SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 42
Baixar para ler offline
PÚBLICO ALVO:  PROFESSORES DAS SÉRIES INICIAIS RESPONSÁVEIS: PROFESSORAS FORMADORAS DO NTE ANA MARIA DI SANTOS  JOSEMÍLIA OLIVEIRA XAVIER COORD. PEDAGÓGICA: ANA KARLA AIRES NUNES
PÚBLICO ALVO:  PROFESSORES DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
A Tecnologia Educacional é a área de conhecimento onde a tecnologia se submete aos objetivos educacionais. Ela procura auxiliar o processo ensino e aprendizagem de modo a propiciar formas adequadas de utilizar os recursos tecnológicos na educação, ou seja, as funções maiores da escola serão enriquecidas com a grandeza das novas fontes de informações e ferramentas tecnológicas modernas preocupando-se com as técnicas e sua adequação às necessidades e à realidade dos educandos, da escola, do professor, da cultura em que a educação está inserida.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
 
Lançado em novembro de 2004 com acervo inicial de 1000 obras digitalizadas, resultado de parcerias com a Fundação Biblioteca Nacional e com a Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro, da USP. HISTÓRICO
[object Object],[object Object],OBJETIVOS
Todos os que buscam recursos educacionais necessários à sua formação e à ampliação de seus conhecimentos gerais e culturais. PÚBLICO-ALVO
www.dominiopublico.gov.br
CONHECENDO O PORTAL DO PROFESSOR
Portal do Professor http:// portaldoprofessor.mec.gov.br SEED/MEC 10-03-2010
“ O professor exerce um papel central na aprendizagem do aluno, por ser ele quem decide o "o que" e o "como" acontece na sala de aula. “ Incentivar a escola e o professor a reconhecer os atributos essenciais das novas tecnologias e aumentar continuamente o seu uso para a aprendizagem, e saber selecionar adequadamente as estratégias e os recursos de aprendizagem que melhor ajudarão o aluno a alcançar os resultados esperados. MOTIVAÇÃO DO PORTAL
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],MOTIVAÇÃO DO PORTAL
TELA PRINCIPAL
TRABALHANDO COM BLOG
O QUE É O BLOG? O blog é uma proposta que visa orientar e incentivar o uso da ferramenta Multimídia Blog pelos professores como meio de comunicação para compartilhar experiências com outros professores e desenvolver atividades pedagógicas com seus alunos. O blog permite entradas datadas que pode ser mantido por um ou mais administradores ou colaboradores.  Esse site comporta links, imagens, vídeos, sons e comentários, como ferramenta em que seus autores tem total autonomia, oferece através do seu sistema de postagens de micro-conteúdos muita facilidade de manuseio, são espaços de comunicação interativa em que se dá a socialização na internet.
Os blogs poderão ser utilizados na educação como recurso ou como estratégia  OBJETIVO GERAL:  ,[object Object]
RECURSO PEDAGÓGICO:  ,[object Object],[object Object],Enquanto  recurso  pedagógico(os  blogs  podem ser: São componentes do ambiente de aprendizagem que estimulam o aluno.
ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],No âmbito de uma  estratégia  pedagógica planejada, podemos incentivar a criação de  blogs  que: Fonte:  http://professordigital.wordpress.com
E-MAIL COMO RECURSO PEDAGÓGICO
USO PEDAGÓGICO DO E-MAIL O e-mail, ou  correio eletrônico  e está ligado a incrível possibilidade de substituir as  “cartas em papel” por “cartas eletrônicas”. O E-MAIL COMO FORMA DE INCLUSÃO DIGITAL Além da possibilidade óbvia de trocar mensagens com outras pessoas e de “ poder ser encontrado na rede ”. Assim a primeira ação que podemos fazer para promover a inclusão digital de nossos alunos é justamente ajudá-los a criarem seus e-mail e então explorarmos com eles as diversas possibilidades que se seguem daí.
O E-MAIL COMO FORMA DE CONTATO EXTRACLASSE Receba, envie, troque. Um professor que já se considere ou que esteja tentando ser um “Professor Digital” certamente  pesquisa na Internet, lê jornais e revistas eletrônicas  e tem sempre um assunto novo para comentar com seus alunos. Ao invés de recortar jornais e revistas e levá-los para a escola para colá-los em um mural, porque não distribuí-los diretamente aos alunos por e-mail?
Recados, calendários de provas, dicas sobre o assunto em estudo, sugestões de leitura extra ou mesmo curiosidades diversas   (mas relevantes educacionalmente) podem ser enviadas ao custo de “um clique” se usarmos o e-mail como forma de distribuição desses materiais. Daí vem a importância de, antes de tudo, criarmos e-mails para nossos alunos e termos essa lista de e-mails conosco. Além disso, um antigo sistema de apoio ao aluno em período extraclasse conhecido como “plantão de dúvidas” pode ser implementado usando-se o e-mail se você disponibilizar aos seus alunos o seu endereço de e-mail.
Digitando se produz textos. É óbvio que o e-mail, por sua característica fundamental como ferramenta de expressão escrita,    possibilita que o professor da área de Linguagem possa usá-lo para propor aos seus alunos a produção de textos.  Por outro lado, produzir textos é uma atividade presente em todas as disciplinas e, portanto, todas podem usar o e-mail como um expediente útil para se produzir e entregar textos.   Fonte:  http://professordigital.wordpress.com O E-MAIL COMO INSTRUMENTO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CONTEÚDO
[object Object],[object Object],[object Object]
O QUE É NETIQUETA? Código de comportamento no mundo virtual.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],REGRAS - NETIQUETA
USANDO O DATA SHOW
REQUISITOS PEDAGÓGICOS PARA USAR O DATASHOW ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
A justificativa didática  para o uso do  datashow  pode não ser “tão óbvia” quanto o  objetivo pedagógico , pois escolher o uso do  datashow,  em detrimento de outros recursos “tradicionais”, envolve um certo conhecimento sobre as novas possibilidades que as TICs nos oferecem. O planejamento da atividade demanda as mesmas habilidades que o professor já tem para planejar suas aulas “tradicionais” e requer, ainda, que o professor tenha uma boa idéia das facilidades e dificuldades que enfrentará ao usar o  datashow  (transporte, montagem, desmontagem, etc.), de forma que possa explorar os pontos favoráveis e minimizar os pontos desfavoráveis. Por fim, a avaliação da aprendizagem também já é uma prática rotineira do professor, mas agora será preciso avaliar também se o uso do  datashow  promoveu, de fato, uma aprendizagem melhor, ou se não houve nenhum impacto na aprendizagem do aluno em comparação ao que era de se esperar usando os métodos “tradicionais”.
USO DO DATASHOW PELOS ALUNOS Evidentemente o professor não é, e nem pode ser, o único usuário do  datashow  na escola. O aluno também é seu usuário na medida em que o professor migrar a forma de apresentação de trabalhos e seminários para essa ferramenta. Usar o  datashow  para essas apresentações dos alunos não é importante apenas porque torna os trabalhas melhores (estética e qualitativamente), mas principalmente porque ao longo de suas vidas eles não encontrarão nenhum outro lugar no mundo, além dos muros da própria escola, onde a apresentação de um trabalho, um seminário ou uma exposição de resultados seja feita usando-se cartolinas. O mundo mudou!
CONCLUSÕES E REFLEXÕES SOBRE O USO DO DATASHOW O uso do  datashow  em sala de aula possibilita uma abordagem inovadora do currículo, permite a inserção de ferramentas colaborativas nas práticas pedagógicas, amplia o universo de informações que o professor leva para a sala de aula, torna mais simples determinadas atividades expositivas em que o professor precisa se empenhar muito na lousa, liberta o professor da tirania do livro didático, possibilita aos alunos aprendizagens diretamente ligadas ao mundo digital moderno onde ele vive e torna as aulas mais interessantes, dinâmicas e ricas em possibilidades.
o professor é muito mais exigido no campo de suas competências como educador, precisa dedicar um tempo extra à pesquisa de recursos na internet, tem que fazer planejamentos de aula “de fato” (e não apenas “pro-forma”, como muitas vezes ocorre) e, claro, tem que dispor dos recursos necessários em sua escola. Além disso, como o uso da tecnologia digital ainda está bastante sujeito a interpéries diversas, é sempre preciso ter um “plano B” que permita o desenvolvimento da aula quando o datashow não estiver disponível. REFERÊNCIA ANTONIO , José Carlos. Uso pedagógico do Datashow,  Professor Digital , SBO, 06 abril 2011. Disponível em: <http://professordigital.wordpress.com/2011/04/06/uso-pedagogico-do-datashow/>. Acesso em: [coloque aqui a data em que você acessou esse artigo, sem o colchetes].
CONHECENDO A TV ESCOLA
A TV Escola é um canal de televisão do Ministério da Educação que capacita, aperfeiçoa e atualiza educadores da rede pública desde 1996. Sua programação exibe, nas 24 horas diárias, séries e documentários estrangeiros e produções próprias. Os principais objetivos da TV Escola são o aperfeiçoamento e valorização dos professores da rede pública, o enriquecimento do processo de ensino-aprendizagem e a melhoria da qualidade do ensino.   Acesse o link abaixo e conheça o portal da TV Escola:   http:// tvescola .mec.gov.br O QUE É A TV ESCOLA?
 
PROGRAMAS PARA BAIXAR VÍDEOS DO YOU TUBE ,[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Material do aluno-monitor
Material do aluno-monitorMaterial do aluno-monitor
Material do aluno-monitorAdriana Vieira
 
Salete Apresenta플O Tcc R1 Salete
Salete   Apresenta플O Tcc   R1 SaleteSalete   Apresenta플O Tcc   R1 Salete
Salete Apresenta플O Tcc R1 Saleteguest170339
 
Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]sanrose18
 
Formação continuada de professores para utilização de tecnologias livres
Formação continuada de professores para utilização de tecnologias livresFormação continuada de professores para utilização de tecnologias livres
Formação continuada de professores para utilização de tecnologias livresVanessa Nogueira
 
Salete Apresenta플O Tcc R1 220208
Salete   Apresenta플O Tcc   R1 220208Salete   Apresenta플O Tcc   R1 220208
Salete Apresenta플O Tcc R1 220208guest170339
 
O Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na Educação
O Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na EducaçãoO Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na Educação
O Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na EducaçãoLuma Gabriella
 
Ensino E Aprendizagem Inovadores Com Tecnologias
Ensino E Aprendizagem Inovadores Com TecnologiasEnsino E Aprendizagem Inovadores Com Tecnologias
Ensino E Aprendizagem Inovadores Com TecnologiasEliane Almeida
 
Blogues educativos: recursos e ideias para partilhar
Blogues educativos: recursos e ideias para partilharBlogues educativos: recursos e ideias para partilhar
Blogues educativos: recursos e ideias para partilharertedgidc
 
Person Gouveia
Person GouveiaPerson Gouveia
Person GouveiaTICsTurma4
 
O COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEM
O COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEMO COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEM
O COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEMincluirdigital
 
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...José Erigleidson da Silva
 
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-laA importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-laJoao Maria
 
Apresentação do Trabalho Final de Graduação
Apresentação do Trabalho Final de GraduaçãoApresentação do Trabalho Final de Graduação
Apresentação do Trabalho Final de GraduaçãoDarlin Castilhos
 
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Marta Pinto
 

Mais procurados (18)

Material do aluno-monitor
Material do aluno-monitorMaterial do aluno-monitor
Material do aluno-monitor
 
Salete Apresenta플O Tcc R1 Salete
Salete   Apresenta플O Tcc   R1 SaleteSalete   Apresenta플O Tcc   R1 Salete
Salete Apresenta플O Tcc R1 Salete
 
Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]
 
Formação continuada de professores para utilização de tecnologias livres
Formação continuada de professores para utilização de tecnologias livresFormação continuada de professores para utilização de tecnologias livres
Formação continuada de professores para utilização de tecnologias livres
 
Salete Apresenta플O Tcc R1 220208
Salete   Apresenta플O Tcc   R1 220208Salete   Apresenta플O Tcc   R1 220208
Salete Apresenta플O Tcc R1 220208
 
O Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na Educação
O Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na EducaçãoO Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na Educação
O Uso das Redes Sociais, Blogs e Tablets na Educação
 
Ensino E Aprendizagem Inovadores Com Tecnologias
Ensino E Aprendizagem Inovadores Com TecnologiasEnsino E Aprendizagem Inovadores Com Tecnologias
Ensino E Aprendizagem Inovadores Com Tecnologias
 
Oficina tablet-sreac
Oficina tablet-sreacOficina tablet-sreac
Oficina tablet-sreac
 
Blogues educativos: recursos e ideias para partilhar
Blogues educativos: recursos e ideias para partilharBlogues educativos: recursos e ideias para partilhar
Blogues educativos: recursos e ideias para partilhar
 
Person Gouveia
Person GouveiaPerson Gouveia
Person Gouveia
 
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus PapéisA Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
A Importância da Capacitação dos Funcionários da Área Educativa e os Seus Papéis
 
O COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEM
O COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEMO COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEM
O COMPUTADOR COMO RECURSO TECNOLÓGICO PARA INSTIGAR A MOTIVAÇÃO NA APRENDIZAGEM
 
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...
FACEBOOK COMO SUPORTE TECNOLÓGICO PARA AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: A EX...
 
Oficina conteudos digitais - nteac
Oficina conteudos digitais  - nteac Oficina conteudos digitais  - nteac
Oficina conteudos digitais - nteac
 
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-laA importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
 
Apresentação do Trabalho Final de Graduação
Apresentação do Trabalho Final de GraduaçãoApresentação do Trabalho Final de Graduação
Apresentação do Trabalho Final de Graduação
 
Práticas pedagógicas inovadoras- Plano de Aula
Práticas pedagógicas inovadoras- Plano de AulaPráticas pedagógicas inovadoras- Plano de Aula
Práticas pedagógicas inovadoras- Plano de Aula
 
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
Tecnologias digitais como suporte à aprendizagem de estudantes do Ensino Supe...
 

Destaque

Convite participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-to
Convite   participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-toConvite   participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-to
Convite participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-tojosemilia17
 
PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"
PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"
PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"josemilia17
 
OFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVES
OFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVESOFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVES
OFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVESjosemilia17
 
OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES
OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVESOFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES
OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVESjosemilia17
 
1º encontro presencial curso 100h
1º encontro presencial   curso 100h1º encontro presencial   curso 100h
1º encontro presencial curso 100hjosemilia17
 
SUGESTÕES DE FILMES
SUGESTÕES DE FILMESSUGESTÕES DE FILMES
SUGESTÕES DE FILMESjosemilia17
 
Sugestões de filmes
Sugestões de filmesSugestões de filmes
Sugestões de filmesjosemilia17
 

Destaque (9)

Proinfo projeto
Proinfo projetoProinfo projeto
Proinfo projeto
 
Convite participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-to
Convite   participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-toConvite   participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-to
Convite participe do festejo de nossa senhora das candeias 2012 - arraias-to
 
PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"
PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"
PROJETO "CLICAR PARA INCLUIR"
 
Projeto introdução a educação digital
Projeto introdução a educação digitalProjeto introdução a educação digital
Projeto introdução a educação digital
 
OFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVES
OFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVESOFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVES
OFICINA - NTE E ESCOLA JACY ALVES
 
OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES
OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVESOFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES
OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES
 
1º encontro presencial curso 100h
1º encontro presencial   curso 100h1º encontro presencial   curso 100h
1º encontro presencial curso 100h
 
SUGESTÕES DE FILMES
SUGESTÕES DE FILMESSUGESTÕES DE FILMES
SUGESTÕES DE FILMES
 
Sugestões de filmes
Sugestões de filmesSugestões de filmes
Sugestões de filmes
 

Semelhante a OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES

Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficinasanrose18
 
Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...
Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...
Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...SimoneHelenDrumond
 
Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.sil2007
 
Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.sil2007
 
São João do Polêsine - Andreia Vedoin Cielo
São João do Polêsine - Andreia Vedoin CieloSão João do Polêsine - Andreia Vedoin Cielo
São João do Polêsine - Andreia Vedoin CieloCursoTICs
 
Biblioteca integradora 2019 dione
Biblioteca integradora 2019 dioneBiblioteca integradora 2019 dione
Biblioteca integradora 2019 dioneElina Fernandes
 
Atividade2 7larissa maria_carmo
Atividade2 7larissa maria_carmoAtividade2 7larissa maria_carmo
Atividade2 7larissa maria_carmolarissa caetano
 
Socialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaSocialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaAmorim Albert
 
Seminário tecnoeduc
Seminário tecnoeducSeminário tecnoeduc
Seminário tecnoeducjbatista_rs
 
Computadores para educar
Computadores para educarComputadores para educar
Computadores para educarzilmavieira
 

Semelhante a OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES (20)

Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
 
Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...
Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...
Semieduc - PORTFÓLIOS DE IDÉIAS INSPIRADORAS PARA INOVAR AS AULAS DO AMBIENTE...
 
Projeto lei 2014
Projeto lei   2014Projeto lei   2014
Projeto lei 2014
 
Conahpa 2013 AeN JP
Conahpa 2013 AeN JPConahpa 2013 AeN JP
Conahpa 2013 AeN JP
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
WebQuest
WebQuestWebQuest
WebQuest
 
Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.
 
Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.Leitura e tecnologia na sala de aula.
Leitura e tecnologia na sala de aula.
 
Apresentação do lie
Apresentação do lieApresentação do lie
Apresentação do lie
 
Oficina de blog
Oficina de blogOficina de blog
Oficina de blog
 
São João do Polêsine - Andreia Vedoin Cielo
São João do Polêsine - Andreia Vedoin CieloSão João do Polêsine - Andreia Vedoin Cielo
São João do Polêsine - Andreia Vedoin Cielo
 
Blog da História
Blog da HistóriaBlog da História
Blog da História
 
FAQ | Apoio às Escolas
FAQ | Apoio às EscolasFAQ | Apoio às Escolas
FAQ | Apoio às Escolas
 
Biblioteca integradora 2019 dione
Biblioteca integradora 2019 dioneBiblioteca integradora 2019 dione
Biblioteca integradora 2019 dione
 
Atividade2 7larissa maria_carmo
Atividade2 7larissa maria_carmoAtividade2 7larissa maria_carmo
Atividade2 7larissa maria_carmo
 
Socialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_públicaSocialização ava na_escola_pública
Socialização ava na_escola_pública
 
Projeto blog
Projeto blogProjeto blog
Projeto blog
 
Seminário tecnoeduc
Seminário tecnoeducSeminário tecnoeduc
Seminário tecnoeduc
 
Computadores para educar
Computadores para educarComputadores para educar
Computadores para educar
 
WEB 2.0
WEB 2.0WEB 2.0
WEB 2.0
 

OFICINA: NTE E ESC. JACY ALVES

  • 1. PÚBLICO ALVO: PROFESSORES DAS SÉRIES INICIAIS RESPONSÁVEIS: PROFESSORAS FORMADORAS DO NTE ANA MARIA DI SANTOS JOSEMÍLIA OLIVEIRA XAVIER COORD. PEDAGÓGICA: ANA KARLA AIRES NUNES
  • 2. PÚBLICO ALVO: PROFESSORES DAS SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL
  • 3.  
  • 4. A Tecnologia Educacional é a área de conhecimento onde a tecnologia se submete aos objetivos educacionais. Ela procura auxiliar o processo ensino e aprendizagem de modo a propiciar formas adequadas de utilizar os recursos tecnológicos na educação, ou seja, as funções maiores da escola serão enriquecidas com a grandeza das novas fontes de informações e ferramentas tecnológicas modernas preocupando-se com as técnicas e sua adequação às necessidades e à realidade dos educandos, da escola, do professor, da cultura em que a educação está inserida.
  • 5.
  • 6.
  • 7.  
  • 8. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
  • 9.  
  • 10. Lançado em novembro de 2004 com acervo inicial de 1000 obras digitalizadas, resultado de parcerias com a Fundação Biblioteca Nacional e com a Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro, da USP. HISTÓRICO
  • 11.
  • 12. Todos os que buscam recursos educacionais necessários à sua formação e à ampliação de seus conhecimentos gerais e culturais. PÚBLICO-ALVO
  • 14. CONHECENDO O PORTAL DO PROFESSOR
  • 15. Portal do Professor http:// portaldoprofessor.mec.gov.br SEED/MEC 10-03-2010
  • 16. “ O professor exerce um papel central na aprendizagem do aluno, por ser ele quem decide o &quot;o que&quot; e o &quot;como&quot; acontece na sala de aula. “ Incentivar a escola e o professor a reconhecer os atributos essenciais das novas tecnologias e aumentar continuamente o seu uso para a aprendizagem, e saber selecionar adequadamente as estratégias e os recursos de aprendizagem que melhor ajudarão o aluno a alcançar os resultados esperados. MOTIVAÇÃO DO PORTAL
  • 17.
  • 20. O QUE É O BLOG? O blog é uma proposta que visa orientar e incentivar o uso da ferramenta Multimídia Blog pelos professores como meio de comunicação para compartilhar experiências com outros professores e desenvolver atividades pedagógicas com seus alunos. O blog permite entradas datadas que pode ser mantido por um ou mais administradores ou colaboradores. Esse site comporta links, imagens, vídeos, sons e comentários, como ferramenta em que seus autores tem total autonomia, oferece através do seu sistema de postagens de micro-conteúdos muita facilidade de manuseio, são espaços de comunicação interativa em que se dá a socialização na internet.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24. E-MAIL COMO RECURSO PEDAGÓGICO
  • 25. USO PEDAGÓGICO DO E-MAIL O e-mail, ou correio eletrônico e está ligado a incrível possibilidade de substituir as “cartas em papel” por “cartas eletrônicas”. O E-MAIL COMO FORMA DE INCLUSÃO DIGITAL Além da possibilidade óbvia de trocar mensagens com outras pessoas e de “ poder ser encontrado na rede ”. Assim a primeira ação que podemos fazer para promover a inclusão digital de nossos alunos é justamente ajudá-los a criarem seus e-mail e então explorarmos com eles as diversas possibilidades que se seguem daí.
  • 26. O E-MAIL COMO FORMA DE CONTATO EXTRACLASSE Receba, envie, troque. Um professor que já se considere ou que esteja tentando ser um “Professor Digital” certamente pesquisa na Internet, lê jornais e revistas eletrônicas e tem sempre um assunto novo para comentar com seus alunos. Ao invés de recortar jornais e revistas e levá-los para a escola para colá-los em um mural, porque não distribuí-los diretamente aos alunos por e-mail?
  • 27. Recados, calendários de provas, dicas sobre o assunto em estudo, sugestões de leitura extra ou mesmo curiosidades diversas (mas relevantes educacionalmente) podem ser enviadas ao custo de “um clique” se usarmos o e-mail como forma de distribuição desses materiais. Daí vem a importância de, antes de tudo, criarmos e-mails para nossos alunos e termos essa lista de e-mails conosco. Além disso, um antigo sistema de apoio ao aluno em período extraclasse conhecido como “plantão de dúvidas” pode ser implementado usando-se o e-mail se você disponibilizar aos seus alunos o seu endereço de e-mail.
  • 28. Digitando se produz textos. É óbvio que o e-mail, por sua característica fundamental como ferramenta de expressão escrita,   possibilita que o professor da área de Linguagem possa usá-lo para propor aos seus alunos a produção de textos. Por outro lado, produzir textos é uma atividade presente em todas as disciplinas e, portanto, todas podem usar o e-mail como um expediente útil para se produzir e entregar textos. Fonte: http://professordigital.wordpress.com O E-MAIL COMO INSTRUMENTO DE PRODUÇÃO DE TEXTO E CONTEÚDO
  • 29.
  • 30. O QUE É NETIQUETA? Código de comportamento no mundo virtual.
  • 31.
  • 33.
  • 34.
  • 35. A justificativa didática para o uso do datashow pode não ser “tão óbvia” quanto o objetivo pedagógico , pois escolher o uso do datashow, em detrimento de outros recursos “tradicionais”, envolve um certo conhecimento sobre as novas possibilidades que as TICs nos oferecem. O planejamento da atividade demanda as mesmas habilidades que o professor já tem para planejar suas aulas “tradicionais” e requer, ainda, que o professor tenha uma boa idéia das facilidades e dificuldades que enfrentará ao usar o datashow (transporte, montagem, desmontagem, etc.), de forma que possa explorar os pontos favoráveis e minimizar os pontos desfavoráveis. Por fim, a avaliação da aprendizagem também já é uma prática rotineira do professor, mas agora será preciso avaliar também se o uso do datashow promoveu, de fato, uma aprendizagem melhor, ou se não houve nenhum impacto na aprendizagem do aluno em comparação ao que era de se esperar usando os métodos “tradicionais”.
  • 36. USO DO DATASHOW PELOS ALUNOS Evidentemente o professor não é, e nem pode ser, o único usuário do datashow na escola. O aluno também é seu usuário na medida em que o professor migrar a forma de apresentação de trabalhos e seminários para essa ferramenta. Usar o datashow para essas apresentações dos alunos não é importante apenas porque torna os trabalhas melhores (estética e qualitativamente), mas principalmente porque ao longo de suas vidas eles não encontrarão nenhum outro lugar no mundo, além dos muros da própria escola, onde a apresentação de um trabalho, um seminário ou uma exposição de resultados seja feita usando-se cartolinas. O mundo mudou!
  • 37. CONCLUSÕES E REFLEXÕES SOBRE O USO DO DATASHOW O uso do datashow em sala de aula possibilita uma abordagem inovadora do currículo, permite a inserção de ferramentas colaborativas nas práticas pedagógicas, amplia o universo de informações que o professor leva para a sala de aula, torna mais simples determinadas atividades expositivas em que o professor precisa se empenhar muito na lousa, liberta o professor da tirania do livro didático, possibilita aos alunos aprendizagens diretamente ligadas ao mundo digital moderno onde ele vive e torna as aulas mais interessantes, dinâmicas e ricas em possibilidades.
  • 38. o professor é muito mais exigido no campo de suas competências como educador, precisa dedicar um tempo extra à pesquisa de recursos na internet, tem que fazer planejamentos de aula “de fato” (e não apenas “pro-forma”, como muitas vezes ocorre) e, claro, tem que dispor dos recursos necessários em sua escola. Além disso, como o uso da tecnologia digital ainda está bastante sujeito a interpéries diversas, é sempre preciso ter um “plano B” que permita o desenvolvimento da aula quando o datashow não estiver disponível. REFERÊNCIA ANTONIO , José Carlos. Uso pedagógico do Datashow, Professor Digital , SBO, 06 abril 2011. Disponível em: <http://professordigital.wordpress.com/2011/04/06/uso-pedagogico-do-datashow/>. Acesso em: [coloque aqui a data em que você acessou esse artigo, sem o colchetes].
  • 39. CONHECENDO A TV ESCOLA
  • 40. A TV Escola é um canal de televisão do Ministério da Educação que capacita, aperfeiçoa e atualiza educadores da rede pública desde 1996. Sua programação exibe, nas 24 horas diárias, séries e documentários estrangeiros e produções próprias. Os principais objetivos da TV Escola são o aperfeiçoamento e valorização dos professores da rede pública, o enriquecimento do processo de ensino-aprendizagem e a melhoria da qualidade do ensino. Acesse o link abaixo e conheça o portal da TV Escola: http:// tvescola .mec.gov.br O QUE É A TV ESCOLA?
  • 41.  
  • 42.