Quando os rótulos não atendem as suas necessidades

2.644 visualizações

Publicada em

Uma boa reflexão sobre como não entendemos o todo antes de julgar uma metodologia

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Quando os rótulos não atendem as suas necessidades

  1. 1. Quando os rótulos não atendem assuas necessidades@JulianoRibeiro /
  2. 2. DisclaimerEsta apresentação representa a minhaopinião sobre os assuntos aqui apresentados.Não a julgue apressadamente antes de serapresentado ao conteúdo todo e compreende-lo, afinal esse é um dos pontosdefenderemos aqui.
  3. 3. Período pré-waterfall
  4. 4. Waterfall
  5. 5. WaterfallManaging The Development of Large Software Systems – Dr Winston Royce
  6. 6. WaterfallManaging The Development of Large Software Systems – Dr Winston Royce
  7. 7. WaterfallManaging The Development of Large Software Systems – Dr Winston Royce
  8. 8. O Legado do Waterfall
  9. 9. Manifesto ágilhttp://manifestoagil.com.br/
  10. 10. KanbanJeff Patton
  11. 11. Scrum
  12. 12. Pessoas
  13. 13. Timebox
  14. 14. Timebox
  15. 15. Extreme Programming
  16. 16. Extreme Programming
  17. 17. Extreme Programming• Jogo de Planejamento (Planning Game)• Fases pequenas (Small Releases)• Metáfora (Metaphor)• Design Simples (Simple Design)• Time Coeso (Whole Team)• Testes de Aceitação (Customer Tests)• Semana de 40 horas (Sustainable Pace)• Reuniões em pé (Stand-up Meeting)• Propriedade Coletiva (Collective Ownership)• Programação Pareada (Pair Programming)• Padronização do Codigo (Coding Standards)• Desenvolvimento Orientado a Testes (Test Driven Development)• Refatoração (Refactoring)• Integração Contínua (Continuous Integration)
  18. 18. LEAN SOFTWARE DEVELOPMENT
  19. 19. O que é Lean?Entregar continuamente aumentandoo valor do produtoContinuamente diminuir o esforço gastoNo prazo mais curto possívelCom a melhor qualidade possívelUma jornada, não um destino
  20. 20. "Acelerar a produção do desenvolvimento deSoftware é geralmente uma questão demelhorar o processo ao invés de adicionarpessoas. Pare de fazer coisas que o cliente nãovaloriza! Vista os óculos do cliente! "Mary e Tom Poppendieck
  21. 21. Elimine DesperdíciosInclua a Qualidade no ProcessoCrie ConhecimentoAdie Decisões e ComprometimentosEntregue o quanto antesRespeite as Pessoas e "Empower" a equipeOtimize o TodoPrincípios Lean aplicados ao software
  22. 22. Fábula Indiana
  23. 23. VertexSoftComeçamos com ScrumTime distribuídoProduct Owner em outro país
  24. 24. Estado inicialScrumTDDContinuous Integration
  25. 25. Como foi?Sprints falhando…Foco na entrega versus qualidadeVárias histórias quase aceitas…Cliente insatisfeitoPor consequência, nós também!
  26. 26. As mudançasAdoção de Pair ProgrammingContinuous Integration = Continuous deliveryMudança no comprometimentoNão estimar mais
  27. 27. ResultadosTime entrega apenas 5 históriaspor semana/iteração/sprintO cliente tem seu pedido atendido no menortempo possível, podendo valida-loimediatamente, com a maior qualidade que otime consegue entregar
  28. 28. Objective SolutionsComeçaram com Scrum “by the book”Desde o início com técnicas de XP
  29. 29. ObservaçõesOverhead de planejamento, cerimônias…Sprints constantemente cancelados,os requisitos mudavam frequentementePair programming exige maisque disciplina, exige métodoO time precisa do controle sutil,mesmo um time maduro
  30. 30. MudançasIterações > Fluxo ContínuoAs tarefas levam o tempo que levaremAlgoritmo para disciplinar o Pair ProgrammingCriaram a ronda ativa
  31. 31. Não desenvolva apego a nenhumaarma ou escola de combate.Miyamoto Musashi
  32. 32. Manifesto ágilhttp://manifestoagil.com.br/
  33. 33. Obrigado@JulianoRibeirojuliano@massimus.com@HRorizhroriz@massimus.com

×