TERCEIRA GUERRA MUNDIAL
Amós 3:7 – Certamente o Senhor Deus não fará cousa alguma, sem primeiro revelar o seu
segredo aos ...
Associando estas predições à instabilidade atual da Economia, e, sabendo que toda grande guerra foi
precedida de crise eco...
Versículo 30 - Agora ó assolada ... te vestes de escarlate.
Observe atentamente os versículos 28 e 30 que eles nos remetem...
Não tenham dúvidas quanto a estes eventos: explosões nucleares esparsas.
ATAQUES NUCLEARES – MEDIDAS DE PRECAUÇÃO
Se há ra...
a-) Em caso de ser dado alarma prévio. Se se está na rua: Dirigir-se ao refúgio anti-aéreo mais
próximo. Para evitar queim...
2-)Ministrar antibióticos para evitar infecção. Pode ser útil ministrar também corticóides (devivados de
cortisona) ou ACT...
própria Bíblia se explica e água na interpretação do simbolismo bíblico é também entendida por povos.
Então água se transf...
A sétima trombeta (Apocalipse 11:15-18) fala do tempo em que “as nações se enfureceram” e sobreveio
a “ira” de Deus, e em ...
Nas últimas horas, sempre digo: Deus nos ajude. Mas nisso Deus não vai nos ajudar, eu sei.
Depende de cada um, somente cad...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Terceira guerra mundial

718 visualizações

Publicada em

Nova Ordem Mundial, Satanismo, Conspiração,trindade, Bento XVI, batismo, Mateus 28:19, adulteração bíblica, catolicismo, protestantismo, infalibilidade papal, papas, autoridade igreja católica, espiritismo, restauração, volta de Jesus, religiões, Terceira Guerra Mundial, destruição,

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
718
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terceira guerra mundial

  1. 1. TERCEIRA GUERRA MUNDIAL Amós 3:7 – Certamente o Senhor Deus não fará cousa alguma, sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos os profetas. Primeiramente consideremos o princípio Adventista de interpretação bíblica: Literalmente, a não ser que haja evidência de que seja o texto considerado seja uma parábola. O mundo inteiro se envolverá em Ruína Anjos acham-se hoje a refrear os ventos das contendas, para que não soprem antes que o mundo haja sido avisado de sua co ndenação vindoura> mas está-se formando uma tempestade, prestes a irromper sobre a Terra> e, quando Deus ordenar a Seus anjos que soltem os ventos , haverá uma cena de lutas que nenhuma pena poderá descrever . – Ed, 1798 (1903) A profecia do Salvador relativa aos juízos que deveriam cair sobre Jerusalém há de ter outro cumprimento, do qual aquela terrível desolação não foi senão tênue sombra. Na sorte da cidade escolhida podemos contemplar a condenação de um mundo que rejeitou a misericórdia de Deus e calcou a pés a Sua lei.-GC,36 (1911). Satanás mergulhará então os habitantes da Terra em uma grande angustia final. Ao cessarem os anjos de Deus de conter os ventos impetuosos das paixões humanas, ficarão às soltas todos os elementos de contenda. O mundo inteiro se envolverá em ruína mais terrível do que a que sobreveio a Jerusalém na antiguidade. – GC, 614 (1911). *Usando o princípio adventista de interpretação, sempre literal, quando não há evidencia de linguagem figurada (parábola), o texto acima por si só já é esclarecedor e concludente, a não ser que queiramos colocar em descrédito o Espírito de Profecia. O mundo está excitado pelo espírito de guerra. A profecia do capítulo 11 de Daniel atingiu quase o seucumprimento completo. Lógo se darão as cenas de perturbação das quais falam as profecias. 3TS-283 Certamente a Sra. White não estava se referindo a uma guerra qualquer, mas uma guerra de proporções consideráveis que de tal monta, comprometa o destino da humanidade, ou ameace fazê-lo. A citação acima de 3TS-283 foi escrita pela Sra. White no século 19, e deste então não pudemos ver uma guerra que mereça menção especial como a do capítulo 11 de Daniel, e note que a guerra do capítulo 11 termina com a volta de Jesus ; mesmo porque Jesus ainda não veio. Qual a amplitude de tal evento? Conquanto nação se esteja levantando contra nação e reino contra reino, não se desencadeouainda um conflito geral. Ainda os 4 ventos sobre os 4 cantos da Terra estão sendo retidos até que os servos de Deus estejam assinalados na testa. Então as potências do mundo hão de mobilizar suas forças para a última grande batalha. 2TS-369.
  2. 2. Associando estas predições à instabilidade atual da Economia, e, sabendo que toda grande guerra foi precedida de crise econômica, lemos sobre a quebra da Economia Americana em Eventos Finais página 117: Quando nossa nação (americana), em suas assembleias legislativas, promulgar leis que restrinjam a consciência das pessoas quanto aos seus privilégios religiosos, impondo a observância do Domingo e exercendo poder opressor contra os que guardam o Sábado do sétimo dia, a lei de Deus será , para todos os efeitos, invalidada em nosso país, e a apostasia nacional será seguida de ruína nacional. Com a inteligação atual da Economia Mundial funcionando 24 horas em todos os fusos horários não é difícil prever o efeito dominó que a quebra dos EUA irá provocar na Economia em geral. Se uma crise em pequenas proporções como a que ocorreu na Crise Asiática chacoalhou o mundo, imagine uma crise Americana. Considere também que o Japão está estagnado há anos e a Europa também está em situação difícil. Daí não é dificil imaginar o que irá ocorrer, que já foi antevisto pelos profetas bíblicos e pelo Espírito de Profecia. JEREMIAS - Capítulo 4 – uma cena de guerra atual Algumas profecias tiveram aplicação não somente em algum tempo no passado, mas num refluxo da história terão também uma aplicação nos dias finais. Exemplo: Mateus 24: 15-28 Note bem Jeremias 4 especialmente nos versículos 11, 20, 23, 26, 27, 28 e30. É sabido que Jeremias escreveu sobre a submissão do povo judeu ao IMPERIO BABILONIO que estava surgindo ano norte, mas num refluxo da história os versículos acima são por demais significativos para aquela época e nada têm a ver com a forma de destruição dos armamentos da época , nem tampouco com a dramaticidade dos versículos citados acima. Vejamos: Versículo 11 – Vento abrasador que assopra. ( Sugere explosão nuclear ) Compare com II Pedro 3:10- 12. Versículo 20 – A Terra toda destruída – ídem Versículo 23 - Olhei para a terra, e ei-la sem forma e vazia. Versículo 26 – Cidades derribadas. Versículo 27 - ... porém não consumirei de todo (bombas localizadas) Versículo 28 - Os céus acima enegrecerão (nuvens radioativas)
  3. 3. Versículo 30 - Agora ó assolada ... te vestes de escarlate. Observe atentamente os versículos 28 e 30 que eles nos remetem para o Apocalípse 16:10 – (Quinta praga – Trevas) Derramou o quinto anjo a sua taça sobre o trono da besta, cujo reino se tornou em trevas, e os homens remordiam a lingua por causa da dor que sentiam. Apocalipse 16:10. As únicas trevas que provocam dor são as chuvas radioativas que sucedem a uma explosão nuclear e que provocam câncer e úlceras malignas. Note que no versículo 3 o profeta JEREMIAS diz que “a assolada” se veste de escarlate (a côr do Vaticano), e Apocalípse 16:10 também está falando do vaticano (trono da besta). PROFETAS JOEL E AMÓS – UMA CORROBORAÇÃO IMPRESSIONANTE Impressiona a semelhança da cena caótica que foi vista nas passagens anteriores descritas pelo profeta Jeremias, agora expostas por Joel e Amós e citadas no livro EVENTOS FINAIS, páginas 211 e 212: Os profetas assim descrevem a condição da Terra naquele tempo terrível: “E a Terra está triste; ... porque a colheita do campo pereceu.” “Todas as árvores do campo se secaram, e a alegria se secouentre os filhos dos homens.” “ A semente apodreceu debaixo dos seus torrões, os celeiros foram assolados.” “ Como geme o gado ! as manadas de vacas estão confusas, porque não têm pasto; ... os rios se secaram, e o fogo consumiu os pastos do deserto.” “Os cânticos do templo serão gritos de dor naquele dia, diz o Senhor Jeová; muitos serão os cadáveres em todos os lugares serão lançados fora em silêncio.” Joel 1: 10-12,17 e 20. Amós 8:3. Comentando o Espírito de Profecia o texto acima diz o seguinte: Estas pragas não são universais, ao contrário os habitantes, ao contrário os habitantes da Terra seriam inteiramente exterminados. Contudo serão os mais terríveis flagelos que já foram conhecidos por mortais. – GC, 628 e 629 (1911) Note que a descrição acima acontece após a Quarta Praga do Apocalipse: ...é dado poder ao Sol para que “abrasasse os homens com fogo. E os homens foram abrasados com grandes calores. Versos 8 e 9 (página 211-Eventos finais) Aqui sim, é usado linguagem figurada, pois o livro do Apocalípse usa este tipo de linguagem. O Sol aqui é somente ilustrativo, senão, note o seguinte: Caso realmente o profeta Joel estivesse usando uma aplicação literal com referência ao astro-rei, e fosse calor solar a que ele estava se referindo, com o movimento de rotação (que a Terra faz em torno de si mesma) e translação (que a Terra faz em torno do Sol) exporia toda a superfície terrestre a igual calor e igual intensidade em todas as partes do nosso planeta. Mas o Espírito de Profecia esclarece: Estas pragas não são universais, ao contrário os habitantes da Terra seriam inteiramente exterminados. Com certeza não são causas naturais, isto está óbvio.
  4. 4. Não tenham dúvidas quanto a estes eventos: explosões nucleares esparsas. ATAQUES NUCLEARES – MEDIDAS DE PRECAUÇÃO Se há razões fundadas para prever um ataque atômico, toda pessoa deve ficar no lugar que lhe dite seu dever e cumprir as tarefas de que foi incumbida. Todavia, pode ser conveniente que as mulheres e as crianças vão morar no campo, longe de cidades importantes ou de fábricas e outros objetos militares que seriam os prováveis alvos de ataques atômicos. Quando há perigo iminente de ataque atômico, é conveniente, se se trabalha ao ar livre, vestir roupa não justa, de cor clara, que cubra braços e pernas. Usar chapéu de aba larga. Em certos países em que se vive sob a ameaça nuclear, os governos, as municipalidades, as escolas, as fábricas e mesmo as famílias, preparam refúgios subterrâneos providos de diversos alimentos enlatados, água em recipientes fechados (de metal ou de plástico, pois os de vidro poderiam quebrar-se) em quantidade suficiente para satisfazer às necessidades dos ocupantes durante umas duas semanas. Os refúgios são providos de portas que se podem fechar hermeticamente, de um sistema adequado de ventilação, iluminação elétrica, lampiões, fósforo, abridores de latas, radiotransistor, livros, camas simples , recipientes de plástico de fecho hermético para guardar resíduos etc. Dois dias depois do ataque, os adultos podem sair por breves períodos, tomando as precauções que se indicam adiante. ENFERMIDADE POR IRRADIAÇÃO Se o organismo humano é submetido a uma irradiação excessiva, seja no próprio momento das explosão (raios gama, nêutrons etc.), seja posteriormente pela queda de partículas radiativas, pode produzir-se uma forma aguda ou uma forma crônica de enfermidade. A aguda começa antes de haverem transcorido doze horas da explosão com náuseas, vômitos, diarréia, dor de cabeça, hemorragias pelas mucosas, choque e notável diminuição dos glóbulos brancos do sangue. Posteriormente há queda do cabelo e dos pelos, e podem acentuar-se os transtornos do sangue e dos órgãos produtores do mesmo.. Esta forma aguda se observa especialmente em pessoas que foram submetidas a mais de 500 unidades roentgem de radiação, dose forçosamente mortal. Se a pessoa foi submetida a uma 400 unidades roentgem, os sintomas são menos intensos e cerca de 50% das pessoas assim afetadas podem salvar-se. As formas de início mais tardio manifestam-se em pessoas que receberam menos radiação ( entre 200 e 400 unidades roentgen). Neste caso, os sintomas aparecem entre os 7 e 28 dias depois da exposição às radiações. Aparecem neste caso lesões na pele (enrubescimento semelhante ao da queimadura do sol) das partes expostas, mas principalmente manifestações digestivas, tais como vômitos, inapetência e, poste riormente, transtornos hepáticos e sanguíneos (hemorragias, diminuição acentuada dos glóbulos brancos e dos vermelhos). Abaixo de 200 roentgen não falecem. Entre os 200e 400 roentgem, a evolução pode variar de um caso para outro. QUE FAZER EM CASO DE ATAQUE DE BOMBA ATÔMICA
  5. 5. a-) Em caso de ser dado alarma prévio. Se se está na rua: Dirigir-se ao refúgio anti-aéreo mais próximo. Para evitar queimaduras, no caso de não se poder alcançar o abrigo, tomas as precauções indicadas adiante. Se se está em casa: Fechar as aberturas (janelas, portas, persianas etc.). Interromper a corrente elétrica, o gás, e apagar qualquer fogo. Descer ao refúgio ou porão, e tomar além disso as precauções que indicamos adiante. b-) Se a explosão se verificou sem Ter havido alarma: Estando na rua: Lançar-se ao solo, dando as costas ao resplendor, se for possível atrás de uma parede, veículo, montículo de terra ou alguma vala ou canal etc. Proteger a pele exposta ao ar (mãos, cabeça etc.) de queimaduras, cacos de vidro etc., cobrindo o rosto com os antebraços e braços flexionados. No campo: refugiar-se atrás de uma árvore grande. Estando em casa: Refugiar-se atrás de um móvel, longe de portas e janelas, ou meter-se na cama, cobrindo-se com a roupa da mesma. Depois do ataque, não sair do refúgio antes de ser dado aviso de haver passado o perigo. Para evitar contaminação radiativa, consumir unicamente alimentos e água guardados nos refúgios. PRIMEIROS SOCORROS QUE SE PRESTARÃO Quem os prestar deve proteger-se da mais apropriada forma possível. Sobre a roupa interior, pôr um cobretudo semelhante ao usado pelos mecânicos ( na falta de outra coisa, cobrir a roupa de rua com um impermeável ou gabardine bem fechados). Usar meias grossas, com que se cobrirá a parte inferior das calças. Se for possível, calçar botas e luvas, preferivelmente de borracha, que cubram as mangas nos pulsos. Usar chapéu (ou capacete não metálico), cachecol ou echarpe e, se possível, máscara de oxigênio ou máscara contra gases, ou coisa equivalente. Não levar objetos pessoais que possam contaminar-se (relógio, chaves, acendedores etc). PRIMEIROS SOCORROS DAS QUEIMADURAS 1-)Tomar as medidas para evitar o choque . Ajuda muito, nestes casos, a hidratação do queimado, dando-lhe por via oral, em abundância (um ou dois copos por hora), uma solução que se prepara acrescentando a um litro de água uma colherinha de sal fino, rasa, e meia colherinha de bicarbonato de sódio. Acalmar a dor. 2-) Localmente: Tirar a roupa que cobre as queimaduras. Com uma gaze, limpar com cuidado as regiões queimadas com uma solução suavemente antisséptica (fisoderma ou zefirão) Se há ligadura esterilizada de celulose ou algodão, coberta em uma das faces por gaze de trama fechada, pode-se aplicar diretamente sobre as queimaduras, mantendo-a em seu lugar com uma bandagem . Não se deve tirar senão depois de oito dias. Se se dispõe de gaze vaselinada, pode-se aplicar. No caso de faltar material, pode-se deixar simplesmente a queimadura exposta ao ar. Entre 40 e 72 horas formar-se-á um coágulo que protegerá a queimadura de contaminação.
  6. 6. 2-)Ministrar antibióticos para evitar infecção. Pode ser útil ministrar também corticóides (devivados de cortisona) ou ACTH. Em alguns casos, o médico poderá aplicar plasma, transfusões etc. O melhor seria, se a estas alturas não se estivesse nas cidades como instrui o Espírito de Profecia. Mas a esta altura Jesus estará voltando a qualquer momento e a eternidade estará esperando os bem-aventrados. DIFERENÇAS NOTÁVEIS As pragas do Israel antigo quando saíam do Egito não são as mesmas pragas do Apocalípse, nem no número nem nos típos de pragas. Observe: PRAGAS DO APOCALÍPSE: Apocalípse 16 – Primeira Praga – Úlceras malignas Segunda praga – Mar transformado em sangue Terceira praga – Águas dos rios transformadas em sangue Quarta praga – Fôgo – Calor intenso Quinta praga – Trevas – (e as pessoas mordiam as linguas de dôr...) Sexta praga – Secagem do Rio Eufrates Sétima praga – Grande terremoto PRAGAS DO EXODO: Primeira praga – Água em sangue Segunda praga – Rãs Terceira praga – Piolhos Quarta praga – Moscas Quinta praga – Pestes nos animais Sexta praga – Úlceras Sétima praga – Chuva de pedras Oitava praga – Gafanhotos Nona praga – Trevas Décima praga - Morte Uma prococação: As Segunda e Terceira pragas alguns a têm interpretado de maneira literal. Não encontrei apoio para tanto nem na Bíblia nem nos comentários do Espírito de Profecia. É bom lembrar que as palavras textuais do Apocalípse não podem ser levadas a serem entendidas no pé da letra, mesmo porque a
  7. 7. própria Bíblia se explica e água na interpretação do simbolismo bíblico é também entendida por povos. Então água se transformando em sangue deveria ser entendido como morticínio, matança. Eventos Finais – página 210 –O Espírito de Profecia esclarece: As pragas que sobrevieram ao Egito quando Deus estava prestes a libertar Israel, eram de caráter semelhante aos juízos mais terríveis e extensos que devem cair sobre o mundo precisamente antes do libertamento final do povo de Deus. A semelhança que aí se refere, certamente diz respeito ao caráter mortífero de ambas, já que como vimos acima, são diferentes no número de pragas e nos tipos de pragas. Preparação para a crise final – pàgina 122 – A mesma afirmação acima. As pragas do Apocalípse também mostram uma cena de luta atual, guerras nucleares esparsas. Quatro poderosos anjos detêm os poderes da Terra até que os servos de Deus sejam selados na frontes. As nações do mundo estão ansiosas por conflitos, mas são refreadas pelos anjos. Quando for removido esse poder moderador, virá um tempo de aflição e angústia. Serão inventados mortíferos artefatos de guerra. Navios com seu carregamento de seres humanos serão sepultados no grande abismo. Todos os que não têm o espírito da verdade se unirão sob a liderança de instrumentalidades satânicas, mas deverão ser mantidos sob controle até que chegue o tempo para a grande batalha do Armagedom. – 7BC, 967 (1900). O termo Armagedom citado no texto do Espírito de Profecia acima dentro do contexto em que está colocado faz-nos entender os aspéctos de uma guerra como nós a conhecemos na atualidade. Veja a parte sublinhada. No entanto, o doutor C. Mervym Maxwell, emérito intérprete dos tempos da Igreja Adventista, faz uma colocação interessante sobre o assunto a partir da página 443 do Livro UMA NOVA ERA SEGUNDO AS PROFECIAS DO APOCALIPSE em que ele considera o Armagedom não como uma guerra, no sentido em que é popular e geralmente entendido, mas, na verdade, uma confluência do mundo comtemporâneo em rumo à Babilônia espiritual do nosso tempo (Roma). Lembrando que o rio Eufrates corria em direção à Babilônia histórica do passado e a abastecia de água passando por ela adentrando as suas muralhas. Se enterdermos que as águas dos rios devem ser entendidas por povos , trazendo isto para os nossos dias seria a convergência mundial dos nossos dias do Apocalípse 13 se cumprindo inclusive termos da globalização como já é conhecida, e uma pitada muito de suas doutrinas espirituais (Domingo e imortalidade da alma) que serão acrescentadas mui brevemente e impostas em nível mundial.Talvez por algum breve momento a Sra. White tenha se deixado levar pelo entendimento generalizado já de sua época de que a Terceira Guerra Mundial ou a Última Grande Guerra deveria ser chamada de Armagedom. Mas como pudemos notar em alguns textos aqui citados, com certeza isto irá acontecer . O doutor Maxvell também não descarta o evento, apenas faz distinção entre o termo Armagedom e a Terceira Guerra Mundial. Vejamos: UMA NOVA ERA SEGUNDO AS PROFECIAS DO APOCALIPSE – C. MERVYN MAXWELL – Página 458 último parágrafo continuando na página 459: (As palavras abaixo são textuais)
  8. 8. A sétima trombeta (Apocalipse 11:15-18) fala do tempo em que “as nações se enfureceram” e sobreveio a “ira” de Deus, e em que chegou a hora de serem destruídos “os que destroem a Terra”. A referência à ira de Deus situa a profecia no tempo em que ocorrerá a queda das pragas, pois é nessa ocasião que se “aperfeiçoa” a ira de Deus. (veja a página 437) O enfurecimento das nações , que durante a maior parte do tempo já haviam estado em pé de guerra umas contra as outras, deverá corresponder a um incremento particularmente notável da malevolência . A frase “os que destroem a Terra”, sugere um conflito atômico. Contudo, esse estado de beligerância internacional pouco ou nada tem a ver, diretamente, com o simbólico secamento do rio Eufrates, ou com o simbólico Armagedom, os quais se relacionam com uma situação hostil, mas de espécie diferente. Sob o “Armagedom” , os reis da Terra são reunidos por espíritos demoníacos, não tanto para lutarem uns contra os outros, e sim contra o Cordeiro. P.S. – Pouco antes de entrarmos... (no tempo de angústia), todos nós recebemos o selo do Deus vivo. Então eu vi os quatro anjos deixarem de segurar os quatro ventos. E vi fomes, epidemias e espada, nação se levantando contra nação e o mundo inteiro em confusão. – 7BC, 968(1846). “Nas últimas cenas da história terrestre, grassará a guerra. Haverá epidemias, pragas e fomes. As águas do oceano transporão seus limites. Propriedades e vidas serão destruídas pelo fogo e por CARTA DE UM POLITICO NORUEGUES Eu sou um político norueguês e gostaria de relatar sobre os tempos difíceis que acontecerão a partir de 2008 até 2012. O Governo norueguês está construindo cada vez mais e mais refúgios subterrâneos. Quando lhes pergunto, simplesmente dizem que é para proteger aos noruegueses. E quando eu pergunto quando devem terminar as obras, eles respondem “antes de 2011”. O Planeta X está chegando e a Noruega já começou a estocar alimentos e sementes na área de Svalbard, e eles vão salvar apenas àqueles que são da poderosa elite e aqueles úteis na reconstrução: médicos, cientistas etc. Quanto a mim, sei que, antes de 2012, irei para a área de Mosjoen, um profundo bunker militar subterrâneo que já tinha sido construído há muito tempo atrás. As pessoas que serão deixadas na superfície irão morrer, enquanto outras não conseguirão ajuda nenhuma. O plano é para que 2 milhões de noruegueses se salvem, enquanto o resto perecerá, o que significa que 2, 6 milhões perecerão na calada da noite sem saber o que fazer. Eu estou bastante triste. Geralmente, acabo chorando junto a outros que sabem que muitos descobrirão tarde demais e será o fim para eles. O Governo tem mentido ao povo de 1983 até agora. Todos os maiores políticos estão sabendo disso, mas muito poucos dirão a verdade, porque, se contam, morrerão. Mas eu estou pouco ligando para o que vão fazer comigo. As pessoas devem saber disso, a Humanidade e as espécies devem sobreviver. Todos os governos do mundo foram alertados sobre isso e sabem que vai acontecer, para aquelas pessoas que tiverem condições de se salvarem, eu digo a elas que procurem cavernas, e estoquem ali alimentos para, pelo menos, uns cinco anos, com água potável e comida, pelo menos por um tempo. Pirulas e roupas contra radiação são aconselháveis, se sua condição econômica permite.
  9. 9. Nas últimas horas, sempre digo: Deus nos ajude. Mas nisso Deus não vai nos ajudar, eu sei. Depende de cada um, somente cada um pode fazer a diferença. DESPERTEM, POR FAVOR...! Eu lhes asseguro que 100% dessas coisas irão acontecer. Há quatro anos para se prepararem para o jogo final. Consiga armas e monte grupos de sobrevivência, onde vocês possam estar a salvo, com comida, por um tempo. Lembrem-se que, aqueles que estiverem nas áreas urbanas em 2012, serão os primeiros a serem atingidos, serão os primeiros a morrer. Depois o exército descontaminará o resto dos sobreviventes, e terão ordem de atirar para matar, se encontrarem resistência e trazê-los aos campos, onde serão marcados com um número e etiquetados. Isto não virá a público até o derradeiro final, porque os governos não querem criar pânico em massa. Tudo ocorrerá silenciosamente e o governo desaparecerá. Mas eu digo: Não se acomodem esperando o fim, tome precauções para estarem a salvo com suas famílias, juntem-se a outras pessoas, trabalhem juntos para encontrarem as soluções dos muitos problemas que vocês enfrentarão . Mesmo que o Governo nos deixe à nossa própria sorte, NÓS podemos nos salvar, se NÓS trabalharmos JUNTOS. Mas, o tempo está esgotando...

×