azul • Bastonetes - Visão noturna • Visão geral da imagem • Não distinguem cores • Sensíveis a baixo iluminação 4
  5. 5. Sistema Visual Humano http://www.afh.bio.br/sentidos/sentidos1.asp acessado em 06/04/2014 5
  6. 6. Imagem SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002 – Pág. 18 6
  7. 7. Imagem - Pixels • Cada imagem possui sua função geradora pela coordenadas de pontos coloridos. • Matriz de Cores • Pontos da Matriz de cores (Pixels) SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002 – Pág. 20 7
  8. 8. Imagem - Pixels • Representação de uma imagem em Pixels AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003. Pag. 15 8
  9. 9. Imagem - Resolução • Ao ser digitalizada a imagem assume um tamanho adimensional, em pixels. Mas, pode-se conhecer uma medida de qualidade da amostragem, conhecendo-se a razão entre o número de pixels obtido e o tamanho da imagem real no filme ou equivalente. • Resolução pode ser medida: • DPI (pontos por polegada) • DPC (pontos por centímetro) • Outras unidades SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002 9
  10. 10. Imagem - Resolução SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002. Pág. 22 10
  11. 11. Imagem - Cor • A Cor está diretamente relacionada a Luz • Luz se propaga por ondas (comprimento de onda) • Luz é uma radiação eletromagnética SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002. Pág. 30 11
  12. 12. Imagem - Cor • O termo Cor apresentado está relacionado a sensação humana de identificar diferentes espectros de luzes. SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002. Pág. 31 12
  13. 13. Sistema de cores Aditivas • Usado em Monitores e Televisões • Mistura de vários comprimentos de ondas • Gera a sensação de cores ao atinge e sensibiliza o olho • Tem base nas cores primárias (RGB) • Preto é gerado pela ausência de cores (ausência de luz) • Branco é a mistura de todas as cores 13
  14. 14. Sistema de cores Aditivas AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003. Pag. 191. 14
  15. 15. Sistema de cores Subtrativas • Usado em Impressoras e pinturas • Um pintura não gera luz • Tem base nas cores primárias magenta, amarelo e ciano • Efeito de subtrair, absorver alguma cor da luz branca. A parte que não é absorvida é refletida e captada pelo olho humano. • Branco é ausência de cores • Preto é a presença de todas as cores 15
  16. 16. Sistema de cores Subtrativas AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003. Pag. 192. 16
  17. 17. Modelo RGB AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003. Pag. 194. • Cores Aditivas • Pontos coloridos sobre a mistura de Vermelho, Verde e Azul • Preto – Ausência • Branco – Todas cores • Não representa todas as cores da natureza 17
  18. 18. Modelo CMYK • Modelo Subtrativo • Modelo complementar do RGB • Cores complementares: Ciano(C), Magenta(M), Amarelo(Y), Preto(K) • Destinado a produtos não emissores de luz (Impressoras) • Simulam cores equivalentes produzidas por dispositivos emissores de luz http://pt.wikipedia.org/wiki/CMYK acessado em 06/04/2014 18
  19. 19. Modelo HSV • Hue (Tonalidade), Saturation (Saturação), Value (Luminância) • Desenvolvida em 1978 por Alvey Ray Smith • Maneira como o artista descreve as misturas de cores • Sistema de coordenadas cilíndrica • Eixo V – Tons de cinza • V = 0 e S = 0 (Preto) • V = 1 e S = 0 (Branco) • Tonalidade em graus AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003. Pag. 197. 19
  20. 20. Modelo HSI • Hue (Tonalidade), Saturation (Saturação), Intensity (Intensidade) • Separa a componente intensidade da informação de cor e saturação • Ideal para o desenvolvimento de algoritmos de processamento de imagens baseados na descrição de cores • Descreve em termos práticos para o nosso sistema perceptivo visual • Cor de um automóvel • 20% de vermelho + 35% de verde + 45% azul http://www.pessoal.utfpr.edu.br/janeczko/index_files/pdi/au la11_PDI_imagem_colorida.pdf acessado em 06/04/2014. Pág. 35. 20
  21. 21. Vantagens e Desvantagens HSV/HSI • Vantagens • Simplicidade e facilidade de implementação. • Popularidade entre os programadores de computação gráfica. • Desvantagem • A cor produzida pode variar de um dispositivo para outro. http://www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti/comput_graf06_Cores.pdf acesso em 06/04/2014 21
  22. 22. Conversão para Tons de Cinza • Necessidade de obter o RGB da imagem • Independe da escala de cores, deve-se: • Adicionar 30% do Vermelho • Adicionar 59% do Vermelho • Adicionar 11% do Azul • Porcentagem de cores relacionadas a sensibilidade do olho humano. 22 http://pt.wikipedia.org/wiki/N% C3%ADvel_de_cinza acesso em 07/04/2014
  23. 23. Referências • MARQUES FILHO, Ogê; VIEIRA NETO, Hugo. Processamento Digital de Imagens, Rio de Janeiro: Brasport, 1999. ISBN 8574520098. • http://www.afh.bio.br/sentidos/sentidos1.asp acessado em 06/04/2014. • SCURI ESCAÑO, Antônio. Fundamentos da Imagem Digital, Tecgraf/PUC-Rio, Setembro 2002. • AZEVEDO, Eduardo. Computação Gráfica Teoria e Prática, Editora Campus, 2003. • http://pt.wikipedia.org/wiki/CMYK acessado em 06/04/2014. • http://www.pessoal.utfpr.edu.br/janeczko/index_files/pdi/aula11_PDI_imagem_colori da.pdf acessado em 06/04/2014 • http://www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti/comput_graf06_Cores.pdf acesso em 06/04/2014. • http://pt.wikipedia.org/wiki/N%C3%ADvel_de_cinza acesso em 07/04/2014 23

×