Geografia - Água.

881 visualizações

Publicada em

Apostila - Dom Bosco.

Publicada em: Educação
2 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
881
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
2
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia - Água.

  1. 1. GEOGRAFIA DINÂMICA DA NATUREZA E AÇÃO HUMANA II
  2. 2. ÁGUAS NO PLANETA
  3. 3. Águas no Planeta • Nosso planeta é considerado o “planeta água” devido a grande quantidade desse recurso natural. • Em nosso planeta, há a distribuição entre água salgada e doce: • SALGADA: 97,5% (Disponível em oceanos, mares, lagos salgados e aquíferos salinos). • DOCE: 2,5% (Disponível em rios, lagos, aquíferos, solos, plantas, atmosfera, geleiras, neves e subsolos congelados).
  4. 4. Ciclo Hidrológico Natural • Responsável natural pela circulação e pelo reabastecimento de água a superfície.
  5. 5. ÁGUAS OCEÂNICAS
  6. 6. Águas Oceânicas • Porções de Água. • Maior massa líquida da superfície terrestre. • Embora seja uma única massa líquida, costuma-se dividi-la em quatro grandes oceanos: • OCEANO PACÍFICO. • OCEANO ATLÂNTICO. • OCEANO ÍNDICO. • OCEANO GLACIAL ÁRTICO.
  7. 7. Águas Oceânicas • Fundamentais para a manutenção da vida na Terra. • Desempenham importante papel como reguladores dos mecanismos climáticos e de temperatura. • Possuem capacidade de reter por mais tempo maior quantidade de calor. • Fundamentais nas transações comerciais. • Do ponto de vista econômico, os países têm vantagens como a pesca, aquicultura, navegação de cabotagem e extração de recursos minerais (sal e petróleo).
  8. 8. RELEVO SUBMARINO
  9. 9. Relevo Submarino. • Relevo bastante irregular, separado de acordo com a profundidade.
  10. 10. Formas de Relevo. • PLATAFORMA CONTINENTAL – Pode chegar a até 200m de profundidade, recoberta por sedimentos originados no continente. • TALUDE CONTINENTAL – Extensão da plataforma continental, pode chegar a até 3 mil metros de profundidade. • REGIÃO PELÁGICA – Com maior extensão, pode chegar a 5 mil metros de profundidade, corresponde ao fundo dos oceanos. • REGIÃO ABISSAL – Corresponde às fossas oceânicas, abaixo do talude, podem atingir até 11 034 metros de profundidade.
  11. 11. SALINIDADE E TEMPERATURA
  12. 12. Salinidade • O principal mineral encontrado é o sal. • Define-se a salinidade pelo número de gramas de sal dissolvidos em 1 litro de água. • Média: 35 gramas em 1 litro (35%). • Salinidade provem de rochas magmáticas . • Salinidade varia conforme o volume de água doce. • Em locais mais quentes há maior salinidade. • Mar Morto: 250%
  13. 13. Temperatura • Depende da quantidade de calor recebido. • Temperatura maior nas áreas próximas ao Equador, pela grande incidência de raios solares. • Superfícies das águas mais altas comparadas as águas das profundidades.
  14. 14. Mares • Porções menores dos oceanos e localizam-se próximos aos continentes ou no interior deles. • MARES ABERTOS (Costeiros) – Ampla comunicação com os oceanos. Exemplo: Mar das Antilhas. • MARES MEDITERRÂNEOS (Interiores/Continentais) – Menor comunicação com os oceanos, por meio de uma estreita passagem. Exemplo: Mar Vermelho. • MARES FECHADOS (Isolados) – Sem comunicação com oceanos, são lagos salgados. Exemplo: Mar de Aral.
  15. 15. Movimentos das Águas Oceânicas • Há três tipos de movimentos marinhos: • ONDAS – Resultantes da ação dos ventos na superfície dos Oceanos ou de abalos sísmicos, que provocam tsunamis. • MARÉS - Originados da alteração gravitacional da Lua e do Sol, em menor grau. Movimento periódico de subida e descida das águas oceânicas, ocorrem a cada 6 horas. • CORRENTES – Rios salgados no oceano: • - FRIAS – Longas, lentas e superficiais. Partem dos polos. • - QUENTES – Estreitas, rápidas, profundas. Partem da região equatorial para os polos.
  16. 16. ÁGUAS CONTINENTAIS

×