SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ SOARES
DOS SANTOS
PROFESSORA ALFABETIZADORA:
Juciara Brito
Produzir bons leitores é o grande desafio atual da escola, visto que
muitos dos nossos alunos chegam ao final do Ensino Fundamental
sem o domínio dessa habilidade. Praticamente todo trabalho de
alfabetização em nossas escolas parte do pressuposto de que o
importante é ensinar o mecanismo de decodificação, porque depois a
compreensão virá automaticamente
Pensando nisso, diante das dificuldades
apresentadas pelos nossos alunos nas áreas
de leitura e escrita, decidimos participar do
PNAIC ( Pacto Nacional da Alfabetização na
Idade Certa), visando atacar tais
dificuldades com o objetivo de minimizálas.
Juciara Brito
Muitas foram as sugestões de planos de aula , textos, atividades
e avaliações que me ajudaram na mediação do conhecimento
com meus alunos, aqui estão destacadas algumas delas que
surtiram efeito na construção de novos saberes e que me
devolveram a alegria de ser útil na vida de uma criança.
Espero que possam tirar proveito assim como nós .
Trabalho com projetos:
• Foi de grande relevância o
estudo da unidade VI tendo
como objetivo a construção de
projetos didáticos e sequências
didáticas como forma de
aprimorar e aprofundar a práxis
do educador. Pudemos refletir
sobre a forma de organização do
trabalho pedagógico discutindo
as especificidades do campo,
trocamos
experiências
e
compartilhamos nossos próprios
projetos e sequências que
contemplaram
diferentes
componentes
curriculares
(Língua Portuguesa, Matemática,
Ciências, História, geografia,
Arte).
DESTAQUE : UNIDADE VII
• Nesta unidade vimos a importância de
valorizar os diferentes saberes e tempo de
aprendizagem de cada aluno. Nesse aspecto
entendemos que a heterogeneidade faz parte
de qualquer sala de aula ,principalmente as
escolas do campo pelo fato de serem, em sua
maioria, de turmas multisseriadas.
:

PLANO DE AULA “SUCESSO”
• TEMA: Respeito à diversidade , aprendendo com as diferenças.
•
•
•
•

•
•
•
•

CONTEÚDO:
Processos de leitura; interpretação oral
Ortografia ( silabas terminadas em N);
Costumes africanos;
Artes.
OBJETIVOS:
Despertar o gosto pela leitura de poesias;
Desenvolver a oralidade;
Conhecer alguns costumes africanos que foram incorporados à cultura
brasileira;
Produzir por meio de escultura em argila e ilustrações alguns objetos
africanos ( panôs , Galinhas d’angola).
ESTRATÉGIAS E RECURSOS DA AULA
• Primeiro momento - Iniciei a aula com uma conversa
informal, sobre os avós, vivos ou falecidos, perguntei onde eles
moram e se seus avós ensinaram algo do tempo deles para as
crianças, alguma brincadeira ou uma história qualquer. Deixei
que as crianças se expressassem e foram muitos casos e
cantigas que elas aprenderam com os avós. Sugerir às crianças
que elas deixassem de herança para seus vindouros netos algo
que elas achassem interessante, ( poesia, desenho, carta,
bilhete, cantiga ou algum objeto) em uma pequenas caixa
enterrada como tesouro.

CONSTRUINDO OS
TESOUROS

ALUNO DO 3º ANO
ALUNA DO 1º ANO

ALUNA DO 2º ANO
• Segundo momento: Encontrar o local para
enterrar o tesouro: saímos e decidimos enterrálo aos pés de um Pau Brasil ao lado da escola,
pois o terreno era fácil de cavar e fácil de
lembrar-se depois.

X

Foto 1 ( eis o tesouro ) foto 2 ( o esconderijo)

foto 3 ( enterrando )

foto 4 ( o local )
• Terceiro momento – Registrar, em mapas, a
localidade do tesouro enterrado.

ÁLESON -PRÉ

ANINHA- 1º ANO

MILENE 2º ANO

GENILSON- 3º ANO
Quarto momento – sentei com as crianças
em círculo para a hora da história onde li o
livro de Gercilga de Almeida “Bruna e a
Galinha D’angola. (ter o cuidado de falar um
pouco da biografia da autora), disponível em:
http://www.pallaseditora.com.br/autor/Gercil
ga_de_Almeida/49/ .socializei a história por
meio de perguntas e respostas explorando a
oralidade dos alunos.
Quinto momento- solicitei que as crianças confeccionassem
alguns objetos que relatam os costumes africanos vistos na
história ( panôs com papel camurça coloridos e ilustrações
feitos pelos próprios alunos; escultura em argila da galinha
d’angola)
Sexto
momento –
distribuir
atividades
xerocadas para
verificar o
aprendizado e
trabalhar a
ortografia
( silabas
terminadas em
N)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Nethy Marques
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especial
straraposa
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
SimoneHelenDrumond
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
SimoneHelenDrumond
 
2º ano avaliação diagnóstica matemática
2º ano  avaliação diagnóstica matemática2º ano  avaliação diagnóstica matemática
2º ano avaliação diagnóstica matemática
Cida Carvalho
 

Mais procurados (20)

Apostila com Material Dourado e SND até 99
Apostila com Material Dourado e SND até 99Apostila com Material Dourado e SND até 99
Apostila com Material Dourado e SND até 99
 
Plano de aula bncc0
Plano de aula bncc0Plano de aula bncc0
Plano de aula bncc0
 
Atividades Avaliativas para 1º ano
Atividades Avaliativas para 1º anoAtividades Avaliativas para 1º ano
Atividades Avaliativas para 1º ano
 
Avaliação do 4º ano de Ens Religioso
Avaliação do 4º ano de Ens ReligiosoAvaliação do 4º ano de Ens Religioso
Avaliação do 4º ano de Ens Religioso
 
Plano de curso arte 5º ano
Plano de curso arte   5º anoPlano de curso arte   5º ano
Plano de curso arte 5º ano
 
Proposta curricular para o 3º ano do ensino fundamental
Proposta curricular para o 3º ano do ensino fundamentalProposta curricular para o 3º ano do ensino fundamental
Proposta curricular para o 3º ano do ensino fundamental
 
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regularRelatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
Relatorio de acompanhamento do professor do aee e sala regular
 
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012. Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
Relatório do Primeiro Bimestre - Março/Abril 2012.
 
Modelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especialModelo relatório pedagogico aluno especial
Modelo relatório pedagogico aluno especial
 
Apostila gêneros textuais 4º ano
Apostila gêneros textuais  4º anoApostila gêneros textuais  4º ano
Apostila gêneros textuais 4º ano
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
 
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
Relatorios individuais do desempenho ed infantil 2ºsemestre_mundinhodacrianca...
 
Atividades para silabicos
Atividades para silabicosAtividades para silabicos
Atividades para silabicos
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
 
Planejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fundPlanejamento anual 2 ano fund
Planejamento anual 2 ano fund
 
Projeto: Brincando Também se Aparende Matemática /5º ano
Projeto:   Brincando Também se Aparende Matemática /5º anoProjeto:   Brincando Também se Aparende Matemática /5º ano
Projeto: Brincando Também se Aparende Matemática /5º ano
 
2º ano avaliação diagnóstica matemática
2º ano  avaliação diagnóstica matemática2º ano  avaliação diagnóstica matemática
2º ano avaliação diagnóstica matemática
 
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
Sequência didática a casa e seu dono (1)
Sequência didática a casa e seu dono (1)Sequência didática a casa e seu dono (1)
Sequência didática a casa e seu dono (1)
 
Modelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivoModelo de parecer descritivo
Modelo de parecer descritivo
 

Destaque

Bruna e a Galinha D'Angola
Bruna e a Galinha D'AngolaBruna e a Galinha D'Angola
Bruna e a Galinha D'Angola
Marcelo Santos
 
Menina Bonita do Laço de Fita
Menina Bonita do Laço de Fita  Menina Bonita do Laço de Fita
Menina Bonita do Laço de Fita
Luciana Carvalho
 
Projeto menina bonita conciência negra
Projeto menina bonita conciência negraProjeto menina bonita conciência negra
Projeto menina bonita conciência negra
Nome Sobrenome
 
1 6 projeto_de_literatura- nov
1 6 projeto_de_literatura- nov1 6 projeto_de_literatura- nov
1 6 projeto_de_literatura- nov
batalhadorarejane
 
Slide planejamento rei leão
Slide planejamento rei leãoSlide planejamento rei leão
Slide planejamento rei leão
Shirleianne_Nunes
 
Projeto rei leão
Projeto rei leãoProjeto rei leão
Projeto rei leão
Nokkas
 
Menina bonita do laço de fita eduardo
Menina bonita do laço de fita   eduardoMenina bonita do laço de fita   eduardo
Menina bonita do laço de fita eduardo
Turinga
 
Menina Bonita Do LaçO De Fita
Menina  Bonita Do LaçO De FitaMenina  Bonita Do LaçO De Fita
Menina Bonita Do LaçO De Fita
Luciana Carvalho
 
Menina Bonita Do LaçO De Fita
Menina Bonita Do LaçO De FitaMenina Bonita Do LaçO De Fita
Menina Bonita Do LaçO De Fita
Paderes
 

Destaque (20)

Bruna e a galinha de angola
Bruna e a galinha de angolaBruna e a galinha de angola
Bruna e a galinha de angola
 
Bruna e a Galinha D'Angola
Bruna e a Galinha D'AngolaBruna e a Galinha D'Angola
Bruna e a Galinha D'Angola
 
Menina Bonita do Laço de Fita
Menina Bonita do Laço de Fita  Menina Bonita do Laço de Fita
Menina Bonita do Laço de Fita
 
Projeto menina bonita conciência negra
Projeto menina bonita conciência negraProjeto menina bonita conciência negra
Projeto menina bonita conciência negra
 
Atividades sequência didática menina bonita do laço de fita
Atividades sequência didática menina bonita do laço de fitaAtividades sequência didática menina bonita do laço de fita
Atividades sequência didática menina bonita do laço de fita
 
Consciencia negra
Consciencia negraConsciencia negra
Consciencia negra
 
Espaço Griô- Histórias e Identidades
Espaço Griô- Histórias e IdentidadesEspaço Griô- Histórias e Identidades
Espaço Griô- Histórias e Identidades
 
1 6 projeto_de_literatura- nov
1 6 projeto_de_literatura- nov1 6 projeto_de_literatura- nov
1 6 projeto_de_literatura- nov
 
Slide planejamento rei leão
Slide planejamento rei leãoSlide planejamento rei leão
Slide planejamento rei leão
 
Projeto rei leão
Projeto rei leãoProjeto rei leão
Projeto rei leão
 
Menina bonita do laço de fita eduardo
Menina bonita do laço de fita   eduardoMenina bonita do laço de fita   eduardo
Menina bonita do laço de fita eduardo
 
O menino poti
O menino potiO menino poti
O menino poti
 
As sequências didáticas
As sequências didáticasAs sequências didáticas
As sequências didáticas
 
Multiculturalismo - Prof. Cristina
Multiculturalismo - Prof. CristinaMulticulturalismo - Prof. Cristina
Multiculturalismo - Prof. Cristina
 
Atividades cultura indigena
Atividades cultura indigenaAtividades cultura indigena
Atividades cultura indigena
 
Texto diversidade
Texto diversidadeTexto diversidade
Texto diversidade
 
Menina Bonita Do LaçO De Fita
Menina  Bonita Do LaçO De FitaMenina  Bonita Do LaçO De Fita
Menina Bonita Do LaçO De Fita
 
A diversidade cultural no brasil (1) (1)
A diversidade cultural no brasil (1) (1)A diversidade cultural no brasil (1) (1)
A diversidade cultural no brasil (1) (1)
 
Menina Bonita Do LaçO De Fita
Menina Bonita Do LaçO De FitaMenina Bonita Do LaçO De Fita
Menina Bonita Do LaçO De Fita
 
Consciencia negra para bebes
Consciencia negra para bebesConsciencia negra para bebes
Consciencia negra para bebes
 

Semelhante a plano de aula detalhado " Bruna e a galinha D'angola"

Teoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escola
Teoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escolaTeoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escola
Teoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escola
Sebastiana-Gomes
 
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro LobatoProjeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Ana Kelly Brustolin
 
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviSlide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
TamiresDamaceno
 

Semelhante a plano de aula detalhado " Bruna e a galinha D'angola" (20)

ARCA DE NÓE : VÍNICIUS DE MORAIS
ARCA DE NÓE : VÍNICIUS DE MORAIS ARCA DE NÓE : VÍNICIUS DE MORAIS
ARCA DE NÓE : VÍNICIUS DE MORAIS
 
Teoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escola
Teoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escolaTeoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escola
Teoria e prática : registro das atividades desenvolvidas na escola
 
Projetos de intervenção - alfabetização férias e folclore.
Projetos de intervenção - alfabetização férias e folclore.Projetos de intervenção - alfabetização férias e folclore.
Projetos de intervenção - alfabetização férias e folclore.
 
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
Projetos sala de leitura E. E. Professor Messias Freire 2017
 
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro LobatoProjeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
 
Projeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideoProjeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideo
 
Projeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideoProjeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideo
 
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselviSlide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
Slide estágio Educação e diversidade; uniasselvi
 
Redes de saber fazer
Redes de saber fazerRedes de saber fazer
Redes de saber fazer
 
Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016
 
Projeto hq 2011
Projeto hq 2011Projeto hq 2011
Projeto hq 2011
 
Biblioteca do CAp/UFRJ - Integração com o processo pedagógico da escola
Biblioteca do CAp/UFRJ - Integração com o processo pedagógico da escolaBiblioteca do CAp/UFRJ - Integração com o processo pedagógico da escola
Biblioteca do CAp/UFRJ - Integração com o processo pedagógico da escola
 
Sequência didática " Viviana a rainha do pijama"
Sequência didática " Viviana a rainha do pijama"Sequência didática " Viviana a rainha do pijama"
Sequência didática " Viviana a rainha do pijama"
 
Curso 7 classica
Curso 7 classicaCurso 7 classica
Curso 7 classica
 
Boletim informativo1 2014_2015
Boletim informativo1 2014_2015Boletim informativo1 2014_2015
Boletim informativo1 2014_2015
 
modelo de projeto
modelo de projetomodelo de projeto
modelo de projeto
 
Encontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana Esteves
Encontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana EstevesEncontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana Esteves
Encontro PNAIC 12 de setembro 2015 Fabiana Esteves
 
Apresentação do projeto quem conta um conto
Apresentação do projeto quem conta um contoApresentação do projeto quem conta um conto
Apresentação do projeto quem conta um conto
 
Apresentação do projeto quem conta um conto
Apresentação do projeto quem conta um contoApresentação do projeto quem conta um conto
Apresentação do projeto quem conta um conto
 
Apresentação do projeto quem conta um conto
Apresentação do projeto quem conta um contoApresentação do projeto quem conta um conto
Apresentação do projeto quem conta um conto
 

Mais de Juciara Brito

Apresentação do projeto
Apresentação do projetoApresentação do projeto
Apresentação do projeto
Juciara Brito
 
Novo(a) apresentação do microsoft power point
Novo(a) apresentação do microsoft power pointNovo(a) apresentação do microsoft power point
Novo(a) apresentação do microsoft power point
Juciara Brito
 

Mais de Juciara Brito (18)

Relevo
RelevoRelevo
Relevo
 
Atividades Lúdicas Auxiliando a Aprendizagem da matemática do 5 ano.
Atividades Lúdicas Auxiliando a Aprendizagem da matemática do 5 ano.Atividades Lúdicas Auxiliando a Aprendizagem da matemática do 5 ano.
Atividades Lúdicas Auxiliando a Aprendizagem da matemática do 5 ano.
 
Literatura negra infanto juvenil
Literatura negra infanto juvenilLiteratura negra infanto juvenil
Literatura negra infanto juvenil
 
Há cor na educação ( projeto elaborado para o pacto 2013)
Há cor na educação ( projeto elaborado para o pacto 2013)Há cor na educação ( projeto elaborado para o pacto 2013)
Há cor na educação ( projeto elaborado para o pacto 2013)
 
ANIMAIS VERTEBRADOS E INVERTEBRADOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ANIMAIS VERTEBRADOS E INVERTEBRADOS NA EDUCAÇÃO INFANTILANIMAIS VERTEBRADOS E INVERTEBRADOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
ANIMAIS VERTEBRADOS E INVERTEBRADOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTALMODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
MODELOS EDUCACIONAIS NA EDUCAÇÃO DOS SURDOS - COMUNICAÇÃO TOTAL
 
Slide escola trad. e nova
Slide escola trad. e novaSlide escola trad. e nova
Slide escola trad. e nova
 
Slide fundef x fundeb
Slide fundef x fundebSlide fundef x fundeb
Slide fundef x fundeb
 
As pessoasquefazempartedenossavida
As pessoasquefazempartedenossavidaAs pessoasquefazempartedenossavida
As pessoasquefazempartedenossavida
 
Lenda chinesa
Lenda chinesaLenda chinesa
Lenda chinesa
 
Painel comparativo
Painel comparativoPainel comparativo
Painel comparativo
 
Revista slide
Revista slideRevista slide
Revista slide
 
O problema da afetividade
O problema da afetividade O problema da afetividade
O problema da afetividade
 
Slide do projeto
Slide do projetoSlide do projeto
Slide do projeto
 
Seminário
SeminárioSeminário
Seminário
 
Há cor na educação
Há cor na educaçãoHá cor na educação
Há cor na educação
 
Apresentação do projeto
Apresentação do projetoApresentação do projeto
Apresentação do projeto
 
Novo(a) apresentação do microsoft power point
Novo(a) apresentação do microsoft power pointNovo(a) apresentação do microsoft power point
Novo(a) apresentação do microsoft power point
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 

plano de aula detalhado " Bruna e a galinha D'angola"

  • 1. ESCOLA MUNICIPAL JOSÉ SOARES DOS SANTOS
  • 2. PROFESSORA ALFABETIZADORA: Juciara Brito Produzir bons leitores é o grande desafio atual da escola, visto que muitos dos nossos alunos chegam ao final do Ensino Fundamental sem o domínio dessa habilidade. Praticamente todo trabalho de alfabetização em nossas escolas parte do pressuposto de que o importante é ensinar o mecanismo de decodificação, porque depois a compreensão virá automaticamente Pensando nisso, diante das dificuldades apresentadas pelos nossos alunos nas áreas de leitura e escrita, decidimos participar do PNAIC ( Pacto Nacional da Alfabetização na Idade Certa), visando atacar tais dificuldades com o objetivo de minimizálas. Juciara Brito
  • 3. Muitas foram as sugestões de planos de aula , textos, atividades e avaliações que me ajudaram na mediação do conhecimento com meus alunos, aqui estão destacadas algumas delas que surtiram efeito na construção de novos saberes e que me devolveram a alegria de ser útil na vida de uma criança. Espero que possam tirar proveito assim como nós .
  • 4. Trabalho com projetos: • Foi de grande relevância o estudo da unidade VI tendo como objetivo a construção de projetos didáticos e sequências didáticas como forma de aprimorar e aprofundar a práxis do educador. Pudemos refletir sobre a forma de organização do trabalho pedagógico discutindo as especificidades do campo, trocamos experiências e compartilhamos nossos próprios projetos e sequências que contemplaram diferentes componentes curriculares (Língua Portuguesa, Matemática, Ciências, História, geografia, Arte).
  • 5. DESTAQUE : UNIDADE VII • Nesta unidade vimos a importância de valorizar os diferentes saberes e tempo de aprendizagem de cada aluno. Nesse aspecto entendemos que a heterogeneidade faz parte de qualquer sala de aula ,principalmente as escolas do campo pelo fato de serem, em sua maioria, de turmas multisseriadas.
  • 6. : PLANO DE AULA “SUCESSO” • TEMA: Respeito à diversidade , aprendendo com as diferenças. • • • • • • • • CONTEÚDO: Processos de leitura; interpretação oral Ortografia ( silabas terminadas em N); Costumes africanos; Artes. OBJETIVOS: Despertar o gosto pela leitura de poesias; Desenvolver a oralidade; Conhecer alguns costumes africanos que foram incorporados à cultura brasileira; Produzir por meio de escultura em argila e ilustrações alguns objetos africanos ( panôs , Galinhas d’angola).
  • 7. ESTRATÉGIAS E RECURSOS DA AULA • Primeiro momento - Iniciei a aula com uma conversa informal, sobre os avós, vivos ou falecidos, perguntei onde eles moram e se seus avós ensinaram algo do tempo deles para as crianças, alguma brincadeira ou uma história qualquer. Deixei que as crianças se expressassem e foram muitos casos e cantigas que elas aprenderam com os avós. Sugerir às crianças que elas deixassem de herança para seus vindouros netos algo que elas achassem interessante, ( poesia, desenho, carta, bilhete, cantiga ou algum objeto) em uma pequenas caixa enterrada como tesouro. CONSTRUINDO OS TESOUROS ALUNO DO 3º ANO ALUNA DO 1º ANO ALUNA DO 2º ANO
  • 8. • Segundo momento: Encontrar o local para enterrar o tesouro: saímos e decidimos enterrálo aos pés de um Pau Brasil ao lado da escola, pois o terreno era fácil de cavar e fácil de lembrar-se depois. X Foto 1 ( eis o tesouro ) foto 2 ( o esconderijo) foto 3 ( enterrando ) foto 4 ( o local )
  • 9. • Terceiro momento – Registrar, em mapas, a localidade do tesouro enterrado. ÁLESON -PRÉ ANINHA- 1º ANO MILENE 2º ANO GENILSON- 3º ANO
  • 10. Quarto momento – sentei com as crianças em círculo para a hora da história onde li o livro de Gercilga de Almeida “Bruna e a Galinha D’angola. (ter o cuidado de falar um pouco da biografia da autora), disponível em: http://www.pallaseditora.com.br/autor/Gercil ga_de_Almeida/49/ .socializei a história por meio de perguntas e respostas explorando a oralidade dos alunos.
  • 11. Quinto momento- solicitei que as crianças confeccionassem alguns objetos que relatam os costumes africanos vistos na história ( panôs com papel camurça coloridos e ilustrações feitos pelos próprios alunos; escultura em argila da galinha d’angola)
  • 12. Sexto momento – distribuir atividades xerocadas para verificar o aprendizado e trabalhar a ortografia ( silabas terminadas em N)