Madredeus. When the guitar sings

1.883 visualizações

Publicada em

Music video inspired by song "Guitarra", performed by Madredeus

Publicada em: Diversão e humor, Educação
  • @hudali15 Dear Ali, many thanks for your very kind comment. Why did I translate the song now? Well, consciously, I guess I just wanted to share the original heartbreaking lyrics, which I love, with as many as possible people in the world. I say consciously, because sometimes we cannot tell what drives our immediate and thoughtless actions, as it happened after listening to “Guitarra” yesterday...
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • @juaomaya
    Dear Juoa,
    The translation is great. I wonder what prompted you to translate a year later!
    I shall make visits to SS occasionally to enjoy great works like yours.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • GUITARRA When a guitarra sings / In the hands of a good player / The guitarra itself teaches / How to sing whoever may be / I want that my coffin / Has a bizarre shape / The shape of a heart / The shape of a guitarra / Guitarra, dear guitarra / I come to cry with you / I feel life softer / When you cry with me - Literally translated from Portuguese by Juão Maya
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Missing Coimbra, Portugal, two years later...
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Pour info dear Juão, I publish your presentation on my blog HARDY'S CORNER (http://hardys-corner.blogspot.com/) Thanks for sharing and congratulations my faithful friend. Good day. Bernard
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui

Madredeus. When the guitar sings

  1. 1. MADREDEUS<br />
  2. 2.
  3. 3. G U I T A R R A <br />
  4. 4. Desde que existe a morte, imediatamente a vida é absurda. Sempre<br />pensei assim<br />Sincethereisdeath, immediatelylifebecomesabsurd. I’vealways<br />thoughtthatway<br />− Amália Rodrigues − 1920-1999 <br />
  5. 5. Coimbra, Portugal<br />
  6. 6.
  7. 7.
  8. 8. Universidade de Coimbra/Coimbra University<br />
  9. 9. Jardim Botânico/Botanical Garden<br />
  10. 10.
  11. 11. Sé Velha – Vista de trás/OldCathedral – Viewfromtheback<br />
  12. 12. Sé Velha – Claustro/OldCathedral - Cloister<br />
  13. 13. Fonte dos Amores/Fountainof Love<br />
  14. 14.
  15. 15.
  16. 16.
  17. 17.
  18. 18.
  19. 19.
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22.
  23. 23. Quando uma guitarra trina<br />Nas mãos de um bom tocador<br />Carlos Paredes (1925-2004)<br />
  24. 24. A própria guitarra ensina<br />A cantar seja quem for<br />
  25. 25. Quando uma guitarra trina<br />Nas mãos de um bom tocador<br />Marco Poeta<br />
  26. 26. A própria guitarra ensina<br />A cantar seja quem for<br />
  27. 27. Eu quero que o meu caixão<br />Tenha uma forma bizarra<br />
  28. 28. A forma de um coração<br />A forma de uma guitarra<br />
  29. 29. Fado Azul - Márcio Melo <br />Guitarra, guitarra querida<br />Eu venho chorar contigo<br />
  30. 30. Fado Azul - Márcio Melo <br />Sinto mais suave a vida<br />Quando tu choras comigo<br />
  31. 31. O Fado – José Malhoa – 1855-1933<br />Guitarra, guitarra querida<br />Eu venho chorar contigo<br />
  32. 32. O Fado – José Malhoa – 1855-1933<br />Sinto mais suave a vida<br />Quando tu choras comigo<br />
  33. 33.
  34. 34.
  35. 35.
  36. 36.
  37. 37.
  38. 38. Coimbra, Portugal – Karen L. Gore <br />Images via internet<br />Guitarra<br />Traditionallyricsfromthepoetsof Fado<br />Music by Pedro Ayres Magalhães and Rodrigo Leão<br />

×