Mestrado em História das Ciências da Saúde




Saúde e Sistemas Médicos até 1800
          01. Introdução
             J. ...
As origens da história da medicina

• Até ao século XIX
   – História = documentação
       » Portugal: Coimbra, 1772
• Sé...
•
   •




• Karl Sudhoff   • Julius Pagel   • Charles Daremberg
  (1853-1938)      (1851-1912)      (1817-1872)
The staff of the Institute of the History of Medicine in the Welch Memorial Library, Johns Hopkins University.
Seated: Wil...
Henry Sigerist (1891-1957)

•   N. Paris de pais suíços
•   Estudou com Karl Sudhoff, dir. Instituto de
    História da Me...
George Rosen (1910-1977)

•   N. Brooklyn
•   1930-1935 – Estudou medicina
    em Berlim, na Univ. Kaiser
    Wilhelm
•   ...
Tendências actuais

•   História social da medicina
•   Novas perspectivas: doentes
•   Maior recolha de dados empíricos s...
História das doenças

• Necessidade de avaliação independente do impacto da
  medicina
    – Thomas McKeown – Medicina e d...
Ciência e sociedade

• Science at the Crossroads
• Londres, 1931 - Second
  International Congress of the
  History of Sci...
Perspectiva externalista da História da
                       Ciência

• Marxistas
   – J. D. Bernal (1901-1971)
       »...
Perspectiva internalista

      » Guerra fria
   – Afastamento da historiografia das raízes sociais da ciência
   – Autono...
Excepções

• Instituições e organização da ciência
   – Estudo das academias e instituições formais torna evidentes factor...
Presentismo

• A visão anacrónica
            • (Cf. Kragh, cap. 9).
   – O anacronismo em história. Sujeito, objecto e su...
A superação do anacronismo e do
                presentismo

• A ligação anacrónica ao internalismo estrito
   – Cientista...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Saude e Sistemas Medicos ate 1800 Parte 01

1.821 visualizações

Publicada em

Saude e Sistemas Médicos até 1800. Parte 01. Introdução. Mestrado de História das Ciências da Saúde (FFUL).

Publicada em: Saúde e medicina, Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.821
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Saude e Sistemas Medicos ate 1800 Parte 01

  1. 1. Mestrado em História das Ciências da Saúde Saúde e Sistemas Médicos até 1800 01. Introdução J. P. Sousa Dias
  2. 2. As origens da história da medicina • Até ao século XIX – História = documentação » Portugal: Coimbra, 1772 • Século XIX – A visão positivista » As grandes ideias médicas • A longa marcha da medicina moderna. Progresso e triunfo sobre a doença » Os grandes médicos » História da medicina por e para médicos • Portugal: Maximiano de Lemos
  3. 3. • • • Karl Sudhoff • Julius Pagel • Charles Daremberg (1853-1938) (1851-1912) (1817-1872)
  4. 4. The staff of the Institute of the History of Medicine in the Welch Memorial Library, Johns Hopkins University. Seated: William Henry Welch and Henry E. Sigerist. Standing: Fielding H. Garrison, John Rathbone Oliver, and Owsei Temkin. ca. 1932
  5. 5. Henry Sigerist (1891-1957) • N. Paris de pais suíços • Estudou com Karl Sudhoff, dir. Instituto de História da Medicina, em Leipzig • Sucedeu a KS em 1925 • 1932 – emigrou para EUA, onde sucedeu a William H. Welch como director do Inst. História da Medicina da Johns Hopkins University (f. 1929). – inicia publ. “Bulletin of the History of Medicine” • 1937 – publica o livro Socialized Medicine in the Soviet Union. – Defensor dos seguros médicos obrigatórios. • Jan. 1939 – É capa da Time. • Década de 1940 - Entra em rota de colisão com establishment médico americano. • 1947 – Regressa à Suíça.
  6. 6. George Rosen (1910-1977) • N. Brooklyn • 1930-1935 – Estudou medicina em Berlim, na Univ. Kaiser Wilhelm • 1935 – Regressa a NY • 1941 – posição no New York City Department of Health • Ensina Saúde Pública e História Med. nas univ. de Columbia e Yale • Viragem para as pessoas e as doenças
  7. 7. Tendências actuais • História social da medicina • Novas perspectivas: doentes • Maior recolha de dados empíricos sobre grupos sociais • Ligação com contexto social • Maior variedade de fontes (incl. arquivos) • Interdisciplinaridade
  8. 8. História das doenças • Necessidade de avaliação independente do impacto da medicina – Thomas McKeown – Medicina e demografia • Arquivos clínicos • Epidemiologia histórica • Meio ambiente – factores biológicos e sociais • História da medicina e da alimentação
  9. 9. Ciência e sociedade • Science at the Crossroads • Londres, 1931 - Second International Congress of the History of Science – Del. soviética liderada por Nikolai Bukharin (1888-1938) – Boris Hessen, quot;The Socio-Economic Roots of Newton's Principiaquot; • Boris M. Hessen (1893-1936)
  10. 10. Perspectiva externalista da História da Ciência • Marxistas – J. D. Bernal (1901-1971) » The social function of science (1939) » Science in History (1954) – Joseph Needham (1900-1995) » Science and civilization in China (1954- ). • Não-marxistas J. D. Bernal J. Needham – Robert K. Merton (1910-2003) » Technology and Society in seventeenth century Enland (1938) • Maior aptidão de puritanos e calvinistas para ciência no séc. XVII • Infl. p/ tese de Max Weber R. K. Merton
  11. 11. Perspectiva internalista » Guerra fria – Afastamento da historiografia das raízes sociais da ciência – Autonomia da mente • Alexandre Koyré » Études galiléennes (1939) • A ciência “é essencialmente theoria, uma busca da verdade ... um desenvolvimento ... inerente e autónomo” » A. Rupert Hall • The scientific Revolution 1500-1800 (1954). • “a mudança intelectual é uma cujas explicações devem ser procuradas na história do intelecto” A. R. Hall apud Roy Porter. » I. B. Cohen » A. C. Crombie » C. C. Gillespie • “a ciência, que é sobre a natureza, não pode ser determinada no seu conteúdo pelas relações sociais dos cientistas”. • Início da difusão da institucionalização académica da HC
  12. 12. Excepções • Instituições e organização da ciência – Estudo das academias e instituições formais torna evidentes factores externos – Alargamento para estudo de estruturas informais (“invisible colleges”). » utiliz. dos conceitos da sociologia da ciência • estrutura das carreiras, padrões de citação, sistemas de recompensa, redes de publicação • sociologia da ciência e sociol. do conhecimento científico – Thomas S. Kuhn, The structure of Scientific Revolutions (1962) » Unif. das perspectivas da SC (SS) e SCC (SSK)
  13. 13. Presentismo • A visão anacrónica • (Cf. Kragh, cap. 9). – O anacronismo em história. Sujeito, objecto e sua localização no tempo. Pontos fortes e fracos. – origem positivista, história teleológica, presentismo. • A perspectiva diacrónica – “A história ... significaria entrar dentro da cabeça de outras pessoas, olhando a sua situação pelos seus olhos e pensando por nós próprios se o modo como lidaram com ela foi o correcto.” – Collingwood apud Kragh
  14. 14. A superação do anacronismo e do presentismo • A ligação anacrónica ao internalismo estrito – Cientistas e ideologias científicas – Diferença entre os estilos mentais, canons de racionalidade e critérios de prova dos cientistas de hoje e do passado. » Ex. Newton e alquimia – Ciência e grupos sociais » M C Jacob, The Newtonians and the English Revolution, 1689-1720 (1976) • O “novo marxismo” » Robert M. Young » Crítica ao marxismo do período entre-guerras • Ausência de crítica à ciência • Abandono do determinismo economicista • Superar o debate internalista-externalista

×