SlideShare uma empresa Scribd logo

Trabalho Azulejaria

ESMA
ESMA

O documento descreve a história e técnicas de produção do azulejo em Portugal, com foco em Aveiro. Explica que os azulejos portugueses têm origem árabe e que exemplos dos séculos XV ainda podem ser encontrados em Aveiro, como no convento de Santa Joana. Também detalha as etapas de produção, como a moldagem, queima e esmaltagem, e aplicações comuns de azulejos como revestimentos internos e externos.

1 de 15
Baixar para ler offline
O Azulejo,[object Object]
A História do Azulejo,[object Object],    O azulejo constitui uma das expressões mais populares e mais requintadas da arte que se faz em Portugal, sendo nele muitas vezes expressa a história e cultura de um povo. Embora a sua origem não seja portuguesa, mas árabe, o azulejo foi uma das expressões artísticas que teve no nosso país, e particularmente em Aveiro, um desenvolvimento muito elevado.,[object Object]
Os primeiros trabalhos em azulejos existentes nesta cidade, remontam ao século XV, coincidindo com o arrancar da actividade cerâmica como actividade económica de relevo para a região. São hoje escassos os azulejos dessa época, devido aos inúmeros restauros realizados. No entanto, ainda se podem encontrar no convento de Santa Joana exemplares de azulejos deste século, ligados certamente à fundação deste.,[object Object]
Aqui estão alguns exemplos de azulejos típicos de Aveiro:,[object Object],Casa de Santa Zita.,[object Object]
Estação dos caminhos-de-ferro.,[object Object]
Técnica da azulejaria,[object Object],    É impossível falar sobre técnicas de materiais em azulejaria sem antes abordar o barro cru, ou argila, que é o estágio inicial de qualquer tipo de cerâmica.,[object Object]
1ª Fase,[object Object],    A maior parte dos objectos de cerâmica é elaborada com compostos de silício, carbono, oxigénio e nitrogénio. A argila e outros minerais empregados, chamados silicatos, são quebrados, moídos e reduzidos a pequenas partículas. Estas partículas são misturadas e humedecidas. A água faz com que o material se torne plástico e flexível, pronto para ser moldado, fundido, estampado e comprimido. ,[object Object]
2ª Fase,[object Object],    Depois de seco, o objecto é queimado em fornos especiais, nos quais a cerâmica é aquecida a temperaturas que vão de 650° C a 1650° C. Essa queima endurece o produto, dando-lhe uma forma permanente e atribuindo-lhe resistência e durabilidade.,[object Object]
3ª Fase,[object Object],    Em seguida, o objecto é recoberto com uma camada vitrificada chamada esmalte, que impermeabiliza a superfície para que a humidade não penetre, deixando-a lisa e brilhante. Na evolução do barro para a cerâmica esmaltada, algumas etapas fizeram história e contribuíram para a consolidação dos azulejos da actualidade. São as seguintes: telhas esmaltadas, louça doméstica, e cerâmicas e azulejos pintados.,[object Object]
Utilização do azulejo,[object Object],   Geralmente, o azulejo é utilizado nos revestimentos exteriores e interiores. ,[object Object],    Podemos dar alguns exemplos de revestimentos exteriores como elemento de decoração, como por exemplo: em algumas escolas, vivendas, muros, nas estações de comboios. Igualmente, usam-se azulejos como revestimentos interiores, como nas casas de banho, cozinhas… ,[object Object]
Algumas aplicações do azulejo:,[object Object],Painéis decorativos.,[object Object]
Revestimentos exteriores.,[object Object]
Revestimentos interiores.,[object Object]
Referência do património Nacional do Azulejo,[object Object],   O azulejo é um importante marco na história e cultura de Portugal. Infelizmente, porém, algumas pessoas roubam azulejos antigos de determinadas zonas de algumas cidades. Por isso, nasceu o projecto SOS Azulejo, com a função de prevenir e salvaguardar o património cultural, referente ao azulejo.,[object Object]
Trabalho realizado por:,[object Object],Cláudia Amaro, nº 7;,[object Object],Catarina Barreto, nº,[object Object],Maria Inês Rocha, nº,[object Object],Mohamed Vali, nº ,[object Object]

Recomendados

O azulejo em Portugal
O azulejo em PortugalO azulejo em Portugal
O azulejo em PortugalMaria Barroso
 
Estilo manuelino
Estilo manuelinoEstilo manuelino
Estilo manuelinoberenvaz
 
Arte gótica
Arte gótica Arte gótica
Arte gótica kyzinha
 
História do azulejo em portugal
História do azulejo em portugalHistória do azulejo em portugal
História do azulejo em portugalgoncaloeb
 
Património cultural
Património culturalPatrimónio cultural
Património culturalcattonia
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte Afro-Brasileira
Arte Afro-BrasileiraArte Afro-Brasileira
Arte Afro-BrasileiraRodrigo Retka
 
O gótico em portugal
O gótico em portugalO gótico em portugal
O gótico em portugalAna Barreiros
 
A arquitetura do ferro e do vidro
A arquitetura do ferro e do vidroA arquitetura do ferro e do vidro
A arquitetura do ferro e do vidroCarlos Pinheiro
 
Relatório final pap leandro
Relatório final pap   leandroRelatório final pap   leandro
Relatório final pap leandroLeandro Pacheco
 
A arte do século XIX
A arte do século XIX   A arte do século XIX
A arte do século XIX becresforte
 
A arquitetura gótica
A arquitetura góticaA arquitetura gótica
A arquitetura góticaAna Barreiros
 
Renascimento em Portugal
Renascimento em PortugalRenascimento em Portugal
Renascimento em PortugalCarlos Vieira
 
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoImpressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoCarlos Pinheiro
 
Grupos sociais
Grupos sociaisGrupos sociais
Grupos sociaismikto
 
Trabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no OcidenteTrabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no OcidenteJorge Barbosa
 
Arquitetura românica
Arquitetura românicaArquitetura românica
Arquitetura românicaAna Barreiros
 
Amadeo Souza Cardoso
Amadeo Souza CardosoAmadeo Souza Cardoso
Amadeo Souza CardosoAVEZUDES
 

Mais procurados (20)

Arte Afro-Brasileira
Arte Afro-BrasileiraArte Afro-Brasileira
Arte Afro-Brasileira
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
O gótico em portugal
O gótico em portugalO gótico em portugal
O gótico em portugal
 
A arquitetura do ferro e do vidro
A arquitetura do ferro e do vidroA arquitetura do ferro e do vidro
A arquitetura do ferro e do vidro
 
Arte paleocristã
Arte paleocristãArte paleocristã
Arte paleocristã
 
Arte Bizantina
Arte BizantinaArte Bizantina
Arte Bizantina
 
Relatório final pap leandro
Relatório final pap   leandroRelatório final pap   leandro
Relatório final pap leandro
 
A arte do século XIX
A arte do século XIX   A arte do século XIX
A arte do século XIX
 
A arquitetura gótica
A arquitetura góticaA arquitetura gótica
A arquitetura gótica
 
Renascimento em Portugal
Renascimento em PortugalRenascimento em Portugal
Renascimento em Portugal
 
Marquês de Pombal
Marquês de PombalMarquês de Pombal
Marquês de Pombal
 
Mosaico
MosaicoMosaico
Mosaico
 
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismoImpressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
Impressionismo, neo-impressionismo e pós-impressionismo
 
Grupos sociais
Grupos sociaisGrupos sociais
Grupos sociais
 
Trabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no OcidenteTrabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
Trabalho: Conceito e Evolução no Ocidente
 
Arquitetura românica
Arquitetura românicaArquitetura românica
Arquitetura românica
 
Fauvismo
FauvismoFauvismo
Fauvismo
 
Amadeo Souza Cardoso
Amadeo Souza CardosoAmadeo Souza Cardoso
Amadeo Souza Cardoso
 
A arte nova
A arte novaA arte nova
A arte nova
 
Abstracionismo
AbstracionismoAbstracionismo
Abstracionismo
 

Destaque (20)

A História do Azulejo
A História do AzulejoA História do Azulejo
A História do Azulejo
 
Unidade de trabalho azulejaria
Unidade de trabalho azulejaria Unidade de trabalho azulejaria
Unidade de trabalho azulejaria
 
Historia do azulejo
Historia do azulejoHistoria do azulejo
Historia do azulejo
 
Azulejo quadro sintese
Azulejo quadro sinteseAzulejo quadro sintese
Azulejo quadro sintese
 
Azulejo
AzulejoAzulejo
Azulejo
 
Azulejo Leonardo
Azulejo LeonardoAzulejo Leonardo
Azulejo Leonardo
 
Azulejos decorações Leonardo
Azulejos decorações LeonardoAzulejos decorações Leonardo
Azulejos decorações Leonardo
 
Azulejo
AzulejoAzulejo
Azulejo
 
AZULEJOS DECORADOS A MANO
AZULEJOS DECORADOS A MANOAZULEJOS DECORADOS A MANO
AZULEJOS DECORADOS A MANO
 
Património cultural - Patrimonio Industrial Português - Fábrica Viuva lamego...
Património cultural  - Patrimonio Industrial Português - Fábrica Viuva lamego...Património cultural  - Patrimonio Industrial Português - Fábrica Viuva lamego...
Património cultural - Patrimonio Industrial Português - Fábrica Viuva lamego...
 
Azulejo 5 f
Azulejo 5 fAzulejo 5 f
Azulejo 5 f
 
SOS AZULEJO
SOS AZULEJOSOS AZULEJO
SOS AZULEJO
 
O Projeto "SOS Azulejo"
O Projeto "SOS Azulejo" O Projeto "SOS Azulejo"
O Projeto "SOS Azulejo"
 
Azulejo
AzulejoAzulejo
Azulejo
 
Texto4 tema4 mooc_emma.doc
Texto4 tema4 mooc_emma.docTexto4 tema4 mooc_emma.doc
Texto4 tema4 mooc_emma.doc
 
Vila kosmos
Vila kosmosVila kosmos
Vila kosmos
 
Solar Maria Amália - Tijuca
Solar Maria Amália - TijucaSolar Maria Amália - Tijuca
Solar Maria Amália - Tijuca
 
Trabalho De A.P.
Trabalho De A.P.Trabalho De A.P.
Trabalho De A.P.
 
Azulejo ninna
Azulejo ninnaAzulejo ninna
Azulejo ninna
 
História da cidade e dos monumentos portuenses estaçao de s. bento 2
História da cidade e dos monumentos portuenses estaçao de s. bento 2História da cidade e dos monumentos portuenses estaçao de s. bento 2
História da cidade e dos monumentos portuenses estaçao de s. bento 2
 

Semelhante a Trabalho Azulejaria

Catalogo artenova
Catalogo artenovaCatalogo artenova
Catalogo artenovaIvan Jorge
 
Trabalho de Quimica Tecnica-1.docx
Trabalho de Quimica Tecnica-1.docxTrabalho de Quimica Tecnica-1.docx
Trabalho de Quimica Tecnica-1.docxAlimweLeo1
 
Novo apresentação do microsoft office power point
Novo apresentação do microsoft office power pointNovo apresentação do microsoft office power point
Novo apresentação do microsoft office power pointgoncaloeb
 
Industria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalIndustria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalHugo Galvão
 
Visita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia AVisita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia APaula Silva
 
Visita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia AVisita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia APaula Silva
 
05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramica05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramicaArtur (Ft)
 
05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramica05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramicaArtur (Ft)
 
Museu Arpad Szenes Vieira da Silva
Museu Arpad Szenes Vieira da SilvaMuseu Arpad Szenes Vieira da Silva
Museu Arpad Szenes Vieira da SilvaEduardo Albuquerque
 
Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...
Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...
Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...Artur Filipe dos Santos
 
Urabanismo mobilidadedr23
Urabanismo mobilidadedr23Urabanismo mobilidadedr23
Urabanismo mobilidadedr23MSamagaio
 
Construção e Arquitectura
Construção e ArquitecturaConstrução e Arquitectura
Construção e Arquitecturascb.carlos
 
Portugal lisboa - museu nacional de arte antiga
Portugal   lisboa - museu nacional de arte antigaPortugal   lisboa - museu nacional de arte antiga
Portugal lisboa - museu nacional de arte antigaG. Gomes
 
Industria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalIndustria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalHugo Galvão
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroJorge Almeida
 

Semelhante a Trabalho Azulejaria (20)

Catalogo artenova
Catalogo artenovaCatalogo artenova
Catalogo artenova
 
Catalogo artenova
Catalogo artenovaCatalogo artenova
Catalogo artenova
 
Vidro
VidroVidro
Vidro
 
Trabalho de Quimica Tecnica-1.docx
Trabalho de Quimica Tecnica-1.docxTrabalho de Quimica Tecnica-1.docx
Trabalho de Quimica Tecnica-1.docx
 
Novo apresentação do microsoft office power point
Novo apresentação do microsoft office power pointNovo apresentação do microsoft office power point
Novo apresentação do microsoft office power point
 
Industria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalIndustria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristal
 
Visita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia AVisita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia A
 
Visita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia AVisita De Estudo Economia A
Visita De Estudo Economia A
 
05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramica05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramica
 
05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramica05 obra de_arte_ceramica
05 obra de_arte_ceramica
 
Museu Arpad Szenes Vieira da Silva
Museu Arpad Szenes Vieira da SilvaMuseu Arpad Szenes Vieira da Silva
Museu Arpad Szenes Vieira da Silva
 
Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...
Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...
Património Cultural Português - Museu Nacional do Azulejo- Artur Filipe dos S...
 
Urabanismo mobilidadedr23
Urabanismo mobilidadedr23Urabanismo mobilidadedr23
Urabanismo mobilidadedr23
 
Casa Sommer
Casa SommerCasa Sommer
Casa Sommer
 
A loiça de viana
A loiça de vianaA loiça de viana
A loiça de viana
 
Construção e Arquitectura
Construção e ArquitecturaConstrução e Arquitectura
Construção e Arquitectura
 
Fabrico de tijolo
Fabrico de tijoloFabrico de tijolo
Fabrico de tijolo
 
Portugal lisboa - museu nacional de arte antiga
Portugal   lisboa - museu nacional de arte antigaPortugal   lisboa - museu nacional de arte antiga
Portugal lisboa - museu nacional de arte antiga
 
Industria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristalIndustria do vidro e do cristal
Industria do vidro e do cristal
 
A Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do FerroA Arquitectura do Ferro
A Arquitectura do Ferro
 

Trabalho Azulejaria

  • 1.
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.