Interdisciplinar

155 visualizações

Publicada em

dramatização e repente sobre a dengue

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Interdisciplinar

  1. 1. ESCOLA MUNICIPAL DA BAIXA ALEGRE- Ensino Fundamentalll – Segmento – EJA Proposta de trabalho Interdisciplinar Peça teatral: A dengue TOTONHO E A DENGUE MARINALVA: Oh de casa!Oh, Cumade Serafina! SERAFINA: Oi, CumadeMarinalva! Vamos entrar! MARINALVA: Não Cumade, que a demora é pouca. Só vim ver se o Cumpade Totonho poderia ir lá em casa limpar meu quintal. SERAFINA: Xi, Cumade, vai dar não! Totonho tá de cama que dá dó! MARINALVA: Uai, o que deu nele Cumade? Ele é forte como um touro. Num é quarquer coisa que dirruba ele não! Melhor a gente dá uma oiada. OUTRA CENA (MANÉ TOTONHO NA CAMA, MANCHAS VERMELHAS PELO CORPO) MARINALVA: Tarde, Cumpade!Uai sô!Só de chegar perto dá pra sentir a quentura. O que tu tá sentindo, home de Deus? TOTONHO (GEMENDO) Ai, Cumade! Parece que levei uma surra dechicote. Além da febre, a dor de cabeça é de lascar, os ossos pareceque tá tudo quebrado. E essas manchas vermelhas?... Tô parecendo que vou pular Carnaval. MARINALVA: Óia, Cumpade, num quero assustá o sinhô, não! Mas tem uma tar de dengue... TOTONHO E SERAFINA (JUNTOS): Tar de quê??? MARINALVA: Uma doença danada que tem esses sintomas, causada por um mosquitinho... SERAFINA: Peraí, Cumade! Uns pritinho pintado de branco que anda até de dia? MARINALVA:
  2. 2. Essemesmo, Cumade!!! A sinhora já viu eles? SERAFINA: É craro!!! O quintal tá cheio de criadouro deles. Mas numdeve ser eles não, Cumade! Uns bichinho tão piquinininho!!! MARINALVA: Se engana não, Cumade! Eles tem tirado a vida de muita gente. Bom, vou arrumar outra pessoa pra limpar meu quintal. Acho melhor arrumar alguém pra limpar o seu também. Ah! E não dê remédio ao Cumpadesem consultar o médico. SERAFINA: Cumade, vai agora não! Vai começar o Jornal Escolar. Vamos assistir juntos enos informar sobreessa doença. COMEÇA O JORNAL APRESENTADOR: __ Boa tarde!!! — Todos sabem que a dengue tem assolado o nosso país. As conseqüências dessa doença podem ser muito graves. — Essa doença não causa só uma dorzinha de cabeça, febre, vômito, dor no corpo não! Agora o caso é muito mais sério!Porque ela pode aparecer da forma mais perversa. — É a dengue hemorrágica!!! — Muito pior do que as outras. Esta mata mesmo! — Sendo assim, devemos redobrar os nossos cuidados como ambiente em que vivemos. — Por nós e pelo nosso próximo. Procurando evitar tudo o que favoreceà formação de focos, criadouros do mosquito aedys egipty. — Pensando nisso, nossa repórter foiàs ruas fazer uma sondagem, para descobrir como anda a nossa responsabilidade, emrelação a campanha contra a dengue. — Será que nossa comunidadetem fiscalizado sua casa, seu quintal? — Será que ela tem se preocupado com seus familiares e consigo mesma, pondo em prática as medidas de prevenção tão faladas na televisão, no rádio, jornais e nas escolas? — Vamos ver o que a nossa repórter vaiencontrar em sua caminhada. REPÓRTER: _ Boa noite. Qualo seu nome, por favor!? ENTREVISTADO: - O meu nome é Albino.
  3. 3. ENTREVISTADOR: — O senhor conhece a doença causada pelo mosquito Aedes Egypti? Ele causa muito mal a saúde, se escondeem água parada, nos copos descartáveis, no meio do lixo, garrafas, pneus, poças d’água. O que o senhor tem feito para combatê-los? ENTREVISTADO: Émesmo?? Eu não sabia disso não... Bom saber, eu vou acabar com esses mosquitinhos, no meu quintal eles não vão ter lugar. Eu vou deixar tudo muito bem limpinho. Água parada no meu quintal nem pensar. REPÓRTER: Boa noite senhora. Qualé o seu nome? ENTREVISTADA: O meu nome é Verúsca. — A srª já teve a doença causada pelo mosquito, Aedes Egypti? ENTREVISTADA: — Lá vem você de novo? Tô nem ai, tô nem ai, não vem falar destes mosquitos que eu não quero ouvir. REPÓRTER: — Senhora, o que tem feito para proteger a sua família contra o mosquito da Dengue? Ele causa dores no corpo, inchaços, vômitos e pode até matar. ENTREVISTADA: — Moço, deixe disso, quando eu nascijá existia mosquito e ninguém morreu por isso... isso tudo é bobagem. REPÓRTER: — Mas a srª está muito enganada, quanto a essemosquito, o Aedes Egypti pode realmente matar. A srª não vem acompanhando os noticiários na TV??? ENTREVISTADA: — Sim, e sabe o que eu penso? Olha essa campanha a mesma que outras que eu já vium dia. Todas passame o mosquito ficará. Picando, aqui, ali e acolá. ENTREVISTADOR: Estamos aqui com o Sr João. Ele tem um verso para nos apresentar de sua própria autoria. Entrevistado: Vem vamos unidos, o mosquito combater, A Dengue é perigosa, para mim e pra você
  4. 4. Esta Luta é nossa, está na hora de vencer Na guerra contra a Dengue, Só o mosquito vai morrer. APRESENTADOR: — Vocês viram? Ainda tem gente que nem liga para a doença chamada Dengue! — Assim, meus amigos, só unidos poderemos lutar e vencer esta doençacausada por esses mosquitos malvados, queestão tirando do sério a população brasileira e deixando em pânico a nossa sociedade. MARINALVA; Cumade viu cumo foi bom tu ficá, minha véa.... SERAFINA: Então é isso mero, Totonho ta de dengue.... Amanhã mermo vou levá ele no médico... MARINALVA: Vou indo cumadi boa note, e melhora pra Totonho. SERAFINA: Boa cumade..... Terminada a peça, a turma cantou o Cordel"Mosquito teimoso”! produzido coma participação de todos para este fim. Veja como ficou: MOSQUITO TEIMOSO! O MOSQUITOÉTEIMOSO E A TODOS QUER PICAR VAMOS VENCER A DENGUE E O VETORELIMINAR. ÊTA MOSQUITO TERRÍVEL DANADO E INSISTENTE NÃO SOSSEGA E NÃO PARA DEIXANDO O POVO DOENTE.
  5. 5. ESSE BICHO ÉMALVADO SÓ VIVEFAZENDO O MAL NÃO QUEIRA ELE POR PERTO LIMPEBEM O SEUQUINTAL. ELE É MUITO ATREVIDO RESPEITO, ELETEM NÃO! PICA CRIANÇA EADULTO E TAMBÉM O ANCIÃO. ESSE É UM TIPO DEGUERRA TODOS DEVEMENFRENTAR COMBATE O TAL MOSQUITO PRA SAÚDEPRESERVAR. ELE É MUITO ATREVIDO E CHEGA COMSUTILEZA LIMPEBEM A SUA CASA FISCALIZEA REDONDEZA. ELE É UM BICHO PAPÃO DISSO TENHA CONSCIÊNCIA OU O POVO SEEDUCA OU CONVIVECOMA DOENÇA. NÃO SEJA AMIGO DO INFAME PORISSO NÃO FACILITE O NOSSO MAIORINIMIGO SE CHAMA ‘AEDS AEGYPTI. JUARÊS ALENCAR PEREIRA

×