Apresentação gestantes

34.201 visualizações

Publicada em

Responsabilidade da Cirurgiã Dentista Juliane Stivanin da Silva.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
17 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
34.201
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
390
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1.234
Comentários
0
Gostaram
17
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação gestantes

  1. 1. Odontologia x Gestação ODONTOLOGIA X GESTAÇÃO
  2. 2. A gravidez afeta a saúde dos dentes? Não, o dito popular “a cada gravidez se perde um dente” não é verdadeiro.
  3. 3. Embora a piora da condição de saúde bucal seja freqüentemente observada durante a gravidez e logo após o nascimento da criança, a gravidez por si só não provoca problemas nos dentes nem nas gengivas.
  4. 4. As alterações hormonais que ocorrem na gravidez só aumentam os sinais de uma inflamação já existente na gengiva.
  5. 5. Portanto, se no início da gravidez a gengiva estiver sadia e a limpeza adequada dos dentes for mantida durante este período, a gengiva não ficará inflamada.
  6. 6. A gravidez também não enfraquece os dentes, pois o cálcio não é retirado dos dentes da mãe pelo feto.
  7. 7. A gestante está mais sujeita a ter cáries porque come com mais freqüência, geralmente dando preferência a alimentos que contêm açúcar, como bolachas e doces (mais açúcar para as bactérias produzirem cáries). Além disso, descuida da limpeza dos dentes (acumulando mais bactérias da cárie).
  8. 8. <ul><li>Frutas, legumes, verduras, pães, outros alimentos não açucarados devem ser preferidos pelas gestantes e crianças. </li></ul>ALIMENTAÇÃO
  9. 9. Os açúcares devem ser evitados principalmente entre as refeições. A partir do 4º mês de gravidez, começa a se desenvolver o paladar do bebê. Se nesta fase a gestante comer muito açúcar, seu filho tenderá a gostar muito de doces. Deve-se acostumar as crianças com os sabores naturais, e não adoçar os alimentos oferecidos a eles.
  10. 10. Amamentação <ul><li>No aleitamento materno o bebê se esforça para buscar o leite no peito da mãe. Desta forma, o bebê: Mantém a respiração pelo nariz, o que é muito importante para o seu desenvolvimento facial. Utiliza e desenvolve músculos da mastigação que vão ser usados quando aparecerem os dentes. </li></ul>Faz a mandíbula ir para frente e para trás, estimulando o crescimento deste osso e de outros ossos da face.
  11. 11. PEGA CORRETA
  12. 12. A seta mostra o movimento de ondulação da língua do bebê de diante para trás SUCÇÃO EFICIENTE
  13. 13. Limpeza dos dentes A mulher grávida responde mais ativamente à irritação que bactérias causam na sua gengiva. Daí o sangramento gengival ser muito comum na gestante.
  14. 14. Quando o sangramento for leve, a grávida deve insistir na escovação onde há o sangramento. Quando for acentuado, deve ir ao dentista para a remoção dos fatores irritantes .
  15. 15. As mães que não retiram as bactérias dos dentes com a escovação, e consomem muito açúcar, desenvolvem bactérias nocivas à saúde da sua boca e a saúde da boca de seu filho.
  16. 16. As mães que têm muitas bactérias que causam a cárie e doenças da gengiva, TRANSMITEM estas bactérias para o seu bebê. A limpeza da boca da criança deve ser feita com um pano limpo ou gaze úmidos, mesmo antes dos dentes aparecerem.
  17. 17. Uso do flúor O uso do flúor na gravidez não fortalecerá os dentes do bebê, mas é muito importante para a proteção dos dentes da mãe. O flúor deve estar sempre na saliva, impedindo que os dentes percam o cálcio da sua composição. Mães e crianças devem usar pasta com flúor, fazer bochechos com solução de flúor e ir ao dentista para aplicar flúor gel.

×