EM BUSCA DO BELO
O BELO PARA AS PESSOAS
 As pessoas não são indiferentes ao belo.
 Admiração é uma possível forma de contemplar o mundo.
 Por que buscamos o belo?
 Qual a importância do belo na nossa sociedade?
 Por que a beleza agrada e atrai os seres hum...
É necessário conferir um sentido à
obra de arte ou à beleza? Por quê?
É N E C E S S Á R I O C O N F E R I R U M S E N T I D O À O B R A
D E A R T E O U À B E L E Z A ? P O R Q U Ê ?
 Nós, con...
 Antes de entendermos porque é necessário conferir um sentido à
obra de arte ou a beleza devemos entender, o que é a bele...
 Classificamos como belo o que torna-se agradável para nós e o feio
aquilo que nos desagrada, portanto é sim necessário c...
CONCLUSÃO
 Não existe belo ou feio no mundo, tudo dependerá do sentido que
damos a tal. Se algo para nós é agradável, con...
 A beleza acaba influenciando tanto o mundo, pois as pessoas tem
o desejo incessante de atribuir sentido as coisas, nessa...
Ainda não vi ninguém que ame a virtude tanto quanto ama a
beleza do corpo.
Confúcio
Fim
Trabalho de filosofia n°4
Trabalho de filosofia n°4
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho de filosofia n°4

1.021 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.021
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de filosofia n°4

  1. 1. EM BUSCA DO BELO
  2. 2. O BELO PARA AS PESSOAS  As pessoas não são indiferentes ao belo.  Admiração é uma possível forma de contemplar o mundo.
  3. 3.  Por que buscamos o belo?  Qual a importância do belo na nossa sociedade?  Por que a beleza agrada e atrai os seres humanos de modo tão intenso, influenciando decisivamente as suas escolhas?  Por que o belo chega a tornar-se uma fonte de status e de poder de uns sobre os outros?  Qual o papel da beleza na sociedade?
  4. 4. É necessário conferir um sentido à obra de arte ou à beleza? Por quê?
  5. 5. É N E C E S S Á R I O C O N F E R I R U M S E N T I D O À O B R A D E A R T E O U À B E L E Z A ? P O R Q U Ê ?  Nós, conferimos a todas as coisas do mundo sentidos, não é diferente a beleza ou a arte. Precisamos dar um valor a coisas que nos cercam, e são esses valores diferentes que cada um de nós damos que causa a nossa diferente concepção do mundo que nos cerca, não obstantes muitos atribuíam a beleza o significado de supérfluo, ela é muito mais profunda e essencial a um ser humano.
  6. 6.  Antes de entendermos porque é necessário conferir um sentido à obra de arte ou a beleza devemos entender, o que é a beleza.  Num sentido genérico da palavra podemos inferir que o belo é o que nos é agradável.  Através desse conceito podemos responder a pergunta inicial, se a beleza é algo que nos agrada, naturalmente estamos atribuindo a tal um sentido.
  7. 7.  Classificamos como belo o que torna-se agradável para nós e o feio aquilo que nos desagrada, portanto é sim necessário conferir um sentido a beleza.  Mas e a obra de arte?  A arte está diretamente relacionada a beleza, e como fazemos com tal, precisamos dar um sentido a arte, seja este um sentido desagradável, portanto para nós essa obra será feia, ou então atribuirmos o sentido agradável, para a pessoa belo.
  8. 8. CONCLUSÃO  Não existe belo ou feio no mundo, tudo dependerá do sentido que damos a tal. Se algo para nós é agradável, consideramos tal como belo, se ao contrario algo nos trás a sensação de desagradável, atribuímos por conseguinte o atributo de feio.  As pessoas acabam erroneamente taxando no mundo o belo e o feio sendo que isto apenas depende de sua concepção, não existem belo ou feio como um conceito universal e incontestável. Como conferimos sentidos diferentes as coisas, o que pode ser feio para uma pessoa pode ser bela a outrem.
  9. 9.  A beleza acaba influenciando tanto o mundo, pois as pessoas tem o desejo incessante de atribuir sentido as coisas, nessa busca pela concepção universal de beleza é onde alguns obtêm poder e outros acabam sendo esquecidos, por não se enquadrar nos “padrões”.
  10. 10. Ainda não vi ninguém que ame a virtude tanto quanto ama a beleza do corpo. Confúcio Fim

×