84967633 sacerdocio-da-ordem-de-melchizedek

1.669 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.669
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

84967633 sacerdocio-da-ordem-de-melchizedek

  1. 1. Livro de Estudos Iniciação no Primeiro Domínio ~ Centro de Cura Cósmica ~ Mineiros - Goiás Re=editado e reorganizado por Adauto Neves sem fins lucrativos com permissão do Centro de Estudos Mineiros de Goiás. 2012
  2. 2. ATENÇÃO Esse Manual contém Segredos Sagrados e Ocultos. Não deixe esse Manual ao alcance de qualquer pessoa..... Esse é um Sistema Sagrado e como tal deve ser PROTEGIDO..... Assim dizemos.... Acima de tudo, para nosso próprio SER.... Seja Verdadeiro e Honre esse Sistema.... Mantenha-o num lugar CONFIDENCIAL... E acima de tudo “HONRE ESSE SISTEMA” ~ Clarindo Melchizedek ~ Sacerdote da Ordem Esmeralda do Monastério Melchizedek Califórnia – USA ~ Centro de Cura Cósmica ~ Mineiros – Goiás – Brasil Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 2
  3. 3. PRIMEIRO DOMINIO Sacerdócio da Ordem de Melchizedek Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 3
  4. 4. Citações do Livro do Conhecimento “As Chaves de Enoch” Sacerdócio de Luz de Melchizedek (na Estação de Vida Terra) ―O Sacerdócio de Luz de YHWH ‖ que é o circuito de intercomunicação com os FilhosParaiso. Um sacerdócio real de ―sacerdotes que escutam a voz de YHWH‖ para a santificação do ―povo de Luz‖, e que organizam o povo de Deus para sobreviver aos exércitos das nações. Eles conferem os ―Dons da Shekinah‖ que atuam nos estados mental, físico e espiritual da existência. Este ―sacerdócio‖ é ―visivel‖ dentro de cada geração como uma irmandade de Luz dispersa de modo a permear ―a Árvore da raça humana‖ com o poder de unção e a Luz necessária para re-despertar e ressuscitar a semente justa na Luz dos mundos superiores. Eles são os ―Filhos da Verdade‖ ao fundo da sabedoria histórica, possuindo as chaves da verdadeira história do planeta e da verdadeira genealogia do povo Adâmico. Eles ―colhem a Luz‖ do Homem que eles tem cultivado por meio dos ensinamentos da Palavra de Deus. Segundo Enoch, a ―biblioteca sagrada‖ com seus documentos sacerdotais foi levada do Templo de Jerusalém para áreas desérticas como Qumran a fim de preservar seus registros até o ―Fim dos Tempos‖, quando então os Filhos de Luz, como a Ordem de Melchizedek, voltarão à Terra para reunir a Irmandade de Melchizedek dispersa e estabelecer o Reino de Deus com Jesus, que é o Filho Eterno e o Sumo Sacerdote da ―Ordem de Melchizedek‖ (Heb 6:20). Moisés também tinha as ―Chaves‖ deste ―Sacerdócio de Luz‖ (Ex 24:1-7), que lhe foram reveladas por Deus antes da criação do mundo (Mt 17:1-9). Quando ele veio a Terra, foi ungido pelo ―Sacerdócio‖ na Terra como um recipiente justo dessa Luz que viera desde Noé e suas gerações até Abraão, e de Abraão ao longo das gerações do ―Sacerdócio‖ até Jetro, e então até Moisés. Aarão e os setenta anciãos de Israel que viram Moisés ―transfigurado na Luz‖ foram encarregados de estabelecer um sacerdócio subordinado a ―Ordem de Melchizedek‖. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 4
  5. 5. MIGUEL MELCHIZEDEK METATRON MELCHIZEDEK - ―Senhor Eterno de Luz. Soberano de Luz encarregado de organizar os níveis dos mundos celestiais de YHWH para transitarem à nova criação. Está no mesmo nível de Metatron e Miguel no ―resgate, regênese e reeducação dos mundos‖ através da purificação da Luz Vivente. (Gen 14:18; He 5:7-10). É responsável pela Ordem/Irmandade de Melchizedek e pelo sacerdócio espiritual e planetário de Melchizedek (Sal 110:4-7; He 7:1-3,15,24). Yahweh preparará o mundo para libertação por intermédio de Melchizedek e da Ordem de Melchizedek (Sal 110:4-7;Jz 5:19-21; He 5:9-12). Melchizedek é uma manifestação de um ―Filho de Deus‖ (He 7:3). Na historia do planeta, Melchizedek foi designado (de acordo com a ―Aliança de Enoch‖) para preparar o verdadeiro sacerdócio da ―Filiação‖ no planeta para participação escatológica com os Filhos da Luz. METATRON – “O Manto de Shaddai”. A manifestação visível da Deidade como o ―Manto‖ do Pai. Senhor Todo-Poderoso e Eterno, e a ―Voz Divina‖ do Pai. Criador dos mundos exteriores. Instrutor e guia de Enoch e o Criador da Chaves. ―Metatron é o criador do elétron‖ (Gen 17:1; 28:3; 43:14; Num 24:4,16 Sal 68:14; Ap 15:3) Rei do Anjos e Ser de Luz mais próximo da energia central de Deus Pai-Mãe. MIGUEL – Criador Eterno e Senhor Protetor dos programas Definitivos-Supremos dos Senhores de Luz e das legiões do Universo-Pai.Uma expressão trinitizada de Deus Absoluto que juntamente com Metatron e Melchizedek trabalha para abrir perspectivas infinitas para novos mundos semeados de acordo com os LIVROS DA VIDA e a expressão revelada do Antigo de Dias.Seu nome MI-KY-ILU (MIKAL) usado para a restauração do poder da Luz. SACERDÓCIO DE MELCHIZEDEK [hebreus 6:17-20] "Assim, porque Deus queria maior abundancia para mostrar aos herdeiros da promessa, esse acordo foi colocado como imutável e ele o selou com um juramento! Assim, através da promessa e do juramento - ambos imutáveis- e de que nenhum Deus poderia mentir em nenhum caso, nós achamos coragem para assegurar à esperança que foi prometida por ele, em quem encontramos refúgio. Essa promessa é como uma âncora para nós; ela reforça a alma de modo que não possa ser abalada, e penetra muito além do véu do templo. Destarte Jesus que previamente entrou no templo de nossas almas se tornou um Alto Sacerdote da Ordem de Melchizedek de Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 5
  6. 6. maneira permanente. '' Esse texto vem da Biblia Sagrada dos antigos Manuscritos Orientais e foi compilada por George M. Lamsa.A palavra " Melchizedek " significa a totalidade da Irmandade dos Homens. Em hebreu é uma combinação de duas palavras, ―Melchi‖ significando rei e " Zedek " o caminho correto', a justiça. Assim a palavra Melchizedek quer dizer o uso correto da consciência e de todas nossas faculdades mentais. (Heb.7: 1-3) O Caminho da Ordem de Melchizedeck sempre guia através da inspiração, e ensina e aconselha aos seus Adeptos que sejam os mais puros possíveis com o uso da inteligencia espiritual e da sabedoria divina, sempre objetivando os propósitos eternos maiores da humanidade nos seus movimentos cíclicos. A Assistência que a Ordem de Melchizedek nos proporciona ajuda a todos seus adeptos a procurar o suporte necessário e terminar o grande avanço e evolução da humanidade no caminho espiritual maior e eterno. Os Membros da Antiga e Mística Fraternidade Branca depois da Ordem de Melchizedek, são uma miríade em números e invisíveis ao olho humano. Eles são seres altamente espiritualizados de muitos planetas do Universo, inclusive do Planeta Terra. Esses grandes espíritos de um caráter Superior são extremamente sábios, expressando a divina inteligência muito além da nossa mortal compreensão. Eles sempre trabalham como um Todo, como o UM. Existem muitos caminhos que usam para nos conduzir às suas instruções quando essas são necessárias para o uso da vibração do som. Eles possuem a habilidade de falar o idioma de qualquer raça ou nação e sempre estão e estarão se contatando e trabalhando com todos. Seu trabalho consiste principalmente dos supernaturais planos da divina inteligência. A Humanidade agora atravessa a grande barreira da Nova Era, devido ao grande trabalho dos Iniciados, dos Místicos, dos Avatares e principalmente dos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek que tem guiado a humanidade desde o Início de sua história. A mente padrão ainda enxerga o universo pela ótica Newtoniana ou ―Modo Clássico‖. Esta visão nos conduz a um raciocínio de uma MÁQUINA em operação, desde as revoluções dos eléctrons ao redor do núcleo de um átomo, até as órbitas dos planetas ao redor do sol. Esse senso comum, esse tipo de observação, é difícil negar, mas os resultados encontrados nesse ultimo século indicam que as coisas não são como são vistas. Agora começamos a enxergar uma maneira de ver as Leis Espirituais de um modo novo, de uma nova maneira sob um novo padrão físico. Muitos dos Antigos Ensinamentos, Iniciações e Sintonizações começam a ser revelados pela primeira vez em milhares de anos. Esses " conhecimentos secretos " estão sendo revelados neste momento porque já estamos entrando na Nova Era ( Era de Aquário). Cada um dos signos do Zodíaco ocupa um período de tempo de aproximadamente 2.160 anos, e uma ÉPOCA (um ciclo de todos os signos) possui aproximadamente 26.000 anos. Esse período que começou a aproximadamente 24.000 anos atrás incidentalmente é o mesmo período em que os cientistas dizem que o Homem moderno nasceu. Esta última época tem sido chamada de ―Período Ariano‖ , e tem sido responsabilizada pelo desenvolvimento do auto-ego e da vontade própria. Antes dessa Época a Humanidade estava sob a direção dos deuses e dos espíritos da natureza. Esta transformação do Homem foi interpretada em algumas tradições como a " Queda " e este conceito foi passado pela imagem das religiões Judaico-Cristãs como a imagem dos Seres Humanos que foram expulsos do Paraíso ( Jardins do Éden) porque comeram o fruto da Árvore do Conhecimento e se tornaram iguais aos Deuses, (ou Elohim). O Auto-Ego do Homem também é chamado de Príncipe do Mundo, Lucifer, o Anjo caído que uma vez caminhou com Deus, (estas histórias estão nas METÁFORAS). Durante cinco mil anos, o método secreto de se obter ou ganhar o Paraíso foi colocaClarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 6
  7. 7. do nas metáforas. Essas tradições misteriosas remontam toda a historia escrita e conhecida, mas perdidas, que agora só existem na memória arquetípica de nosso subconsciente. O nosso desejo pelo Paraíso é uma dessas memórias arquetípicas e nos traz a crença de que o Homem uma vez foi imortal e sofreu sem dor para obter o conhecimento. Esse é o objetivo da humanidade AGORA, Ter a esperança de que um dia ira recuperar o conhecimento de como chegar ao Paraíso. Os ensinamentos da ―Ordem de Melchizedek‖ estão sendo transmitidos mais uma vez agora aos Novos Sacerdotes que estão na vanguarda dessa Nova Época da qual fazemos parte. Este sistema metafísico conduzirá o homem de volta ao Paraíso, um jardim psico-socio-espiritual, não um jardim físico. Nós temos evidências que a tradição da Ordem de Melchizedek começou antes de 4.000 A.C. Seus ensinamentos e fundamentos propagaram-se em culturas variadas, como a Assíria, Hittita, e Babilônica, misturando-se e amalgamando-se com os mistérios egípcios. Os Faraós e Sacerdotes egípcios que gravaram, pesquisaram e colocaram por escrito todos esses sagrados conhecimentos raramente os mudavam ou apagavam e sim, adicionavam esses conhecimentos a outros que chegavam a eles. Por isso é tão difícil mesmo aos acadêmicos modernos adquirirem a sabedoria completa dos hieróglifos. As misteriosas tradições do universo do antigo reino egípcio só eram acessíveis aos sacerdotes e à realeza. Os grandes conhecimentos foram mantidos secretos pelos faraós e altos sacerdotes. Essa tradição foi mantida secreta como o Sagrado dos Sagrados. Os ensinamentos dos Altos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek com sua sabedoria estão sendo revelados mais uma vez pelas Escolas de Mistério. A prova bíblica da SABEDORIA SECRETA pode ser achada em Lucas 8:10 e Romanos 16:25.26. As Tradições das Escolas de Mistério continuam nos tempos modernos e muitos segmentos delas existem em muitas culturas. Alguns conhecimentos permanecem relativamente puros, enquanto outros foram misturados com diferentes ideologias e teologias. Homens como Platão, Sólon, Sócrates, Pythagoras e Thales, tiveram as suas visões interiores dos ensinamentos dessas escolas. A grande maioria desse conhecimentos sofreu mudança de acordo com as tradições. Neste momento o conhecimento abstrato do passado se tornou a base do racionalismo e da razão. Muitos Místicos da Europa durante os séculos XII a XIV, também foram influenciados por suas viagens para o Oriente Médio. Ali eles buscaram a antiga sabedoria. O conhecimento adquirido se tornou a base das tradições Herméticas e Alquímicas que de forma geral são tão mal-entendidas hoje. Paracelsus foi um Alto Sacerdote da Ordem de Melchizedek e Astrólogo, como foi Sir Issac Newton, considerado por alguns como a grande mente que atuou em nosso Universo antes de Einstein. Grandes Sacerdotes da Ordem de Melchisedek foram Albertus Magnus, Roger Bacon, Rene Decartes, Goethe, Cornelius Agrippa, Cagliostro, Sweedenborg, Moses, Jesus, Buddha, Krishna, Giordano Bruno, St. Germain, Benjamim Franklin e Walt Whitman. Também foram responsáveis por ajudar a educação da alma da humanidade e sua evolução. A influência da presença de Melchizedek ao longo da história é suprema. Há muitos registros que ratificam essa afirmação. Acredita-se que Rama foi um ariano europeu que viajou para o Oriente Médio e a Índia, (não há segurança da data, mas provavelmente ao redor de 3500-30 anos AC) e foi um Alto Sacerdote da Ordem de Melchizedek. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 7
  8. 8. Rama foi o responsável pelos conhecimentos herdados sobre a Época de Touro que começou aproximadamente em 4.100 A.C. O Touro é o símbolo do poder, da bondade e das artes. Rama influenciou todo o povo Indiano mais que qualquer outro naquele tempo e é provávelmente o responsável pelo estabelecimento do trabalho desse sígno e da adoração ao Touro que ainda vemos na Índia hoje. Os Mestres dessa Época que terminou ao redor de 2.100 AC, foram chamados Avatares do Touro . Também era nessa Época que o velho reino do Egito se acabava. Abraham, (aproximadamente 1900 A.C.) foi um Grande Mestre Espiritual dessa Época. Foi Melchizedek, um AltoSacerdote babilônico que " iniciou " Abraham e o dirigiu a começar uma raça nova de " Pessoas Santas " para a idade nova que estava vindo. Ele escolheu pessoas nômades principalmente pobres, entre os Amoritas e Hittitas. A Bíblia declara que Abraham teve duas esposas mas isso é uma alegoria, como mostrado em Gal. 4:22-25.. As duas esposas representam duas igrejas, uma livre (feita pelos Iniciados) e o outra pela servitude ( que significa o caminho que foi ditado para outro). É desconhecido para muitos o fato de que muitas histórias do Antigo Testamento são alegorias, embora muitas sejam fatos históricos. Isto explica porque os arqueólogos não conseguem encontrar nenhuma evidência da existencia do Rei David do Antigo Testamento, embora tenham encontrado muitos artefatos daquele período. É provável que David seja uma alegoria para um grupo de pessoas, possivelmente os Alto-Sacerdotes da linha de Zadok. Solomon foi o próximo Alto Sacerdote depois de Abraham, e foi ele que estabeleceu escolas para a nova linha de ensinamentos dos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek. Até mesmo os Livres Maçons de hoje podem encontrar alguns dos seus símbolos secretos nas escolas de mistério de Solomon que os nomeia como " Nascidos do Sol ". Foi durante este período no qual Escolas eram estabelecidas, que os mistérios foram abertos às pessoas comuns (se elas provassem merecimento). Os Sacerdotes dessas escolas foram chamados de Zadokites pelos historiadores (veja Ezekiel 48;11). Os Essênios, citados nos manuscritos do Mar Morto restabeleceram essa linhagem ao redor de 200 A.C.. Comprovações dessa linhagem de Sacerdotes pode ser achada em hebreus: 5:5-6, onde são chamados " Sacerdotes de Melchizedek ". Os Essênios que chamavam a sí mesmos como " Filhos de Zadok ", estudavam Budismo, Zoroastrismo e fi1osofia grega. Foi através de sua influência, junto com os Gnósticos, que se formou muito da ideologia e teologia da religião Cristã. Sendo uma parte da Grande Fraternidade Branca, eles foram conectados ao Theraputi da Grécia. Também haviam importantes templos e escolas de mistério em Delphis, Memphis, Alexandria, Thebes, e Roma, para nomear alguns. Seus rituais e cerimônias eram METÁFORAS de sua sabedoria, muitas das quais permanecem secretas até hoje. Um evento significante aconteceu em junho de 1991, o alinhamento de Júpiter, Marte e Vênus. A última vez que esse alinhamento planetário aconteceu foi em 3 A.C. e marcou a cuspide entre as idades de Áries e Peixes. O peixe representa o humanitarismo e as características sociais e isto era o trabalho da última idade para desenvolver o processo de pensamento criativo e estabelecer igrejas, escolas e hospitais para a ajuda dos Homem. Agora nós estamos na cuspide entre Peixes e Aquarius e assim todo o gênero humano tem acesso aos mistérios e ao Mestre Jesus (Sacerdote Maior da Época de Peixes), revelado ha dois mil anos atrás, também um período de cuspide. Essa foi a Época escolhida pelos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek para colocar definitivamente suas iniciações e sintonizações. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 8
  9. 9. A maioria dos cristãos originais foram mortos, junto com os Gnósticos, alguns dos quais convertidos ao Cristianismo. Nós sabemos que um livro muito popular entre essas pessoas foi o " Livro de Enoch " que desempenhou um papel fundamental nas escolas de mistérios por muitas centenas de anos. Os Mestres que sobreviveram foram para as áreas periféricas e trabalharam em segredo para evitar a perseguição. Conta-se que José de Arimethea foi para Canterbury Inglaterra, levando consigo o cálice sagrado que uma vez conteve o sangue de Jesus . A lenda de Arthur e a questão do Santo Graal (o cálice) origina-se dessa crença, que hoje é mostrada como o Caminho do Labirinto para o Encontro da Verdade. Os cristãos originais usaram um peixe lanceado como seu símbolo, tornando-se pescadores de Homens. Esta última idade foi muito difícil, repleta de perseguições e intolerância e assim, muitos mistérios precisaram ser mantidos escondidos. Os mistérios influenciaram a Europa durante algum tempo antes da Inquisição, mas a ignorância da humanidade ( sua pior inimiga!) fez novamente com que o CONHECIMENTO ficasse submerso, ou seja, voltasse a ser velado. Dessa maneira através dos tempos, dos equilíbrios, das conjunções, dos alinhamentos planetários, o conhecimento chega a Era de Aquário para ser revelado, alinhado e difundido. Nesse momento a Era de Aquário nos dará o equilíbrio, o balanço, principalmente no Ocidente para que a nossa natureza metafísica possa trabalhar novamente nos antigos mistérios, nos antigos ensinamentos nos mostrando o nosso caminho natural. Assim, todos os Iniciados como Sacerdotes na Ordem de Melquisedek que tiveram que esperar e desenvolver seus conhecimentos através das gerações, agora podem alcança-lo, sabê-lo possível, impô-los assim mesmo e divulgá-los a outras pessoas. Nesse momento, os Grandes e Valiosos iniciados como Sacerdotes na Ordem de Melquisedeck irão possuir as chaves e outras ciências espirituais que irão lhes dar a oportunidade de projetar suas personalidades, seus caminhos, seus simbolismos através dos Céus e projetar as suas consciências e seus poderes espirituais recém despertos. Isto irá enaltecer seus atributos mentais e produzir um Mundo novo de percepção. Este Mundo novo é o que esta feito, colocado e velado nos escritos de todas as Bíblias Ocidentais e Orientais, de todos os Caminhos dos que procuram e agora receberão os resultados desses presentes. Para todos que pensam, trabalham e querem o bem-estar de todas as coisas viventes e serão congratulados com todos os presentes do Paraíso. Por que velar os mistérios? Sabemos que o Poder quando colocado nas mãos dos que não estão preparados podem causar tumultos e danos irreversíveis. A maioria das pessoas não está suficientemente evoluída para entender os aspectos mais profundos dos ensinamentos da sabedoria que assim serão interpretados de maneira errônea podendo causar mais danos que felicidade. Nos tempos antigos muitos testes severos foram colocados para candidatos escolhidos e poucos foram eleitos porque, mesmo esses poucos eleitos, não conseguiram chegar à compreensão do mais alto conhecimento, sabedoria e insights espirituais necessários para conduzirem outros a esse Caminho. Mesmo nas Escolas Budistas de hoje, um candidato tem que passar muitos anos sendo testado em sua evolução e resultados por seus esforços e méritos até que um Mestre eleito possa compartilhar com ele seus ensinamentos. Em nossa Era de Aquário a Ordem de Melchizedek é mais uma vez acionada para tornar visível ao Planeta Terra a promoção e a aceleração da consciência de Deus para ensinar e demonstrar o princípio da unidade de todas as coisas. Precisamos nos dedicar a transformar a todos e a nós mesmos, para ascender à nossa consciência maior, desenvolver a Auto Mestria, ensinada pelos Mestres Ascensionados, que Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 9
  10. 10. todo o tempo nos mostram que precisamos ser merecedores da iniciação, para adentrar ao Sacerdócio na Ordem de Melchizadek. Estas Iniciações e Sintonizações são um grande passo necessário para compreensão dos Divinos Princípios dessa Ordem. É sempre útil no início de cada pesquisa definir nosso ponto principal, então nos perguntemos, o que é um sacerdote? A resposta é que um sacerdote é alguém que atua como mediador entre os homens e a Deidade. Um sacerdote, então, apresenta os homens a Deus, ao contrário do profeta, que apresenta Deus aos homens. Melchizedek, que é chamado sacerdote de Deus Altíssimo, é mencionado na Bíblia em três ocasiões, todas importantes e significativas. A primeira menção a Melchizedek está no capítulo XIV do livro do Gênesis, onde se descreve uma batalha entre reis: quatro reis contra cinco, onde os quatro acabam vitoriosos sobre os cinco. Mas entre os prisioneiros está Lot, filho do irmão de Abraão, e em conseqüência disso Abraão dá armas aos seus servos treinados, trava batalha, vence aqueles Reis vitoriosos, e resgata Lot de suas mãos. É depois dessa vitória de Abraão que Melchizedek misteriosamente aparece, como é bem registrado nos versículos 18 a 20 do 14º capítulo do Gênesis: "E Melchizedek, Rei de Salem, mandou trazer pão e vinho: e Ele era sacerdote de Deus Altíssimo. E ele abençoou Abraão e disse: 'Bendito sejas, Abraão, pelo Deus Altíssimo, criador do céu e da terra. E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou teus inimigos em tuas mãos'. E Abraão deu-Lhe o dízimo de tudo." Quem é, pois, este Melchizedek? Como a passagem indica, Ele é um sacerdote do Deus Altíssimo, mas além disso há numerosas sugestões sobre Sua verdadeira natureza e importância. Ele é chamado Rei de Salem, isto é, Rei da Cidade da Paz; Ele tem sido considerado um Visitante Angélico; tal como o próprio Cristo que aparece a Abraão abençoando-o. Outros O têm imaginado como o Espírito Santo, e novamente uma personificação da Sabedoria Divina. Seja como for, Ele deve ter sido de uma dignidade e significância espiritual supremas para o patriarca Abraão ter sido por Ele abençoado e pagar-Lhe tributos como a um superior. No verdadeiramente messiânico Salmo 110 nós encontramos uma segunda referência a Melchizedek. Este é o Salmo citado por Jesus no Evangelho, como sendo referente a Si próprio, de acordo com Marcos, XII:26. É uma breve referência de passagem, mas liga o Velho Testamento ao Novo. No versículo 4 do Salmo 110, temos: "Tu és para sempre sacerdote segundo a Ordem de Melchizedek". Esta é uma clara indicação que há dois gêneros ou ordens de sacerdócio: uma literal e histórica e outra mística; uma de acordo com as leis do homem, a outra de acordo com a lei de Deus; uma hereditária, outra eterna. O primeiro sacerdócio de Israel teve Aarão como fundador. Foi uma sucessão humana, pois Aarão foi sucedido por seu filho no ofício sacerdotal; mas o sacerdócio de Melchizedek é sem começo e sem término, não possuindo ancestralidade terrena, fluindo diretamente da Divina Fonte. Não foi anunciado, ainda que seja plenamente constituído. Desse modo chegamos à terceira e última referência bíblica a Melchizedek, e desta vez no Novo Testamento, na Epístola aos Hebreus. A sacra exposição deste cumprimento da lei é dada nos capítulos V, VI e VII desta Epístola, mas especialmente no capítulo VII, mas toma a passagem original do Gênesis XIV, que já foi mencionada: "Pois este Melchizedek, Rei de Salem, sacerdote de Deus Altíssimo, foi quem enconClarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 10
  11. 11. trou Abraão voltando da vitória sobre os reis, e o abençoou: a Quem até Abraão deu o dízimo de tudo; primeiramente sendo Rei da Justiça, e depois também Rei de Salem, que é o Rei da Paz; sem pai, sem mãe, sem descendência, nem início de Seus dias, nem fim de vida; mas semelhante em tudo ao Filho de Deus; permanece sacerdote eternamente. Agora considerai o quão grande era este Homem para que até o profeta Abraão Lhe desse a décima parte do espólio". (Hebreus, VII, 1-4) Há uma ciência, que também é uma arte, chamada Tipologia, na qual o Velho Testamento é expandido e explicado nos termos do Novo. No cumprimento integral do sacerdócio segundo a Ordem de Melchizedek temos um exemplo significativo deste método de apresentação e elucidação de uma verdade profunda. O sacerdócio sem início e sem fim de Melchizedek emergindo do coração oculto do mistério é interpretado como um protótipo do Sacerdócio Eterno de Cristo. E sobre a Realeza de Melchizedek? Ele é mencionado como Rei da Justiça, que é um estado de concordância com Deus, e não será isso um verdadeiro modelo do Cristo, que é uma personificação da Salvação? Melchizedek também é dito ser o Rei da Paz e, como tal, não será isso próprio d´Aquele que concede-nos aquela paz que ultrapassa todo o entendimento? O matrimônio da Justiça com a Paz: não será este um prenúncio, uma visão do Reino Celeste sob a égide de Melchizedek-Cristo, Sacerdote e Rei, onde a Lei Divina é absoluta, e todos os pecados são perdoados se realmente nos arrependermos? Neste Reino Celeste toda ancestralidade humana é transcendida, pois nele não há "nem início de dias nem fim de vida", mas só o eterno AGORA, onde o homem assume "a semelhança dos Filhos de Deus". Existe uma outra similitude espantosa entre Melchizedek e Cristo. De acordo com o Gênesis sabemos que para Abraão Melchizedek mandou trazer pão e vinho. Aqui certamente, em seu exercício da função sacerdotal, há um prenúncio das coisas que virão, uma Aurora Dourada daquele dia pleno, que se torna em Cristo o Esplendor Meridiano da Revelação Suprema. Alguém dirá que pode mesmo ser verdade em tese que Cristo e Melchizedek sejam um e o mesmo, e que veio a Abraão naqueles dias antigos e o abençoou. Não é impossível, pois Cristo é Eterno, e não disse: "Antes que Abraão fosse, Eu Sou". (João VIII, 58) E disse também: "Vosso pai Abraão regozijou-se ao ver o Meu dia: e ele o viu e alegrou-se" (João VIII, 56). Em certa medida todos os homens são sacerdotes, pois todos em algum grau apresentam ou introduzem outros a Deus. A capacidade de fazer isso reside em nosso próprio conhecimento de Deus, na urgência de nosso desejo individual de conhecêLo melhor, e transmitir esse entusiasmo espiritual aos nossos companheiros. Tornar-se verdadeiramente um sacerdote segundo a Ordem de Melchizedek envolve dedicar-se ao verdadeiro caminho da vida, requer uma visão da Perfeição Suprema e uma determinação de ir em direção àquela Perfeição com um entusiasmo intrépido e constante e sem permitir que nenhum laço terreno se interponha. Este é um ideal muito elevado e nobre, talvez um que poucos tenham a coragem de empreender e atingir, mas a alma sendo o que é, jamais será saciada com nada menos que a mais alta e nobre concepção de que é capaz de perceber e entender. Portanto temos diante de nós um desafio: somos todos potencialmente sacerdotes para sempre segundo a Ordem de Melchizedek, e depende de nós, cada um de nós, aceitar esta responsabilidade e manifestá-la, ou rejeitar a oportunidade, em grande detrimento do mundo. Pois em cada um de nós há uma alma esperando para ser introduzida à amizade com Deus, mas no intuito de ser qualificada para esta apresentação, primeiro é necessário que nós O conheçamos por nós mesmos. Seguiremos, então, através daquelas estradas Reais da Justiça e da Paz, chegar à Vida Eterna, para que possamos conduzir outros até lá? A escolha está sempre dianClarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 11
  12. 12. te de nós, seja para tomar a estrada mais fácil da estagnação e da negação que chega à escravidão e degradação, ou para reivindicar nossa herança divina e nossa dignidade real como regentes de nossa própria vida interior, pois ninguém pode nos ensinar até que, pelo menos em alguma medida, tenha aprendido a governar a si mesmo. Todas as lições do passado são inúteis a não ser que as atualizemos e apliquemos aos nossos assuntos imediatos. Em nossa natureza essencial somos todos sábios, amorosos, eficientes, mas devemos atualizar essas potencialidades observando os mais elevados modelos possíveis, e em Melchizedek-Cristo nós encontramos este perfeito modelo de Sacerdote e Rei. É nossa tarefa ouví-Lo, adorá-Lo e obedecê-Lo, e assim fazendo, passar à realização de nosso objetivo imortal como sacerdotes do Deus Altíssimo, como eternos sacerdotes, segundo a Ordem de Melchizedek. Salomão é famoso pela sua grande sabedoria, lembrada pela maioria de nós como uma capacidade especial de usar o seu julgamento de modo primoroso acima de qualquer dúvida. Vocês certamente se lembram do caso das duas mulheres que diziam ser mães de um neném, e ele se ofereceu para cortar o bebê ao meio e dar a metade a cada uma delas. Imediatamente a mãe verdadeira disse preferir que a outra mulher ficasse com o bebê a vê-lo morto, o que a revelou como a mãe verdadeira. Sabedoria não é conhecimento. É antes a capacidade de demonstrar um grande insight na escolha do conhecimento acumulado para solucionar problemas e progredir na vida. É um motivo que provoca o pensamento e nós não a abordaremos de modo filosófico, mas com profunda compreensão. A mensagem de Enoch é de que podemos nos ligar à sabedoria superior e aos seres de Luz de mundos superiores, que adoram compartilhar a sua sabedoria conosco. Os Serafim, particularmente, sabem exatamente que nível de sabedoria está associado à consciência de cada planeta, e também têm a ordem de proteger a sabedoria maior e a semente sagrada, ou os que possuem a sabedoria de entender a sua herança divina. A sabedoria não opera sozinha, mas requer a fé de sabedoria e as energias transformadoras do Amor, as energias crísticas, para concluir a sua missão, e é isso o que lemos na Chave 318:66: ―Ao final, foi Jesus do Ofício do Cristo e da Ordem de Melchizedek quem deu testemunho aos Senhores e entidades de Luz caídos que estavam nas regiões maiores de turbulência, para que eles, por meio da Graça do Pai, pudessem reduzir o seu tempo de permanência fora dos véus superiores de Luz‖. As Escrituras são a fonte do conhecimento de que necessitamos para receber a verdadeira sabedoria. No trabalho enoquiano, as escrituras incluem todos os Livros Santos, desde os do Oriente com todas as suas diferentes tradições até a Bíblia e todas as escrituras que foram enterradas e que agora estão sendo descobertas. Para os que acreditam que não haja outra escritura senão a Bíblia, nós citamos a própria Bíblia. O Evangelho de João termina assim no capítulo 21:25: ―Há, de fato, também muitas outras coisas que Jesus fez, as quais, se alguma vez fossem escritas em todos os pormenores, suponho que o próprio mundo não poderia conter os rolos escritos‖. João destaca claramente que os Evangelhos que temos hoje não são um registro completo e final dos ensinamentos e do trabalho em vida de Jesus Cristo. Que mundo poderia conter a plenitude de Cristo? Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 12
  13. 13. Um desses documentos dos ensinamentos de Jesus, dado aos seus discípulos, tanto homens como mulheres, é o de Pistis Sophia, mencionado na Chave 110:36: ―O Pistis Sophia, concebido em padrões de pensamento do hebraico, traduzidos para o grego e o cóptico, é um dos grandes Evangelhos, pois é um verdadeiro testemunho dos mistérios da linguagem que Jesus usou para invocar seu Corpo de Luz superior na presença dos seus discípulos iniciados. Ele mostra como Jesus é a síntese dos trinta e dois elementos constituintes químicos de inteligência dentro do Mistério do Logos visto como o Lak Boymer, o Pilar de Luz que invoca o Corpo de Luz Crístico através do trigésimo terceiro grau para habitar o Corpo de Jesus‖. Esta escritura também ensina como a sabedoria superior caiu nos mundos inferiores e, através de arrependimento e do perdão do Cristo, pôde ser redimida e preparada para voltar aos mundos superiores. ―Pistis Sophia‖ significa a Fé de Sabedoria, o que quer dizer que a fé tem de ter essa sabedoria superior, que ela sozinha não basta. Pistis Sophia é ilustrada como uma personagem feminina, e nos ensinamentos os discípulos participam de um diálogo com Jesus Cristo já com o seu Corpo de Luz. Ele muito claramente relega ao nada todo o chauvinismo religioso que valoriza o masculino em detrimento do feminino. Ali as discípulas se destacam na compreensão do que Jesus ensina. Eis o que o Dr. J.J. Hurtak afirma no comentário de Pistis Sophia: ―A fim de reunir o interior e o exterior, precisamos buscar, assim como Cristo, romper o antigo ciclo e adquirir a Sabedoria Superior (Chokmah, Sophia) para descobrir o EU SOU O EU SOU do Nome do Pai, a Presença Divina que nos receberá como um filho ou filha de Deus independentemente de termos nascido como judeus, mulçumanos, budistas, cristãos, hindus, etc. A Sabedoria no seu estado Divino mais elevado é o poder irradiante de Deus usado para a preparação e promoção da criação, de modo que possamos entender a Família e a natureza da Divindade e ser recebidos por elas‖. ―O ensinamento de Pistis Sophia foi dado para abrir os portais que foram fechados e unir as Irmandades da Humanidade com as Irmandades de Luz. Para que isto ocorra, o Eu Superior Crístico, o corpo superior, precisa se acoplar ao eu humano de modo que a presença consciencial superior EU SOU se una à nossa presença consciencial EU SOU, reunindo-nos no EU SOU O EU SOU. Não é disto que trata a Ordem de Melchizedek e os ensinamentos dos antigos mestres da Kaballah?‖. ―Independentemente do estado da alma e de quão insignificante ela considere os seus poderes de Luz, se ela usar o(s) Verdadeiro(s) Nome(s) de Deus, pedindo que a presença de Luz se manifeste, nada será tão assoberbador ou impossível para a sua evolução, crescimento e ressurreição. Esta é a mensagem de Fé (Pistis) de Pistis Sophia, que sabe que os seus arrependimentos serão ouvidos pela grande Luz que acompanha o Nome do Verdadeiro Deus (Ha-Shem) na reformulação e replanejamento mesmo dos mundos de escuridão”. ―Agora nos é mostrado que todo um novo ciclo de Luz se manifestará do Alto, isto é, do Alto Comando da Mente Infinita de Deus, dos Conselhos Superiores de Luz. Nós estamos destinados a nos tornar Eternos. O nosso corpo físico se tornará parte da Luz Eterna, transformando todas as crianças de Luz pelo Poder de Luz do alto‖. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 13
  14. 14. Entendamos que os textos sagrados não se destinam apenas ao passado, mas são produzidos na plenitude da "Verdade" para o curso de toda a nossa vida e para cumprir-se o nosso destino. Estamos começando não apenas a ver os indícios de inteligência superior, mas a utilizar medidas científicas para compreender a realidade de uma Inteligência Superior espiritual. Esta inteligência parece estar atuando em todos os povos do planeta, não apenas através de líderes especiais, mas através de pessoas em todos os aspectos da vida, que estão tentando empreender uma mudança positiva que nos conduza através do nosso momento de "Revelação" da história, onde todos nos transformaremos em um piscar de olhos. Temos a capacidade de entender o projeto revelado de como a consciência científica e espiritual, os movimentos ocidentais e orientais de pensamento, o Eu Superior ou metaprogramação e o autodespertar humano podem se unir em um equilíbrio "Crístico de Amor" e irmandade interplanetária. Não importa quão difícil tenha sido no passado as pessoas trabalharem juntas, nós teremos finalmente a capacidade de superar o desafio das nossas circunstâncias limitadas e ver por que fazemos parte desta irmandade maior, desta Ordem de Melchizedek maior, que nos chamou para sermos juntos batizados com a "Pomba", o poder da transformação coletiva. Ao crescermos em verdade espiritual, é necessário reconhecer que o potencial para a instrução divina já se encontra dentro de cada um de nós. Existe também um projeto coletivo revelado que nos foi transmitido através de escrituras sagradas durante milhares de anos. Primeiro, devemos começar com uma visão holística do Pai e do nosso planeta circundado por uma Hierarquia de instrutores cósmicos, e do Espírito Santo como uma experiência contínua de vida conectada não com uma, mas com muitas evoluções. Ao nos desenvolvermos no nosso Amor e compreensão dos mundos superiores, seremos abençoados com a experiência dos dons do Espírito e compreenderemos que aquilo que muitos chamam de "metáforas históricas" são, na verdade, realidades científicas! Estas realidades, de fato, existem e não são imaginárias. Estas realidades são "aberturas" das fronteiras internas e externas da nossa própria evolução planetária, pelas quais nós nos graduaremos para a experiência pioneira junto a outros Filhos e Filhas de dimensões de Luz superiores. Nós nos tornaremos uma humanidade espacial ao transcendermos a entropia do nosso sistema planetário. O desafio sagrado que temos diante de nós é inspirar o tecido da humanidade que pode assumir o trabalho e louvor diários, isto é, orar, meditar, trabalhar, estudar e, de fato, preparar a humanidade para as mudanças superiores que envolverão toda a Terra e que virão com a abertura de novas realidades conscienciais. Tamanhas serão estas mudanças que a ciência e muito da filosofia e psicologia espirituais tradicionais se tornarão obsoletas da noite para o dia. E devido aos condicionamentos tradicionais de educação, religião, responsabilidade ou falta dela, aqueles que não estão preparados, em vez de transformar suas mentes, tentarão transformar seus corpos em uma "realidade virtual" coletiva. Infelizmente, no princípio, a mudança de base da civilização ocidental só será compreendida por poucos, os que estão genuinamente dispostos a efetuar as mudanças. A maioria das pessoas não assumirá a responsabilidade maior de fazer verdadeiros sacrifícios no sentido de um plano de cooperação através de Amor pela humanidade, Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 14
  15. 15. a menos que a sua própria estrutura de realidade entre em crise na qual a mudança precise acontecer. Portanto, a Inteligência Superior ou a "Evolução Superior", de modo sutil, está se dando a conhecer a pessoas em todo o planeta através de uma longa fase de orientação. As pessoas se perguntam onde e quando as verdadeiras mudanças ocorrerão? Foi-me dito que ocorrerão em todas as principais regiões do planeta e em todas as principais instituições estruturais de controle. Mas compete a cada um de nós romper esta estrutura dual mudando o nosso modo de pensar e de agir em relação uns aos outros, vivendo como exemplos da Luz maior em todos os momentos. Devemos mostrar que, como indivíduos e como força coletiva, nós podemos trabalhar juntos em uma Fraternidade de cidadãos planetários. Logo, ficará claro que podemos trabalhar dentro uma cidadania cósmica junto às irmandades superiores. Qual deve ser, então, o nosso trabalho básico? Ele é revelado em cinco princípios: Primeiro, devemos ser capazes de refletir uma comunhão divina - compartilhar Amor com o Deus dos Deuses Eterno e Vivente, compartilhar o trabalho do Cristo que expande o Amor Divino pelo espaço e tempo através do poder divino do Espírito Santo ou "Shekinah". Devemos, assim, nos ver como integrantes da Família Celestial trabalhando pelo processo da renovação criadora. Segundo, deveríamos assumir o privilégio de fazer uma auto-reflexão diária, oração e meditação particulares, que possam ser aplicadas também com música sagrada e sons sagrados no desenvolvimento de uma "linguagem do Espírito Santo" que não seja centrada no eu, mas no coletivo, que possa, de fato, abrir as entradas parafísicas de intercomunicação entre os níveis consciências de experiência criadora. Terceiro, devemos continuar a estudar os ensinamentos sagrados dos antigos que também experienciaram a Divindade diretamente, vivenciaram a "Shekinah" (a "Presença" ativa do Divino) atuando através deles. Ao estudarmos estes ensinamentos, fortalecemos e refletimos os nossos próprios princípios de orientação como entradas do conhecimento. Também compreendemos que o Divino não deixou de operar devido aos concílios e autoridades teológicos, mas "continua" a trabalhar conosco através das entradas interdimensionais da percepção. Quarto, deveríamos participar de seminários e simpósios em companheirismo com irmãos e irmãs. Devemos ser "pilares de Luz" ativos, refletindo uma experiência transcultural, embora tendo princípios orientadores dentro de nós. Devemos nos elevar além dos jogos de personalidade e compartilhar o objetivo maior de vivenciar unidade e companheirismo, aceitando a Luz na medida em que ela atua em todos os nossos irmãos e irmãs sem condenação, porém com discernimento divino. Portanto, partilhamos a meta maior de aprender a participar de uma família global em processo de expansão rumo a novos mundos. Quinto, devemos refletir a cura e o pensamento positivo através do Espírito Santo (Shekinah). Devemos fazer parte daquela pequena porcentagem que sempre "escolhe ser escolhida" - que sempre preferirá pensar positivamente ou solucionar problemas em vez de ficar na consciência negativa, como a maior parte da humanidade. Este é um reflexo do dom espiritual que possuímos, que nos permite interagir de modo mais significativo e mais próximo dos outros. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 15
  16. 16. Ao efetuarmos o nosso trabalho mundo afora, devemos reconhecer que existem trabalhadores de luz em todos os cantos da Terra, que têm se unido para otimizar as suas energias, ativar as malhas de conhecimento antigo, de conhecimento técnico e de conhecimento superior para que a plenitude da hierarquia (das supercivilizações) junto com os peregrinos planetários manifeste a Luz no planeta Terra. Assim, ao encararmos o desafio, nós superaremos e venceremos os momentos de medo e de dúvida. Nós já superamos grande parte das vicissitudes dos pensamentos duais tradicionais, pois vislumbramos agora, claramente, o nosso próprio imperativo extraterrestre de finalmente sair de um planeta Terra isolado. Nós nos veremos como catalisadores cósmicos preparados para o trabalho maior de ligar o início e o fim da história! Estamos construindo uma infra-estrutura com compreensão de um profundo conhecimento. Estamos reunindo os elementos básicos para abrir as faculdades superiores da mente. O lado esquerdo da mente está agora ativado junto com o direito. Isto nos dá a capacidade de aprender através de visualização. Este aprendizado vem através de pictografias e não através de estruturas sintáticas lineares. Aprendemos através de cor, as cores sutis de uma nova física consciencial, e não de estruturas de realidade em branco e preto. Portanto, devemos experimentar novas alternativas de ensinamento que contribuam para o desenvolvimento da mente e para a nossa capacidade de interagir com o nosso entorno através de estímulos visuais e sonoros. As habilidades intelectuais dos seres humanos normais estão tão incompletas no seu desenvolvimento que é preciso ampliar a capacidade de penetrar cada vez mais fundo na consciência criativa humana e trazer à tona a capacidade espiritual de ver nos níveis de consciência superiores. Claro está, no presente, que os que trabalham com a inteligência superior, com as formas superiores de meditação e visualização, estão passando por uma mutação biológica que é moldada pelas formas-pensamento da nova linguagem. A diferença desta linguagem está no modo pelo qual esta informação está agora sendo recebida e processada pelo cérebro trino usando um desdobramento adicional de membrana. A linguagem tem aqui implicações mais profundas pois trata-se de "linguagem através de visualização e cor contendo um conteúdo e experiência vivos" expressos de modo onidirecional. É nosso direito humano fundamental desenvolver esta capacidade de pensar em níveis superiores, pensar em níveis divinos, usar processos de comunicação por telepensamento. Até mesmo as inteligências extraterrestres que estão apenas poucas gerações mais avançadas que nós, e que têm sido vistas desde os anos 50, parecem ter, além do bulbo cerebral primitivo, do córtex cerebral e do cerebelo, um quarto nódulo cerebral que é uma extensão microcristalina da rede neurológica do cérebro. Isto parece ter sido desenvolvido para os seus processos de comunicação. Juntamente com este elevado sentido de linguagem, esta capacidade de ver coisas invisíveis se tornarem visíveis, deve vir também o desenvolvimento da capacidade de discernir o certo do errado, as inteligências positivas e negativas, ao lidarmos com a "exteriorização" da Hierarquia. Em termos de discernimento, deve-se desenvolver a compreensão dos elementos superiores de profecia que nos advertem sobre guerras que ocorrerão nos céus. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 16
  17. 17. Em suma, pensemos em nós como os essênios, preparando os manuscritos, reunindo-nos para desenvolver uma comunidade, trabalhando na comunhão de Luz maior. Contemplemos o sacerdócio superior da Ordem de Melchizedek, a metáfora sagrada do livro de Hebreus no Novo Testamento, refletindo a ciência superior sagrada no universo, com entendimento de que somos os "guias". Conscientizemo-nos de que a nossa profunda introspecção nos níveis conscienciais superiores é necessária. Até no nosso trabalho mundano do dia-a-dia, nós podemos meditar sobre o Divino através dos Seus Nomes e das Suas Maravilhas. Reconheçamos que as "Chaves" do Futuro Conhecimento são essencialmente as chaves para abrir tanto as portas celestiais como as terrestres, chaves que ligam o nosso planeta aos céus superiores. Enfim, estas são as chaves que nos possibilitarão entrar na Árvore da Vida, que é o nosso ponto focal em um trabalho de equipe contínuo e na unidade consciencial dos mundos superiores de Luz. Não podemos alcançar isto buscando simplesmente respostas automáticas. O universo é por demais complexo. Portanto, como peregrinos espirituais, devemos não apenas olhar o superior, mas também o ponto de cristalização da mente interna, onde movemos o nosso próprio aparato mental. Devemos trabalhar com a interiorização da Palavra de Deus e construir a Luz dentro de nós, através do poder da Palavra e da música da alma. Então nós trabalharemos ativamente como uma sinergia espiritual no mundo. Poderemos, assim, começar a ativar as malhas de energia do planeta que estão associadas às energias não aproveitadas da mente. Saberemos, portanto, como lidar com os desequilíbrios de energia dos jogos psíquicos e psicológicos que sucedem no planeta às custas da verdadeira Sabedoria. Finalmente, devemos sempre trabalhar na Fraternidade maior, na comunhão dos santos, onde são feitas afirmações coletivas, com orações, e onde podem se dar as curas. É aí onde a música, os Nomes e Expressões Sagrados são usados para despertar uma abundante energia. Os que "escolhem ser escolhidos" trilharão o caminho superior que transformará o mundo. Este é o caminho do serviço completo ao plano do Pai, cem por cento. Em todos estes aspectos, possam os irmãos e irmãs se regozijar. Que o "óleo" da unção da consciência crísticas esteja sobre as nossas cabeças e que abunde a plenitude dos milagres. Estejamos unidos com todos os nossos corações, com todas as nossas mentes e com todas as nossas almas. Que o nosso Pai Divino, através de todos os Seus Nomes; a Imagem Eterna, Jesus Christos; e o Espírito Santo, o "aspecto feminino" ativo da Divindade, sejam agora restaurados dentro de nós - e nos unam de todas as maneiras a fim de nos prepararmos para a Fraternidade Cósmica, que em breve virá. Que as nossas afirmações se expandam ao construirmos uma infra-estrutura educacional, pois somos integrantes ativos da Era do Espírito Santo, que permite ao nosso Espírito ir de um extremo do planeta ao outro, como uma rede de alicerce para a Ordem de Melchizedek. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 17
  18. 18. MELCHIZEDEK MONARCA UNIVERSAL Rei de Salem e Sacerdote do Altíssimo Personagem da mais alta expressão nas escrituras Sagradas, e que, velada ou manifestamente, sempre esteve e estará a frente dos movimentos aceleradores da evolução humana. Há uma antiga tradição que afirma a existência de uma igreja secreta, cujo sacerdócio se revela de ciclo em ciclo e de acordo com a necessidade da época. Traz ela um conhecimento próprio para cada raça ou povo por uma forma particular, mais favorável, mais acessível para o cumprimento e restabelecimento da Lei, do propósito Divino, através do Itinerário do 10 (marcha evolucional da Mõnada). A tal conhecimento, a tradição de todos os povos relaciona o Espirito de Verdade, como manifestação de um Centro Imperecível, consagrado pelos orientais sob os nomes de Agartha, Asgardhi, Erdemi, ou Salem. (Shamballah é a "Ilha imperecível que nenhum cataclismo pode destruir"). Todo ser iluminado, avataricamente ou por iniciação, desde que esteja de posse do conhecimento de certos mistérios, faz parte do Culto que tem o nome de Igreja de Melchizedek, que esta acima de tôdas as manifestações religiosas. Tal culto sempre existiu, como ciência divina e a mais preciosa de tôdas as religiões, porque verdadeiramente torna a ligar o homem a Deus, sem necessidade de sacerdote nem de outro qualquer intermediário. "Busca dentro de ti mesmo o que procuras fora", é velha sentença oriental. E o próprio Jesus dizia: "Faze por ti que Eu te ajudarei". Fraternidade Universal, Culto, Sacerdócio ou Igreja de Melchizedek, sua origem procede dos meados da terceira raça mãe, a Lemuriana, que foi dirigida pelos planetas sagrados Venus e Marte, alegorizando mãe e filho respectivamen-te e que se objetivou sob a égide do planeta Mercúrio, representando o Pai, numa esposa em que a humanidade, que até então se manifestava no androginismo inconsciente das primeiras raças, começou a ser digna desse nome, ou melhor, dividiu-se em dois sexos, formando logo a seguir, nos seus meados, a Grande Hierarquia Oculta que, conhecendo a origem do mistério do androginismo, prepara a evolução da Mônada para o androginismo consciente com que terminara o presente Ciclo. Com o decorrer dos tempos recebeu tal culto o nome de Sudha-Dharma-Man-dalan, na antiga Aryavartha — nossa Mãe Índia — mas, para todos os efeitos, Excelsa Fraternidade, quer na razão de sua própria existência, por ser composta dos Verdadeiros Guias ou Instrutores Espirituais da Humanidade, quer pela vitória sobre o que se concebe como Mal, na Terra, se ao lado do Planetário dirigente da Ciclo tiveram, os seus primeiros componentes, de combater as referidas forcas do Mal, sem falar na sua própria transformação de Homens vulgares em semideuses. Durante a quarta raça mãe — a Atlante — que teve sob o signo de Saturno e Lua (verde e violeta), o Sacerdócio de Melkizedek, que então era exercido na oitava cidade atlante — a Shamballah dos teósofos ou a Jerusalém Celeste dos verdadeiros Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 18
  19. 19. cristãos — teve que enfrentar o magno problema da grande queda no sexo, ou seja, a "união entre os deuses e as filhas dos homens", fenômeno reconhecido pela Igreja por ser citado no Gênesis, diferindo apenas na tradição oriental o nome "devas" para o de "anjos" na tradição ocidental. Sim, todas as tradições de valor no mundo se originaram de uma Fonte Única e imperecível, que foi expressa na linguagem hierática de todos os tempos por Aquela misteriosa Terra chamada Agartha (ou mesmo Shamballah). Os povos se ligam, de uma forma ou de outra, através de suas tradições. de seus símbolos, mitos e lendas, a este Centro, e a razão de conservarem a mesma unidade e que descendem de uma Fonte Única. Na fase aurea dos ciclos evolutivos de cultura de cada povo ou da própria Humanidade, ela se encontra sob os influxos e direção das essências radiosas desse Centro. As Ordens mistico-religiosas de valor humano foram representações na terra da simbologia agarthina ou de Salem. (Agartha traz o nome oculto de Belovedye, que quer dizer Bela Aurora, Eterna Luz etc. Um dos Cavaleiros da Tavola Redonda tinha tal nome). Agartha e o começo e o fim de todas as coisas. Quando caem as religiões, as filosofias, os sistemas sociais, quando se corrompem as estruturas outrora emanadas de, Agartha para o mundo humano... e a fase de decadência desse povo, dessa raça ou da própria humanidade. Então, após um período de conflitos, choques e lutas, como ora esta acontecendo, novamente se manifesta o Espirito de Verdade. Donde a promessa de Krishna a Arjuna, no Bhagavad-Gita (literalmente: "0 Canto do Senhor"), um episódio do Mahabharata — o grande poema epico da India, da mais elevada filosofia espiritual — quando diz: "Todas as vezes que Dharma (a Lei justa) declina, e Adharma (o contrario) se levanta, Eu me manifesto para salvação dos bons e destruição dos maus. Para o restabelecimento da Lei, Eu nasço em cada Yuga (isto e, em cada ciclo ou idade)". Antes, porem, que isso aconteça, através de certas Ordens Iniciaticas ou mesmo de caráter exoterico, aparecem os "Mensageiros do Senhor deste Mundo Eterno", quando não Ele mesmo, para renovar a face das coisas, descerrar novos horizontes que ate então estavam fechados pela ignorância, a incompreensão e a maldade dos homens. Alguns dirigentes — os que realmente orientam os homens no sentido de sua verdadeira evolução — são representantes diretos ou indiretos desse Centro e cuja manifestação se processa através do Tulkuismo, fenômeno milenarmente conhecido das tradições orientais. Tais dirigentes são expressões do Rei do Mundo, o Monarca Universal, conhecido pelo nome de Melchizedek e esotericamente com o nome de Rygden-Djyepo (palavra tibetana de origem agarthina, com o significado de "Rei dos Jivas" ou dos seres da Terra), tendo por Colunas: Polydorus Isurenos e Mama Sahib, personificações da Sabedoria e da Justiça. É Ele o verdadeiro Ministro do Eterno organizador das instituições e constituições humanas, de todas as civilizações. É o Senhor Supremo das Ordens Secretas de âmbito divino na face da Terra. Melchizedek é o fulcro de toda a evolução em nosso globo. É o sentido da própria Lei, das Verdades ou da Ideação Divina posta por Ele em atividade através dos aspectos de Transformação, Superação e Metástase Avatárica. Dai ser a "manifestação" Ideoplastica do Homem Cósmico, isto e, "sem pai, nem mãe, sem genealogia, que não tem principio de dias, nem, fim de vida" (Heb. 7-III). Por que não dizer que é Ele o Pai-Mãe de todas as coisas, o Senhor do Segundo Trono ou do Akasha, o Adam-Kadmon — o Homem Cósmico, o Logos ou o Verbo manifestado na Terra? Por acaso Devavani (Voz Divina)... não é tambem um de seus nomes? Representa a Sabedoria e a Justiça Divina — como tal, Monarca Universal, "Rei de Salem (ou da Agartha) e Sacerdote do Deus Altíssimo". Como Senhor do Verbo ou Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 19
  20. 20. da Palavra Perdida. . . Dele emanam as verdades cíclicas, nas expressões dos Avataras, Budas, Bodhi-satwas, Manus etc. Dai ser Ele o Bija dos Avataras, a "Arvore dos Kumaras no segundo Trono", a semente de todos os salvadores ou redentores que o mundo conheceu ou virá a conhecer. Tudo e Dele e está Nele. 0 nome Melchizedek refere-se ao mesmo Rei do Mundo, figurando também na tradição judaico-cristã. 0 Sacrifício de Melchizedek (o pão e o vinho etc.) deve ser olhado como uma prefiguração da Eucaristia. E o próprio sacerdócio cristão se identifica, em principio, ao culto de Melchizedek, conforme palavras do Salmo ao Cristo: Tu es sacerdos in aeternum secundum ordinem melquizedec (Salmos. 110-4). Melchizedek, "rei de Salem e Sacerdote do Altíssimo", também chamado de Rei do Mundo por possuir os dois poderes: o temporal, como Rei e o espiritual como Sacerdote. Nas varias tradições religiosas do mundo, Ele é apontado com muitos outros nomes: no Tibete, como Akdorge, do mesmo modo que na India; enquanto que na Mongólia exterior e chamado Senhor de Erdemi. Mas, na verdade esotérica, chamemo-la de Teosofia, tem o nome de "Bija ou Semente dos Avataras", razão pela qual o próprio Jesus Ihe prestava homenagens e Abraão Ihe pagou dízimos (como impostos cármicos da Lei), prova de que tanto Jesus, como Abraão e Moises Ihe eram inferiores, ou d'Ele se "derivavam". "Mas quem é Melchizedek? Foi o Rei de Salem, Sacerdote do Altíssimo, contemporâneo de Abraão, Rei da Justiça e da Paz (São Paulo, Epistola aos Hebreus, VII, 1-2). É uma das Entidades mais sublimes e elevadas da Hierarquia dos Planos Superiores. É o Sol do Mundo Subterrâneo! "Feito semelhante ao Filho de Deus, não teve genealogia, sem pai e sem mãe" (Hebreus, VII, 3), foi auto-criado, uma possante Manifestação do Pensamento de Deus na Terra, ou antes, foi a Antropomorfização da própria Lei, embora não seja Deus. Não nasceu "segundo o mandamento da carne, mas segundo a virtude da vida imortal (Hebreus, VII, 26). É uma elevadíssima Entidade, oriunda de desconhecidos sistemas solares, com bilhões e bilhões de anos de existência e de experiências, Melchizedek foi, na Terra, um produto da geração espontânea. É uma esplendorosa Consciência Cósmica. Tão grande e elevada a sua evolução e perfeição moral, espiritual e intelectual que o próprio Cristo, o Mestre dos Mestres, esteve filiado a sua Ordem, como Supremo Sacerdote e Pontífice, segundo se lê na Epistola de São Paulo aos Hebreus, capítulos seis e sete. É Melchizedek, conjuntamente com o grande e sublime Jesus e os Mestres Moria, Koot-Humi e Maitreia, o futuro Instrutor da era de Aquario — quem sutilmente dirige e orienta toda a evolução do globo terrestre e os grandes movimentos po-liticos, sociais, econômicos, culturais, científicos, religiosos, artísticos e meta-físicos do Planeta. Melchizedek é o grande Rei do Governo Oculto e Espiritual do nosso Mundo e o Espirito Santo o seu Embaixador de Luz no Plano profano dos vivos assim como Deus é o de todo o Universo". Melchizedek é então rei e sacerdote e, conjuntamente, o seu nome significa "rel de justiça", sendo ele ao mesmo tempo Rei de Salem, isto é, da "Paz". Ora, "Justica" e "Paz" são precisamente os dois atributos fundamentais do "Rei do Mundo". Devemos salientar que a palavra Salem, contrariamente ao que possa parecer, nunca designou em realidade uma cidade, mas que, tomada pelo nome simbólico da região onde residia ou reside Melchizedek, pode ser equivalente do termo "Agartha". Agartha é o celeiro das civilizações passadas, lugar composto de sete cidades, cada uma delas representando uma raça, uma civilização passada, um estado de consciência já vencido pela Monada. Homens de imenso valor em matéria de Sabedoria e santidade, acompanham, debaixo, os mais evoluidos da Terra, porém... de comum acôrdo com os Guias da Face da Terra. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 20
  21. 21. Agartha, Arca ou Barca é o lugar "para onde o Manu Noé conduziu seu Povo ou Família, e os casais de animais a que se refere a própria Bíblia, porém, com a interpretação errônea de que o termo "família" fosse apenas dos seus parentes. Noé, lido anagramaticamente, dá o Éon grego, que tem como significado: "A manifestação da Divindade na Terra", nesse caso, um Manu, um Avatar, etc." Nas passagens dos ciclos em que se divide a vida humana, ocorrem os "dilúvios" ou que outro nome se queira dar as catástrofes que se incumbem de destruir os lugares impróprios a evolução dos seres da Terra. Chama-se de "castigo" também, por se tratar de lugares onde a materia tamasica (vermelha) tornou-se mais pesada e que indica a decadência de uma civilização. Ainda sobre os chamados "dilúvios", a Lemuria, como terceiro continente (e raça) foi destruída pelo Fogo. Tôdas as ilhas do Pacifico, por exemplo, são os seus remanescentes. A Atlântida, como quarto continente, foi destruída pela Água. Parte da Europa (Península Ibérica etc.) e América, que se ligava, por exemplo, a África, pelo leste, são os seus remanescentes. Cada raça desenvolve um sentido, do mesmo modo que um estado de consciência. As tradições, tanto do Oriente como do Ocidente, estão repletas de "promessas"; os ciclos, as idades se passaram, e jamais elas deixaram de ser cumpridas. Estamos em vésperas de "Manifestação do Avatar sob o signo de Aquário". 0 de Jesus foi o de "Piscis". É quando os Manus, por sua vez, grandes ou pequenos, conduzem seu povo à Terra (por Lei) prometida. 0 Manu, o portador do Verbo Solar, por ser a sua própria manifestação na Terra. Melchizedek "O sagrado e divino nome que fala de um tema que é infinito". Melchizedek não é o nome de um indivíduo que viveu na Terra, como muitos podem presumir. Ele é o nome do sacerdócio cósmico que existe por todas as dimensões, em todo planeta sagrado. Em dias antigos, templos de Melchizedek eram fixados com a finalidade de se dedicar aos ensinamentos iniciáticos espirituais e para ajudar os irmãos e irmãs na sua liberdade. Encontramos o Sacerdócio de Melchizedek sob muitas formas. Todos os Mestres Ascensos e Gurus pertencem à Ordem de Melchizedek. Não importa que ideologia ou religião, todo santo, sábio, guru e mestre tem que passar pelas iniciações de Melchizedek, que pode ser em um templo ou nos planos internos. Até mesmo hoje, muitos sacerdócios secretos continuam e mantêm as leis cósmicas, para a sua própria visão interna e seu propósito sagrado. O poder de Melchizedek permanece nos retiros etéricos e nas cidades subterrâneas, nutrido e guardado até o tempo em que os templos exteriores possam ser restabelecidos novamente. O tempo para que a Ordem de Melchizedek reapareça é AGORA! Quando cada um de nós reconhece sua missão e reforma seu poder pessoal, isto se torna uma realidade que irá tocar todo canto do Globo, alcançando todos os aspectos da sociedade planetária. Os que servem a Melchizedek serão um bálsamo curativo a toda humanidade. Se nós procurarmos em nossos corações, será fácil lembrar da vida na qual servimos nos templos das grandes civilizações ( agora passadas ), vida esta dedicada a alcançar o potencial humano de se transformar de Humano em Divino. Escolhendo ser iniciado, conscientemente, nos vários níveis de Melchizedek, nós damos o primeiro passo para devolver àquele estado de ser. Em todos os aspectos, a Ordem de Melchizedek segue as diretrizes da geometria sagrada. O número doze é o número principal dentro da geometria sagrada. Assim, de acordo com este formato, há doze domínios de iniciação em Melchizedek. E, dentro desses doze domínios, há doze níveis que compõem um domínio. Cada nível leva a certos testes de iniciações para crescimento pessoal, que se relaciona a um domínio específico. Atravessar e completar um domínio pode levar alguns anos Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 21
  22. 22. em estudos e crescimento interno. Quando você completar todos os doze domínios com os respectivos doze níveis, você será um Mestre! Melchizedek conduzirá toda nação, raça e religião para um melhor amanhã e ao nascimento da " Idade Dourada do Homem ". Unicamente seres muito especiais, através da história, têm sido capazes de perceber o verdadeito conceito e a importância que abarca a clássica fórmula da Ordenação Sacerdotal: "E para sempre serás Sacerdote da Ordem de Melki-Tsedek" (Salmo 110- 4) (Vide GEN 15, 17 A 20, SALM 15, HEB 5 A 7) Parabéns...Você esta Comprometido com a Luz... ~ OS SONS DA VIDA ~ Compreender e saber utilizar os sons é fundamental em nossa busca pela comunhão com o sagrado, com a vida que nos cerca e com nossa busca pela harmonia. Marilu Martinelli (jornalista, educadora, professora de mitologia e especialista em desenvolvimento humano). “Do Verbo nasce a sinfonia universal que se propaga e reverbera constantemente. O circuito sagrado da vida é formado por vibrações e ressonâncias dos sons.. E os sons da vida se enraizam nos Som Primordial e deste se originam as formas animadas e inanimadas.. Por isso encontramos em todas as culturas os sons mântricos, nomes sagrados e orações. !no princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o Verbo era Deus”. (João 1.1.). Os hindus têm uma escala musical cujas notas são sagradas e são emissões do OM e do AUM. Os indígenas costumam usar as vogais para alinhar os centros energéticos que compõem o corpo sinestésico (os chakras). Na Cabala mística , estes centros são aitvados e alinhados pela recitação dos 72 nomes sagrados de Deus. Os judeus e cristãos conferem à palavra AMÉM o poder de manifestar na matéria o Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 22
  23. 23. poder de Deus. Segundo algumas correntes iniciáticas do cristianismo a “porta estreita” à qual Jesus se referiu é a garganta, o portal estreito que conecta o intelecto ao coração. Cânticos, orações, mantras, músicas e palavras sagradas são formas de se alcançar a plenitude.” ~ Iniciações e Sintonizações ~ “ Existem mais coisas entre o céu e terra do que sonha nossa vã filosofia ". Shakespeare IMPORTANTE - Cada Iniciação deve ser selada com o decreto KODOISH, KODOISH, KODOISH, ADONAI ‘TSEBAYOTH verbalizado 12 vezes. KODOISH, KODOISH, KODOISH, ADONAI „TSEBAYOTH é um decreto que faz parte das Linguagens Chave. O Hebraico Antigo, linguagem sagrada, foi usado por não ser, em principio, uma linguagem de palavras, letras ou pronúncias, mas pensamentos de Deus emanando como Projeções Flamejantes. Essas projeções carregam um som que esta em ressonância com o Trono de Luz. São usadas para evoluir a criação pios semeiam na consciência idéias que podem ser mantidas por longuíssimos períodos de tempo. Suas sílabas semente podem ser usadas em meditação na conexão com os Mestres de Kesil-Órion ( área de controle central no universo maior , construindo o Corpo Vivente de Luz - Uma Malha - que pode conduzir VOCÊ a qualquer dimensão onde o Foco de Luz esteja. A ativação condizente das palavras sagradas constrói um campo de energia de iluminação, compaixão e amor de forma que as tres jóias , os corpos biológico, mental e espiritual se fundam. KODOISH, KODOISH, KODOISH, ADONAI „TSEBAYOTH é um pronunciamento sagrado que Enoch enfatizou como a vibração central que coordena todas as outras vibrações com o veículo espiritual do homem vindo a ser uma chave para sua transformação. Os senhores de Luz trazem consigo essa vibração cósmica que estendem coletivamente a toda a criação para estimular o processo de crescimento e permitir a matéria sentir diretamente o estímulo do Amor Divino. Todas as línguas e padrões musicais do homem são moldados a partir dessa vibração da Divindade, criando distorções de tempo mental/espiritual dentro de seu corpo. O KODOISH, KODOISH, KODOISH, ADONAI „TSEBAYOTH une todos os biorritmos do corpo com os rítmos esppirituais do corpo do Eu Superior , de forma que todos os sistemas circulatórios operam como um batimento do coração cósmico. Essa expressão sagrada é vivenciada dentro da 5a cavidade da Grande Piramide , que alinha o batimento vibratório do coração com os 5 corpos de vibração dentro do envoltório bioquímico do homem. Esse desenvolvimento de consciencia permite o remapeamento dos 4 sistemas circulatórios básicos do corpo humano. No processo de sua própria evolução o homem deverá ficar menos denso e crescer mais transparente a fim de participar dessas realidades multidimensionais ; assim, ele substituirá o velho biorrítmo planetário. METATRON explicou que a expressão KODOISH é a saudação das Irmandades da Luz que põe em movimento um padrão de ressonancia tão forte que só aqueles que servem Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 23
  24. 24. aos Planos do Pai podem retribuir a saudação. De fato, forças negativas não podem permanecer por longo tempo na presença dessa santa vibração cuja traduçào é: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus das legiões". Ela pode ser usada com muita efetividade como proteção de Luz em torno da família, contra as potestades que não se identificam com o Pai. KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, KODOISH, ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI ADONAI „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH „TSEBAYOTH Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 24
  25. 25. Chave - 3-0-5 O Livro do Conhecimento ~ As Chaves de Enoch As chaves dos futuros luminares são as glórias do ―Trono da Mente Criadora", que tem um compasso para todos os compassos: “KODOISH, KODOISH, KODOISH ADONAI „TSEBAYOTH!” SANTO, SANTO, SANTO É O SENHOR DEUS DAS LEGIÕES ! 1. Dentro das glórias infinitas do Trono do Pai existe uma canção celes-tial que é usada em todos os céus superiores para exaltar o Pai. É a vi-bração do Espírito Santo que fortalece todas as inteligências vivas de Deus, provendo-as com uma forma de salva-ção. 2. Esta é a saudação das Irmanda-des superiores que trabalham coletiva-mente como as Energias da Legião de YHWH. A saudação é um testemunho a todos, nos céus inferiores, de que as Legiões de YHWH trabalham coletiva-mente como um exército de Luz, ser-vindo aos corpos celestiais e aos mun-dos que serão elevados sem corrupção. 3. Quando fui levado à presença do Trono, contemplei a multidão de seres Ascendidos cantando louvores a Deus. Eu me uni a eles e declarei: "Tu és digno, Pai, de receber a glória, a honra e o poder, pois Tu criaste todas as coisas e me redimiste para cantar a Tua Criação Infinita". 4. E ao dizer isto, eu me juhtei às Legiões proclamando: "Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus das Legiões, o Pai Todo-Poderoso que foi, é e será para sempre!". 5. Esta glorificação foi extrema-mente profunda, pois quando fui trazido de volta à Terra e li as pala-vras de João no Apocalipse (4:8-11), eu soube que as palavras de João eram um testemunho verdadeiro da Presen-ça do Pai. 6. Amados do Pai, entendam que quando as quatro criaturas viventes, a fonte da substância criadora para os mundos inferiores, proclamam a San-tidade de YHWH com as palavras: "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tse-bayoth", elas estão proclamando que o poder da criação está inextricavel-mente entrelaçado com este som sa -grado usado na divinização de novos mundos. 7. O "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth" é o compasso do ciclo e a pulsação de todos os estados de matéria/radiação e, acima de tudo - ressonância, que é o fator comum que une os níveis vibratórios inferiores com os níveis superiores da criação. 8. Até o batimento cardíaco huma-no, com seus relógios biológicos, é determinado de acordo com a função do "Kodoish, Kodoish, Kodoish Ado-nai 'Tsebayoth, Mel-o Kol Ha-aretz Kevod-o!" 9. O "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth" une todos os biorrit-mos do corpo com os ritmos espirituais do corpo do Eu Superior, de modo que todos os sistemas circulatórios operam como um batimento do coração cósmi-co. O "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth" é dado dentro da quinta cavidade da Grande Pirâmide, que alinha o batimento vibratório do cora-ção com os cinco corpos de vibração que operam dentro do envoltório bio-químico do homem. 10. Além disso, é a energia Lumi-nosa criada por este "código santo" que capacita o veículo corporal a expe-rimentar a energia direta dos Mestres de Luz que servem a YHWH. Este intercâmbio de energia é importante para as necessidades superiores Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 25
  26. 26. da encarnação humana, porque procede do código pronunciado pelas quatro criaturas viventes que estabelecem a estrutura fundamental para toda maté-ria criada a partir da substância divina. 11. Eles usam este código para conectar a mente deles com a Mente do Pai, a qual lhes permite regozijar-se na Sabedor: transplantada na mente da criação. 12. Estas quatro criaturas viventes são as que compõem as funções on-da-matéria combinando sons divinos com os elementos metamateriais que se estendem do Trono à criação física. 13. Portanto, o "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth" é o compas-so central para as dez oitavas contidas dentro das linhas de força eletromagnéticas, assim como para escalas adici-onais de ressonância cromática ema-nando oitenta oitavas acima e oitenta oitavas abaixo de nosso local no espec-tro eletromagnético. 14. O som cósmico e sua relação com o espectro de cores divide essas oitavas de som adicionais além da faixa normal da oitava. E assim como cada particula subatômica tem sua própria vibração cromática particular, essas vibrações cromáticas podem ser dividi-das de forma a liberar novos tons mu-sicais. 15. Estas oitavas são ativadas pelas letras divinas do hebraico que, por sua vez, são ativadas pela sua própria malha, que é chamada à existência pelo Adonai 'Tsebayoth. Estas letras são formas-pensamento que criam um elo eterno entre os diferentes mundos temporal. 16. Cada pronúncia de uma "for-ma-pensamento" conduz à for-ma-semente que representa a complexa natureza das energias básicas das for-ças da vida. A "formapensamento" tem um poder sonoro básico que equi-vale à luz operando em padrões corres-pondentes e com extensão tonal. 17. Deste modo, a combinação básica da malha de letras divinas com todos os acoplamentos bilíteros, resulta em 484 combinações de "luz a som" (222 = 484) ou de manifestações de poder sonoro. 18. Os cabalistas sabem que organi-zando todas as combinações trilíteras formadas pelas 22 letras de fogo, as "formas-semente sonoras" totalizariam 223 ou 10.648. Com maior entendimento, a luz e o som podem se unir através das somas das tabelas musicais, no princípio e no fim das 484 combinações bilíteras, de modo que a Sabedoria ao fundo de cada forma-semente é ampliada. 19. Portanto, o poder das vinte e duas letras básicas é: 484 = 22 elevado a 2 10.648 = 22 elevado a 3 234.256 = 22 elevado a 4 5.153.632 = 22 elevado a 5 113.379.904 = 22 elevado a 6 2.494.357.888 = 22 elevado a 7 54.875.873.536= 22 elevado a 8 1.207.269.217.792 = 22 elevado a 9 26.559.922.791.424 = 22 elevado a 10 584.318.301.411.328 = 22 elevado a 11 12.855.002.631.049.216 = 22 elevado a 12 20. Este tabernáculo de sílabas--semente é suficiente para representar as "canções de ascensão", de modo que a alma do ser humano possa en-contrar-se em cada nível de experiên-cia e na transformação da "vestimenta de Luz" ao ascender do mundo de vibração ao mundo de Luz. 21. Surge a questão: Por que a lín-gua hebraica foi escolhida para contro-lar até as partículas subatômicas e ativar a espiritualidade do Homem? 22. Enoch me disse que esta "lín-gua sagrada" foi usada porque em princípio não Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 26
  27. 27. representa uma língua de palavras, letras ou pronuncias, e sim de pensamentos de Deus emanan-do como projeções flamejantes. 23. Estas projeções flamejantes de pensamento conduzem um som singu-lar que está em ressonância com o Trono. E estas projeções de som e pen-samento são também usadas nos mun-dos de Luz supremos, não apenas como uma fonte de comunicação, mas de criação. 24. Estas projeções flamejantes são usadas para evoluir a criação porque conseguem semear idéias na consciên-cia, que podem ser conservadãs por períodos temporal extremamente lon-gos. Em outras palavras, estas geome-trias de luz têm duração "eterna". 25. Com o conhecimento desta Língua Divina, as Legiões imprimem diretamente na nova criação a imagem da Mente do Pai. Isto garante a resso-nância morfológica na estrutura da criação que está atravessando a fase embrionária. 26. E o "Kodoish, Kodoish, Kodo-ish Adonai 'Tsebayoth" é a vibração central coordenando todas as vibra-ções com o veículo espiritual do Ho-mem. 27. Porém, por milhares de anos o homem vem dizendo este mantra sagrado sem qualquer aumento consi-derável de Sabedoria, exceto os poucos que foram escolhidos por Deus para mostrar como os mais grandiosos dons criativos das Legiões de Luz podiam ser projetados diretamente através do corpo. 28. Hoje, por meio da magnífica dispensação que Deus prometeu ao final deste período temporal, o "Kodo-islz, Kodoislz, Kodoish Adonai Tsebayoth" se converterá na chave da transforma-ção do Homem. Pois através da dis-pensação de Deus, o corpo do Eu Su-perior Crístico será vivificado no tra-balho direto com o corpo físico. 29. A humanidade irá experimen-tar coletivamente a glossolalia e o ressoar da comunicação melodiosa, conforme ocorreu aos discípulos no Pentecostes, quando nosso molde Kether for aberto às vibrações do céu passando sobre a face da terra. 30. E, enquanto eu estava no meio do Grande Trono de Sua Glória, o Senhor mostrou aos que estavam ante Sua Presença como seu Amor haveria de verter sobre os habitantes de todos os mundos de Luz. E quando Suas emanações de Luz se derramaram, os numerosos Mestres ao redor do Trono abriram suas bocas e proclamaram: "Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus das Legiões, toda a terra está cheia de Sua Glória". 31. E senti a Glória de uma canção sem limites à medida que as vestimen-tas das multidões e a grande parúsia se uniam em uma grande canção. 32. Contudo, até na presença do Trono, o canto de júbilo não é um canto para o ouvido físico, mas para o ouvido espiritual interno. Esta música celestial é produzida pelo movimento rotatório de uma extensa série de cores que estão sobre as cabeças da assembléia Hierárquica, na presença do Ain Soph em turbilhão. 33. Ouvir estas notas musicais é vivenciar toda uma sinfonia de Luz. Seria como se o homem terrestre escu-tasse um som em uma frequência muito baixa (0,01 a 4 Hz) e sentisse como se ele fosse uma nota musical viajando através do espaço sem quais-quer fronteiras. 34. Sim, tão grande é esta Glória que até as Legiões do Trono se reve-zam partindo para os mundos recém- nascidos, aonde levam a Sabedoria do Pai para planejar de novo as vitórias do Espírito. 35. As Legiões levam consigo o "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tseba-yoth" como a vibração cósmica, que estendem coletivamente a toda criação para estimular o processo de cresci-mento e permitir que a matéria sinta diretamente o estímulo do Amor Divi-no. 36. Nenhuma outra canção nos céus pode manifestar diretamente e com tanta inClarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 27
  28. 28. tensidade o Amor Divino às formas elementares da criação como este divino mantra do Trono do Pai. Pois todos os padrões linguísticos e musicais do homem foram moldados a partir desta vibração da Divindade. 37. Deste modo, o "Kodoish, Kodo-ish, Kodoish Adonai Tsebayoth" cria distorções temporal mentais e espiritu-ais dentro de nosso corpo, que nos permitem crescer de um pequeno microcosmo ao próximo nível da Di-vindade. 38. As formas-pensamento que atravessam esta distorção temporal reconstroem nossas entradas genéti-cas, a fim de manifestar o continuum de vida e levar a transformação de nossa forma Adâmica ao próximo modelo de divindade do Adam Kad-mono Aqui, as formas-pensamento permitem que o cristal-semente da divisão celular reconstrua a vida para o próximo nível de Divindade. 39. E os cristais dos céus vibram, e toda a criação vibra com este Santo Mantra. Portanto, alegrem-se todos os jardins planetários e tudo o que há neles; que os elementos cantem a YHWH, porque Ele tem dado a cada cosmologia jubilosa o seu Shemot. Ó, dêem graças ao Senhor, pois Ele é bom; pois Sua misericórdia é eterna. 40. E quando fui levado da Merka-bah de Enoch ao Trono pelo Corpo de Luz de Metatron, reconheci junto com os irmãos e irmãs de Luz: "Bendito seja o Senhor em Suas palavras; Sim, Bendito pela boca de todos os viven-tes. Sua grandeza e bondade preen-chem todo o universo; o conhecimento e o entendimento o rodeiam. 41. "Ele é exaltado acima das Hyos Ha Koidesh e é adornado em glória acima da carruagem. Glória e Honra pertencem a Seu Nome para sempre. E - todas as Legiões nas alturas Lhe dão louvores: Os Serafim, os Hashmalim e as Hyos Ha Koidesh rendem Glória e Grandeza"! 42. Metatron me explicou tam-bém que a saudação "Kodoish, Kodo-ish, Kodoish Adonai Tsebayoth!" deve-ria ser feita para discernir entre as forças celestiais espirituais e as ne-gativas. A saudação ativa um pa- drão de ressonância com o Trono do Pai que as "forças negativas" não conseguem suportar quando cum-primentadas com esta saudação. De fato, esta saudação é tão forte que as "forças negativas" não conseguem permanecer nem por um lapso tem-poral na presença de sua vibração. 43. Conseqüentemente, as forças negativas se expõem e podem ser destruídas pelas irmandades celesti-ais superiores caso nao respeitem este código dos iluminados celestiais. 44. As Irmandades que entoam o "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth" vêm diretamente do Trono para trabalhar nas regiões onde os Mestres destas regiões fra-cassaram na expulsão das hierarqui-as caídas. 45. Ao operar com os harmôni-cos da velocidade da Luz, o Mantra Sagrado ativa malhas especiais de harmonização ressonante, de modo que o acoplamento de energia que flui através do corpo é posto em ressonância simpática com a Irmandade. Isto permite que as malhas de energia sejam unidas para trabalho e adoração mútuos. 46. Junto com este plano de co-municação de "Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth" usado pela Irmandade para saudação, fui instruído em como usar os harmôni-cos de luz e som específico do 6-6-6, 9-9-9 e 12-12-12. Estas sequên-cias numéricas hão de ser usadas por meio de um foco piramidal for-mado pelas mãos sobre o terceiro olho, o que amplifica este cumpri-mento sagrado para enviar e receber instrução espiritual. 47. O padrão do 6-6-6 é usado para identificar vocês com a vibra-ção da Terra. O padrão do 9-9-9 indica que vocês captaram uma vibração Merkabah e que vocês estão receptivos a qualquer instrução que esteja disponível. E o padrão 12-12-12 é a vibração de transporte consciencial. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 28
  29. 29. 48. Quando vocês entenderem o Mantra Sagrado, a estrutura-código de Amor e Luz focalizada no meio do terceiro olho - a semente crista-lina, vocês verão que a própria men-sagem lhes permite elevar sua se-mente cristalina aos Conselhos de Luz nos Céus de Órion. 49. Amados em Nome do Pai: Nosso protetor é Michael; nossa Legião os Elohim. A meditação é nosso alimento; o júbilo e a interpenetração com a Legião são nosso néctar radiante! Os Mestres de Luz permitem que os campos bioquími-cos de vocês se harmonizem com as formas-pensamento das Irmandades da Luz, de modo que eles estejam com vocês como uma única família! 50. Cantemos o ketav einayim, as "letras de olho" de Michael, Gabriel, Rafael e Uriel para abrir os olhos de toda a humanidade para a sinfonia de Luz! Que as letras de fogo des- pontem em nossos olhos à medida que cantamos os acordes inefáveis de adoração à Luz-Tod.a-Pura do Ain Soph do Pai. Os poderes sono-ros têm correspondências em todas as esferas de manifestação. Venham! Sejam coroados com a chama eterna de YHWH sobre a cabeça! Venham! 51. Os sons da Irmandade outro-ra usados no Egito declaram: Gamaliel Amen Armozelll Amen Gabriel Amen Oroiasel Amen 52. Os sons da Irmandade que aterrissará em Israel declararão: Yesha-yahu Yelzo-shua Yehoy-ada Yoshua-Yahweh ~ Procedimentos para Receber as Iniciações ~ Antes de você iniciar qualquer umas das Iniciações deste Manual, compreenda primeiro que elas ti ligarão automaticamente a egregora dos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek que estão nos sistemas dimensionais superiores do no nosso universo. Realize as Inciações como estão neste manual procure seguir a seqüência de cada uma. Você pode realizar uma ou mais iniciações num mesmo dia, o ideal é que seja uma ou ate duas iniciações por dia, para que você possa se sintonizar melhor com as energias recebidas durante o processo de iniciação. Primeiramente escolha um local tranqüilo onde você não será incomodado e prepare o ambiente com insenso e uma musica suave. Tome um banho e vista-se com uma rouba branca ou clara. Relaxe e faça A Grande Invocação. Em seguida invoque a Hierarquia de Mestres Planetários e Cósmicos e os Sacerdotes da Ordem de Melchizedek para auxiliá-lo na sua iniciação na Ordem de Melchizedek. Agora invoque em especial a presença do Senhor Melchizedek, do Arcanjo Metatron e do Arcanjo Miguel, juntamente com os Sacerdotes da Ordem de Melchizedek e faça a Oração ao Senhor Melchizedek e peça para iniciá-lo neste momento na Ordem de Melchizedek como um Sacerdote a Serviço da Luz Maior do Cristo e de Melchizedek na Terra. E então realize a primeira Iniciação como esta na seqüência do Manual. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 29
  30. 30. ~ A Grande Invocação ~ Do ponto de Luz na mente de Deus, Que flua Luz às mentes dos homens, Que a Luz desça à Terra. Do ponto de Amor no coração de Deus, Que flua Amor aos corações dos homens, Que o Cristo retorne à Terra. Do Centro onde a vontade de Deus é conhecida, Que o propósito guie as pequenas vontades dos homens, O propósito que os Mestres conhecem e servem. Do centro a que chamamos raça dos homens, Que se cumpra o plano de Amor e de Luz E feche-se a porta de onde mora o mal. Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o plano divino na Terra. ~ Oração ao Senhor Melchizedek ~ Bem Amado Senhor Melchizedek, Altíssimo Bem Amado, nós vos reverenciamos neste momento de tempo onde as vossas energias e as energias da Ordem comandada por vós, chegam a este planeta para ajudar a toda humanidade. Que a vossa sabedoria possa nos trazer a consciência necessária para que possamos limpar o nosso emocional e mental e nos sintonizarmos com todas as frequências dos planos superiores de luz. Que o vosso poder possa nos permitir a percepção da verdade crística a ser experienciada na força de todas as experiências passadas, presentes e futuras. Que o vosso amor ilumine e cubra de bençãos a todos os vossos filhos que perceberam, na irradiação do amor maior, o incomensurável amor irradiado por vós. Que possamos todos perceber e louvar vosso poder, vossa sabedoria e vosso amor, e que abertos para essas energias maiores possamos vislumbrar, através da vossa luz, que o poder, a sabedoria e o amor representam a única verdade, a verdade maior de Deus-Pai-Mãe, a Unidade que tanto almejamos, na liberdade, no amor, na paz e na luz. Altíssimo Bem Amado Senhor Melchizedek, que neste momento, quando vossas energias se aproximam deste planeta para nos auxiliar na cura dos nossos corpos inferiores, nós possamos perceber e utilizar todos os instrumentos postos à nossa disposição por vós. Que as iniciações à sua ordem, a Ordem de Melchizedek, possam Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 30
  31. 31. tocar os corações de todos nós, de todos aqueles que ao ouvirem o vosso nome sintam o pulsar mais forte de seus corações no amor, na verdade, na fé e na luz. Que todas essas almas que já despertaram para a vossa força possam, através da vossa luz, serem os instrumentos adequados para irradiarem a vossa energia a todo este Amado Planeta. Que possamos todos, atendendo ao vosso pedido, nos transformarmos nos professores, nos curadores, nos professores-curadores e nos líderes que têm como única meta estar à vossa disposição para auxiliar na elevação de todas as consciências até a morada do PAI. Que através do vosso exemplo, cuja tônica maior é a simplicidade e a humildade, sejamos também os exemplos para todos os nossos irmãos e irmãs que atendendo ao vosso chamado cheguem até nós. Que a vossa grandiosidade, a vossa majestosidade, o vosso incomensurável amor, a vossa sabedoria e o vosso poder possam estar cada vez mais próximos de nós e deste Amado Planeta, e que possamos Altíssimo bem Amado Senhor Melchizedek sermos os vossos instrumentos, os instrumentos da Luz Maior, os instrumentos do Altíssimo, pai majestoso El Elion, para tocarmos os corações e as mentes de toda a humanidade e com este gesto, que é o vosso gesto de luz e de puro amor, na irradiação do coração, da mente e da atitude, todos nós possamos, como uma única família que somos, experienciarmos toda a magnitude, toda grandiosidade, toda beleza e toda luz por vós irradiada e através desta luz, que possamos todos limparmos e transmutarmos todas as nossas desarmonias para retornarmos ao Pai Maior, através de Vós, com Vós e em Vós. Que o amor, a clareza mental e a atitude diária nos permitam alcançar os patamares crísticos de luz na força e no poder de Deus-Pai-Mãe em Vós. O sinal do coração, da cabeça e da mão (O Deus em mim saúda o Deus em Vós). Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth, Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth, Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth, Melquisedek Ain Soph Melquisedek Ain Soph Melquisedek Ain Soph 1a Iniciação - Coração Shakti Sacerdotes da Ordem de Melchizedek Coração SHAKTI Esta iniciação Shakti promove amor, compaixão e harmonia na sua vida. É um presente especial da Ordem. Ative essa Iniciação, simplesmente verbalizando esta sentença(decreto) de forma exata várias vezes – No mínimo 4: “Eu peço ao Senhor Melchizedek e aos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek para ativarem aqui e agora a Iniciação “Melchizedek Coração SHAKTI” ! Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 31
  32. 32. Selar verbalizando o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido verbalmente por 12 vezes. Pode ser enviado a outros imaginando uma forma de cone com sua ponta em seu coração enviando essa benção a outro cone com sua ponta no coração de outra pessoa e dizendo mentalmente: “Melchizedek Coração SHAKTI” Várias vezes – No mínimo 4, com a intenção firme de contactar-se com a outra pessoa em sua mente. Selar com o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido verbalmente por 12 vezes. 2a Iniciação de Aterramento em Melchizedek Intencione sentir-se muito conectado com a Terra energética e emocionalmente. Intencione sentir-se muito presente nesse momento. Intencione sentir sua sensação de elevação conectado com o Todo. Repita mentalmente ou em voz alta a ativação abaixo, repetindo por 4 vezes. “Eu peço ao Amado Senhor Melchizedek e aos Sacerdotes da Ordem de Melquisedeck para ativarem a Sintonização de Aterramento Melchizedek em mim (diga seu nome) aqui e agora.” Aguarde uns momentos prestando atenção ao que esta sentindo. Selar com o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido 12 vezes. Essa é uma sintonização profundamente poderosa. Levará 21 dias para se completar na sua totalidade Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 32
  33. 33. 3a Iniciação Mental de Melchizedek Essa Iniciação promove flexibilidade mental, habilidade em separar as formas subjetiva e objetiva, bem como a habilidade de enxergar a mesma situação sobre objetivas multiplas. Ativação – Pela Intenção e acontecera na complexidade dela mesma, levando de 10 a 15 minutos para acontecer. Inicialmente ela acontece e precisa ser usada em todos os momentos de grande concentração. Ela tem efeitos cumulativos sobre o tempo que é feita. Recomenda-se que para otimização dos resultados Você ative essa iniciação pelo menos 2 a 3 dias diferentes durante a semana. Como fazer: Repita mentalmente ou em voz alta a ativação abaixo, por 4 vezes. “Eu peço ao Amado Senhor Melchizedek e aos Sacerdotes da Ordem de Melchizedek para ativarem a Sintonização Mental de Melchizedek em mim (diga seu nome) aqui e agora.” Selar com o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido 12 vezes. Aguarde uns momentos prestando atenção ao que esta sentindo. 4a Iniciação da Afirmação de Melchizedek Esta iniciação coloca o Poder em importantes afirmações porque contém o som da Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 33
  34. 34. Ordem de Melchizedeck em cada Som simbólico. Essa Iniciação pode ser usada em vários rituais nos quais a pessoa entra em sintonia com a Ordem para receber os atributos divinos associados com ela. Repita mentalmente ou em voz alta a afirmação abaixo a iniciação: Minha vontade pessoal é (afirme em voz alta o seu desejo, e que ele jamais tenha qualquer palavras negativa)... minha vontade divina é una com a Ordem de Melchizedek. Após sonorizar o seu desejo diga: Minha vontade pessoal e minha vontade divina são Unas com os Sacerdotes da Ordem de Melchizedek ! Isso irá promover uma transformação profunda nos Níveis Espiritual, Mental, Emocional e Físico, como desejado. O caminho do resultado dessa Sintonização é a determinação colocada para cumprir a vontade de seu Eu Superior. Selar com o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido verbalmente por 12 vezes. 5a Iniciação Comunicação de Melchizedek Trabalhando com A Ordem de Melchizedek é importante desenvolver uma clara comunicação. Esta sintonização ajuda e o leva a receber uma comunicação de modo mais facilitado da Ordem. Ela trabalha numa base aonde Você não precisa ativá-la, entretanto para ter um melhor benefício dessa Sintonização Você deve trabalhar conscientemente na Iniciação. Para que isso aconteça primeiro intencione o trabalho da sintonização, ou seja, coloque o processo conscientemente na sua sintonização. Inicialmente o começo da intenção é o suficiente. Então visualize um belíssimo Anjo agora, imagine-o, construa-o em sua mente... de 5 a 15 minutos mantendo a intenção de que o Anjo representa e é o mais Alto Sacerdote da Ordem. Nesse momento, os detalhes exatos dessa visualização não são importantes. Posteriormente você receberá uma IClarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 34
  35. 35. niciação Cósmica para o desenvolvimento da coragem que é necessária para ativar a visualização desse Anjo. Selar com o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido verbalmente por 12 vezes. 6a Iniciação de Integração dos Hemisférios de Melchizedek Esta iniciação resulta em uma profunda integração com os hemisférios esquerdo e direito do cérebro de forma a promover um caminho mais natural para o conhecimento e acesso as camadas do cérebro necessárias ao trabalho de base na Ordem. Essa Iniciação leva 5 dias para se tornar completa. Ativação: Repita mentalmente ou em voz alta a ativação abaixo, repetindo por 4 vezes. “Eu peço ao Amado Senhor Melchizedek e aos Sacerdotes da Ordem de Melquisedeck para ativarem a Sintonização de Integração dos Hemisférios de Melchizedek em mim (diga seu nome) aqui e agora.” Selar com o Decreto Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai “Tsebayoth, repetido verbalmente por 12 vezes. Aguarde uns momentos prestando atenção ao que esta sentindo. Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 35
  36. 36. 7a Iniciação de Proteção em Alpha e Omega de Melchizedek Iniciação e técnica de Proteção em Alpha e Omega O que você pode fazer quando está em público e sente uma dor súbita, ou experimenta a sensação de que um desastre eminente parece ter acontecido ? O que você pode fazer quando capta energias negativas ou forças da Escuridão e tenta trabalhar para que não haja redução de sua Luz? A Ordem dos Sacerdotes de Melchizedek nos fornece nesse momento uma poderosa proteção em sintonização e técnica. Os símbolos usados aqui são Alfa e Omega, como listados abaixo em sua forma. São as duas letras que representam o TOTAL – DEUS TODO PODEROSO, O COMEÇO E O FIM! São apresentadas e denominadas no 21º Capítulo do Livro de Revelações,. Repita em voz alta por 4 vezes: " Eu Sou o Alfa e Omega, o começo e o fim. E EU estarei dentro dele O GRANDE... A ESSÊNCIA... A FONTE... da Agua da Vida de maneira livre... total... e completa” Simplesmente ative cada um desses dois símbolos uma vez em cada uma das palmas de suas mãos dessa maneira: Com seu dedo indicador esquerdo escreva, imprima na sua mão direita a letra A maiuscula e pense, verbalize 4 vezes: ALPHA... Sintonização , Iniciação ALPHA.... Clarindo Melchizedek – Centro de Cura Cósmica – Mineiros – Goiás – Brasil 36

×