Projetos PICTA   Parceria para Inovação   Científica e Tecnológica        Aeroespacial    José Ricardo Patelli JrGDT Divis...
Conteúdo  Embraer         Atuação Global          Programas - Aeronaves          Fundamentos da Indústria  Projetos P...
Atuação Global                                                 United Kingdom                                             ...
Presença no Estado de São Paulo  ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZI...
Programas: ERJ 145 / 140 / 135                                           37 assentos                            44 assento...
Programas: EMBRAER 170/175/190/195                                                                                        ...
1º Vôo do EMBRAER 170                                             19 de fevereiro de 2002                                 ...
Programa: Mercado de Defesa    ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDA...
Programa: Aviação Corporativa    ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZI...
Fundamentos Fundamentos da Indústria Aeronáutica                                                   Alta Tecnologia        ...
Fundamentos: Alta Tecnologia                                                  Mockup Eletrônico                           ...
Fundamentos: Alta Tecnologia    ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZID...
Fundamentos: Alta Tecnologia                                                                   3.01+01                    ...
Fundamentos: Alta Tecnologia                                                                          Análise Estrutural  ...
Projetos PICTA            Inovação Tecnológica - Parceria Universidade/EmpresaHistórico – Fapesp: organização de fomento à...
Projetos PICTA   Inovação Tecnológica - Parceria Universidade/EmpresaInteresses – Embraer:    • Alavancar investimentos em...
Workshops para Parceira UniversidadeEmbraer em P&DOrganização  - Metas: Identificação de parceiros  - Critérios:   – Preve...
Workshops para Parceira UniversidadeEmbraer em P&D Eventos 1° Workshop: 5/12/00 – ITA/SJC – 120 participantes  – Estrutura...
Workshops para Parceira UniversidadeEmbraer em P&D  Resultados  Presenças:   – IPT, Unicamp, Usp, EESC/Usp, UFMG, UBC, UMC...
Gestão do Desenvolvimento Tecnológico          Projetos de Desenvolvimento Tecnológico – Processo de Gestão               ...
Gestão: Projetos PICTA na Embraer    Processo•   Identificação de oportunidade pelo Time de Tecnologia Estratégica•   Proj...
Gestão: Projetos PICTA na Embraer    Lições Aprendidas•   Origem e destino dos recursos: Somente o programa PIPE da Fapesp...
Gestão: Projetos em Andamento e Análise                                              ALINHAMENTO                          ...
ConclusãoContratação de Engenheiros• UFSCar (Materiais, produção, etc.)• USP (Mecânicos/aeronáuticos, civil, etc.)Incentiv...
Muito Obrigado!                                                                            Jose Ricardo Patelli Junior    ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projetos PICTA Parceria para Inovação Científica e Tecnológica Aeroespacial

454 visualizações

Publicada em

Apresentação realizada na Fealtec2002, sobre os projetos em parceria Picta para inovação, em São Carlos, de 16 a 19 de outubro de 2002.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
454
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Embraer has developed an aircraft to meet the needs of this latest trend. The ERJ 145XR has: Increased range Improved field performance including hot & high operations Enhanced single engine ceiling and lower fuel consumption Certification scheduled for April 2002 1 st delivery scheduled for June 2002
  • Projetos PICTA Parceria para Inovação Científica e Tecnológica Aeroespacial

    1. 1. Projetos PICTA Parceria para Inovação Científica e Tecnológica Aeroespacial José Ricardo Patelli JrGDT Divisão de Gestão Tecnológica Outubro de 2002
    2. 2. Conteúdo  Embraer Atuação Global  Programas - Aeronaves  Fundamentos da Indústria  Projetos PICTA Histórico  Gestão do Desenvolvimento Tecnológico  Conclusão ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    3. 3. Atuação Global United Kingdom Weybridge USA Fort Lauderdale, Atlanta, China Dallas France Beijing Nashville, Le Bourget Palm Beach Gardens Singapore Brazil Australia São José dos Campos, Melbourne Eugenio de Melo, Botucatu, Gavião Peixoto. ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    4. 4. Presença no Estado de São Paulo ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    5. 5. Programas: ERJ 145 / 140 / 135 37 assentos 44 assentos 50 assentos ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    6. 6. Programas: EMBRAER 170/175/190/195 70 assentos 78 assentos 98 assentos 108 assentos ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    7. 7. 1º Vôo do EMBRAER 170 19 de fevereiro de 2002 9 de abril 25 de maio 19 de junho 14 de julho ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    8. 8. Programa: Mercado de Defesa ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    9. 9. Programa: Aviação Corporativa ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    10. 10. Fundamentos Fundamentos da Indústria Aeronáutica Alta Tecnologia Pessoas Qualificadas Atuação Global Intensidade de Capital Flexibilidade ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    11. 11. Fundamentos: Alta Tecnologia Mockup Eletrônico Interatividade Revisões de projeto ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    12. 12. Fundamentos: Alta Tecnologia ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    13. 13. Fundamentos: Alta Tecnologia 3.01+01 2.82+01 2.62+01 2.42+01 2.22+01 2.02+01 1.82+01 Análise Estrutural 1.63+01 1.43+01 1.23+01 Simulações 1.03+01 8.34+00 6.36+00 4.38+00 2.39+00 4.11-01 ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    14. 14. Fundamentos: Alta Tecnologia Análise Estrutural Análise de Ruído Deformed Model Z XY ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    15. 15. Projetos PICTA Inovação Tecnológica - Parceria Universidade/EmpresaHistórico – Fapesp: organização de fomento à pesquisa da Secretaria de C&T do Estado de SP; – Programa PICTA: apoio a atividades de P&D cooperativo entre a Comunidade acadêmica e Empresas do setor aeroespacial, originado do PITE; – Benefício gerado em função da decisão da empresa em manter o novo site no Estado de SP; – Acordo a partir da assinatura do “Protocolo de Intenções” entre EMBRAER e Governo do Estado de São Paulo, em 29/Junho/2000; – Compromisso expresso do Estado em investir no desenvolvimento do setor aeroespacial através da FAPESP; – Recursos da ordem de US$ 60 milhões, com prazo de 6 anos prorrogáveis por mais 4.Premissa Embraer – A liberação de recursos está vinculada a Projetos de Desenvolvimento Tecnológico, elaborados a partir de parcerias estabelecidas por iniciativa e coordenação da Embraer com Instituições de Pesquisa, obrigatoriamente localizadas no estado de São Paulo ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    16. 16. Projetos PICTA Inovação Tecnológica - Parceria Universidade/EmpresaInteresses – Embraer: • Alavancar investimentos em desenvolvimento tecnológico; • Fortalecer o retorno econômico sobre iniciativas para geração e assimilação de conhecimentos em áreas de importância estratégica; • Promover a aproximação com Centros de Excelência em pesquisa; • Estabelecer nestes Centros linhas de pesquisa adequadas às necessidades da Embraer; • Formação de pessoal qualificado. – Fapesp: • Aumentar a competitividade do setor aeroespacial paulista através de inovação; • Criar um novo modelo operacional em que grandes Empresas e instituições acadêmicas sejam geradoras de demanda por recursos da Fapesp. – Instituições de Pesquisa: • Abrir frentes de pesquisa aplicada, e capacitar, em parceria com a indústria aeroespacial. • Garantir o aporte de recursos às suas linhas de pesquisa. ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    17. 17. Workshops para Parceira UniversidadeEmbraer em P&DOrganização - Metas: Identificação de parceiros - Critérios: – Prever e promover a cooperação com instituições de ensino/pesquisa com objetivos claros de geração e transferência de conhecimento; – Alinhamento estratégico com objetivos de desenvolvimento da Embraer; – Quem define o projeto é a Embraer, terá a iniciativa e o controle compartilhado sobre ele; – O comprometimento das pessoas envolvidas é essencial, especialmente dos responsáveis técnicos. - Planejamento: – Informar e garantir os objetivos dos “workshops”; – Uniformizar e integrar a atuação dos especialistas da Embraer; – Colher contribuições para as mesas redondas. - Avaliação de resultados: – Colher informações dos participantes dos “workshops”; – Relatar fatos notáveis observados nas mesas temáticas; – Gerar idéias de ações para outros “workshops” ; – Informar e garantir os objetivos dos “workshops”. - Ações: – Contados institucionais, com Universidades e Centros de pesquisa, estaduais e privadas de São Paulo e outros estados; – Constituição de carteira de projetos e definição de metodologia de priorização. ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    18. 18. Workshops para Parceira UniversidadeEmbraer em P&D Eventos 1° Workshop: 5/12/00 – ITA/SJC – 120 participantes – Estrutura: experimental, fadiga/dano, análise/projeto, otimização, impacto/”crash” – Aerodinâmica: experimental, CFD, estabilidade e controle, performance, aerodinâmica aplicada 2° Workshop: 16/03/01 – NOVOTEL/SJC – 90 participantes – Fadiga/Vibrações/Acústica: ruído, instrumentação, diagnóstico vibração, “ground vibration test”, fadiga/falhas. – Ensaios em vôo/Operações/manutenção: aquisição de dados, identificação de parâmetros, sistemas especialistas/operações/manutenção 3° Workshop: 17/04/01 – Embraer/EM – 90 participantes – Materiais/Corrosão/Tratamentos: fixadores, ensaios, polímeros, corrosão/proteção/tratamentos, compósitos, materiais metálicos – Manufatura/Processos/Ergonomia/Montagem: soldagem/colagem, usinagem “high speed”, conformação, simulação, ergonomia na montagem e produção 4° Workshop: 27/06/01 – Embraer/EM – 80 participantes – Realidade Virtual/Prototipagem Rápida: “devices”, customização, colaboração, ergonomia, materiais, técnicas, software – Simulação/Controle/MDO: sistemas visuais, prototipagem da interface homem máquina, software, fly by wire, otimização aerodinâmica ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    19. 19. Workshops para Parceira UniversidadeEmbraer em P&D Resultados Presenças: – IPT, Unicamp, Usp, EESC/Usp, UFMG, UBC, UMC, Unitau, ITA, IAE/CTA, IEAV/CTA, FGV, UFSC, Cefet/PR, UFU, Faenquil, PUC/RJ, UFSCAR, Unimep, UFRGS, UFF, Mack, IPEN, Unesp Comentários: – Troca de experiência entre especialistas Embraer e comunidade acadêmica; – Tentativa de encontrar pontos de interesse comum; – Dificuldade da comunidade científica e da Empresa em visualizar os pontos e interfaces de colaboração; – Oportunidade de conhecer o que de melhor se está fazendo no País em termos de P&D; – Grande potencial de pesquisas nas universidades que podem auxiliar no desenvolvimento; – Apesar da descrença de alguns, existe interesse em aumentar a sincronia entre empresas e universidades; – Integração e discussão rica nas mesas redondas. ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    20. 20. Gestão do Desenvolvimento Tecnológico Projetos de Desenvolvimento Tecnológico – Processo de Gestão ALINHAMENTO ESTRATÉGICO (GO/NO GO) TECNOLÓGICO / TÁTICO (GO/NO GO – HOLD/REDIRECT) MODELAGEM DE PROCESSOS OPERACIONAL (HOLD/ REDIRECT) Comprometimento de Recursos INICIATIVAS INDIVIDUAIS INTELIGÊNCIA COMPETITIVA (6) Fechamento (5) Implementação ESTUDOS DE Execução (4) Controle PROSPECÇÃO Planejamento Detalhado (3) Adequação a Alternativa Proposta de de Execução Projeto (MAP) (2) Enquadramento PA / PMS (1) Iniciativas e Pré-proposta ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    21. 21. Gestão: Projetos PICTA na Embraer Processo• Identificação de oportunidade pelo Time de Tecnologia Estratégica• Projeto montado por equipe multifuncional para concretizar a oportunidade• Enquadramento para avaliar viabilidade pelo grupo de coordenação• Equipe multifuncional e instituição de pesquisa dão formato final no projeto• Encaminhamento do projeto à Fapesp ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    22. 22. Gestão: Projetos PICTA na Embraer Lições Aprendidas• Origem e destino dos recursos: Somente o programa PIPE da Fapesp permite que os recursos sejam dirigidos diretamente às Empresas. É interessante que os recursos possam ser administrados pelas Empresas de modo a garantir o ‘timing’ e o foco dos desenvolvimentos, o retorno do investimento, engajamento e a confidencialidade;• Tempo de aprovação das propostas: A experiência tem demonstrado que uma proposta de projeto, entre o início e sua aprovação demora de 9 a 12 meses, Sendo que o ciclo de análise dos consultores ‘ad hoc’ leva não menos que 3 meses;• Análise dos consultores ‘ad hoc’: A análise não é adequada em se tratando de desenvolvimento tecnológico. O grau de inovação exigido é excessivo o que aumenta o risco de sucesso e os ciclos de desenvolvimento. A avaliação da capacitação dos pesquisadores coordenadores é feita em função de sua titulação e produção acadêmica/científica e não de sua experiência tecnológica na coordenação e gestão de recursos e pessoas;• Coordenação geral do projeto: A Fapesp deveria possibilitar que o projeto fosse coordenado pelas Empresas. A coordenação pela academia implica na adoção de prazos compatíveis com as atividades acadêmicas dos pesquisadores e muitas vezes na falta de cultura de gestão. ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    23. 23. Gestão: Projetos em Andamento e Análise ALINHAMENTO ESTRATÉGICO (GO/NO GO) TECNOLÓGICO / TÁTICO (GO/NO GO – HOLD/REDIRECT)MODELAGEMDE PROCESSOS 16 OPERACIONAL (HOLD/ REDIRECT) Comprometimento de Recursos 11 6 18 10 INICIATIVAS INDIVIDUAIS 2 13 1 3 17 INTELIGÊNCIA 15 9 COMPETITIVA 8 7 5 4 12 (5) (6) Fechamento Implementação ExecuçãoESTUDOS DE Controle (4)PROSPECÇÃO Planejamento Detalhado 1 Mecânica dos Fluidos Computacional 14 (3) Adequação a Alternativa de Execução 2 Ensaios em Túnel de Vento (MAP) (2) Enquadramento 3 Identificação de Parâmetros de Ensaio PA / PMS (1) Iniciativas, 4 GPS Diferencial Prospecção e Propostas 5 Empenamento em Usinagem 10 Peen Forming ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    24. 24. ConclusãoContratação de Engenheiros• UFSCar (Materiais, produção, etc.)• USP (Mecânicos/aeronáuticos, civil, etc.)Incentivo à criação do Curso de Eng.a Aeronáutica• Formação de Futuros Engenheiros (Gavião Peixoto)Projeto Fapesp/PICTA• Desenvolvimento de Tecnologia de Ensaios Aerodinâmicos • Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE/CTA) • Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) • Escola de Engenharia de São Carlos (EESC)Futuro• Projetos Conjuntos de Concepção de Aeronaves ESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA
    25. 25. Muito Obrigado! Jose Ricardo Patelli Junior patellijr@embraer.com.brESTAS INFORMAÇÕES SÃO PROPRIEDADE DA EMBRAER S.A. E NÃO PODEM SER UTILIZADAS OU REPRODUZIDAS SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DA MESMA

    ×