Eixo3 tatiane cavalheiro_relato_resumo

165 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
165
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eixo3 tatiane cavalheiro_relato_resumo

  1. 1. Ampliação da docência e o contato com instituições de ensino parceiras do “Encontro sobre o Poder Escolar” Tatiane Duarte Cavalheiro/UFPel - tatiducavalheiro@gmail.com Palavras chave: Formação de professores, Poder Escolar e docência. Este trabalho visa apresentar o projeto de extensão “Qualificação das práticas pedagógicas das redes públicas de educação básica da região sul do Rio Grande do Sul: reinventando o Poder Escolar”,1 e refletir sobre a nossa prática como bolsista e estudante de graduação com contato com as instituições de ensino e a docência. O projeto é uma ação interinstitucional, coordenada pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), que agrega mais seis instituições: a Universidade Católica de Pelotas, O Instituto Federal Sul Rio-Grandense, o Conselho Municipal de Educação de Pelotas, a Secretária Municipal de Educação, a 5ª Coordenadoria Regional de educação e o 24º Núcleo do centro de Professores do estado do RS – CPERS – Sindicato. Esse caráter de organização coletiva, presente desde o início do projeto em 2001, revela um processo de colaboração que garante a sua realização com reconhecido sucesso. O projeto trabalha na perspectiva de preencher uma lacuna na formação continuada de professores na Região sul, no que se diz respeito ao seu formato e à sua abrangência regional. O Encontro sobre o Poder Escolar se propõe a ser um espaço/tempo em que os profissionais da educação se encontrem, ensinem e aprendam; que no convívio compartilhem experiências, angústias e alegrias. Baseando sua proposta em quatro pressupostos teórico-práticos: os professores nas suas ações pedagógicas, mobilizam diferentes tipos de saberes e fundamentam suas práticas nos saberes construídos na experiência docente (TARDIFF, LESSARD E LAHAYE, 1991); os professores aprendem nas trocas, no encontro, no trabalho conjunto e colaborativo (FULLAN & HARGREAVES, 1999); o exercício da reflexão crítica sobre 1 Bolsistas: Nitiane Bitencourt da Silva e Tamires Martins Machado. Professoras Orientadoras: Profª Ligia Cardoso Carlos e Profª Maria Antonieta Dall’Igna.
  2. 2. a prática é uma exigência da relação entre a teoria e a prática na qual evitamos o ativismo e o discurso descolado da realidade objetiva (FREIRE, 1997, p.24) e, finalmente, o entendimento de que as mudanças desejadas na instituição escolar e nas práticas de ensinar e aprender dependem da construção coletiva, democrática e autônoma de seus projetos (PARO, 2001). No contexto regional, a repercussão dos Encontros se revela, não só pela iniciativa dos próprios professores estaduais ou municipais que se organizam para participar dos mesmos, como também pela ação de Secretárias Municipais de Educação de municípios da região que incluem os encontros sobre o Poder Escolar nas suas políticas de formação de professores. Esse formato de regime colaborativo/participativo das instituições de ensino que participam da organização do encontro é importante para que os professores possam participar de forma efetiva na construção da sua formação. A participação das secretárias de educação e instituições de ensino superiores na organização do encontro e no grande evento é importante, pois, promove a participação dos docentes em várias edições do encontro. Para mim como bolsista do projeto tenho contato com as escolas, professores e equipes diretivas, isso proporciona o convívio com as experiências dos professores, os anseios das instituições para que os professores possam participar do Poder Escolar, e o envolvimento da comunidade escolar. Contudo participar do encontro propicia para mim como aluna da graduação uma ampliação dos saberes científicos que venho adquirindo na universidade com os saberes das experiências dos docentes que participam do Encontro sobre o Poder Escolar, e percebo a complexidade do trabalho nas escolas. Isto mostra como é de grande importância a nossa participação em trabalhos coletivos, projetos de extensão que envolva a comunidade escolar, e se incluir nesse processo de aprendizagem que exige de nós um exercício de reflexão e transformação. Referências: FULLAN, Michael, HARGREAVES, Andy, A escola como organização aprendente: buscando uma educação de qualidade. 2 ed, Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999. FREIRE Paulo. Pedagogia da Autonomia. 2 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.
  3. 3. PARO. Vitor Henrique. Administração escolar e qualidade do ensino: o que os pais ou responsáveis têm a ver com isso? In: PARO, Vitor Henrique. Escritos sobre educação. São Paulo: Xamã, 2001, p. 101-112. TARDIFF, M.; LESSARD, C.; LAHAYE, L. Os professores face ao saber. Esboço de uma problemática do saber docente. Teoria e Educação, n.4, Porto Alegre: Pannônica, 1991.

×