O Brasil nos
anos 1930 e
1940
Capítulo 7
Página 108
O Começo dos anos 30 e os dilemas
sociais e políticos.
• 1930, o Brasil teve grandes mudanças políticas
que colocaram na p...
• O fato é que o esquema político das décadas
anteriores chegava ao fim.
• A dúvida seria que tipo de governo se
construir...
Governo Vargas
• Ao assumir, anunciou o governo provisório.
• A constituição de 1891, foi anulada e algumas
medidas radica...
• Vargas ordenou o fechamento da Câmara e do
Senado, além de todas as câmaras municipais
e assembléias legislativas dos es...
Economia
• Economia cafeeira, para manter os preços do
produto, o governo comprou muitas sacas e as
estocou e queimou. Com...
• O governo que era provisório durou até 1934,
quando finalmente foi apresentado ao Brasil a
nova constituição. Isso acont...
• São Paulo: conseguiu a maior concentração de
indústrias e assumia a ideologia de que era
uma cidade de trabalho e modern...
• A influência europeia sobre a cultura brasileira
aos poucos era substituída pela influencia
estadunidense.
• Um dos aspe...
Uma revolução em São Paulo
• 1931 e 1932 – tensões e instabilidades
marcaram as relações entre Vargas e políticos
paulista...
• Diante deste cenário, em 1931 havia aqueles
que propunham um levante armado contra
Vargas para derrubá-lo do poder.
• Pa...
• Existia entre os paulistas um sentimento de
que o estado mais industrializado não poderia
ficar fora das grandes decisõe...
• No momento do comício, parte da multidão
saiu em direção ao Palácio dos Campos Elísios,
onde seria anunciado o novo secr...
Revolução Constitucionalista
• Guerra declarada de São Paulo contra Vargas.
• Militares tomaram pontos estratégicos da cid...
• Começaram duros confrontos, que se
estenderam por três meses e levaram à morte
cerca de 600 soldados constitucionalistas...
Decisões tomadas por Vargas
• Eleição de uma Assembléia Nacional
Constituinte, para maio de 1933.
• Nomeou como intervento...
Paulistas
• No imaginário, a Revolução Constitucionalista se
tornou bastante simbólica.
• Em frente ao parque o Ibirapuera...
• Avenida 23 de maio, importante artéria da
cidade.
• 9 de julho.
• Por meio de espaços público, buscava-se
perpetuar a me...
Atividade
•Responder questões
1 e 2 página 121.
A constituição de 1934
• Maio de 1933 aconteceram eleições para a
formação de uma Assembléia Constituinte.
• Responsável p...
• Nova constituição em julho de 1934.
• Vargas eleito pela Constituinte com mandato
até 1938.
• Mandato de quatro anos, se...
Constituição determinou
• Educação:
• População deveria receber o Ensino Primário
• Ampliando a alfabetização no país
• En...
O Governo Constitucional de Vargas
(1934 a 1937)
• Segundo governo, tenso, ideologias e projetos
políticos se popularizara...
• AIB – fundada por Plínio Salgado, em 1932,
ação contra os comunistas.
• Teve contato com o fascismo e imaginou o
mesmo p...
Sigma, que na matemática é utilizado no
chamado calculo integral, e representa o
projeto do movimento de integrar todos
os...
• ANL- Fundada em março de 1935,
• Luís Carlos Prestes era o presidente de honra.
• Ele havia abraçado o ideal comunista e...
• Movimento a favor do comunismo falhou,
ficou conhecido como Intentona Comunista.
• A imprensa alertava sobre novos confl...
• O conteúdo do Plano Cohen foi conhecido,
militares buscaram apoio do governo para um
golpe de Estado. Com exceção de doi...
A constituição de 1937 e a derrocada
dos integralistas
• Com o Governo Novo, Vargas anunciou uma
nova constituição:
• Nece...
• Governadores foram substituídos.
• Mandato do presidente foi para 6 anos.
• Mantiveram-se os direitos trabalhistas,
embo...
• Ex: Acreditava-se que Plínio Salgado teria
papel de destaque no governo.
• O que não aconteceu, levando os integralistas...
IPHAN
• Com a Finalidade de preservação do
patrimônio histórico e artístico brasileiro.
Capela da Venerável Ordem Terceira
do Carmo
A primitiva capela dos Terceiros
Carmelitanos é de fins do séc.
XVII (1676-169...
Parque da Independência
Após a Revolução de 1930, quais foram as primeiras medidas do governo
Vargas?
• Anulação da constituição de 1891
• Afastam...
Explique, de forma resumida, o que foi
a Revolução Constitucionalista de São
Paulo.
• Entre 1931 e 1932, muitas tesões e i...
Indique as Principais diferenças entre a
ANL e AIB
• AIB – Fundada pelo nacionalista Plínio Salgado, em
1932, e sua ação e...
Indique as principais diferenças entre
as constituições de 1934 e 1937.
• 1934- Mandato presidencial seria de quatro anos,...
Qual o principal argumento de Vargas
para o golpe de 1937.
• O levante aliancista de 1935 gerou uma série
de medidas repre...
7  o brasil nos anos 1930 e 1940
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7 o brasil nos anos 1930 e 1940

14.011 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.011
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
104
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7 o brasil nos anos 1930 e 1940

  1. 1. O Brasil nos anos 1930 e 1940 Capítulo 7 Página 108
  2. 2. O Começo dos anos 30 e os dilemas sociais e políticos. • 1930, o Brasil teve grandes mudanças políticas que colocaram na presidência da República o gaucho Getúlio Vargas. • Na história política do país, Vargas é uma das figuras mais controversas, que divide opiniões. • Imagem de “pai dos pobres”, obteve êxito entre muitas pessoas. • Para outros ele foi um oportunista que não aceitava a democracia.
  3. 3. • O fato é que o esquema político das décadas anteriores chegava ao fim. • A dúvida seria que tipo de governo se construiria. • Que grupos sociais seriam representados. • Não era tarefa fácil articular essa situação, pois diferentes setores da sociedade, com interesses variados, apoiaram o movimento que derrubou o presidente Washington Luís.
  4. 4. Governo Vargas • Ao assumir, anunciou o governo provisório. • A constituição de 1891, foi anulada e algumas medidas radicais foram tomadas. • O afastamento dos governadores de Estado (exceto o de Minas Gerais). • Em seu lugar foram nomeados os chamados interventores, em sua maioria tenentes, que garantiriam o controle federal sobre as diversas regiões do país.
  5. 5. • Vargas ordenou o fechamento da Câmara e do Senado, além de todas as câmaras municipais e assembléias legislativas dos estados. • Medida provisória que centralizava toda a autoridade política. • Entre outras medidas administrativas, foi criado o Ministério do Trabalho, Indústria e comércio, que seria responsável por mudanças nas leis trabalhistas, como a instituição do salário-mínimo.
  6. 6. Economia • Economia cafeeira, para manter os preços do produto, o governo comprou muitas sacas e as estocou e queimou. Como forma de valorizar o produto, atraindo o apoio dos grupos que foram afetados pela revolução de 1930. • Outras medidas foram impostas, sem diálogo com a sociedade. • Além disso, o governo não anunciava preparativos para uma nova constituição e o país permanecia sem regras definidas para a política.
  7. 7. • O governo que era provisório durou até 1934, quando finalmente foi apresentado ao Brasil a nova constituição. Isso aconteceu com muitos conflitos. • O crescimento das cidades alterava o cenário de representação política, além de consolidar novas vivências culturais. • O desenvolvimento se deu de forma diferenciada em cada região.
  8. 8. • São Paulo: conseguiu a maior concentração de indústrias e assumia a ideologia de que era uma cidade de trabalho e modernidade. • Rio de Janeiro, capital do país, além de centro político, era também um tipo de cartão-postal do país. • Belo Horizonte: Exemplo de cidade planejada. • Em cada uma delas os problemas sociais aumentavam.
  9. 9. • A influência europeia sobre a cultura brasileira aos poucos era substituída pela influencia estadunidense. • Um dos aspectos mais marcantes nos Estados Unidos era a ideologia do Self-made man (homem que faz a si mesmo), ou seja, o sucesso era resultado de um esforço individual. Na mídia brasileira dos anos 1930, esse ideal era bastante estimulado.
  10. 10. Uma revolução em São Paulo • 1931 e 1932 – tensões e instabilidades marcaram as relações entre Vargas e políticos paulistas. • Nomeação arbitrária de interventores deixava lideranças paulistas insatisfeitas, o que estava também associada à demora na elaboração de uma nova carta constitucional.
  11. 11. • Diante deste cenário, em 1931 havia aqueles que propunham um levante armado contra Vargas para derrubá-lo do poder. • Passeatas, comícios, textos na imprensa, enfim, de várias maneiras aconteciam reivindicações que exigiam uma nova constituição, que deveria ser precedida por uma constituição precedida por uma Assembléia Nacional Constituinte.
  12. 12. • Existia entre os paulistas um sentimento de que o estado mais industrializado não poderia ficar fora das grandes decisões nacionais. • Em maio de 1932, foi escolhido um interventor nascido no estado de São Paulo, como tentativa de acalmar os ânimos. • As manifestações contra Vargas continuaram. • Um comício foi convocado para o dia 23 de maio, que seria um grande gesto contra o presidente.
  13. 13. • No momento do comício, parte da multidão saiu em direção ao Palácio dos Campos Elísios, onde seria anunciado o novo secretariado do interventor. • Em uma confusão quatro estudantes morreram: Miragaia, Martins, Dráuzio e Camargo, formando assim a siga do movimento contra Vargas. (MMDC). • A revolta aumentou.
  14. 14. Revolução Constitucionalista • Guerra declarada de São Paulo contra Vargas. • Militares tomaram pontos estratégicos da cidade. • Esperava-se tropas antigetulistas vindas do Mato Grosso, Minas Gerais e do Rio Grande do Sul, mas isso não aconteceu. • O governo federal reuniu suas tropas e cercou pontos importantes da fronteira paulista. • Embarcações da marinha chegaram ao litoral de São Paulo.
  15. 15. • Começaram duros confrontos, que se estenderam por três meses e levaram à morte cerca de 600 soldados constitucionalistas e 352 voluntários civis. Números apenas do lado paulista, fazendo com que estes se rendessem no inicio de outubro.
  16. 16. Decisões tomadas por Vargas • Eleição de uma Assembléia Nacional Constituinte, para maio de 1933. • Nomeou como interventor um paulista, Armando de Sales Oliveira, em um gesto de conciliação com os revoltosos constitucionalistas. • A situação assim normalizava-se.
  17. 17. Paulistas • No imaginário, a Revolução Constitucionalista se tornou bastante simbólica. • Em frente ao parque o Ibirapuera, existe um grande obelisco em homenagem aos mortos da revolução.
  18. 18. • Avenida 23 de maio, importante artéria da cidade. • 9 de julho. • Por meio de espaços público, buscava-se perpetuar a memória do evento. • O fato de muitas pessoas terem participado não pode ser interpretado com uma mera reação das elites paulistas contra a perda de sua hegemonia no cenário nacional, embora esse fosse um fator importante. • O que motivou multidões foi a ideia de uma democracia moderna e urbana, mediada por uma constituição.
  19. 19. Atividade •Responder questões 1 e 2 página 121.
  20. 20. A constituição de 1934 • Maio de 1933 aconteceram eleições para a formação de uma Assembléia Constituinte. • Responsável pelos debates em torno da nova Constituição para o Brasil. • Determinava: • Direito do voto para as mulheres • Voto secreto • Eleitor seria cidadão maior de 21 anos sem distinção de sexo.
  21. 21. • Nova constituição em julho de 1934. • Vargas eleito pela Constituinte com mandato até 1938. • Mandato de quatro anos, sem direito a reeleição. • Existência de um Congresso Nacional, que impedia o poder centralizador do governo. • Confirmava o voto feminino, reduziu para 18 anos a idade de voto. • Analfabetos, soldados e estrangeiros não poderiam votar.
  22. 22. Constituição determinou • Educação: • População deveria receber o Ensino Primário • Ampliando a alfabetização no país • Ensino religioso, católico, valorizado e facultativo. • Leis trabalhistas: • Jornada de trabalho de 40 horas semanais • Remuneração de férias, entre outras. • Consideradas modernas para a época. • Liberdade de expressão.
  23. 23. O Governo Constitucional de Vargas (1934 a 1937) • Segundo governo, tenso, ideologias e projetos políticos se popularizaram. • Tendências fascistas se articularam em torno da Ação Integralista Brasileira (AIB) • Tendências comunistas e socialistas em torno da Aliança Nacional Libertadora (ANL) • Movimento que se tornou partido: Frente Negra Brasileira: lutavam contra o racismo.
  24. 24. • AIB – fundada por Plínio Salgado, em 1932, ação contra os comunistas. • Teve contato com o fascismo e imaginou o mesmo para o Brasil. • Queria um governo centralizador • Montou organização paramilitar, • Enfatizava a obediência aos superiores, • Sendo eles mesmo a liderança máxima. • Realizaram congressos e encontros. • Seu símbolo:
  25. 25. Sigma, que na matemática é utilizado no chamado calculo integral, e representa o projeto do movimento de integrar todos os brasileiros. Saudação: em tupi Anauê, signififa “você é meu amigo” A classe média foi a que mais apoio o movimento. Proposta de disciplina e ordem de Plínio Salgado, fascinava a muitos.
  26. 26. • ANL- Fundada em março de 1935, • Luís Carlos Prestes era o presidente de honra. • Ele havia abraçado o ideal comunista e permanecia exilado na União Soviética. • Em julho de 1935, Vargas ordena o fechamento da ANL. • Os aliados iniciaram um plano para derrubar Vargas e implantar o socialismo. • Entre os dias 23 e 26 de novembro de 1935, começou uma revolta em Natal e Recife. Com a participação de militares que foi logo reprimido.
  27. 27. • Movimento a favor do comunismo falhou, ficou conhecido como Intentona Comunista. • A imprensa alertava sobre novos conflitos, em março de 1936 foi decretado estado de guerra, dando maiores poderes ao governo. • Plano Cohen – golpe escrito por um capitão com objetivo de simular uma tomada de poder pelos comunistas. • Falava também em uma aliança entre judaísmo e comunismo, algo que os nazistas defendiam amplamente.
  28. 28. • O conteúdo do Plano Cohen foi conhecido, militares buscaram apoio do governo para um golpe de Estado. Com exceção de dois governadores, os demais aceitaram. • Oposição defensora da democracia, tentou evitar o golpe, mas foi tarde. • Em 10 de novembro de 1937, a Câmara Federal e o Senado foram fechados, a noite Vargas anuncia o chamado Estado Novo. • As eleições para o ano seguinte foram suspensas e os partidos políticos extintos.
  29. 29. A constituição de 1937 e a derrocada dos integralistas • Com o Governo Novo, Vargas anunciou uma nova constituição: • Necessidade de leis que garantissem a paz e a segurança contra ameaças comunistas. • Possibilidade de governar por meio de decretos-leis, o que dispensava o Congresso Nacional. • As assembléias estaduais e as câmaras municipais foram fechadas.
  30. 30. • Governadores foram substituídos. • Mandato do presidente foi para 6 anos. • Mantiveram-se os direitos trabalhistas, embora as greves tenham sido proibidas; • Estado influenciado pelo fascismo. • O fim do projeto eleitoral para 1938, fez com que as restrições contra a democracia crescessem. • Os integralistas, que apoiaram o combate de Vargas contra os comunistas, esperavam retornos políticos com o estado Novo.
  31. 31. • Ex: Acreditava-se que Plínio Salgado teria papel de destaque no governo. • O que não aconteceu, levando os integralistas a uma tentativa de golpe, em maio de 1938. • A residência oficial do presidente foi atacada. • Cerca de 1.500 camisas-verdes, foram presos no Rio de Janeiro. • Plínio foi isolado politicamente, apesar de negar o envolvimento. • Em 1939, Plínio foi preso, exilado em Portugal, com pensão especial do governo Brasileiro.
  32. 32. IPHAN • Com a Finalidade de preservação do patrimônio histórico e artístico brasileiro.
  33. 33. Capela da Venerável Ordem Terceira do Carmo A primitiva capela dos Terceiros Carmelitanos é de fins do séc. XVII (1676-1691), edificada anexo à nave da igreja da Ordem Primeira. A capela nova, a definitiva, teve sua edificação iniciada em 1747 e concluída em 1758. Construída em taipa de pilão, ao lado da igreja dos frades, alinhava-se aos demais edifícios - torre, igreja e convento numa composição cuja feição não deixou nenhum registro
  34. 34. Parque da Independência
  35. 35. Após a Revolução de 1930, quais foram as primeiras medidas do governo Vargas? • Anulação da constituição de 1891 • Afastamento dos governadores dos estados, nomeados interventores em seu lugar, a maioria tenentes. • Fechou a Câmara e o senado, além das câmaras municipais, criou o ministério do trabalho, indústria e comércio. Explique, de forma resumida, o que foi a Revolução Constitucionalista de São Paulo. Entre 1931 e 1932, muitas tensões e instabilidades marcaram as relações entre o governo de Vargas e políticos paulistas, muitos tinham se afastado das decisões importantes em âmbito nacional. A nomeação arbitraria de interventores, demora na elaboração de uma nova carta constitucional, desagradou os paulistas, assim a revolução constitucionalista foi um movimento que propunha um levante armado para derrubar Vargas.
  36. 36. Explique, de forma resumida, o que foi a Revolução Constitucionalista de São Paulo. • Entre 1931 e 1932, muitas tesões e instabilidades marcaram as relações entre o governo de Vargas e políticos paulistas, muitos tinham se afastado das decisões importantes em âmbito nacional. • A nomeação arbitraria de interventores, demora na elaboração de uma nova carta constitucional, desagradou os paulistas, assim a revolução constitucionalista foi um movimento que propunha um levante armado para derrubar Vargas.
  37. 37. Indique as Principais diferenças entre a ANL e AIB • AIB – Fundada pelo nacionalista Plínio Salgado, em 1932, e sua ação era principalmente contra os comunistas. Era a favor de um governo centralizador, pregava a obediência aos superiores. • ANL – fundada em março de 1935, embora em períodos anteriores existissem movimentos antifascistas, que reuniam forças de esquerda. Os alianistas lutavam contra os integralistas e propunham mudanças como a suspensão do pagamento da dívida externa, nacionalização de empresas estrangeiras e reforma agrária. Estava ligada ao comunismo.
  38. 38. Indique as principais diferenças entre as constituições de 1934 e 1937. • 1934- Mandato presidencial seria de quatro anos, sem direito a reeleição. Confirmou o voto obrigatório, secreto e direto, incluindo direito de voto as mulheres, uma constituição mais democrática. • 1937- destaca-se a possibilidade de governar por meio de decretos-leis, o que dispersava o Congresso Nacional. Fechamento das câmaras municipais e assembléias estaduais. Muitos governadores foram substituídos e o mandato presidencial passou a ser de seis anos.
  39. 39. Qual o principal argumento de Vargas para o golpe de 1937. • O levante aliancista de 1935 gerou uma série de medidas repressivas pelo governo federal. Segundo a constituição haveria eleições para presidente em 1938, mais no segundo semestre de 1937 foi encontrado um pretexto para um golpe: o chamado plano Cohen, um documento escrito por um capitão integralista do exército que teve como objetivo simular uma tomada de poder pelos comunistas.

×