SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
Permanecei Comigo
Programa de Catequese
com Adultos
Catecumenato Roteiro para encontros catequéticos
Iniciação Cristã de AdultosIniciação Cristã de Adultos
III - A verdade sobre a Igreja
9
Maria, mãe da Igreja
DEUS VISITA MARIA:
Catequista: O anúncio a Maria, em São Lucas, tem algo original.
Não só prepara o nascimento de Jesus, mas também mostra
a vocação de Maria e sua resposta generosa.
Leitor: Lc 1,26-38.
Catequizando 1: O enviado de Deus começa com uma saudação
simples: “Alegra-te, cheia de graça.” Convida Maria a
participar da alegria do novo tempo, que começa com a
vinda de Jesus. São Lucas destaca a alegria como um sinal
próprio de Jesus e de seus seguidores.
Todos: Maria também é chamada a se alegrar!
Catequizando 2: Maria recebe um nome especial, que nenhuma
outra pessoa tem na Bíblia: “cheia de graça”, ou “agraciada”.
A seguir, o anjo diz: “o Senhor está contigo”. Na Sagrada
Escritura, quando uma pessoa tem uma missão importante
e difícil, recebe de Deus a promessa que não estará sozinha,
pois Ele vai lhe dar força para realizá-la.
Todos: Quem escuta: “O Senhor está contigo”, pode, sem
medo, confiar em Deus e se comprometer com a
missão. Assim acontece com Maria.
Catequista: As palavras colocadas nos lábios do mensageiro de Deus nos falam de Maria e de sua missão:
Catequizando 1: Alegra-te: Maria venha participar da alegria do tempo do Messias, que está chegando!
Catequizando 2: Cheia de graça: Você é alguém muito especial, agraciada por Deus, contemplada por Ele!
Catequista: O Senhor está contigo: Você terá uma missão exigente, mas o Senhor estará do seu lado, dando-
lhe força para realizar o que Ele lhe pede!
Todos: Ave Maria, cheia de graça o Senhor é contigo, bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto
de teu ventre, Jesus!
ACOLHIDA:
Catequista: A Igreja tem uma mãe: Maria, mãe do filho de Deus
encarnado. Ao tornar-se mãe de Cristo, ela tornou-se mãe
de todos os membros do seu Corpo, que é a Igreja. João, o
discípulo que estava ao pé da Cruz e recebeu Maria como
mãe, representava todos os discípulos de Cristo.
Leitor: Jo 19,25-27.
Catequista: Maria de Nazaré foi a mulher escolhida para ser mãe
do Filho de Deus. Ela concebeu o Filho de Deus, Jesus
Cristo, por obra e graça do Espírito Santo. Por isso podemos
chamá-la: Mãe de Deus!
Música:
CD Maria Mãe de Jesus – Faixa n 01
Tu és bendita entre todas as mulheres,
Foste escolhida para Mãe do Salvador.
Tu és a glória e alegria do teu povo,
És nosso orgulho, nossa mãe e nosso amor!
Ave Maria, cheia de graça, bendito aquele
Que nasceu do teu amor. (bis)
Tu és formosa, de beleza encantadora,
Nenhum pecado empobreceu os planos teus.
Tu és a serva que tornou-se uma rainha,
Tu és a filha transformada em Mãe de Deus.
MARIA É CHEIA DE GRAÇA:
Catequista: Maria foi escolhida gratuitamente para esta sublime
missão. Em previsão dos méritos de Jesus Cristo, Deus
preservou-a do pecado desde sua concepção. Por isso, a
Igreja a proclama Imaculada e cheia de Graça, pois toda a
sua vida correspondeu ao desígnio de Deus.
Catequizando 1: Ela é chamada “Virgem Maria”. Isto significa
que Jesus foi concebido em seu seio apenas pelo poder do
Espírito Santo.
Todos: Jesus é Filho do Pai Eterno segundo a natureza
divina; e Filho de Maria, segundo a natureza humana.
Catequizando 2: Quando dizemos que Jesus nasceu da Virgem
Maria, afirmamos que Jesus é o Filho de Deus e somente
Deus é o Pai de Jesus. É isso que ensinam os Evangelhos.
O SIM DE MARIA:
Catequista: Maria encontra uma dificuldade para realizar a promessa de Deus: “Como acontecerá isso, se eu não
conheço homem algum?”
Catequizando 1: Esta frase expressa a concepção virginal de Jesus, que São Lucas afirma claramente, e define
a pessoa e a missão de Jesus, o Cristo.
Catequizando 2: Diante da proposta do anjo, Maria responde prontamente. O seu “sim” ecoa forte e sem dúvidas,
repleto de generosidade. Disponível a Deus, Maria une a sua liberdade com a vontade divina: “Eis aqui a
serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,37).
Catequista: Essa entrega do coração a Deus tem um nome: FÉ. Significa arriscar-se e jogar-se nas mãos do
Senhor com confiança. Na visita a Isabel, esta lhe diz:
Todos: “Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram
ditas” (Lc 1,45).
Catequizando 1: Maria não somente escutou a palavra, mas
acolheu-a no coração. Abriu seu espaço interior, deixou Deus
entrar.
Catequizando 2: Saiu de si e investiu sua vida num grande projeto:
a salvação da humanidade!
MARIA DISCÍPULA:
Catequista: São Lucas nos apresenta Maria como a primeira
discípula cristã. Com a Anunciação, ela inicia um longo caminho
de peregrinação na fé, acolhendo o apelo de Deus. Aceita a
proposta do Senhor com o coração aberto, num grande gesto
de generosidade e de fé.
Catequizando 1: Como Maria, nós também recebemos um apelo
divino. Temos na lembrança alguma ocasião na nossa vida,
com a qual Deus nos tocou de forma especial? Vamos partilhar...
Catequista: A Anunciação a Maria lembra que somos também
agraciados por Deus, que Ele está conosco, que nos chama a
uma missão e que sua presença produz alegria em nós.
Catequizando 2: A vocação de Maria é como um espelho para a
vocação cristã. Olhando para ela, cada um de nós se vê melhor,
enquanto discípulo e seguidor de Jesus? Vamos partilhar...
Todos: Maria é a figura maternal da Igreja, discípula fiel e
modelo de fé para nós. Por isso a veneramos com
carinho filial, como a Mãe da Igreja!
Para aprofundamento:
HISTÓRIAS BÍBLICAS DE NASCIMENTO:
A cena da anunciação se assemelha a outras cenas de anúncio de
nascimento na Bíblia, como a Abraão (Gn 17,19-21) e à mãe de
Sansão (Jz 13,1-6). O nascimento de João Batista ao pai Zacarias
(Lc 1,5-20). Em todos os relatos citados, encontramos os mesmos
elementos: Deus toma a iniciativa, anuncia que virá uma criança
importante, para contribuir no processo de libertação e salvação do
povo. Apessoa questiona e Deus lhe oferece um sinal. Mas o anúncio
a Maria, como já vimos, tem algo original.
ORAÇÃO FINAL:
Senhor, na tua presença eu me alegro,...
pois tu és a grande Boa-Notícia.
Percebo muitos sinais do teu amor e da
tua misericórdia em minha vida.
Assim, venho agradecido/a me alegrar
na tua presença.
E, como Maria, digo que podes contar
comigo.
Quero ajudar a realizar o teu sonho
sobre a humanidade...
Eu quero que se faça em mim segundo a
tua vontade.
Tu estás comigo. Teu Espírito repousa
sobre mim. Tu estás em mim.
Ouço a tua voz: Alegra-te, agraciado/a, o
Senhor está contigo! Eis-me aqui!
Música:
CD Cantores de Deus em verso e em
canção - Faixa nº 04
Primeira cristã Maria da luz
Sabias, ó Mãe, amar teu Jesus.
Primeira cristã Maria do amor
Soubeste seguir teu filho e Senhor!
Nossa Senhora das “milhões de luzes”
Que meu povo acende pra te louvar
Iluminada, iluminadora, inspiradora
De quem quer amar e andar com Jesus.
Primeira cristã Maria do lar
Ensinas, ó Mãe, teu jeito de amar.
Primeira cristã, Maria da paz
Ensinas, ó Mãe como é que Deus faz.
Primeira cristã sempre a meditar
Vivas em Deus sabias orar.
Primeira cristã fiel a Jesus
Por todo o lugar, na luz e na cruz!
MARIA NA BÍBLIA:
Mt 1,16 Esposa de José, mãe de
Jesus
Mt 1,18-25 Esposa do Espírito Santo,
José aceita Maria como
esposa, nome do Menino.
Mt 2,1-12 Magos
Mt 2,13-20 Fuga para o Egito
Mt 12,46-50 Faz a vontade do Pai,
ouve a Palavra de Deus.
Lc 1,26-38 Anunciação
Lc 1,39- 45 Visita a Isabel
Lc 1,46- 55 Magnificat
Lc 2,1-7 Nascimento de Jesus
Lc 2, 8-20 Pastores
Lc 2, 22-40 Apresentação (Simeão e
Ana)
Lc 2,41-50 12 anos
Lc 2,51-52 Nazaré
Lc 8,19-21 Ouve a Palavra e a põe em
prática
Lc 11,27-28 Bem-aventurados os
que ouvem a Palavra.
Jo 2,1-12 Bodas de Caná
Jo 19,25-27 Cruz
At 1,14 Cenáculo
Gl 4,4-5 Deus enviou seu Filho
nascido de uma
mulher
Ap 12,1-16 Jesus nascido de
uma mulher.
DOGMAS SOBRE MARIA:
Imaculada Conceição
(Novo Catecismo 490 a 493)
Virgindade de Nossa Senhora
(Novo Catecismo 496 a 501)
Assunção de Maria
(Novo Catecismo 966)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorEntregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorFábio Vasconcelos
 
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013Paroquia Cucujaes
 
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-BibliaCatequese Anjos dos Céus
 
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de féUma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de féParoquia Cucujaes
 
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)Paroquia Cucujaes
 
Espiritualidade crista
 Espiritualidade crista  Espiritualidade crista
Espiritualidade crista luciano
 
Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)
Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)
Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)José Luiz Silva Pinto
 
Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021Jc Bento
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016Catequese Anjos dos Céus
 
Catequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + PáscoaCatequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + PáscoaJoão Pereira
 
Folheto explicativo batismo
Folheto explicativo batismoFolheto explicativo batismo
Folheto explicativo batismotorrasko
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosÉder Tomé
 
Folheto batismo
Folheto batismoFolheto batismo
Folheto batismotorrasko
 

Mais procurados (20)

Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amorEntregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
Entregas: Creio, Pai nosso e Mandamento do amor
 
1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração1º encontro Familia e Oração
1º encontro Familia e Oração
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
Querigma e catequese
Querigma e catequeseQuerigma e catequese
Querigma e catequese
 
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
Como orientar as catequeses da fe jornadas nacionais de catequistas de 2013
 
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
2º Encontro Catequese - Igreja-Missa-Biblia
 
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de féUma proposta de caminhada para a profissão de fé
Uma proposta de caminhada para a profissão de fé
 
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
Jv cat (TEMA: “Do Catecismo da Igreja católica aos Catecismos Nacionais”)
 
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
Ser cristão   objetivo primeiro da catequeseSer cristão   objetivo primeiro da catequese
Ser cristão objetivo primeiro da catequese
 
Espiritualidade crista
 Espiritualidade crista  Espiritualidade crista
Espiritualidade crista
 
Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)
Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)
Roteiro homilético do 21.º domingo tempo comum – ano a – verde – 24.08.2014 (1)
 
QUERIGMA
QUERIGMAQUERIGMA
QUERIGMA
 
Novena de sâo Joâo Eudes
Novena de sâo Joâo EudesNovena de sâo Joâo Eudes
Novena de sâo Joâo Eudes
 
Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021Domingo da Palavra de Deus 2021
Domingo da Palavra de Deus 2021
 
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 20161º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
1º Encontro - catequese- primeira comunhão 2016
 
Catequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + PáscoaCatequese, lição 4 + Páscoa
Catequese, lição 4 + Páscoa
 
Folheto explicativo batismo
Folheto explicativo batismoFolheto explicativo batismo
Folheto explicativo batismo
 
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e ModismosLição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
Lição 7 - O Desafio dos Novas Teologias e Modismos
 
Sermão comunhão
Sermão comunhãoSermão comunhão
Sermão comunhão
 
Folheto batismo
Folheto batismoFolheto batismo
Folheto batismo
 

Destaque (11)

Apresentação a iniciação da vida cristã
Apresentação a iniciação da vida cristãApresentação a iniciação da vida cristã
Apresentação a iniciação da vida cristã
 
Material de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristãMaterial de apoio à iniciação cristã
Material de apoio à iniciação cristã
 
Cat07
Cat07Cat07
Cat07
 
Cat08
Cat08Cat08
Cat08
 
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
Ivc mod 2-cap1-2a-parte2003
 
7º, 8º, 9º e 10º mandamentos (1)
7º,  8º, 9º e 10º mandamentos (1)7º,  8º, 9º e 10º mandamentos (1)
7º, 8º, 9º e 10º mandamentos (1)
 
Cat03
Cat03Cat03
Cat03
 
Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012Agenda Anual 2012
Agenda Anual 2012
 
Catecumenato
CatecumenatoCatecumenato
Catecumenato
 
Historia da catequese
Historia da catequese Historia da catequese
Historia da catequese
 
Catequese batismo-adultos-resumo
Catequese batismo-adultos-resumoCatequese batismo-adultos-resumo
Catequese batismo-adultos-resumo
 

Semelhante a Cat09

Maria, discípula e missionária
Maria, discípula e missionáriaMaria, discípula e missionária
Maria, discípula e missionáriaribamar123
 
Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014Charlie Maria
 
Caderno noite familiar
Caderno noite familiarCaderno noite familiar
Caderno noite familiarLivia Morais
 
A mística mariana da alegria do evangelho v2
A mística mariana da alegria do evangelho v2A mística mariana da alegria do evangelho v2
A mística mariana da alegria do evangelho v2Afonso Murad (FAJE)
 
O rosto mariano da igreja fundamentos teologicos
O rosto mariano da igreja  fundamentos teologicosO rosto mariano da igreja  fundamentos teologicos
O rosto mariano da igreja fundamentos teologicosAfonso Murad (FAJE)
 
Maria no evangelho de lucas (2012)
Maria no evangelho de lucas (2012)Maria no evangelho de lucas (2012)
Maria no evangelho de lucas (2012)Afonso Murad (FAJE)
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humildePr. Andre Luiz
 
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018Lada vitorino
 
Maria no evangelho de lucas
Maria no evangelho de lucasMaria no evangelho de lucas
Maria no evangelho de lucasAlencar Santana
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...ParoquiaDeSaoPedro
 
LIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humilde
LIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humildeLIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humilde
LIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humildeNatalino das Neves Neves
 

Semelhante a Cat09 (20)

Maria
MariaMaria
Maria
 
Assunção
AssunçãoAssunção
Assunção
 
Bna a a assuncao
Bna a a assuncaoBna a a assuncao
Bna a a assuncao
 
Maria, discípula e missionária
Maria, discípula e missionáriaMaria, discípula e missionária
Maria, discípula e missionária
 
Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014Somos Servos - Maio 2014
Somos Servos - Maio 2014
 
Grandes virtudes de maria
Grandes virtudes de mariaGrandes virtudes de maria
Grandes virtudes de maria
 
Mistérios gozosos
Mistérios gozososMistérios gozosos
Mistérios gozosos
 
Caderno noite familiar
Caderno noite familiarCaderno noite familiar
Caderno noite familiar
 
32571856 caderno-noite-familiar
32571856 caderno-noite-familiar32571856 caderno-noite-familiar
32571856 caderno-noite-familiar
 
A mística mariana da alegria do evangelho v2
A mística mariana da alegria do evangelho v2A mística mariana da alegria do evangelho v2
A mística mariana da alegria do evangelho v2
 
O rosto mariano da igreja fundamentos teologicos
O rosto mariano da igreja  fundamentos teologicosO rosto mariano da igreja  fundamentos teologicos
O rosto mariano da igreja fundamentos teologicos
 
Maria no evangelho de lucas (2012)
Maria no evangelho de lucas (2012)Maria no evangelho de lucas (2012)
Maria no evangelho de lucas (2012)
 
SLIDE maria.docx
SLIDE maria.docxSLIDE maria.docx
SLIDE maria.docx
 
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11  maria mãe de jesus - uma serva humildeLição 11  maria mãe de jesus - uma serva humilde
Lição 11 maria mãe de jesus - uma serva humilde
 
C1420 assuncao
C1420 assuncaoC1420 assuncao
C1420 assuncao
 
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
ECOVIDA-- NOVEMBRO/DEZEMBRO - 2018
 
Maria no evangelho de lucas
Maria no evangelho de lucasMaria no evangelho de lucas
Maria no evangelho de lucas
 
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...
Folha de São Pedro - O Jornal da Paróquia de São Pedro (Salvador-BA) - Dezemb...
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
21 08 11
 
LIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humilde
LIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humildeLIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humilde
LIÇÃO 11 - Maria, mãe de jesus - uma serva humilde
 

Cat09

  • 1. Permanecei Comigo Programa de Catequese com Adultos Catecumenato Roteiro para encontros catequéticos Iniciação Cristã de AdultosIniciação Cristã de Adultos III - A verdade sobre a Igreja 9 Maria, mãe da Igreja DEUS VISITA MARIA: Catequista: O anúncio a Maria, em São Lucas, tem algo original. Não só prepara o nascimento de Jesus, mas também mostra a vocação de Maria e sua resposta generosa. Leitor: Lc 1,26-38. Catequizando 1: O enviado de Deus começa com uma saudação simples: “Alegra-te, cheia de graça.” Convida Maria a participar da alegria do novo tempo, que começa com a vinda de Jesus. São Lucas destaca a alegria como um sinal próprio de Jesus e de seus seguidores. Todos: Maria também é chamada a se alegrar! Catequizando 2: Maria recebe um nome especial, que nenhuma outra pessoa tem na Bíblia: “cheia de graça”, ou “agraciada”. A seguir, o anjo diz: “o Senhor está contigo”. Na Sagrada Escritura, quando uma pessoa tem uma missão importante e difícil, recebe de Deus a promessa que não estará sozinha, pois Ele vai lhe dar força para realizá-la. Todos: Quem escuta: “O Senhor está contigo”, pode, sem medo, confiar em Deus e se comprometer com a missão. Assim acontece com Maria. Catequista: As palavras colocadas nos lábios do mensageiro de Deus nos falam de Maria e de sua missão: Catequizando 1: Alegra-te: Maria venha participar da alegria do tempo do Messias, que está chegando! Catequizando 2: Cheia de graça: Você é alguém muito especial, agraciada por Deus, contemplada por Ele! Catequista: O Senhor está contigo: Você terá uma missão exigente, mas o Senhor estará do seu lado, dando- lhe força para realizar o que Ele lhe pede! Todos: Ave Maria, cheia de graça o Senhor é contigo, bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre, Jesus! ACOLHIDA: Catequista: A Igreja tem uma mãe: Maria, mãe do filho de Deus encarnado. Ao tornar-se mãe de Cristo, ela tornou-se mãe de todos os membros do seu Corpo, que é a Igreja. João, o discípulo que estava ao pé da Cruz e recebeu Maria como mãe, representava todos os discípulos de Cristo. Leitor: Jo 19,25-27. Catequista: Maria de Nazaré foi a mulher escolhida para ser mãe do Filho de Deus. Ela concebeu o Filho de Deus, Jesus Cristo, por obra e graça do Espírito Santo. Por isso podemos chamá-la: Mãe de Deus! Música: CD Maria Mãe de Jesus – Faixa n 01 Tu és bendita entre todas as mulheres, Foste escolhida para Mãe do Salvador. Tu és a glória e alegria do teu povo, És nosso orgulho, nossa mãe e nosso amor! Ave Maria, cheia de graça, bendito aquele Que nasceu do teu amor. (bis) Tu és formosa, de beleza encantadora, Nenhum pecado empobreceu os planos teus. Tu és a serva que tornou-se uma rainha, Tu és a filha transformada em Mãe de Deus. MARIA É CHEIA DE GRAÇA: Catequista: Maria foi escolhida gratuitamente para esta sublime missão. Em previsão dos méritos de Jesus Cristo, Deus preservou-a do pecado desde sua concepção. Por isso, a Igreja a proclama Imaculada e cheia de Graça, pois toda a sua vida correspondeu ao desígnio de Deus. Catequizando 1: Ela é chamada “Virgem Maria”. Isto significa que Jesus foi concebido em seu seio apenas pelo poder do Espírito Santo. Todos: Jesus é Filho do Pai Eterno segundo a natureza divina; e Filho de Maria, segundo a natureza humana. Catequizando 2: Quando dizemos que Jesus nasceu da Virgem Maria, afirmamos que Jesus é o Filho de Deus e somente Deus é o Pai de Jesus. É isso que ensinam os Evangelhos.
  • 2. O SIM DE MARIA: Catequista: Maria encontra uma dificuldade para realizar a promessa de Deus: “Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?” Catequizando 1: Esta frase expressa a concepção virginal de Jesus, que São Lucas afirma claramente, e define a pessoa e a missão de Jesus, o Cristo. Catequizando 2: Diante da proposta do anjo, Maria responde prontamente. O seu “sim” ecoa forte e sem dúvidas, repleto de generosidade. Disponível a Deus, Maria une a sua liberdade com a vontade divina: “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,37). Catequista: Essa entrega do coração a Deus tem um nome: FÉ. Significa arriscar-se e jogar-se nas mãos do Senhor com confiança. Na visita a Isabel, esta lhe diz: Todos: “Bem-aventurada és tu que creste, pois se hão de cumprir as coisas que da parte do Senhor te foram ditas” (Lc 1,45). Catequizando 1: Maria não somente escutou a palavra, mas acolheu-a no coração. Abriu seu espaço interior, deixou Deus entrar. Catequizando 2: Saiu de si e investiu sua vida num grande projeto: a salvação da humanidade! MARIA DISCÍPULA: Catequista: São Lucas nos apresenta Maria como a primeira discípula cristã. Com a Anunciação, ela inicia um longo caminho de peregrinação na fé, acolhendo o apelo de Deus. Aceita a proposta do Senhor com o coração aberto, num grande gesto de generosidade e de fé. Catequizando 1: Como Maria, nós também recebemos um apelo divino. Temos na lembrança alguma ocasião na nossa vida, com a qual Deus nos tocou de forma especial? Vamos partilhar... Catequista: A Anunciação a Maria lembra que somos também agraciados por Deus, que Ele está conosco, que nos chama a uma missão e que sua presença produz alegria em nós. Catequizando 2: A vocação de Maria é como um espelho para a vocação cristã. Olhando para ela, cada um de nós se vê melhor, enquanto discípulo e seguidor de Jesus? Vamos partilhar... Todos: Maria é a figura maternal da Igreja, discípula fiel e modelo de fé para nós. Por isso a veneramos com carinho filial, como a Mãe da Igreja! Para aprofundamento: HISTÓRIAS BÍBLICAS DE NASCIMENTO: A cena da anunciação se assemelha a outras cenas de anúncio de nascimento na Bíblia, como a Abraão (Gn 17,19-21) e à mãe de Sansão (Jz 13,1-6). O nascimento de João Batista ao pai Zacarias (Lc 1,5-20). Em todos os relatos citados, encontramos os mesmos elementos: Deus toma a iniciativa, anuncia que virá uma criança importante, para contribuir no processo de libertação e salvação do povo. Apessoa questiona e Deus lhe oferece um sinal. Mas o anúncio a Maria, como já vimos, tem algo original. ORAÇÃO FINAL: Senhor, na tua presença eu me alegro,... pois tu és a grande Boa-Notícia. Percebo muitos sinais do teu amor e da tua misericórdia em minha vida. Assim, venho agradecido/a me alegrar na tua presença. E, como Maria, digo que podes contar comigo. Quero ajudar a realizar o teu sonho sobre a humanidade... Eu quero que se faça em mim segundo a tua vontade. Tu estás comigo. Teu Espírito repousa sobre mim. Tu estás em mim. Ouço a tua voz: Alegra-te, agraciado/a, o Senhor está contigo! Eis-me aqui! Música: CD Cantores de Deus em verso e em canção - Faixa nº 04 Primeira cristã Maria da luz Sabias, ó Mãe, amar teu Jesus. Primeira cristã Maria do amor Soubeste seguir teu filho e Senhor! Nossa Senhora das “milhões de luzes” Que meu povo acende pra te louvar Iluminada, iluminadora, inspiradora De quem quer amar e andar com Jesus. Primeira cristã Maria do lar Ensinas, ó Mãe, teu jeito de amar. Primeira cristã, Maria da paz Ensinas, ó Mãe como é que Deus faz. Primeira cristã sempre a meditar Vivas em Deus sabias orar. Primeira cristã fiel a Jesus Por todo o lugar, na luz e na cruz! MARIA NA BÍBLIA: Mt 1,16 Esposa de José, mãe de Jesus Mt 1,18-25 Esposa do Espírito Santo, José aceita Maria como esposa, nome do Menino. Mt 2,1-12 Magos Mt 2,13-20 Fuga para o Egito Mt 12,46-50 Faz a vontade do Pai, ouve a Palavra de Deus. Lc 1,26-38 Anunciação Lc 1,39- 45 Visita a Isabel Lc 1,46- 55 Magnificat Lc 2,1-7 Nascimento de Jesus Lc 2, 8-20 Pastores Lc 2, 22-40 Apresentação (Simeão e Ana) Lc 2,41-50 12 anos Lc 2,51-52 Nazaré Lc 8,19-21 Ouve a Palavra e a põe em prática Lc 11,27-28 Bem-aventurados os que ouvem a Palavra. Jo 2,1-12 Bodas de Caná Jo 19,25-27 Cruz At 1,14 Cenáculo Gl 4,4-5 Deus enviou seu Filho nascido de uma mulher Ap 12,1-16 Jesus nascido de uma mulher. DOGMAS SOBRE MARIA: Imaculada Conceição (Novo Catecismo 490 a 493) Virgindade de Nossa Senhora (Novo Catecismo 496 a 501) Assunção de Maria (Novo Catecismo 966)