Processo de independência colômbia e guatemala

862 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Processo de independência colômbia e guatemala

  1. 1. PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DA AMERICA LATINA Colômbia e Guatemala
  2. 2. PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DA COLÔMBIA  Século XX  Os vice-reinos espanhóis : Nova Espanha (criado em 1535), Peru (1542), Nova Granada (1718) e Prata (1776);  Capitanias: Cuba, Guatemala, Venezuela e Chile.
  3. 3. PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DA COLÔMBIA  Trono espanhol (1808).  Cartagena (22 de maio), Cali, Socorro e Pamplona (3 de julho) e em 20 de julho, Santa Fé (atual Bogotá).  Províncias Unidas de Nova Granada (1811).  Estado da Cundinamarca.  Pátria Boba  independência da Nova Granada.
  4. 4. PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DA COLÔMBIA  Rei Fernando 7º retoma o trono e inicia um processo de perseguição aos liberais, tanto na Espanha quanto na América.  Pablo Morillo  Porto de Angostura, organizando ali seu quartel-general e a sede de um novo governo independente.
  5. 5.  Em novembro de 1821, o Panamá se tornou independente e se uniu à Grã-Colômbia.  Em maio de 1822, Bolívar e Antonio José de Sucre, contando com o apoio de tropas enviadas por San Martín, conseguiram libertar Quito, o que permitiu que também o Equador fosse anexado à Grã-Colômbia.
  6. 6. COLÔMBIA : GUER R ILHA S & DROGA S  Os Estados Unidos e a Colômbia;  "Dizer que a Colômbia é uma potência responsável com a qual podemos tratar como fazemos com a Holanda, Bélgica, Suíça ou Dinamarca é um absurdo. Neste momento a analogia que podemos estabelecer é com um grupo de bandidos, sicilianos ou calabreses ou ainda com Pancho Villa." - Th.Roosevelt, Presidente dos EUA, 1903.
  7. 7. LISTA DE PRESIDENTES DA GUATEMALA José Rafael Carrera Turcios 6 de Novembro de 1851 – 14 de Abril de 1865 Pedro de Aycinena y Piñol 14 de Abril de 1865 – 24 de Maio de 1865 Vicente Cerna Sandoval 24 de Maio de 1865 – 29 de Junho de 1871 Miguel García Granados Zavala 29 de Junho de 1871 – 4 de Junho de 1873 Justo Rufino Barrios Auyón 4 de Junho de 1873 – 2 de Abril de 1885 Alejandro M. Sinibaldi 2 de Abril de 1885 – 5 de Abril de 1885 Manuel Lisandro Barillas Bercián 6 de Abril de 1885 – 15 de Março de 1892 José María Reina Barrios 15 de Março de 1892 – 8 de Fevereiro de 1898 Manuel José Estrada Cabrera 8 de Fevereiro de 1898 – 15 de Abril de 1920 Carlos Herrera y Luna 15 de Abril de 1920 – 10 de Dezembro de 1921 José María Orellana Pinto 10 de Dezembro de 1921 – 26 de Setembro de 1926 Lázaro Chacón González 26 de Setembro de 1926 – 2 de Janeiro de 1931 José María Reina Andrade 2 de Janeiro de 1931 – 14 de Fevereiro de 1931 Jorge Ubico y Castañeda 14 de Fevereiro de 1931 – 4 de Julho de 1944 Juan Federico Ponce Vaides 4 de Julho de 1944 – 20 de Outubro de 1944
  8. 8. Alunos: Beatriz Souto Cleber Bastos Gustavo Neres Joanice Carrilho Ifba-campuns eunápolis BA Profª: Flaviane Nascimento

×