Escola Secundária de Bocage

                                     Texto de Apoio nº _______
                              ...
texto. Para evitar o escolho do segundo erro, a atitude inicial do aprendiz de filósofo
deverá ser receptiva e de todo hum...
Identificação de Erros a Evitar                         Comentários                   Conceitos
    • Eternamente passivos...
•   Analisar;
•   Humildade (“Só sei que nada sei”)
•   Receptividade;
•   Elucidar problemas – clarificá-los, compreender...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Texto e guião

1.392 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.392
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto e guião

  1. 1. Escola Secundária de Bocage Texto de Apoio nº _______ Profª Júlia Martins __ /___/ 2010 “Ao aprendiz de filósofo (…) rogo que se não apresse a adoptar soluções, que não leia obras de uma só escola ou tendência, que procure conhecer as argumentações de todas, e que queira tomar como primário escopo a singela de compreender os problemas: de compreendê-los bem, de os compreender a fundo, habituando-se a ver as dificuldades reais que se deparam nas coisas que se afiguram fáceis ao simplismo e à superficialidade do que se chama senso comum (…). Ora, se o fundamental da Filosofia é a crítica, e se pois a Filosofia deve ser estudada, não pelo mérito das respostas precisas sobre um certo de questões primárias, senão que pelo valor que assume, para a cultura do espírito, a mera discussão de tais problemas, - segue-se que é ideia inteiramente absurda a de dar a alguém uma iniciação filosófica pela sua transmissão das respostas precisas com que pretendeu resolver esses tais problemas em determinado autor ou uma certa escola. Deverá pois a iniciação filosófica assumir um carácter essencialmente crítico, e considerar num debate dos problemas básicos que não seja dominado pelo intuito dogmático de cerrar as portas às discussões ulteriores; e um bom professor do lidar filosófico é como um indivíduo que nos lecciona a ginástica procedendo ele próprio como um bom ginasta, e obrigando-nos a nós a fazer ginástica; e quem nos ministra um trabalho critico, um modelo de faina de elucidação dos problemas: e por isso mesmo os diálogos platónicos (…) me parecem exemplares para a iniciação cultural. Repito seja a Filosofia para o aprendiz de filósofo, não uma pilha de conclusões adoptadas, e sim uma actividades de elucidação dos problemas. É esta actividade o que realmente importa, e não o aceitar e propagandear conclusões. (…) ao lermos um filosofo de genuíno mérito de dois erros opostos nos cumprirá guardar-nos: o primeiro, o de nos mantermos aí eternamente passivos e de tudo aceitarmos como se fossem dogmas, de que depois tentamos convencer o próximo; segundo, o de criticar demasiado cedo, antes de chegarmos à compreensão do
  2. 2. texto. Para evitar o escolho do segundo erro, a atitude inicial do aprendiz de filósofo deverá ser receptiva e de todo humilde. “ António Sérgio, “Prefácio”, in Os problemas da Filosofia _________________________________ 1. Identifique os erros que devem ser evitados, segundo o autor do texto, na actividade filosófica. 2. A partir do texto, mencione o que caracteriza a atitude e disposição da Filosofia. Escola Secundária de Bocage Filosofia - 10ºD Exploração do Texto de Apoio nº1 “Prefácio” in Os problemas da Filosofia “ - António Sérgio 1. 1. Identifique os erros que devem ser evitados, segundo o autor do texto, na actividade filosófica.
  3. 3. Identificação de Erros a Evitar Comentários Conceitos • Eternamente passivos… Se fossemos eternamente passivos Dogma; não nos espantávamos! Sem espanto não há questionamento…. Senso comum; • Criticar demasiado cedo, antes de chegar à Reflexão; compreensão do texto… • Aceitar tudo, como se tratasse O filósofo é um homem aberto ao Questionamento; de dogmas; mundo, não é alheio àquilo que o rodeia, mas deve afastar-se, Crítica; • Aceitar o simplismo e a progressivamente, do senso superficialidade… comum… Diálogo; • Apressar a adopção soluções; O Filósofo é um homem • Encerrar as portas às insatisfeito… discussões; • Estudar pelo mérito das respostas precisas; Reflexão. • Propagandear a ideia errada A reflexão induz-nos no processo (pelo contrário devemos do desconhecido para o reflectir); conhecido; Reflectir implica uma clarificação de conceitos e o uso de uma linguagem rigorosa; A reflexão permite chamar à atenção do que está em nós e em nosso redor… 2. A partir do texto, mencione o que caracteriza a atitude e disposição da Filosofia. Caracterização da atitude e disposição da Filosofia • Questionar; • O filósofo deve possuir a capacidade de se espantar, pois só assim é que se poderá saber mais, conhecer de forma mais profunda os problemas. Sem espanto, admiração não há questionamento; • Criticar;
  4. 4. • Analisar; • Humildade (“Só sei que nada sei”) • Receptividade; • Elucidar problemas – clarificá-los, compreender as suas implicações e os conceitos envolvidos; • As dúvidas e as incertezas são próprias de uma atitude filosófica e oposta à atitude ingénua e passiva; • A atitude filosófica é essencialmente argumentativa; • A atitude filosófica é reflexiva; •

×