Romantismo 9º ano

7.770 visualizações

Publicada em

0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.770
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
147
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Romantismo 9º ano

  1. 1. Introdução Romantismo, também chamado de Romanticismo, foi um movimento artístico, político efilosófico que se inicia na Europa no final do século XVIII, espalhando-se pelo mundo até ofinal do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e aoiluminismo e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os estados nacionais na Europa. Inicialmente apenas uma atitude, um estado de espírito, o Romantismo toma mais tardea forma de um movimento, e o espírito romântico passa a designar toda uma visão de mundocentrada no indivíduo. Os autores românticos voltaram-se cada vez mais para si mesmos,retratando o drama humano, amores trágicos, ideais utópicos e desejos de escapismo. O berço do romantismo pode ser considerado três países: Itália, Alemanha e Inglaterra.Porém, na França, o romantismo ganha força como em nenhum outro país e, através dosartistas franceses, os ideais românticos espalham-se pela Europa e pela América. O Romantismo é a arte do sonho e fantasia. Valoriza as forças criativas do indivíduo eda imaginação popular. Opõe-se à arte equilibrada dos clássicos e baseia-se na inspiraçãofugaz dos momentos fortes da vida subjetiva: na fé, no sonho, na paixão, na intuição, nasaudade, no sentimento da natureza e na força das lendas nacionais. Muito variada nas suas manifestações, essencialmente ao nível da literatura e dasartes plásticas, esta corrente sustentava-se filosoficamente em três pilares: o individualismo– tendência para se libertar de toda a obrigação de solidariedade para pensar só em si,egoísmo –, o subjetivismo – tendência para afirmar a prioridade do subjetivo sobre o objetivo– e a intensidade. Contra a ordem e a rigidez intelectual clássica, os artistas românticosimprimiram maior importância à imaginação, à originalidade e à expressão individual, atravésdas quais poderiam alcançar o sublime e o genial. Alguns autores neoclássicos já nutriam um sentimento mais tarde dito romântico antesde seu nascimento de fato, sendo assim chamados pré-românticos. Nesta classificaçãoencaixam-se Francisco Goya e Bocage. As características principais deste período são:  Valorização das emoções,  Liberdade de criação e de expressão,  Amor platônico,  Temas religiosos,  Tradições populares  Individualismo, egocentrismo  Nacionalismo e história.  Crítica social O revivalismo Romântico dá origem à reconstrução de edifícios ao mais puro estilogótico (Houses of Parliament, igreja de Sta. Clotilde, mosteiro dos Jerónimos, etc.), à reediçãode poemas e lendas medievais e ao gosto pelos temas e formas orientais, árabes e islâmicas,quer na arquitectura quer na pintura. No Brasil, o romantismo coincidiu com a Independência política do Brasil em 1822, como Primeiro reinado, com a guerra do Paraguai e com a campanha abolicionista. Neste período,nosso país ainda vivia. Os artistas brasileiros sob a euforia da Independência do Brasilbuscaram sua fonte de inspiração na natureza e nas questões sociais e políticas do país. Asobras brasileiras valorizavam o amor sofrido, a religiosidade cristã, a importância de nossanatureza, a formação histórica do nosso pais e o cotidiano popular.
  2. 2. Arquitetura O Romantismo, ligado à recuperação de formas artísticas medievais, acompanhada pelo gosto pelo exótico contido nas culturas orientais, favoreceu a revivência e a mistura de vários estilos, como o românico, o gótico, o bizantino, o chinês ou o árabe. Foi na Inglaterra que se verificaram as primeiras manifestações da arquitetura romântica. O inglês Horace Walpole tornou-se um dos pioneiros do revivalismo gótico com a construção do palacete Strawberry Hill, no terceiro quartel de setecentos. O neogótico teve como grande impulsionador o filósofo John Ruskin e manifestou-se em inúmeros edifícios ingleses, de entre os quais se destaca o Parlamento de Londres. O inglês Horace Walpole tornou-se um dos pioneiros do revivalismo gótico com a construção do palacete Strawberry Hill, no terceiro quartel de setecentos. O neogótico teve como grande impulsionador o filósofo John Ruskin e manifestou-se em inúmeros edifícios ingleses, de entre os quais se destaca o Parlamento de Londres. O gosto oriental marcou formalmente o Pavilhão Real de Brighton, construído em ferro por John Nash. Mais tarde, e já no continente, surgiu o neobarroco, que teve grande sucesso em França com os trabalhos de Charles Garnier (1825-98), dos quais se destaca a Ópera de Paris. Palácio de Westminster onde se reúne o Parlamento Britânico Pavilhão Real de Brighton Ópera de Paris Paralelamente ao revivalismo estilístico, a arquitetura do século XIX apresentou umoutro vasto campo de desenvolvimento, proporcionado pelos novos materiais de construçãosurgidos com a industrialização, como o ferro e o vidro. Embora a Inglaterra tenha sido
  3. 3. pioneira na utilização do ferro para a construção de estruturas arquitetônicas, foi em Françaque esta tecnologia encontrou uma mais significativa expressão estética. ARTES PLÁSTICAS Nas artes plásticas, o romantismo deixou importantes marcas. Artistas como oespanhol Francisco Goya e o francês Eugène Delacroix são os maiores representantes dapintura desta fase. Estes artistas representavam a natureza, os problemas sociais e urbanos,valorizavam as emoções e os sentimentos em suas obras de arte. Na Alemanha, podemosdestacar as obras místicas de Caspar David Friedrich, enquanto na Inglaterra John Constabletraçava obras com forte crítica à urbanização e aos problemas gerados pela RevoluçãoIndustrial. Francisco Goya passou a pintar depois de começar a perder a audição. Um quadro detemática neoclássica como Saturno devorando seus filhos, por exemplo, apresenta uma sériede emoções para o espectador que o fazem se sentir inseguro e angustiado. Goya cria umjogo de luz-e-sombra, linhas de composição diagonais e pinceladas "grosseiras" de forma aacentuar a situação dramática representada. Apesar de Goya ter sido um acadêmico, oRomantismo somente chegaria à Academia mais tarde. O francês Eugène Delacroix é considerado umpintor romântico por excelência. Sua tela A Liberdadeguiando o povo reúne o vigor e o ideal românticos emuma obra que estrutura-se em um turbilhão de formas.O tema são os revolucionários de 1830 guiados peloespírito da Liberdade (retratados aqui por uma mulhercarregando a bandeira da França). O artista coloca-semetaforicamente como um revolucionário ao se retratarem um personagem da turba, apesar de olhar com umacerta reserva para os acontecimentos (refletindo ainfluência burguesa no romantismo). Esta é Liberdade guiando o povo - Delacroixprovavelmente a obra romântica mais conhecida. A busca pelo exótico, pelo inóspito e pelo selvagem formaria outra característica fundamental do Romantismo. Exaltavam-se as sensações extremas, os paraísos artificiais, a natureza em seu aspecto mais bruto. Lançar-se em "aventuras" ao embarcar em navios com destino aos polos, por exemplo, tornou-se uma forma de inspiração para alguns artistas. O pintor inglês William Turner refletiu este espírito em obras como Mar em tempestade onde o retrato de um fenômeno da Natureza é usado como forma de atingir os sentimentos Mar em tempestade – William Turner supracitados. As obras dos pintores brasileiros buscavam valorizar o nacionalismo, retratando fatoshistóricos importantes. Desta forma, os artistas contribuíam para a formação de umaidentidade nacional. As obras principais deste período são: A Batalha do Avaí de PedroAmérico e A Batalha de Guararapes de Victor Meirelles. LITERATURA Foi através da poesia lírica que o romantismo ganhou formato na literatura dos séculosXVIII e XIX. Os poetas românticos usavam e abusavam das metáforas, palavras estrangeiras,frases diretas e comparações. Os principais temas abordados eram: amores platônicos,acontecimentos históricos nacionais, a morte e seus mistérios. As principais obras românticas
  4. 4. são: Cantos e Inocência do poeta inglês William Blake, Os Sofrimentosdo Jovem Werther e Fausto do alemão Goethe, Baladas Líricas doinglês William Wordsworth e diversas poesias de Lord Byron. Na França,destaca-se Os Miseráveis de Victor Hugo e Os Três Mosqueteiros deAlexandre Dumas.Literatura romântica brasileira No Brasil, o Romantismo desenvolveu-se principalmente nosgêneros romance e poesia. O romance estava em ascensão na Europae não tardou a fazer sucesso também por aqui. Inúmeros jornais efolhetins traziam em suas páginas as belas traduções de romances europeus de cavalaria oude amores impossíveis. Logo, toda uma gama de jovens escritores brasileiros interessou-sepelo gênero e especializaram-se nesse tipo de literatura. A poesia brasileira se desenvolveu no Brasil de uma forma muito criativa e rica emtemas e imagens, apesar de muitas vezes não passar de mera influência ou cópia de poetaseuropeus. Podemos dividir toda essa gama de temas em três importantes fases.1ª Geração - conhecida também como nacionalista ou indianista, pois os escritores desta fasevalorizaram muito os temas nacionais, fatos históricos e a vida do índio, que era apresentadocomo “bom selvagem" e, portanto, o símbolo cultural do Brasil. Destaca-se nesta fase osseguintes escritores: Gonçalves de Magalhães, Gonçalves Dias, Araújo Porto Alegre eTeixeira e Souza.2ª Geração - conhecida como Mal do século, Byroniana ou fase ultra-romântica. Os escritoresdesta época retratavam os temas amorosos levados ao extremo e as poesias são marcadaspor um profundo pessimismo, valorização da morte, tristeza e uma visão decadente da vida eda sociedade. Muitos escritores deste período morreram ainda jovens. Podemos destacar osseguintes escritores desta fase: Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu e Junqueira Freire.3ª Geração - conhecida como geração condoreira, poesia social. Textos marcados por críticasocial. Castro Alves, o maior representante desta fase, criticou de forma direta a escravidãono poema Navio Negreiro. MÚSICA Na música ocorre a valorização da liberdade deexpressão, das emoções e a utilização de todos os recursosda orquestra. Os assuntos de cunho popular, folclórico enacionalista ganham importância nas músicas. As primeirasevidências do romantismo na música aparecem comBeethoven. Suas sinfonias, a partir da terceira, revelam umamúsica com temática profundamente pessoal einteriorizada, assim como algumas de suas sonatas parapiano também, entre as quais é possível citar a SonataPatética. Podemos destacar como músicos deste período:Ludwig van Beethoven (suas últimas obras sãoconsideradas românticas), Franz Schubert, Carl Maria vonWeber, Felix Mendelssohn, Frédéric Chopin, Robert BeethovenSchumann, Hector Berlioz, Franz Liszt e Richard Wagner. Na ópera, os compositores mais notáveis foram Verdi e Wagner. O primeiro procurouescrever óperas, em sua maioria, com conteúdo épico ou patriótico O segundo enfocava
  5. 5. histórias mitológicas. Mais tarde na Itália o romantismo na ópera se desenvolveria ainda maiscom Puccini.Música Romântica no Brasil A emoção, o amor e a liberdade de viver são os valores retratados nas músicas destafase. O nacionalismo, nosso folclore e assuntos populares servem de inspiração para osmúsicos. O Guarani de Carlos Gomes é a obra musical de maior importância desta época. TEATRO Na dramaturgia o romantismo se manifesta valorizando a religiosidade, oindividualismo, o cotidiano, a subjetividade e a obra de William Shakespeare. Os doisdramaturgos mais conhecidos desta época foram Goethe e Friedrich von Schiller. Victor Hugotambém merece destaque, pois levou várias inovações ao teatro. Em Portugal, podemosdestacar o teatro de Almeida Garrett. Em 1838, no Brasil, é encenada a primeira tragédia de Gonçalves de Magalhães:Antônio José, ou o Poeta e a Inquisição. Também podemos destacar a peça O Noviço deMartins Pena.Fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/Romantismohttp://www.suapesquisa.com/romantismo/romantismo.htmhttp://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/romantismo/romantismohttp://www.brasilescola.com/literatura/caracteristicas-romantismo.htm

×