SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 73
Baixar para ler offline
Gestão do conhecimento:
definição conceitual, múltiplos usos e interpretações




                        CGEE
                      Dez 2002

                   Elisabeth Gomes
                 ANATEL/SBGC/CRIE
                betgomes@crie.ufrj.br
O mundo não foi sempre assim...
Sociedade do Conhecimento - Fatos

“Palm top”: tem mais memória
que toda a capacidade de memória
existente em 1961!


Computadores: 8.000 x mais baratos que
há 30 anos


                    Se o Mercedes classe A tivesse a mesma
                    evolução:
                    • custaria U$ 2
                    • andaria na velocidade do som
                    • 800 km com 1l de gasolina
Sociedade do Conhecimento - Fatos


Sigatoga amarela x banana pioneira

   • Mesmo sabor
   • 20% maior
   • frutos 3 meses antes
                                 Lata de alumínio
1 hectare produz 70% mais
                                 Hoje:
                                 • 80% mais finas
                                 • menos energia
                                 • menos matéria prima
                                 • 80% tecnologia, 20% metal...
Sociedade do Conhecimento - Fatos


Homem mais rico do mundo: Bill Gates (Microsoft)

2º homem mais rico do mundo: Sam Walton (Wal-Mart)

Netscape: cotada U$ 3 bi no lançamento contra
faturamento de U$ 17 mi



      O que está acontecendo ????
Sociedade do Conhecimento - Fatos

           “Conhecimento gera 55% da
                   riqueza mundial !”
                                  OECD


                  “Os grandes ganhos de
       produtividade, daqui para frente,
      advirão das melhorias na gestão do
                         conhecimento”
                            Peter Drucker
Conhecimento: o principal fator
           de produção do século XXI
     @
               TRABALHO
CONHECIMENTO




                  CAPITAL
    TERRA
Novas Indústrias


 Novas Empresas

   Nova Economia
Como funciona a economia do conhecimento??


Podemos afirmar que a economia do conhecimento
segue uma nova lógica econômica. O conhecimento
difere radicalmente de todas as outras commodities,
porque não segue a teoria da escassez. Ao contrário,
segue a teoria da abundância.

Se vendemos alguma coisa, por exemplo, um livro,
não o possuímos mais.

Com o conhecimento é diferente. Por quê?
Como funciona a economia do conhecimento??

Quanto mais eu compartilho, mais eu tenho…




              Quantos mais usarem, maior o valor…
Economia na Sociedade
                do Conhecimento
           Economia        Economia do
           Industrial     Conhecimento
Produção     Escala         Flexível

Pessoas    Especialista    Polivalente

 Tempo     Longo prazo     Tempo real


 Massa      Tangível        Intangível

            Limitado        Ilimitado
 Espaço
Generalistas e Especialistas = Dois em Um


Generalista
                                      Domínio das
                                      áreas afins

  Formação
  especifica

                                         Cultura
                                         geral
Quem é o trabalhador
                             do conhecimento?
                                  Trabalhador do
                   Trabalhador
Características                   Conhecimento
                    Tradicional
       principal
                                      pensar
          tarefa      fazer

                                     mentais
     principais
                      físicas
    habilidades
                                    não-linear
    processo de       linear
       trabalho
                                    informação
                     produto
   resultado do
       trabalho                       criado
                     aplicado
 conhecimento
A produtividade do trabalhador
                               do conhecimento



O grande desafio não é mais tornar produtivo o
trabalhado manual, mas sim o trabalhador do
conhecimento.

Segundo Drucker, eles estão se tornando rapidamente o
maior grupo isolado da força de trabalho do mundo.
A produtividade do trabalhador
                  do conhecimento - fatores
                              Trabalhador do
 Trabalhador
                              Conhecimento
  Tradicional

                              Qual é a tarefa?
 Como deve ser
feito o trabalho?
                               Gerenciar a si
                                 mesmos -
Sem autonomia                   autonomia

                                 Inovador
 Sem inovação

                                 qualidade
  quantidade
                                   valor
    custo
Não se “gerencia” pessoas


              A tarefa é liderar pessoas


A meta é tornar produtivos as forças e o conhecimento
             específicos de cada pessoa.
Economia na Sociedade
                do Conhecimento
           Economia        Economia do
           Industrial     Conhecimento
Produção     Escala         Flexível

Pessoas    Especialista    Polivalente

 Tempo     Longo prazo     Tempo real


 Massa      Tangível        Intangível

            Limitado        Ilimitado
 Espaço
nova indústria
                         Conteúdo
Equipamentos         • Bancos de dados
                                                  TV a cabo e
de rede e                Filmes
                     •
                                                  multimídia
                         Música
multimídia           •
                                                  online
                         Imagens
                     •
                         Propaganda
                     •



                         Multimídia
                                            TeleCom
                         Interativa
       Informática
          Computadores
        •
                                            Redes de:
        • Software
                                            • TV a cabo
        • Interfaces
                                            • Telefonia
                                            • Satélites



                                    Jogos
novas empresas

            @                $
      $       @             @                 $
$      @               $
                            @


    ...para a qual as pessoas e as TCIs são vitais!
Tão complexo...e tão simples

• A economia de rede tornou o mundo
  incrivelmente mais conexo -- e
  irreversivelmente mais complexo. O que isso
  significa para a sua empresa? Por Carlos
  Siffert
Unidos Venceremos !!!

                     Consórcio gerenciador

Engenharia
  E                      E
130 colabordaores                            Suprimentos
20 empresas
                                             400 empresas


                                   S
                     E                               Cliente (usina):
                                                     95 colaboradores
                             C
    Construção
    1200 colaboradores
                                 Total:
    150 empresas
                                 1507 colaboradores e 571 empresas
Considerando que “Conhecimento é o principal
fator de produção do século XXI” e

“Os grandes ganhos de produtividade, daqui para
   frente, advirão das melhorias na gestão do
                 conhecimento”
                 Peter Drucker

     Vamos fazer a GC acontecer!!!!

             Mas o que é GC?
          O que é conhecimento?
O Conhecimento
Exemplo

                                    Contexto
                           • Para um especulador no
                             mercado futuro de frutas;
    Dado                   • Para o município atingido;
                           • Para uma companhia de
• 100 ml de água
                             distribuição de energia
                             elétrica;
                           • Para os operadores de
                             agências de viagem
       Informação
       • Uma tempestade
         (fora de época) atingiu
         o estado brasileiro de
         Pernambuco
Tipos de
Conhecimento
Conhecimento Explícito

    • envolve conhecimento
      dos fatos,
    • é adquirido
      principalmente pela
      informação,
    • quase sempre pela
      educação formal,
    • está documentado em
      livros, manuais, bases
      de dados etc.
Conhecimento Implícito
Conhecimento Tácito




§ é algo pessoal,
§ formado dentro de um contexto social e
  individual,
§ não é propriedade de uma organização ou
Processos de Transferência
                             do Conhecimento


    Tácito      Socialização:           Externalização:
                                        Externalização:
                Bebedouro,              Escrever um
                conferências            Relatório



e

                                      Combinação:
    Explícito   Internalização:
                Internalização:
                                                           Nonaka &
                                      Envia um relatório
                Forma opinião
                                      pelo correio         Takeuchi
                 sobre um relatório
                                      Eletrônico            (1997)

                  Tácito                     Explícito
                                Para
A Gestão do
Conhecimento
“Prática é quando tudo funciona mas a
gente não sabe porque.


Teoria é quando nada funciona mas a gente
sabe porque.

Neste recinto se conjugam teoria e prática:

Nada funciona e ninguém sabe porquê...”
                                   Anônimo
“A 1a etapa para passarmos à
ação é definirmos um modelo que
explique esta desordem, que ajude a
lidar com esta complexidade.”

                      Charles Handi
                             Op.Cit.
Gestão do Conhecimento

“É uma disciplina que promove, com visão
integrada,    o     gerenciamento e    o
compartilhamento de todo o ativo de
informação possuído pela empresa. Esta
informação pode estar em um banco de
dados, documentos, procedimentos, bem
como em pessoas, através de suas
experiências e habilidades”.

                       Fonte: Gartner Group
Gestão do Conhecimento

• “A arte de criar valor a partir dos ativos
  intangíveis da organização” - K. Sveiby
• “The sum of everything the people of the
  company know wich gives a competitive
  advantage in the market” - Tom Stewart -
  Fortune, 1991
• “Knowledge that can be converted into value” -
  Leif Edvinsson, 1996
• “Intellectual material that has been formalized,
  captured and leveraged to produce a higher-
  valued asset.” - Pruzak, 1994
Gestão do Conhecimento
•   Não é uma tecnologia, mas usa tecnologia;
•   É uma metodologia, não um produto;
•   Não funciona sem mudanças culturais e gerenciais;
•   A grande dificuldade é transformar conhecimento tácito
    em explícito

Importante: equipe multidisciplinar !!!
     TI – risco: GC é ferramenta
     RH – risco: GC é mapear competências
     PE – risco – GC é só planejamento e não sai do
                   papel
Gestão do Conhecimento

                Por que precisamos
            gerenciar o Conhecimento?

ü Para não repetir os erros. A Organização/Estado
  “aprende com a experiência”;
ü Registrar o conhecimento dos colaboradores;
ü Registrar as melhores práticas;
ü Disponibilizar conhecimento gerado na organização;
ü Etc....
Modelo para a
Gestão do Conhecimento
Capitais do Conhecimento®


                Capital de
             Relacionamento
                                      Capital
                                     Ambiental




                                Capital
 Capital
                              Intelectual
Estrutural
                                                       Modelo
                                                  de Gestão do
                                                 Conhecimento
                                                       CRIE ®
Capital Ambiental

Definição: Conjunto de fatores que
descrevem o ambiente de negócios onde a
organização está inserida.


O valor de uma organização é altamente
dependente do contexto com o qual ela se
relaciona.


Ferramenta: Inteligência Competitiva
Ambiente de negócios
Pirâmides Populacionais -
                                 Comparativo


                                                         Gráfico3.1
                               TaxadeCrescimentoPopulacional-MédiaAnual porDécada-1960/2020-
                         3,5


 Zaire      Brasil                3,0
                         3,0


                                                2,5
                         2,5



                       (%)
                                                              1,9
                         2,0


                                                                            1,4
                         1,5
                                                                                          1,2
                                                                                                       1,0
                         1,0


                         0,5

Australia                      1960 / 1970   1970 / 1980   1980 / 1990   1990 / 2000   2000 / 2010   2010/2020
Pirâmides Populacionais
                                            Brasileiras (1980 – 2000 – 2020)
                           GRÁFICO 3.2                                                                                       GRÁFICO 3.3
            PIRÂMIDE POPULACIONAL BRASILEIRA - 1980
                                                                                                          PIRÂMIDE POPULACIONAL BRASILEIRA - 2000
80+                                                                                  80+

nos                                                                          70 a 74 anos

nos                                                                          60 a 64 anos

nos
                                                                             50 a 54 anos

nos
                                                                             40 a 44 anos

nos
                                                                             30 a 34 anos
nos
                                                                             20 a 24 anos
nos
                                                                             10 a 14 anos
nos
                                                                               0 a 4 anos
  15   10           5                   0    5                10        15
                                                                                        15       10                 5               0        5       10
        Masculino                                        Feminino
                                                                                                      Masculino                                     Feminino
                                                                 GRÁFICO 3.4
                                                    PIRÂMIDE POPULACIONAL BRASILEIRA - 2020
                               80+

                        70 a 74 anos

                        60 a 64 anos

                        50 a 54 anos

                        40 a 44 anos

                        30 a 34 anos

                        20 a 24 anos

                        10 a 14 anos

                          0 a 4 anos
                                   15        10                     5            0           5                     10                   15

                                                  Masculino                                                       Feminino
Capital Estrutural

Definição:      Conjunto     de      sistemas
administrativos, modelos, rotinas, marcas,
patentes,    cultura     e   programas     de
computador. Ou         seja a infraestrutura
necessária para fazer a empresa funcionar.

                 Ex.: Franquia

 É propriedade da organização e mensurável!
Capital Estrutural
                                       ações
•Identificação e mapeamento dos processos


•Definição     do   tipo    de   estrutura
organizacional


•Definição das métricas e dos instrumentos
de acompanhamento e avaliação de
projetos
Capital Estrutural
                                              ações
• Identificação e mapeamento dos processos

  • A estrutura por processos será a ideal na Sociedade do
    Conhecimento pois permite uma visão sistêmica que
    agrupa colaboradores segundo suas habilidades e
    competências necessárias para        a realizacao da
    atividade ou do processo. Essas atividades se
    organizam de forma a satisfazer as necessidades dos
    clientes.
  • Estimula a inovação, fazendo com que a empresa se
    foque na realizacao do produto ou no atendimento das
    necessidades dos clientes.
Capital Estrutural
                                               ações
• Definição do tipo de estrutura organizacional
  – Hierarquizada
  – Horizontal......
• Ligação direta com os valores da
  organização
  – sem departamentos ---- estrutura integrada
    horizontalmente
  – sem centralização de decisões ----- participação de
    todos os servidores
  – sem isolamento ----- criar redes de firma


• Organizações que aprendem
Capital de Relacionamento


Definição: É a rede de relacionamentos de
uma organização com clientes, fornecedores
e parceiros.


O valor deste ativo é influenciado pela
capacidade da empresa em solucionar
problemas dos clientes!
Capital de Relacionamento


A partir da visão estratégica a empresa deve
determinar os relacionamentos chave para o
sucesso do negocio e a partir daí construir
uma estratégia de relacionamento com cada
um deles.


A pergunta é: de que forma os
relacionamentos podem agregar valor ao meu
negócio?
Capital de Relacionamento


Relacionamentos chave para obter o sucesso
no seu negócio
  • Retorno financeiro
  • Retorno de imagem
  • Cobram qualidade dos serviços e produtos
    fornecidos
Capital Intelectual


“As pessoas são o
maior patrimônio
     da nossa
    empresa”.
         (Anônimo)
Capital Intelectual
•Capacidade,habilidade, experiência e
conhecimento formal das pessoas que integram
uma organização
•Ativo intangível que pertence ao próprio
indivíduo, mas que pode ser utilizado pela
empresa para gerar lucro ou aumentar seu
prestigio e reconhecimento social.
•A empresa é valorizada se conseguir atrair,
reunir e manter o capital intelectual.

                    Como???
Capital Intelectual
                                            ações

• Desenvolvimento de capital intelectual
  – Fóruns de discussão
  – Comunidades de prática - oficinas do capital
    intelectual - informal e incentivado pela empresa
• Retenção de capital intelectual
  – Criação de ambiente de trabalho agradável e
    estimulante
  – Estimular a gestão participativa
  – Implantar programas de participação nos lucros
Sinergia entre os capitais

• Fonte de riqueza é a interação!

  – De que adiantaria uma organização dispor de excelentes profissionais,
    com alto capital intelectual se não dispuser de um mínimo de capital
    estrutural?
  – O capital intelectual não poderá se realizar na prática, logo não
    acontecerá. Basta imaginarmos o que seria de uma excelente
    orquestra onde os músicos não dispusessem de seus instrumentos.
Gestão do conhecimento:
necessária, mas insuficiente!

    Sem capacidade de inovar -
    criar novos produtos e
    serviços - mas também, de
    criar   novos    mercados,
    exportar e empreender
    nenhuma      empresa     se
    tornará líder em seu setor
    ou    mesmo      conseguirá
    sobreviver nesta economia
    globalizada.
Inteligência Empresarial

Conhecimento, inovação e empreendedorismo
formam, assim, um tripé indissociável para o
sucesso das organizações na nova economia:




a Inteligência   Empresarial
E a prática ???


                Capital de
             Relacionamento
                                      Capital
                                     Ambiental




                                Capital
 Capital
                              Intelectual
Estrutural
                                                       Modelo
                                                  de Gestão do
                                                 Conhecimento
                                                       CRIE ®
O que são projetos
                    de Gestão do Conhecimento?

ü São tentativas de se fazer uso pratico do conhecimento para
alcançar algum objetivo organizacional mediante a estruturação
de pessoas, tecnologia e conteúdo do conhecimento.


ü Dificuldades: diferenciar projetos de gestão do
conhecimento de projetos de gestão da informação.


ü Diferença: agregar valor a informação para transformar em
conhecimento e enfatizar a contribuição humana, uma
característica que geralmente distingue o conhecimento da
informação ou dos dados.
O que são projetos
                       de Gestão do Conhecimento?
Projetos de Gestão do Conhecimento possuem:
1.   Responsável pelo projeto
2.   Comprometimento especifico de recursos financeiros e
     humanos
3. Foco no conhecimento como algo distinto da informação
   ou dados


Objetivos de projetos de Gestão do Conhecimento
•    Criar repositórios de conhecimento
•    Melhorar acesso ao conhecimento
•    Melhorar a cultura e o ambiente do conhecimento
Fatores críticos de sucesso para um
    projeto de Gestão do Conhecimento

  Cultura da empresa
•
  Apoio da alta gerência
•
  Vinculação ao valor econômico
•
  Alguma orientação para processos
•
  Infra-estrutura técnica disponível
•
  Clareza de linguagem (terminologia
•
  única e entendida por todos)
• Algum nível de estrutura de
  conhecimento
Tipos de projetos de
                       gestão do conhecimento

 • Inteligência Competitiva

 • Mapeamento do Conhecimento
      • Gestão de Competências
      • Gestão de Processos
      • Gestão de Relacionamentos


 • Melhores práticas
      • Benchmarking
      • Lições Aprendidas

Perguntas: o que eu preciso e o que eu tenho
Capitais do Conhecimento



                  Os tipos de         Execução
Diagnóstico
                   projeto            do Projeto


              Plano de
              Plano de
                Ação
                 Ação                 Avaliação



                         Estratégia
Capitais do Conhecimento®

                                      Gestão de
                                      relacionamentos
                      Capital de
                   Relacionamento
                                        Capital             IC
                                       Ambiental


                                                   Gestão de
                                                   competências
                                  Capital
            Capital
                                Intelectual
           Estrutural
                                                           Modelo
                                                      de Gestão do
                                                     Conhecimento
                                                           CRIE ®
                                         Portal do
estão de
                                         conhecimento
rocessos
Inteligência Competitiva

• Identificar oportunidades no ambiente de negócios
•    Antecipar ações dos concorrentes

•    Identificar produtos substitutos

•    Monitorar o ambiente de negócios

    Definição
    Trata de identificar quais as informações mais
    relevantes que devem ser coletadas e analisadas
    visando   transformá-las   em  conhecimento     e
    encaminhá-las ao cliente do modo mais eficiente e
    rápido.
Gestão de Competências

• Mapear quem sabe o quê

• Mapear e Identificar competências

• Torná-las acessíveis ao restante da organização

 Definição

 Trata de identificar quais as competências e habilidades
 que a organização necessita e quais as que seus
 colaboradores possuem para identificar as lacunas
 existentes e definir um plano de ação.
Gestão dos Relacionamentos
• Mapear o relacionamento entre os clientes / parceiros /
  fornecedores, identificando qual o tipo de valor agregado:
   –   financeiro
   –   imagem
   –   qualidade
   –   …
• Produtos
   – Mapas de clientes
   – Relatórios classificados sobre clientes

Definição

Trata de identificar os relacionamentos necessários para
alcançar os objetivos estratégicos da organização e quais
os que existem na empresa e com os colaboradores de
forma a definir um Plano de Ação.
Gestão de Processos
                     Gestão de Processos

Definição

Trata de identificar os processos chave
para o negócio de modo a alcançar os
objetivos estratégicos da organização e
redesenha-los a luz do conhecimento da
empresa.
Melhores práticas: benchmarking e
                              lições aprendidas
 •   Documentar as experiências de sucesso
 •   Compartilhar as experiências de sucesso
 •   Reutilizar conhecimento
 •   Evitar o re-trabalho
 •   Melhoria nos serviços prestados
 •   Produtos
     – Banco de melhores práticas validadas por especialistas

Definição
       Trata da identificação, organização e divulgação das
práticas desenvolvidas pela empresa (sucessos e fracassos) ou
desenvolvidas por outras empresas e que possam ser
utilizadas como modelos pela organização. Desta forma será
evitado o retrabalho.
Pontuação

                             At
                                ivi
                                   da




                                            0
                                                2
                                                    4
                                                        6
                                                            8
                                                                10
                                                                     12
                                                                          14
                                                                               16
                             At de 1
                                ivi
                                   da
                                     de
                             At
                                ivi 2
                                   da
                             At de 3
                                ivi
                                   da
                                     d
                             At e 4
                                ivi
                                   da
                             At de 5
                                ivi
                                   da
                                     de
                             At
                                ivi 6
                                   da
                             At de 7
                                ivi
                                   da
                                     de
                             At
                                ivi 8
                                   d
                            At ade
                              ivi
                                 da 9

                     Área
                                    de
                            At
                              ivi 10
                                 da
                            At de 1
                              ivi
                                 da 1
                                    de
                            At
                              ivi 12
                                 da
                            At de 1
                              ivi
                                 da 3
                                    de
                            At
                              ivi 14
                                 da
                            At de 1
                                                                                    COMPARATIVO DE CONHECIMENTO POR TIPO E ATIVIDADE




                              ivi
                                 da 5
                                    de
Tácito




                                       16
         Explícito
                                                                                                                                       Mapeamento do Conhecimento
                                                                                                                                                   Alguns resultados
Gestão de Processos
                              Outros....

• portal do conhecimento
• agentes inteligentes
• datamining
• ERP, CRM
• comunidades virtuais / comunidades de
prática
• GED
• data warehouse
• intranet/extranet/Internet
• universidade corporativa
Sociedade do Conhecimento




      E o Brasil???
Ondas de Transformação

Revolução                 Revolução       Revolução do
 Agrícola                 Industrial      Conhecimento




                                                @

            Até 1750 DC                1970       2000
Brasil na Sociedade do Conhecimento

• Biotecnologia
• Software
• Aeroespacial
• Petróleo / Energia
• Cultural / Entretenimento

É preciso definir qual é a
estratégia do país !!!!!
obrigada !




   Elisabeth Gomes
      SBGC/CRIE
betgomes@crie.ufrj.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011Jose Claudio Terra
 
Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual
Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual
Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual Helena Reis
 
Gestão do conhecimento: teoria e prática
Gestão do conhecimento: teoria e práticaGestão do conhecimento: teoria e prática
Gestão do conhecimento: teoria e práticaRoberto C. S. Pacheco
 
Grupo 7 gestão do conhecimento vfinal
Grupo 7   gestão do conhecimento vfinalGrupo 7   gestão do conhecimento vfinal
Grupo 7 gestão do conhecimento vfinalleandrocunhan
 
Gestão do conhecimento - SBGC e Correios
Gestão do conhecimento - SBGC e CorreiosGestão do conhecimento - SBGC e Correios
Gestão do conhecimento - SBGC e CorreiosNei Grando
 
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do ConhecimentoNovas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do ConhecimentoLuis Borges Gouveia
 
Gerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do ConhecimentoGerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do ConhecimentoAgência EG
 
Gestão do conhecimento para inovar
Gestão do conhecimento para inovarGestão do conhecimento para inovar
Gestão do conhecimento para inovarCarlos Fernando Jung
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoFilipo Mór
 
Gestão do Conhecimento – Setor Público
Gestão do Conhecimento – Setor PúblicoGestão do Conhecimento – Setor Público
Gestão do Conhecimento – Setor Públicoredeintegrarh
 
Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1
Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1
Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1redeintegrarh
 
2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina
2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina
2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarinaAntônio Diomário de Queiroz
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoJoão Geroldo
 
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa CatarinaContribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa CatarinaAntônio Diomário de Queiroz
 
Redes Sociais e Novas TDICS Uni BH
Redes Sociais e Novas TDICS Uni BHRedes Sociais e Novas TDICS Uni BH
Redes Sociais e Novas TDICS Uni BHAlexandre Oliveira
 

Mais procurados (20)

Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011Gestão do conhecimento FIA - 2011
Gestão do conhecimento FIA - 2011
 
Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual
Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual
Aula gestão do conhecimento e capital intele ctual
 
Gestão do conhecimento: teoria e prática
Gestão do conhecimento: teoria e práticaGestão do conhecimento: teoria e prática
Gestão do conhecimento: teoria e prática
 
Grupo 7 gestão do conhecimento vfinal
Grupo 7   gestão do conhecimento vfinalGrupo 7   gestão do conhecimento vfinal
Grupo 7 gestão do conhecimento vfinal
 
Gestão do conhecimento - SBGC e Correios
Gestão do conhecimento - SBGC e CorreiosGestão do conhecimento - SBGC e Correios
Gestão do conhecimento - SBGC e Correios
 
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do ConhecimentoNovas abordagens para a Gestão do Conhecimento
Novas abordagens para a Gestão do Conhecimento
 
Gerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do ConhecimentoGerenciamento Do Conhecimento
Gerenciamento Do Conhecimento
 
Gestão do conhecimento para inovar
Gestão do conhecimento para inovarGestão do conhecimento para inovar
Gestão do conhecimento para inovar
 
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do ConhecimentoAula 12 - Gestão do Conhecimento
Aula 12 - Gestão do Conhecimento
 
GC e Competitividade
GC e CompetitividadeGC e Competitividade
GC e Competitividade
 
Saúde Gov Sp
Saúde Gov SpSaúde Gov Sp
Saúde Gov Sp
 
Gestão do Conhecimento – Setor Público
Gestão do Conhecimento – Setor PúblicoGestão do Conhecimento – Setor Público
Gestão do Conhecimento – Setor Público
 
Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1
Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1
Secretaria Saude SP Gestao Do Conhecimento1
 
Planejamento estrategico
Planejamento estrategicoPlanejamento estrategico
Planejamento estrategico
 
Estratégia para a inovação
Estratégia para a inovaçãoEstratégia para a inovação
Estratégia para a inovação
 
2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina
2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina
2012 política de ct&i para o desenvolvimento de santa catarina
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimento
 
Palestra cemig divulgação
Palestra cemig   divulgaçãoPalestra cemig   divulgação
Palestra cemig divulgação
 
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa CatarinaContribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
Contribuição da FAPESC para o desenvolvimento de Santa Catarina
 
Redes Sociais e Novas TDICS Uni BH
Redes Sociais e Novas TDICS Uni BHRedes Sociais e Novas TDICS Uni BH
Redes Sociais e Novas TDICS Uni BH
 

Destaque

Gestao do Conhecimento - Praticas de Gestao
Gestao do Conhecimento - Praticas de GestaoGestao do Conhecimento - Praticas de Gestao
Gestao do Conhecimento - Praticas de GestaoKenneth Corrêa
 
Informação e Conhecimento nas organizações - Gestão
Informação e Conhecimento nas organizações - GestãoInformação e Conhecimento nas organizações - Gestão
Informação e Conhecimento nas organizações - GestãoLeonardo Moraes
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoFaseLog
 
FIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva
FIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência CompetitivaFIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva
FIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência CompetitivaJose Claudio Terra
 
Gestao do conhecimento ppt
Gestao do conhecimento pptGestao do conhecimento ppt
Gestao do conhecimento pptDaniela Garcia
 
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RH
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RHGestao do Conhecimento - Conceitos e RH
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RHKenneth Corrêa
 
Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1Leonardo Moraes
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoBruno
 
O Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de Projetos
O Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de ProjetosO Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de Projetos
O Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de ProjetosAna Neves
 
Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02
Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02
Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02Eduardo Peixoto
 
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoGestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoDeomari Fragoso
 
Gestao do Conhecimento - Aplicacoes Praticas
Gestao do Conhecimento - Aplicacoes PraticasGestao do Conhecimento - Aplicacoes Praticas
Gestao do Conhecimento - Aplicacoes PraticasKenneth Corrêa
 
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funçõesCKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funçõesNei Grando
 
Gestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência Estratégica
Gestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência EstratégicaGestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência Estratégica
Gestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência EstratégicaFabiana Benedetti
 
Gestão do conhecimento (Knowledge Management)
Gestão do conhecimento (Knowledge Management)Gestão do conhecimento (Knowledge Management)
Gestão do conhecimento (Knowledge Management)Thiago Arbulu
 

Destaque (20)

Gestao do Conhecimento - Praticas de Gestao
Gestao do Conhecimento - Praticas de GestaoGestao do Conhecimento - Praticas de Gestao
Gestao do Conhecimento - Praticas de Gestao
 
Informação e Conhecimento nas organizações - Gestão
Informação e Conhecimento nas organizações - GestãoInformação e Conhecimento nas organizações - Gestão
Informação e Conhecimento nas organizações - Gestão
 
Gestão do conhecimento
Gestão do conhecimentoGestão do conhecimento
Gestão do conhecimento
 
Plataformas wiki
Plataformas wikiPlataformas wiki
Plataformas wiki
 
FIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva
FIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência CompetitivaFIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva
FIA - Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva
 
Gestao do conhecimento ppt
Gestao do conhecimento pptGestao do conhecimento ppt
Gestao do conhecimento ppt
 
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RH
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RHGestao do Conhecimento - Conceitos e RH
Gestao do Conhecimento - Conceitos e RH
 
Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1Gestão do Conhecimento_ parte 1
Gestão do Conhecimento_ parte 1
 
Gestão do Conhecimento
Gestão do ConhecimentoGestão do Conhecimento
Gestão do Conhecimento
 
Trabalhadores Do Conhecimento
Trabalhadores Do ConhecimentoTrabalhadores Do Conhecimento
Trabalhadores Do Conhecimento
 
Forum de Boas Práticas
Forum de Boas PráticasForum de Boas Práticas
Forum de Boas Práticas
 
O Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de Projetos
O Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de ProjetosO Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de Projetos
O Papel da Gestão de Conhecimento no Desenvolvimento dos Gestores de Projetos
 
Introdução da Gestão do Conhecimento nas Organizações
Introdução da Gestão do Conhecimento nas OrganizaçõesIntrodução da Gestão do Conhecimento nas Organizações
Introdução da Gestão do Conhecimento nas Organizações
 
Gestão da inovação nas empresas
Gestão da inovação nas empresasGestão da inovação nas empresas
Gestão da inovação nas empresas
 
Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02
Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02
Gente, Economia Do Conhecimento E Tic V02
 
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; InovaçãoGestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
Gestão do Conhecimento; Inteligência; Competitividade; Inovação
 
Gestao do Conhecimento - Aplicacoes Praticas
Gestao do Conhecimento - Aplicacoes PraticasGestao do Conhecimento - Aplicacoes Praticas
Gestao do Conhecimento - Aplicacoes Praticas
 
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funçõesCKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
CKO - O Profissional de Gestão do Conhecimento (GC) e suas funções
 
Gestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência Estratégica
Gestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência EstratégicaGestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência Estratégica
Gestão do Conhecimento: um Importante Recurso para a Inteligência Estratégica
 
Gestão do conhecimento (Knowledge Management)
Gestão do conhecimento (Knowledge Management)Gestão do conhecimento (Knowledge Management)
Gestão do conhecimento (Knowledge Management)
 

Semelhante a Gestão do Conhecimento

Arrabida 2007 Tema 2
Arrabida 2007 Tema 2Arrabida 2007 Tema 2
Arrabida 2007 Tema 2Luis Vidigal
 
Palestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no Brasil
Palestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no BrasilPalestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no Brasil
Palestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no BrasilAllagi Open Innovation Services
 
Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01
Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01
Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01Teobaldo Rivas
 
Os primeiros passos na criação de negócios inovadores
Os primeiros passos na criação de negócios inovadoresOs primeiros passos na criação de negócios inovadores
Os primeiros passos na criação de negócios inovadoresGláuber Guilherme Signori
 
Gestão do Conhecimento: um mundo de oportunidades
Gestão do Conhecimento: um mundo de oportunidadesGestão do Conhecimento: um mundo de oportunidades
Gestão do Conhecimento: um mundo de oportunidadesDanila Dourado
 
Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012
Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012
Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012Claudio Starec
 
“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...
“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...
“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento
 
O Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no Marketing
O Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no MarketingO Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no Marketing
O Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no MarketingDiego Monteiro
 
Tecnologia, Inovação e Tendências
Tecnologia, Inovação e TendênciasTecnologia, Inovação e Tendências
Tecnologia, Inovação e TendênciasRichard Chaves
 
Pastoral da Comunicacao
Pastoral da Comunicacao Pastoral da Comunicacao
Pastoral da Comunicacao Luciano Sathler
 
Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010
Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010
Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010Pedro Valente
 
Modelos de negocios Digitais
Modelos de negocios DigitaisModelos de negocios Digitais
Modelos de negocios DigitaisBruno Shimizu
 
Redes De ColaboraçãO LobãO 2008 Fdc ApresentaçãO
Redes De ColaboraçãO   LobãO 2008    Fdc ApresentaçãORedes De ColaboraçãO   LobãO 2008    Fdc ApresentaçãO
Redes De ColaboraçãO LobãO 2008 Fdc ApresentaçãOLuis Lobão
 

Semelhante a Gestão do Conhecimento (20)

Arrabida 2007 Tema 2
Arrabida 2007 Tema 2Arrabida 2007 Tema 2
Arrabida 2007 Tema 2
 
Palestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no Brasil
Palestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no BrasilPalestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no Brasil
Palestra Open Innovation - Allagi - Maio 2008 - Inovação Aberta no Brasil
 
Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01
Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01
Inclusao Digital Pequena Media Empresa V01
 
Os primeiros passos na criação de negócios inovadores
Os primeiros passos na criação de negócios inovadoresOs primeiros passos na criação de negócios inovadores
Os primeiros passos na criação de negócios inovadores
 
Gestão do Conhecimento: um mundo de oportunidades
Gestão do Conhecimento: um mundo de oportunidadesGestão do Conhecimento: um mundo de oportunidades
Gestão do Conhecimento: um mundo de oportunidades
 
A reinvenção do marketing no contexto da economia digital
A reinvenção do marketing no contexto da economia digitalA reinvenção do marketing no contexto da economia digital
A reinvenção do marketing no contexto da economia digital
 
A reinvenção do marketing no contexto da economia digital
A reinvenção do marketing no contexto da economia digitalA reinvenção do marketing no contexto da economia digital
A reinvenção do marketing no contexto da economia digital
 
Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012
Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012
Ecologia da Informação 3.0 Starec 2012
 
“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...
“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...
“Processos de Gestão do Conhecimento para Cultura de Inovação” - Fabrício Luz...
 
O Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no Marketing
O Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no MarketingO Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no Marketing
O Paradigma das Midias Sociais nas Empresas e no Marketing
 
Tecnologia, Inovação e Tendências
Tecnologia, Inovação e TendênciasTecnologia, Inovação e Tendências
Tecnologia, Inovação e Tendências
 
Pastoral da Comunicacao
Pastoral da Comunicacao Pastoral da Comunicacao
Pastoral da Comunicacao
 
Web 2.0 e Mídias Sociais
Web 2.0 e Mídias SociaisWeb 2.0 e Mídias Sociais
Web 2.0 e Mídias Sociais
 
E-Learning Corporativo
E-Learning CorporativoE-Learning Corporativo
E-Learning Corporativo
 
Mas aula02
Mas aula02Mas aula02
Mas aula02
 
TICEpt
TICEptTICEpt
TICEpt
 
Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010
Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010
Novas tecnologias a serviço do viajante - Tecnoturis 2010
 
Modelos de negocios Digitais
Modelos de negocios DigitaisModelos de negocios Digitais
Modelos de negocios Digitais
 
Redes De ColaboraçãO LobãO 2008 Fdc ApresentaçãO
Redes De ColaboraçãO   LobãO 2008    Fdc ApresentaçãORedes De ColaboraçãO   LobãO 2008    Fdc ApresentaçãO
Redes De ColaboraçãO LobãO 2008 Fdc ApresentaçãO
 
A informacao como mercadoria
A informacao como mercadoriaA informacao como mercadoria
A informacao como mercadoria
 

Mais de Joselaine

Especificidade do Texto Literário
Especificidade do Texto LiterárioEspecificidade do Texto Literário
Especificidade do Texto LiterárioJoselaine
 
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...Joselaine
 
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...Joselaine
 
O homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola Brandão
O homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola BrandãoO homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola Brandão
O homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola BrandãoJoselaine
 
Marx e Pedagogia Moderna
Marx e Pedagogia ModernaMarx e Pedagogia Moderna
Marx e Pedagogia ModernaJoselaine
 
DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo Moreno, Montserra...
DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo  Moreno, Montserra...DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo  Moreno, Montserra...
DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo Moreno, Montserra...Joselaine
 
Método Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriMétodo Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriJoselaine
 
Historia da Educação na Primeira Metade do Seculo XX
Historia da Educação na Primeira Metade do Seculo XXHistoria da Educação na Primeira Metade do Seculo XX
Historia da Educação na Primeira Metade do Seculo XXJoselaine
 
O Sentido Da Vida
O Sentido Da VidaO Sentido Da Vida
O Sentido Da VidaJoselaine
 
Fotografia Espectacular
Fotografia EspectacularFotografia Espectacular
Fotografia EspectacularJoselaine
 
Me encante - Pablo Neruda
Me encante - Pablo NerudaMe encante - Pablo Neruda
Me encante - Pablo NerudaJoselaine
 
Festival de Balões
Festival de BalõesFestival de Balões
Festival de BalõesJoselaine
 
Esculturas hiperrealistas do Australiano Ron Mueck
Esculturas hiperrealistas do Australiano Ron MueckEsculturas hiperrealistas do Australiano Ron Mueck
Esculturas hiperrealistas do Australiano Ron MueckJoselaine
 
Humor Inteligente
Humor InteligenteHumor Inteligente
Humor InteligenteJoselaine
 
Meios de Transporte
Meios de TransporteMeios de Transporte
Meios de TransporteJoselaine
 
Fotos Fantásticas
Fotos FantásticasFotos Fantásticas
Fotos FantásticasJoselaine
 
Poema Fernando Pessoa
Poema  Fernando PessoaPoema  Fernando Pessoa
Poema Fernando PessoaJoselaine
 

Mais de Joselaine (20)

Especificidade do Texto Literário
Especificidade do Texto LiterárioEspecificidade do Texto Literário
Especificidade do Texto Literário
 
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: INSTRUMENTO DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL OU DE ...
 
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR NO CONTEXTO DA CRISE DO MODELO NACIONAL-DESENVOLVIMENTI...
 
O homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola Brandão
O homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola BrandãoO homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola Brandão
O homem cuja orelha cresceu - Inácio de Loyola Brandão
 
Marx e Pedagogia Moderna
Marx e Pedagogia ModernaMarx e Pedagogia Moderna
Marx e Pedagogia Moderna
 
DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo Moreno, Montserra...
DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo  Moreno, Montserra...DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo  Moreno, Montserra...
DIFERENÇA DE GÊNERO - Como se ensina a ser menina, segundo Moreno, Montserra...
 
Método Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriMétodo Educacional Montessori
Método Educacional Montessori
 
Historia da Educação na Primeira Metade do Seculo XX
Historia da Educação na Primeira Metade do Seculo XXHistoria da Educação na Primeira Metade do Seculo XX
Historia da Educação na Primeira Metade do Seculo XX
 
Caricaturas
CaricaturasCaricaturas
Caricaturas
 
O Sentido Da Vida
O Sentido Da VidaO Sentido Da Vida
O Sentido Da Vida
 
Fotografia Espectacular
Fotografia EspectacularFotografia Espectacular
Fotografia Espectacular
 
Me encante - Pablo Neruda
Me encante - Pablo NerudaMe encante - Pablo Neruda
Me encante - Pablo Neruda
 
Festival de Balões
Festival de BalõesFestival de Balões
Festival de Balões
 
Esculturas hiperrealistas do Australiano Ron Mueck
Esculturas hiperrealistas do Australiano Ron MueckEsculturas hiperrealistas do Australiano Ron Mueck
Esculturas hiperrealistas do Australiano Ron Mueck
 
Chaplin
ChaplinChaplin
Chaplin
 
Humor Inteligente
Humor InteligenteHumor Inteligente
Humor Inteligente
 
Meios de Transporte
Meios de TransporteMeios de Transporte
Meios de Transporte
 
Fotos Fantásticas
Fotos FantásticasFotos Fantásticas
Fotos Fantásticas
 
Poema Fernando Pessoa
Poema  Fernando PessoaPoema  Fernando Pessoa
Poema Fernando Pessoa
 
Ser feliz
Ser felizSer feliz
Ser feliz
 

Último

Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...E-Commerce Brasil
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...E-Commerce Brasil
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxEduardoRodriguesOliv2
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfReinerModro
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...E-Commerce Brasil
 

Último (7)

Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.Digitalização de varejo | Importe ou morra.
Digitalização de varejo | Importe ou morra.
 
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
Digitalização do varejo| Clienting no varejo: dados e tendências sobre relaci...
 
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
Digitalização do varejo | A importância do engajamento e fidelização de clien...
 
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
Digitalização do varejo | Como a logística pode ajudar na melhor experiência ...
 
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptxCavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
Cavaleiros do Futebol: Equipamentos e Moda para Campeões.pptx
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
Digitalização do varejo | Tecnologia na gestão do negócio: como alavancar a e...
 

Gestão do Conhecimento

  • 1. Gestão do conhecimento: definição conceitual, múltiplos usos e interpretações CGEE Dez 2002 Elisabeth Gomes ANATEL/SBGC/CRIE betgomes@crie.ufrj.br
  • 2. O mundo não foi sempre assim...
  • 3. Sociedade do Conhecimento - Fatos “Palm top”: tem mais memória que toda a capacidade de memória existente em 1961! Computadores: 8.000 x mais baratos que há 30 anos Se o Mercedes classe A tivesse a mesma evolução: • custaria U$ 2 • andaria na velocidade do som • 800 km com 1l de gasolina
  • 4. Sociedade do Conhecimento - Fatos Sigatoga amarela x banana pioneira • Mesmo sabor • 20% maior • frutos 3 meses antes Lata de alumínio 1 hectare produz 70% mais Hoje: • 80% mais finas • menos energia • menos matéria prima • 80% tecnologia, 20% metal...
  • 5. Sociedade do Conhecimento - Fatos Homem mais rico do mundo: Bill Gates (Microsoft) 2º homem mais rico do mundo: Sam Walton (Wal-Mart) Netscape: cotada U$ 3 bi no lançamento contra faturamento de U$ 17 mi O que está acontecendo ????
  • 6. Sociedade do Conhecimento - Fatos “Conhecimento gera 55% da riqueza mundial !” OECD “Os grandes ganhos de produtividade, daqui para frente, advirão das melhorias na gestão do conhecimento” Peter Drucker
  • 7. Conhecimento: o principal fator de produção do século XXI @ TRABALHO CONHECIMENTO CAPITAL TERRA
  • 8. Novas Indústrias Novas Empresas Nova Economia
  • 9. Como funciona a economia do conhecimento?? Podemos afirmar que a economia do conhecimento segue uma nova lógica econômica. O conhecimento difere radicalmente de todas as outras commodities, porque não segue a teoria da escassez. Ao contrário, segue a teoria da abundância. Se vendemos alguma coisa, por exemplo, um livro, não o possuímos mais. Com o conhecimento é diferente. Por quê?
  • 10. Como funciona a economia do conhecimento?? Quanto mais eu compartilho, mais eu tenho… Quantos mais usarem, maior o valor…
  • 11. Economia na Sociedade do Conhecimento Economia Economia do Industrial Conhecimento Produção Escala Flexível Pessoas Especialista Polivalente Tempo Longo prazo Tempo real Massa Tangível Intangível Limitado Ilimitado Espaço
  • 12. Generalistas e Especialistas = Dois em Um Generalista Domínio das áreas afins Formação especifica Cultura geral
  • 13. Quem é o trabalhador do conhecimento? Trabalhador do Trabalhador Características Conhecimento Tradicional principal pensar tarefa fazer mentais principais físicas habilidades não-linear processo de linear trabalho informação produto resultado do trabalho criado aplicado conhecimento
  • 14. A produtividade do trabalhador do conhecimento O grande desafio não é mais tornar produtivo o trabalhado manual, mas sim o trabalhador do conhecimento. Segundo Drucker, eles estão se tornando rapidamente o maior grupo isolado da força de trabalho do mundo.
  • 15. A produtividade do trabalhador do conhecimento - fatores Trabalhador do Trabalhador Conhecimento Tradicional Qual é a tarefa? Como deve ser feito o trabalho? Gerenciar a si mesmos - Sem autonomia autonomia Inovador Sem inovação qualidade quantidade valor custo
  • 16. Não se “gerencia” pessoas A tarefa é liderar pessoas A meta é tornar produtivos as forças e o conhecimento específicos de cada pessoa.
  • 17. Economia na Sociedade do Conhecimento Economia Economia do Industrial Conhecimento Produção Escala Flexível Pessoas Especialista Polivalente Tempo Longo prazo Tempo real Massa Tangível Intangível Limitado Ilimitado Espaço
  • 18. nova indústria Conteúdo Equipamentos • Bancos de dados TV a cabo e de rede e Filmes • multimídia Música multimídia • online Imagens • Propaganda • Multimídia TeleCom Interativa Informática Computadores • Redes de: • Software • TV a cabo • Interfaces • Telefonia • Satélites Jogos
  • 19. novas empresas @ $ $ @ @ $ $ @ $ @ ...para a qual as pessoas e as TCIs são vitais!
  • 20. Tão complexo...e tão simples • A economia de rede tornou o mundo incrivelmente mais conexo -- e irreversivelmente mais complexo. O que isso significa para a sua empresa? Por Carlos Siffert
  • 21. Unidos Venceremos !!! Consórcio gerenciador Engenharia E E 130 colabordaores Suprimentos 20 empresas 400 empresas S E Cliente (usina): 95 colaboradores C Construção 1200 colaboradores Total: 150 empresas 1507 colaboradores e 571 empresas
  • 22. Considerando que “Conhecimento é o principal fator de produção do século XXI” e “Os grandes ganhos de produtividade, daqui para frente, advirão das melhorias na gestão do conhecimento” Peter Drucker Vamos fazer a GC acontecer!!!! Mas o que é GC? O que é conhecimento?
  • 24. Exemplo Contexto • Para um especulador no mercado futuro de frutas; Dado • Para o município atingido; • Para uma companhia de • 100 ml de água distribuição de energia elétrica; • Para os operadores de agências de viagem Informação • Uma tempestade (fora de época) atingiu o estado brasileiro de Pernambuco
  • 26. Conhecimento Explícito • envolve conhecimento dos fatos, • é adquirido principalmente pela informação, • quase sempre pela educação formal, • está documentado em livros, manuais, bases de dados etc.
  • 28. Conhecimento Tácito § é algo pessoal, § formado dentro de um contexto social e individual, § não é propriedade de uma organização ou
  • 29. Processos de Transferência do Conhecimento Tácito Socialização: Externalização: Externalização: Bebedouro, Escrever um conferências Relatório e Combinação: Explícito Internalização: Internalização: Nonaka & Envia um relatório Forma opinião pelo correio Takeuchi sobre um relatório Eletrônico (1997) Tácito Explícito Para
  • 31. “Prática é quando tudo funciona mas a gente não sabe porque. Teoria é quando nada funciona mas a gente sabe porque. Neste recinto se conjugam teoria e prática: Nada funciona e ninguém sabe porquê...” Anônimo
  • 32. “A 1a etapa para passarmos à ação é definirmos um modelo que explique esta desordem, que ajude a lidar com esta complexidade.” Charles Handi Op.Cit.
  • 33. Gestão do Conhecimento “É uma disciplina que promove, com visão integrada, o gerenciamento e o compartilhamento de todo o ativo de informação possuído pela empresa. Esta informação pode estar em um banco de dados, documentos, procedimentos, bem como em pessoas, através de suas experiências e habilidades”. Fonte: Gartner Group
  • 34. Gestão do Conhecimento • “A arte de criar valor a partir dos ativos intangíveis da organização” - K. Sveiby • “The sum of everything the people of the company know wich gives a competitive advantage in the market” - Tom Stewart - Fortune, 1991 • “Knowledge that can be converted into value” - Leif Edvinsson, 1996 • “Intellectual material that has been formalized, captured and leveraged to produce a higher- valued asset.” - Pruzak, 1994
  • 35. Gestão do Conhecimento • Não é uma tecnologia, mas usa tecnologia; • É uma metodologia, não um produto; • Não funciona sem mudanças culturais e gerenciais; • A grande dificuldade é transformar conhecimento tácito em explícito Importante: equipe multidisciplinar !!! TI – risco: GC é ferramenta RH – risco: GC é mapear competências PE – risco – GC é só planejamento e não sai do papel
  • 36. Gestão do Conhecimento Por que precisamos gerenciar o Conhecimento? ü Para não repetir os erros. A Organização/Estado “aprende com a experiência”; ü Registrar o conhecimento dos colaboradores; ü Registrar as melhores práticas; ü Disponibilizar conhecimento gerado na organização; ü Etc....
  • 37. Modelo para a Gestão do Conhecimento
  • 38. Capitais do Conhecimento® Capital de Relacionamento Capital Ambiental Capital Capital Intelectual Estrutural Modelo de Gestão do Conhecimento CRIE ®
  • 39. Capital Ambiental Definição: Conjunto de fatores que descrevem o ambiente de negócios onde a organização está inserida. O valor de uma organização é altamente dependente do contexto com o qual ela se relaciona. Ferramenta: Inteligência Competitiva
  • 41. Pirâmides Populacionais - Comparativo Gráfico3.1 TaxadeCrescimentoPopulacional-MédiaAnual porDécada-1960/2020- 3,5 Zaire Brasil 3,0 3,0 2,5 2,5 (%) 1,9 2,0 1,4 1,5 1,2 1,0 1,0 0,5 Australia 1960 / 1970 1970 / 1980 1980 / 1990 1990 / 2000 2000 / 2010 2010/2020
  • 42. Pirâmides Populacionais Brasileiras (1980 – 2000 – 2020) GRÁFICO 3.2 GRÁFICO 3.3 PIRÂMIDE POPULACIONAL BRASILEIRA - 1980 PIRÂMIDE POPULACIONAL BRASILEIRA - 2000 80+ 80+ nos 70 a 74 anos nos 60 a 64 anos nos 50 a 54 anos nos 40 a 44 anos nos 30 a 34 anos nos 20 a 24 anos nos 10 a 14 anos nos 0 a 4 anos 15 10 5 0 5 10 15 15 10 5 0 5 10 Masculino Feminino Masculino Feminino GRÁFICO 3.4 PIRÂMIDE POPULACIONAL BRASILEIRA - 2020 80+ 70 a 74 anos 60 a 64 anos 50 a 54 anos 40 a 44 anos 30 a 34 anos 20 a 24 anos 10 a 14 anos 0 a 4 anos 15 10 5 0 5 10 15 Masculino Feminino
  • 43. Capital Estrutural Definição: Conjunto de sistemas administrativos, modelos, rotinas, marcas, patentes, cultura e programas de computador. Ou seja a infraestrutura necessária para fazer a empresa funcionar. Ex.: Franquia É propriedade da organização e mensurável!
  • 44. Capital Estrutural ações •Identificação e mapeamento dos processos •Definição do tipo de estrutura organizacional •Definição das métricas e dos instrumentos de acompanhamento e avaliação de projetos
  • 45. Capital Estrutural ações • Identificação e mapeamento dos processos • A estrutura por processos será a ideal na Sociedade do Conhecimento pois permite uma visão sistêmica que agrupa colaboradores segundo suas habilidades e competências necessárias para a realizacao da atividade ou do processo. Essas atividades se organizam de forma a satisfazer as necessidades dos clientes. • Estimula a inovação, fazendo com que a empresa se foque na realizacao do produto ou no atendimento das necessidades dos clientes.
  • 46. Capital Estrutural ações • Definição do tipo de estrutura organizacional – Hierarquizada – Horizontal...... • Ligação direta com os valores da organização – sem departamentos ---- estrutura integrada horizontalmente – sem centralização de decisões ----- participação de todos os servidores – sem isolamento ----- criar redes de firma • Organizações que aprendem
  • 47. Capital de Relacionamento Definição: É a rede de relacionamentos de uma organização com clientes, fornecedores e parceiros. O valor deste ativo é influenciado pela capacidade da empresa em solucionar problemas dos clientes!
  • 48. Capital de Relacionamento A partir da visão estratégica a empresa deve determinar os relacionamentos chave para o sucesso do negocio e a partir daí construir uma estratégia de relacionamento com cada um deles. A pergunta é: de que forma os relacionamentos podem agregar valor ao meu negócio?
  • 49. Capital de Relacionamento Relacionamentos chave para obter o sucesso no seu negócio • Retorno financeiro • Retorno de imagem • Cobram qualidade dos serviços e produtos fornecidos
  • 50. Capital Intelectual “As pessoas são o maior patrimônio da nossa empresa”. (Anônimo)
  • 51. Capital Intelectual •Capacidade,habilidade, experiência e conhecimento formal das pessoas que integram uma organização •Ativo intangível que pertence ao próprio indivíduo, mas que pode ser utilizado pela empresa para gerar lucro ou aumentar seu prestigio e reconhecimento social. •A empresa é valorizada se conseguir atrair, reunir e manter o capital intelectual. Como???
  • 52. Capital Intelectual ações • Desenvolvimento de capital intelectual – Fóruns de discussão – Comunidades de prática - oficinas do capital intelectual - informal e incentivado pela empresa • Retenção de capital intelectual – Criação de ambiente de trabalho agradável e estimulante – Estimular a gestão participativa – Implantar programas de participação nos lucros
  • 53. Sinergia entre os capitais • Fonte de riqueza é a interação! – De que adiantaria uma organização dispor de excelentes profissionais, com alto capital intelectual se não dispuser de um mínimo de capital estrutural? – O capital intelectual não poderá se realizar na prática, logo não acontecerá. Basta imaginarmos o que seria de uma excelente orquestra onde os músicos não dispusessem de seus instrumentos.
  • 54. Gestão do conhecimento: necessária, mas insuficiente! Sem capacidade de inovar - criar novos produtos e serviços - mas também, de criar novos mercados, exportar e empreender nenhuma empresa se tornará líder em seu setor ou mesmo conseguirá sobreviver nesta economia globalizada.
  • 55. Inteligência Empresarial Conhecimento, inovação e empreendedorismo formam, assim, um tripé indissociável para o sucesso das organizações na nova economia: a Inteligência Empresarial
  • 56. E a prática ??? Capital de Relacionamento Capital Ambiental Capital Capital Intelectual Estrutural Modelo de Gestão do Conhecimento CRIE ®
  • 57. O que são projetos de Gestão do Conhecimento? ü São tentativas de se fazer uso pratico do conhecimento para alcançar algum objetivo organizacional mediante a estruturação de pessoas, tecnologia e conteúdo do conhecimento. ü Dificuldades: diferenciar projetos de gestão do conhecimento de projetos de gestão da informação. ü Diferença: agregar valor a informação para transformar em conhecimento e enfatizar a contribuição humana, uma característica que geralmente distingue o conhecimento da informação ou dos dados.
  • 58. O que são projetos de Gestão do Conhecimento? Projetos de Gestão do Conhecimento possuem: 1. Responsável pelo projeto 2. Comprometimento especifico de recursos financeiros e humanos 3. Foco no conhecimento como algo distinto da informação ou dados Objetivos de projetos de Gestão do Conhecimento • Criar repositórios de conhecimento • Melhorar acesso ao conhecimento • Melhorar a cultura e o ambiente do conhecimento
  • 59. Fatores críticos de sucesso para um projeto de Gestão do Conhecimento Cultura da empresa • Apoio da alta gerência • Vinculação ao valor econômico • Alguma orientação para processos • Infra-estrutura técnica disponível • Clareza de linguagem (terminologia • única e entendida por todos) • Algum nível de estrutura de conhecimento
  • 60. Tipos de projetos de gestão do conhecimento • Inteligência Competitiva • Mapeamento do Conhecimento • Gestão de Competências • Gestão de Processos • Gestão de Relacionamentos • Melhores práticas • Benchmarking • Lições Aprendidas Perguntas: o que eu preciso e o que eu tenho
  • 61. Capitais do Conhecimento Os tipos de Execução Diagnóstico projeto do Projeto Plano de Plano de Ação Ação Avaliação Estratégia
  • 62. Capitais do Conhecimento® Gestão de relacionamentos Capital de Relacionamento Capital IC Ambiental Gestão de competências Capital Capital Intelectual Estrutural Modelo de Gestão do Conhecimento CRIE ® Portal do estão de conhecimento rocessos
  • 63. Inteligência Competitiva • Identificar oportunidades no ambiente de negócios • Antecipar ações dos concorrentes • Identificar produtos substitutos • Monitorar o ambiente de negócios Definição Trata de identificar quais as informações mais relevantes que devem ser coletadas e analisadas visando transformá-las em conhecimento e encaminhá-las ao cliente do modo mais eficiente e rápido.
  • 64. Gestão de Competências • Mapear quem sabe o quê • Mapear e Identificar competências • Torná-las acessíveis ao restante da organização Definição Trata de identificar quais as competências e habilidades que a organização necessita e quais as que seus colaboradores possuem para identificar as lacunas existentes e definir um plano de ação.
  • 65. Gestão dos Relacionamentos • Mapear o relacionamento entre os clientes / parceiros / fornecedores, identificando qual o tipo de valor agregado: – financeiro – imagem – qualidade – … • Produtos – Mapas de clientes – Relatórios classificados sobre clientes Definição Trata de identificar os relacionamentos necessários para alcançar os objetivos estratégicos da organização e quais os que existem na empresa e com os colaboradores de forma a definir um Plano de Ação.
  • 66. Gestão de Processos Gestão de Processos Definição Trata de identificar os processos chave para o negócio de modo a alcançar os objetivos estratégicos da organização e redesenha-los a luz do conhecimento da empresa.
  • 67. Melhores práticas: benchmarking e lições aprendidas • Documentar as experiências de sucesso • Compartilhar as experiências de sucesso • Reutilizar conhecimento • Evitar o re-trabalho • Melhoria nos serviços prestados • Produtos – Banco de melhores práticas validadas por especialistas Definição Trata da identificação, organização e divulgação das práticas desenvolvidas pela empresa (sucessos e fracassos) ou desenvolvidas por outras empresas e que possam ser utilizadas como modelos pela organização. Desta forma será evitado o retrabalho.
  • 68. Pontuação At ivi da 0 2 4 6 8 10 12 14 16 At de 1 ivi da de At ivi 2 da At de 3 ivi da d At e 4 ivi da At de 5 ivi da de At ivi 6 da At de 7 ivi da de At ivi 8 d At ade ivi da 9 Área de At ivi 10 da At de 1 ivi da 1 de At ivi 12 da At de 1 ivi da 3 de At ivi 14 da At de 1 COMPARATIVO DE CONHECIMENTO POR TIPO E ATIVIDADE ivi da 5 de Tácito 16 Explícito Mapeamento do Conhecimento Alguns resultados
  • 69. Gestão de Processos Outros.... • portal do conhecimento • agentes inteligentes • datamining • ERP, CRM • comunidades virtuais / comunidades de prática • GED • data warehouse • intranet/extranet/Internet • universidade corporativa
  • 70. Sociedade do Conhecimento E o Brasil???
  • 71. Ondas de Transformação Revolução Revolução Revolução do Agrícola Industrial Conhecimento @ Até 1750 DC 1970 2000
  • 72. Brasil na Sociedade do Conhecimento • Biotecnologia • Software • Aeroespacial • Petróleo / Energia • Cultural / Entretenimento É preciso definir qual é a estratégia do país !!!!!
  • 73. obrigada ! Elisabeth Gomes SBGC/CRIE betgomes@crie.ufrj.br