SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Adoçantes: O que você precisa saber

Por Marlene Merino Alvarez

Os edulcorantes artificiais chamados popularmente de adoçantes são alvo de diversas dúvidas,
sobretudo quando se trata de saber qual o mais adequado para o tratamento do diabetes. Um
mito importante que precisa ser combatido é que somente o uso do adoçante seria suficiente
para o tratamento dietético do diabetes. Isso não é verdade, já que a maior parte dos
alimentos possui carboidratos (açúcares) que aumentam de maneira similar a glicose no
sangue. Contudo é recomendável que o adoçante seja usado em substituição ao açúcar
(sacarose) para minimizar a restrição dos outros carboidratos no plano alimentar.

Para a escolha adequada do adoçante deve se considerar a segurança, o paladar e o custo. O
adoçante seguro é aquele que sofre regulação de órgãos oficiais com comprovada
credibilidade científica, os quais liberam ou não o consumo para humanos, além de determinar
a dose máxima por dia. Lembrar que não se pode deixar de contar o número de gotas. Dica:
não ultrapassar de 10 gotas/copo, até conferir com a recomendação do Nutricionista.

Quanto ao paladar devem ser verificados quais os adoçantes que podem ir ao fogo e o seu
poder de adoçar, para que o uso incorreto (altas temperaturas e excesso de gotas) não
acentue o resíduo amargo. E finalmente o custo, embora seja um dos principais determinantes
na escolha dos adoçantes, deve-se avaliar o custo/benefício no momento da compra do
adoçante, uma vez que o produto será utilizado de maneira contínua por muitos anos.

Dúvidas mais freqüentes sobre os adoçantes

          Causam câncer?
          Existem vários estudos na literatura científica que comprovam a segurança do uso dos
          adoçantes para pacientes diabéticos, desde que recomendados pelo médico ou
          nutricionista e utilizados na quantidade adequada para consumo diário.

          Engordam ou emagrecem?
          O adoçante é apenas um coadjuvante (substitui a sacarose) nas dietas para perder
          peso. Ele não possui o efeito de emagrecer ou engordar.

          Podem ser usados na gravidez?
          Sim, desde que orientados pelo médico ou nutricionista.

Na tabela abaixo são listados os tipos de adoçantes comumente usados no Brasil com a
respectiva dose máxima e Instituição oficial que liberou para o consumo.

Edulcorantes         Consumo máximo Instituição

Acesulfame K         15mg/dia/Kg       FDA

Aspartame            40mg/dia/Kg       FDA

Ciclamato de sódio 7mg/dia/Kg          ANVISA

Estévia              5,5mg/dia/Kg      ANVISA
Sacarina           5mg/dia/Kg        FDA

Sucralose          15mg/dia/Kg       FDA



Contagem de Carboidratos

Existem vários métodos pelos quais as pessoas com diabetes podem planejar sua alimentação
e manter os níveis de glicemia o mais próximo do normal possível, juntamente com a
medicação e atividade física. Um desses métodos é a Contagem de Carboidratos.
A Contagem de Carboidratos é uma estratégia nutricional, onde contabilizamos os gramas de
carboidratos consumidos nas refeições e lanches, com o objetivo de manter a glicemia dentro
de limites convenientes. A razão pela qual você deve focalizar em contar gramas de
carboidratos é porque os carboidratos tendem a ter maior efeito na sua glicemia.

Quando você entende como contar carboidratos, você tem uma maior variedade na escolha
dos alimentos que compõem o seu plano alimentar. E também, pode controlar sua glicemia
mais precisamente.

Esta estratégia nutricional pode ser utilizada por qualquer pessoa com diabetes, sendo muito
útil, até mesmo indispensável, para aquelas pessoas que utilizam como forma de tratamento a
terapia com múltiplas doses de insulina ou sistema de infusão contínua de insulina, onde esta
poderá ser ajustada, baseada no que a cada pessoa consome de alimentos.

Itens indispensáveis para utilizar a contagem de carboidratos:

       Acompanhamento de um endocrinologista, que incentive esta Terapia Nutricional e
       possíveis ajustes.

       Acompanhamento com um profissional Nutricionista com experiência no atendimento
       a pessoas com diabetes e Contagem de Carboidratos.

       Motivação do portador de diabetes e equipe para iniciar uma nova Terapia Nutricional.

       Anotar todos os alimentos consumidos e quantidades (em medida caseira), para
       descobrir a quantidade de carboidrato que está sendo ingerido.

       Saber ler e escrever, ou pelo menos ter noção de medidas caseiras.

       Medir a glicemia mais vezes, em diferentes horários, de acordo com o esquema
       estabelecido pela equipe. Esta é única maneira de saber a resposta individual dos
       alimentos, bem como se seu plano alimentar e tratamento estão adequados. Sua
       glicemia mostra quando e quais mudanças são necessárias.

Conhecendo os Carboidratos

A maior parte dos carboidratos que ingerimos vêm de 4 grupos de alimentos:

       Grupo do pão (arroz, batata, mandioca, milho,massas, biscoitos doces e salgados,
       cereais)

       Grupo da fruta (todas)
Grupo do leite (leite, iogurte)

       Grupo dos vegetais


Praticando a Contagem:

02 Fatias de pão de forma: 24g carboidrato
01 colher (chá) margarina light: 0
01 copo de iogurte light: 15 g carboidrato
01 banana pequena: 15g carboidrato
Total: 54g carboidrato

Sabendo a quantidade que você deve consumir de carboidratos por refeição, você pode variar
seu cardápio, utilizando alimentos diferentes. É importante respeitar sempre as quantidades
de carboidratos estabelecidas, manter o peso corporal e glicemias saudáveis.

A quantidade de carboidratos que você deve consumir diariamente varia de pessoa para
pessoa, bem como a sua distribuição que deve ser estabelecida individualmente ao longo do
dia. O nutricionista que o acompanha definirá a quantidade de carboidratos das refeições e
lanches com base nas informações abaixo:

       Idade

       Peso / altura

       Circunferência abdominal

       Quando e quanto realiza atividade física

       Ação dos medicamentos prescritos pelo seu médico para tratar o diabetes

       Metas de peso corporal

       Valores laboratoriais

       Alergias e intolerâncias alimentares

       Preferências e aversões alimentares

       Aspectos sócio-culturais e estilo de vida

A Contagem de carboidratos permite maior flexibilidade ao plano alimentar, sem perder de
vista a alimentação saudável para atingir os objetivos de tratamento traçados pela equipe que
o acompanha

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dietas hospitalares ripari (1)
Dietas hospitalares ripari (1)Dietas hospitalares ripari (1)
Dietas hospitalares ripari (1)
Izabela Pereira
 
10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer
10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer
10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer
Joseantoniooli
 

Mais procurados (17)

Ktia silene (procordis)
Ktia silene (procordis)Ktia silene (procordis)
Ktia silene (procordis)
 
Orientações Nutricionais Cirurgia Bariátrica - UFRGS - Hospital de Clínicas P...
Orientações Nutricionais Cirurgia Bariátrica - UFRGS - Hospital de Clínicas P...Orientações Nutricionais Cirurgia Bariátrica - UFRGS - Hospital de Clínicas P...
Orientações Nutricionais Cirurgia Bariátrica - UFRGS - Hospital de Clínicas P...
 
Dietas
Dietas Dietas
Dietas
 
Suplementação e estética: uma visão nutricional
Suplementação e estética: uma visão nutricionalSuplementação e estética: uma visão nutricional
Suplementação e estética: uma visão nutricional
 
Dieta pastosa
Dieta pastosaDieta pastosa
Dieta pastosa
 
eBook 30 DICAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
eBook 30 DICAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVELeBook 30 DICAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
eBook 30 DICAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
 
Dietas hospitalares ripari (1)
Dietas hospitalares ripari (1)Dietas hospitalares ripari (1)
Dietas hospitalares ripari (1)
 
Dietas
DietasDietas
Dietas
 
Tipos de dietas hospitalares
Tipos de dietas hospitalaresTipos de dietas hospitalares
Tipos de dietas hospitalares
 
Aula 7 cuidados com alimentacao do utente - curso de enfermagem - modular
Aula 7  cuidados com alimentacao do utente - curso de enfermagem - modularAula 7  cuidados com alimentacao do utente - curso de enfermagem - modular
Aula 7 cuidados com alimentacao do utente - curso de enfermagem - modular
 
Nutrição e saúde
Nutrição e saúdeNutrição e saúde
Nutrição e saúde
 
10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer
10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer
10 alimentos-que-ajudam-a-emagrecer
 
eBook DIETA LOW-CARB - O GUIA COMPLETO
eBook DIETA LOW-CARB - O GUIA COMPLETOeBook DIETA LOW-CARB - O GUIA COMPLETO
eBook DIETA LOW-CARB - O GUIA COMPLETO
 
Apresentação dieta e nutrição
Apresentação dieta e nutriçãoApresentação dieta e nutrição
Apresentação dieta e nutrição
 
O que saber sobre dietas sem açúcar
O que saber sobre dietas sem açúcarO que saber sobre dietas sem açúcar
O que saber sobre dietas sem açúcar
 
Dieta gluten free
Dieta gluten freeDieta gluten free
Dieta gluten free
 
Piramide Alimentar
Piramide AlimentarPiramide Alimentar
Piramide Alimentar
 

Semelhante a Adoçantes

Manual contagem carboidratos
Manual contagem carboidratosManual contagem carboidratos
Manual contagem carboidratos
Veridiana Lopes
 
Manual do paciente cap.2
Manual do paciente cap.2Manual do paciente cap.2
Manual do paciente cap.2
adrianomedico
 
Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2
Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2
Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2
Dr. Benevenuto
 
Guia dieta para diabetes en portugues
Guia dieta para diabetes en portuguesGuia dieta para diabetes en portugues
Guia dieta para diabetes en portugues
Rene Diana
 
Manual de nutrição cap.4
Manual de nutrição cap.4Manual de nutrição cap.4
Manual de nutrição cap.4
adrianomedico
 
Suco Detox Beterraba Queima Gordura
Suco Detox Beterraba Queima Gordura Suco Detox Beterraba Queima Gordura
Suco Detox Beterraba Queima Gordura
McculloughSandberg93
 

Semelhante a Adoçantes (20)

MANUAL DE CONTAGEM DE CARBOIDRATOS PARA PESSOAS COM DIABETES
MANUAL DE CONTAGEM DE CARBOIDRATOS PARA PESSOAS COM DIABETESMANUAL DE CONTAGEM DE CARBOIDRATOS PARA PESSOAS COM DIABETES
MANUAL DE CONTAGEM DE CARBOIDRATOS PARA PESSOAS COM DIABETES
 
Manual de contagem de carboidratos
Manual de contagem de carboidratosManual de contagem de carboidratos
Manual de contagem de carboidratos
 
Tabela de contagem de carboidratos
Tabela de contagem de carboidratosTabela de contagem de carboidratos
Tabela de contagem de carboidratos
 
Ebook obesidade
Ebook obesidadeEbook obesidade
Ebook obesidade
 
Ebook obesidade
Ebook obesidadeEbook obesidade
Ebook obesidade
 
Dieta dos Pontos - Baixe o seu ebook!
Dieta dos Pontos - Baixe o seu ebook!Dieta dos Pontos - Baixe o seu ebook!
Dieta dos Pontos - Baixe o seu ebook!
 
Manual de Nutrição profissional
Manual de Nutrição profissionalManual de Nutrição profissional
Manual de Nutrição profissional
 
Manual contagem carboidratos
Manual contagem carboidratosManual contagem carboidratos
Manual contagem carboidratos
 
DIABETES E ABACATES: COMO ELES AFETAM A SUA GLICEMIA!
DIABETES E ABACATES: COMO ELES AFETAM A SUA GLICEMIA!DIABETES E ABACATES: COMO ELES AFETAM A SUA GLICEMIA!
DIABETES E ABACATES: COMO ELES AFETAM A SUA GLICEMIA!
 
Manual do paciente cap.2
Manual do paciente cap.2Manual do paciente cap.2
Manual do paciente cap.2
 
Samuel_Diario_alimentar
Samuel_Diario_alimentarSamuel_Diario_alimentar
Samuel_Diario_alimentar
 
beneficios do bem estar[1]
 beneficios do bem estar[1] beneficios do bem estar[1]
beneficios do bem estar[1]
 
Guia diabetes
Guia diabetesGuia diabetes
Guia diabetes
 
Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2
Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2
Guia Alimentar Para pessoas com Diabetes Tipo 2
 
Guia dieta para diabetes en portugues
Guia dieta para diabetes en portuguesGuia dieta para diabetes en portugues
Guia dieta para diabetes en portugues
 
Manual de nutrição cap.4
Manual de nutrição cap.4Manual de nutrição cap.4
Manual de nutrição cap.4
 
Manual contagem de carboidratos
Manual contagem de carboidratosManual contagem de carboidratos
Manual contagem de carboidratos
 
Suco Detox Beterraba Queima Gordura
Suco Detox Beterraba Queima Gordura Suco Detox Beterraba Queima Gordura
Suco Detox Beterraba Queima Gordura
 
REVISTA DA DIABETES - CONTROLE DA-DIABETES-BRASIL
REVISTA DA DIABETES - CONTROLE DA-DIABETES-BRASILREVISTA DA DIABETES - CONTROLE DA-DIABETES-BRASIL
REVISTA DA DIABETES - CONTROLE DA-DIABETES-BRASIL
 
#DesafioVip90Dias - Realmente Funciona?
#DesafioVip90Dias - Realmente Funciona?#DesafioVip90Dias - Realmente Funciona?
#DesafioVip90Dias - Realmente Funciona?
 

Adoçantes

  • 1. Adoçantes: O que você precisa saber Por Marlene Merino Alvarez Os edulcorantes artificiais chamados popularmente de adoçantes são alvo de diversas dúvidas, sobretudo quando se trata de saber qual o mais adequado para o tratamento do diabetes. Um mito importante que precisa ser combatido é que somente o uso do adoçante seria suficiente para o tratamento dietético do diabetes. Isso não é verdade, já que a maior parte dos alimentos possui carboidratos (açúcares) que aumentam de maneira similar a glicose no sangue. Contudo é recomendável que o adoçante seja usado em substituição ao açúcar (sacarose) para minimizar a restrição dos outros carboidratos no plano alimentar. Para a escolha adequada do adoçante deve se considerar a segurança, o paladar e o custo. O adoçante seguro é aquele que sofre regulação de órgãos oficiais com comprovada credibilidade científica, os quais liberam ou não o consumo para humanos, além de determinar a dose máxima por dia. Lembrar que não se pode deixar de contar o número de gotas. Dica: não ultrapassar de 10 gotas/copo, até conferir com a recomendação do Nutricionista. Quanto ao paladar devem ser verificados quais os adoçantes que podem ir ao fogo e o seu poder de adoçar, para que o uso incorreto (altas temperaturas e excesso de gotas) não acentue o resíduo amargo. E finalmente o custo, embora seja um dos principais determinantes na escolha dos adoçantes, deve-se avaliar o custo/benefício no momento da compra do adoçante, uma vez que o produto será utilizado de maneira contínua por muitos anos. Dúvidas mais freqüentes sobre os adoçantes Causam câncer? Existem vários estudos na literatura científica que comprovam a segurança do uso dos adoçantes para pacientes diabéticos, desde que recomendados pelo médico ou nutricionista e utilizados na quantidade adequada para consumo diário. Engordam ou emagrecem? O adoçante é apenas um coadjuvante (substitui a sacarose) nas dietas para perder peso. Ele não possui o efeito de emagrecer ou engordar. Podem ser usados na gravidez? Sim, desde que orientados pelo médico ou nutricionista. Na tabela abaixo são listados os tipos de adoçantes comumente usados no Brasil com a respectiva dose máxima e Instituição oficial que liberou para o consumo. Edulcorantes Consumo máximo Instituição Acesulfame K 15mg/dia/Kg FDA Aspartame 40mg/dia/Kg FDA Ciclamato de sódio 7mg/dia/Kg ANVISA Estévia 5,5mg/dia/Kg ANVISA
  • 2. Sacarina 5mg/dia/Kg FDA Sucralose 15mg/dia/Kg FDA Contagem de Carboidratos Existem vários métodos pelos quais as pessoas com diabetes podem planejar sua alimentação e manter os níveis de glicemia o mais próximo do normal possível, juntamente com a medicação e atividade física. Um desses métodos é a Contagem de Carboidratos. A Contagem de Carboidratos é uma estratégia nutricional, onde contabilizamos os gramas de carboidratos consumidos nas refeições e lanches, com o objetivo de manter a glicemia dentro de limites convenientes. A razão pela qual você deve focalizar em contar gramas de carboidratos é porque os carboidratos tendem a ter maior efeito na sua glicemia. Quando você entende como contar carboidratos, você tem uma maior variedade na escolha dos alimentos que compõem o seu plano alimentar. E também, pode controlar sua glicemia mais precisamente. Esta estratégia nutricional pode ser utilizada por qualquer pessoa com diabetes, sendo muito útil, até mesmo indispensável, para aquelas pessoas que utilizam como forma de tratamento a terapia com múltiplas doses de insulina ou sistema de infusão contínua de insulina, onde esta poderá ser ajustada, baseada no que a cada pessoa consome de alimentos. Itens indispensáveis para utilizar a contagem de carboidratos: Acompanhamento de um endocrinologista, que incentive esta Terapia Nutricional e possíveis ajustes. Acompanhamento com um profissional Nutricionista com experiência no atendimento a pessoas com diabetes e Contagem de Carboidratos. Motivação do portador de diabetes e equipe para iniciar uma nova Terapia Nutricional. Anotar todos os alimentos consumidos e quantidades (em medida caseira), para descobrir a quantidade de carboidrato que está sendo ingerido. Saber ler e escrever, ou pelo menos ter noção de medidas caseiras. Medir a glicemia mais vezes, em diferentes horários, de acordo com o esquema estabelecido pela equipe. Esta é única maneira de saber a resposta individual dos alimentos, bem como se seu plano alimentar e tratamento estão adequados. Sua glicemia mostra quando e quais mudanças são necessárias. Conhecendo os Carboidratos A maior parte dos carboidratos que ingerimos vêm de 4 grupos de alimentos: Grupo do pão (arroz, batata, mandioca, milho,massas, biscoitos doces e salgados, cereais) Grupo da fruta (todas)
  • 3. Grupo do leite (leite, iogurte) Grupo dos vegetais Praticando a Contagem: 02 Fatias de pão de forma: 24g carboidrato 01 colher (chá) margarina light: 0 01 copo de iogurte light: 15 g carboidrato 01 banana pequena: 15g carboidrato Total: 54g carboidrato Sabendo a quantidade que você deve consumir de carboidratos por refeição, você pode variar seu cardápio, utilizando alimentos diferentes. É importante respeitar sempre as quantidades de carboidratos estabelecidas, manter o peso corporal e glicemias saudáveis. A quantidade de carboidratos que você deve consumir diariamente varia de pessoa para pessoa, bem como a sua distribuição que deve ser estabelecida individualmente ao longo do dia. O nutricionista que o acompanha definirá a quantidade de carboidratos das refeições e lanches com base nas informações abaixo: Idade Peso / altura Circunferência abdominal Quando e quanto realiza atividade física Ação dos medicamentos prescritos pelo seu médico para tratar o diabetes Metas de peso corporal Valores laboratoriais Alergias e intolerâncias alimentares Preferências e aversões alimentares Aspectos sócio-culturais e estilo de vida A Contagem de carboidratos permite maior flexibilidade ao plano alimentar, sem perder de vista a alimentação saudável para atingir os objetivos de tratamento traçados pela equipe que o acompanha