Sistema reprodutor feminino

2.280 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.280
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema reprodutor feminino

  1. 1. Sistema Reprodutor Feminino Jéssica Gabriela
  2. 2. Vulva A genitália feminina externa é chamada de vulva. Normalmente sua região mais externa é coberta com pêlos. É formada pelos grandes lábios, que envolvem duas pregas menores, chamadas de pequenos lábios e que protegem a abertura vaginal e circundam o clitóris. São altamente vascularizados.O clitóris é um pequeno órgão, altamente sensível e corresponde a glande do pênis e é formado por tecido erétil.
  3. 3. Órgãos externos que compõema vulva:
  4. 4. Clitóris de Vênus Monte Pequena saliência situada Parte frontal da vulva. na Éjunção anterior aos uma saliência pequenos recoberta lábios. de pele É eGrandes lábios bastante pêlos. sensível ao Duas pregas de tato, tendo um papelpele (uma de cada importante na excitaçãolado), recobertas Pequenos lábios sexual da mulher.total Orifício uretral ou Duas pregas Hímenparcialmente menores, sem Pequena de abertura Membranapêlos. redonda localizada logo pêlos, localizadas na fina, localizada na parte interna dos abaixo do clitóris, na Entrada da entrada da genitália. grandes lábios, mais entrada do aparelho genitália da entrada do perto genital feminino. É se Ela geralmente o Abertura de genital aparelho cretal que nas a bexiga rompe liga primeiras contorno irregular, feminino. ao relações sexuais. por meio externo, bem maior que o onde a urina é orifício uretral e por eliminada. onde é eliminada a menstruação.
  5. 5. Órgãos Internos
  6. 6. Vagina
  7. 7.  A vagina é um canal musculoso que liga o colo do útero ate o exterior, na genitália. Próximo à entrada da vagina há uma membrana vascularizada, chamada hímen, que bloqueia a entrada da vagina total ou parcialmente e normalmente se rompe nas primeiras relações sexuais. A mucosa vaginal possui pH ácido para impedir a proliferação de microorganismos nesta região. Na parede da vagina há células produtoras de muco para lubrificar a região durante a relação sexual, facilitando a penetração do pênis. Estas células são chamadas de glândulas de Bartolin.
  8. 8. Colo do útero
  9. 9.  O colo do útero tem como função proteger a entrada de agentes patogênicos para o interior da cavidade pélvica, pois existe uma previedade entre o meio exterior e a cavidade pélvica (via cavidade uterina e lúmen das tubas uterinas). Secreta muco e anticorpos que ocupa a cavidade cervical e impedem a progressão de agentes patogênicos para o interior da cavidade uterina. Além disso, possui papel importante na ativação dos espermatozóides. Alterações bioquímicas nesse muco podem levar a distúrbios da fertilidade. Deve ser lembrado que o corpo do útero é o local em que ocorre a implantação, nutrição e proteção do embrião, com função bem definida e essencial para o sucesso da gravidez.
  10. 10.  Durante a gravidez o colo do útero se fecha fortemente mantendo o feto no seu interior. Alterações nesse mecanismo fazem com que possa ocorrer abortamento. Já no momento do parto, é necessário além das contrações uterinas, que ocorram modificações bioquímicas no estroma cervical para permitir a dilatação do colo do útero (amolecimento cervical).
  11. 11. Útero
  12. 12.  Nele há uma passagem para que os espermatozóides depositados na vagina tenham condições de alcançar a tuba uterina. Sua função principal é receber o óvulo fertilizado e lhe dar todas as condições para seu desenvolvimento. O óvulo fertilizado se dirige ao útero ainda como um embrião, dentro deste órgão, ele se torna um feto que se desenvolverá no decorrer da gestação.
  13. 13.  Com relação a sua anatomia, ele apresenta uma a forma de domo, na parte superior das tubas uterinas (conhecida como fundo do útero), uma região central delgada (conhecida como corpo do útero) e uma parte mais estreita que possui uma abertura para a vagina (conhecida como colo do útero). Sua parte interior é conhecida como cavidade uterina.
  14. 14.  Ele possui uma camada muscular intermediária - chamada miométrio - que compõe a porção principal da parede uterina. Na região mais interna desta parede encontra-se o endométrio, tecido ricamente vascularizado composto por capilares sanguíneos; este, é formado com a intenção de nutrir o feto, contudo, sempre que não ocorre a fecundação do óvulo, ele é descartado na menstruação.
  15. 15. Tuba Uterina
  16. 16.  As tubas uterinas são também denominadas ovidutos, anteriormente conhecidas como trompas de Falópio, são dois tubos musculares de grande mobilidade, pertencentes ao sistema reprodutivo das fêmeas de mamíferos, medindo aproximadamente 12 cm de comprimento, responsáveis por transportar o óvulo em direção ao útero. Uma de suas extremidades (o infundíbulo) abre-se na cavidade peritoneal próximo ao ovário e possui prolongamentos no formato de franjas, as chamadas fímbrias; a outra extremidade (intramural) atravessa a parede do útero e se abre no interior deste órgão
  17. 17. Ovário
  18. 18.  Os ovários são glândulas que tem como função a produção de hormônios femininos e de gametas (células reprodutoras femininas). As mulheres têm dois ovários, um de cada lado da pelve, isto é, perto dos ossos da bacia, ligados pelas trompas de Falópio. A sua função é produzir estrogênio que influencia o ciclo menstrual da mulher e produzir e armazenar óvulos. Os óvulos são libertados dos ovários a cada ciclo menstrual e encaminham-se para o útero através das trompas. Quando o óvulo é fecundado pelo espermatozóide, forma-se um embrião que se fixa na parede interna do útero (endométrio) e se desenvolve até se tornar num bebê.
  19. 19. Hormônios Sexuais Femininos Os dois hormônios ovarianos, o estrogênio e a progesterona, são responsáveis pelo desenvolvimento sexual da mulher e pelo ciclo menstrual.
  20. 20. Funções do Estrogênio O estrogênio induz as células de muitos locais do organismo, a proliferar, isto é, a aumentar em número. Por exemplo, a musculatura lisa do útero, aumenta tanto que o órgão, após a puberdade, chega a duplicar ou, mesmo, a triplicar de tamanho. O estrogênio também provoca o aumento da vagina e o desenvolvimento dos lábios que a circundam, faz o púbis se cobrir de pêlos, os quadris se alargarem e o estreito pélvico assumir a forma ovóide, em vez de afunilada como no homem; provoca o desenvolvimento das mamas e a proliferação dos seus elementos glandulares, e, finalmente, leva o tecido adiposo a concentrar-se, na mulher, em áreas como os quadris e coxas, dando-lhes o arredondamento típico do sexo.
  21. 21.  Em resumo, todas as características que distinguem a mulher do homem são devido ao estrogênio e a razão básica para o desenvolvimento dessas características é o estímulo à proliferação dos elementos celulares em certas regiões do corpo.
  22. 22. Funções da Progesterona A progesterona tem pouco a ver com o desenvolvimento dos caracteres sexuais femininos; está principalmente relacionada com a preparação do útero para a aceitação do embrião e à preparação das mamas para a secreção láctea. Em geral, a progesterona aumenta o grau da atividade secretória das glândulas mamárias e, também, das células que revestem a parede uterina, acentuando o espessamento do endométrio e fazendo com que ele seja intensamente invadido por vasos sangüíneos; determina, ainda, o surgimento de numerosas glândulas produtoras de glicogênio. Finalmente, a progesterona inibe as contrações do útero e impede a expulsão do embrião que se está implantando ou do feto em desenvolvimento.
  23. 23. CICLO MENSTRUAL O ciclo menstrual, regulado pelo sistema endócrino, é fundamental para a reprodução. É frequentemente dividido em três fases: a fase folicular, a ovulação e a fase luteínica, embora algumas fontes refiram um conjunto diferente de fases: a menstruação, a fase proliferativa e a fase secretora. Os ciclos menstruais contam-se a partir do primeiro dia de hemorragia menstrual. A contracepção hormonal intervém nas alterações hormonais naturais de forma a impedir a reprodução.
  24. 24. Patologias
  25. 25. Corrimento Vaginal
  26. 26. Gonorréia
  27. 27. Herpes Vaginal
  28. 28. Sífilis
  29. 29. Curiosidades Depois de morta, uma mulher pode ter sua idade estimada pela quantidade de rugas (cicatrizes) que seus ovários apresentam; Gravidez ectópica tubária: ocorre quando o óvulo, geralmente fecundado na ampola da tuba uterina, fixa-se à tuba e inicia seu processo de desenvolvimento nesse mesmo local;
  30. 30.  O termo vagina é proveniente do latim e significa bainha, pois ela funciona como uma bainha ao envolver o pênis durante a relação sexual; Durante a gravidez as aréolas das mamas tornam-se mais escuras, adquirindo posteriormente essa cor.
  31. 31. Curiosidades Científicas 1 - Próstata e ejaculação femininas - isto é verdade? 2 - Ponto G finalmente desvendado!
  32. 32. Verdades e Mentiras
  33. 33. 1) A menstruação serve para a mulherlimpar o corpo do sangue que não é útil. FALSO Não tem nada a ver. O fluxo perdido durante a menstruação é o sangue usado pelo organismo na preparação do útero para uma possível gestação. Na ausência de gravidez, ele é expelido naturalmente e não apresenta qualquer propriedade de purificação.
  34. 34. 2) Mulheres que moram ou trabalham juntas costumam menstruar ao mesmo tempo. VERDADEIRO Aquelas que passam muito tempo juntas têm realmente a tendência de sincronizar seus ciclos menstruais. Por mais que busquem respostas, os especialistas ainda não sabem explicar exatamente por que isso ocorre.
  35. 35. 3) A mulher menstruada deve evitar pisar descalça no chão frio. VERDADEIRO Embora a menstruação não a impeça de ter uma vida absolutamente normal, nesse período acontece uma baixa na resistência imunológica do organismo, propiciando os resfriados. Além disso, o contato prolongado dos pés com a friagem poderia ainda causar as cólicas.
  36. 36. 4) Menstruação com cheiro muito forte significa infecção. DEPENDE A menstruação tem seu odor característico, mas se você notar diferença no cheiro e aumento no fluxo de sangue, é recomendável consultar um especialista para fazer alguns exames.
  37. 37. 5) Sangue claro na menstruação indica anemia. FALSO Isso quer dizer apenas que a menstruação está descendo devagar ou que o fluxo é menos intenso, misturando-se à secreção vaginal e assumindo uma coloração mais rosada do que vermelha.
  38. 38. 6) Absorventes internos podem romper o hímen. FALSO O hímen possui uma abertura que permite a passagem do fluxo menstrual e a introdução de um absorvente interno. Se a garota tiver dúvidas, deve ir ao ginecologista para aprender a usá-lo.
  39. 39. 7) Absorventes internos podem levar à Síndrome do Choque Tóxico. VERDADEIRO Embora mulheres que não usam absorventes internos também possam apresentar o problema, a incidência da Síndrome do Choque Tóxico (SCT) é maior entre as que utilizam esses produtos. A SCT é uma infecção rara, mas bastante séria, que pode ser fatal. O agente é a bactéria Staphylococcus aureus, que encontra nos absorventes internos um ambiente propício para liberar toxinas nocivas. A dica é dar preferência a produtos de menor absorção, trocá- los a cada oito horas e suspender o uso caso esteja realizando algum tratamento (para corrimento, por exemplo), já que eles inibem a cura da infecção. Se durante a menstruação a mulher tiver febre alta, diarréia, dor de cabeça, vômitos, desmaios, dores musculares e ardor na pele, deve remover o absorvente e procurar um médico.
  40. 40. 8) Se uma mulher, menstruada pela primeiravez, passar entre dois homens, um deles morrerá. FALSO Essa crença consta do Talmud, um dos livros sagrados do Judaísmo. Mas, como toda superstição, não tem fundamento.
  41. 41. 9) É impossível engravidar durante a menstruação. VERDADEIRO Vale lembrar, porém, que nem todo sangramento é menstruação. Quando estão férteis, algumas mulheres podem ter um pequeno sangramento que dura, no máximo, três dias - e poderão engravidar se transarem sem proteção. Se perceber que o sangramento está ocorrendo no meio de um ciclo-padrão de 22 dias - isto é, por volta do 14o dia, no ápice da fase fértil -, sinal vermelho para relação sexual sem proteção.
  42. 42. 10) A vagina fica mais larga na menstruação. FALSO As paredes da vagina são praticamente unidas e só se afastam quando algo entra ou sai. Durante a menstruação, o sangue escorre pelo canal vaginal, mas não consegue pressionar os músculos para alargar seu diâmetro.
  43. 43. Referências http://www.afh.bio.br/reprod/reprod2.asp http://pt.wikipedia.org/wiki/Aparelho_repr odutor_feminino http://ww.infoescola.com/biologia/aparelh o-reprodutor-feminino/ http://www.brasilescola.com/biologia/sist ema-reprodutor-feminino.htm http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa /corpo-humano-sistema-reprodutor- feminino/sistema-reprodutor- feminino.php
  44. 44. Obrigado!!!

×