RECONFIGURANDO A SALA DE AULA EM AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM <br />VERA MENEZES (UFMG/CNPQ/FAPEMIG)<br />JUNIA BRAG...
Configuração em filas <br />Configuração em grupo<br />
Qual é a configuração ideal? <br />“No imaginário da maioria dos autores do cenário educativo, esses arranjos simbolizam o...
Viva a tecnologia!?<br />
Com o advento da Web, acompanhamos um acentuado crescimento do ensino online contudo, “ o ambiente online em si não é sinô...
Interação e Colaboração<br />
Descrição dos cursos online<br />IngRede: uma disciplina online de leitura instrumental na UFMG que nasceu de um projeto i...
Posteriormente, com a participação de Junia Braga, sentiu-se a necessidade de planejar um segundo nível. <br />Novos parce...
Na UFMG, através da plataforma moodle, as disciplinas foram ministradas totalmente online. <br />O moodle possibilita a cr...
Experiências individuais <br />As experiências individuais utilizaram CD-ROM com lições voltadas para o desenvolvimento de...
Experiências colaborativas<br />Criação de biblioteca virtual e um glossário de termos técnicos por área. <br />
O IngRede procurou aumentar o grau de autonomia, pois os aprendizes podiam escolher percursos diferentes para atingir os o...
Grupo fractalizado<br />b) Como exemplo de um grupo fractalizado tem se: Cinquenta alunos da graduação, licenciandos em In...
online onde desenvolviam tarefas colaborativas sem a intervenção  direta do professor. <br />
(9) Não usufruí muito da conexão com os outros usuários e não senti falta desta parte do curso.<br />(10) Fiquei mais atra...
11) A maior autonomia encaixou perfeitamente no meu planejamento, pois já estou no final do curso e os trabalhos demandam ...
(14) Uma situação diferente que percebo é que estou adquirindo o hábito de usar mais o computador para estudar, fazendo ma...
No que concerne a adaptabilidade, no IngRede, o aluno pode fazer escolhas de acordo com seus estilos. No grupo fractalizad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Reconfigurando a sala de aula em ambientes virtuais

298 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
298
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Reconfigurando a sala de aula em ambientes virtuais

  1. 1. RECONFIGURANDO A SALA DE AULA EM AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM <br />VERA MENEZES (UFMG/CNPQ/FAPEMIG)<br />JUNIA BRAGA (UFMG)<br />
  2. 2. Configuração em filas <br />Configuração em grupo<br />
  3. 3. Qual é a configuração ideal? <br />“No imaginário da maioria dos autores do cenário educativo, esses arranjos simbolizam os espaços da aprendizagem por excelência.”<br />No entanto, neste contexto não há espaço para o exercício da autonomia, algo que deveria ser estimulado no ambiente escolar. <br />
  4. 4. Viva a tecnologia!?<br />
  5. 5. Com o advento da Web, acompanhamos um acentuado crescimento do ensino online contudo, “ o ambiente online em si não é sinônimo de autonomia e criatividade e pode ser tão ou mais tradicional que a sala de aula presencial.”<br />
  6. 6. Interação e Colaboração<br />
  7. 7. Descrição dos cursos online<br />IngRede: uma disciplina online de leitura instrumental na UFMG que nasceu de um projeto interinstitucional (UFG,UFMG, UFMT, UFRJ, UFSM, UFU, UFJF, UFPA e UFPEL). <br />Inicialmente idealizado pela professora Kátia Tavares da UFRJ para atender aprendizes iniciante. <br />
  8. 8. Posteriormente, com a participação de Junia Braga, sentiu-se a necessidade de planejar um segundo nível. <br />Novos parceiros agregam se ao projeto e ajudam na elaboração de diferentes unidades didáticas (UFOP, UFSCr e CEFT- Januário).<br />
  9. 9. Na UFMG, através da plataforma moodle, as disciplinas foram ministradas totalmente online. <br />O moodle possibilita a criação de atividades individuais e colaborativas. <br />
  10. 10. Experiências individuais <br />As experiências individuais utilizaram CD-ROM com lições voltadas para o desenvolvimento de estratégias de leitura. <br />Os alunos foram agrupados em grandes áreas, Ciências Humanas, Ciências da Saúde, Engenharia... <br />
  11. 11. Experiências colaborativas<br />Criação de biblioteca virtual e um glossário de termos técnicos por área. <br />
  12. 12. O IngRede procurou aumentar o grau de autonomia, pois os aprendizes podiam escolher percursos diferentes para atingir os objetivos do curso. <br />
  13. 13. Grupo fractalizado<br />b) Como exemplo de um grupo fractalizado tem se: Cinquenta alunos da graduação, licenciandos em Inglês, Espanhol e Português, que foram divididos de acordo com suas habilitações em pequenos grupos de 3 a 5 participantes e interagiram num ambiente<br />
  14. 14. online onde desenvolviam tarefas colaborativas sem a intervenção direta do professor. <br />
  15. 15. (9) Não usufruí muito da conexão com os outros usuários e não senti falta desta parte do curso.<br />(10) Fiquei mais atraída pelo conteúdo do CD e resolvi aprender mais com ele, a bússola e o alto mar. Acho que me sinto melhor estudando sozinha e verificando os links disponíveis da internet do que discutindo no fórum.<br />
  16. 16. 11) A maior autonomia encaixou perfeitamente no meu planejamento, pois já estou no final do curso e os trabalhos demandam tempos variados. O trabalho colaborativo do glossário de termos técnicos foi muito interessante, pois pude aprender coisas da própria engenharia que antes não sabia.<br />
  17. 17. (14) Uma situação diferente que percebo é que estou adquirindo o hábito de usar mais o computador para estudar, fazendo mais pesquisas na rede e utilizando melhor os recursos informacionais que possuo. A percepção que podemos aprender por conta própria também ajuda a ficarmos mais independentes e organizar melhor as tarefas a serem feitas mediante dos prazos e tempo disponível.<br />
  18. 18. No que concerne a adaptabilidade, no IngRede, o aluno pode fazer escolhas de acordo com seus estilos. No grupo fractalizado, a autonomia do grupo ofereceu oportunidades de escolhas de gerenciamento grupal, de língua, material, ritmo, etc.<br />

×